Mulher abraça motorista após ter filha morta em atropelamento acidental nos EUA


A mulher, de luto, abraçou o homem que tirou a vida de sua filha
A mulher, de luto, abraçou o homem que tirou a vida de sua filha Foto: Reprodução / Twitter / @MairaWave
Extra

Uma mulher, cuja filha foi morta em um atropelamento, surpreendeu ao dar um sinal de perdão ao motorista envolvido no acidente que aconteceu na manhã desta quarta-feira, em Kentucky, nos Estados Unidos. De acordo com informações da imprensa local, D'Arricka Bolds, de 5 anos, estava em um ponto de ônibus ao lado da avó quando, ao atravessar a rua, acabou atropelada pelo condutor de um caminhão. Testemunhas contaram que houve várias tentativas de vizinhos em tirar a menina de baixo do veículo, mas não a tempo de salvá-la. Horas depois, o homem que matou a garota foi até a casa dela. Lá, ele recebeu um abraço da mãe da pequena D'Arricka.
Maira Ansari, âncora do jornal local Wave 3 News, divulgou em seu perfil no Twitter um foto que mostra o momento no qual a mulher, em luto, abraça o americano que tirou a vida da filha dela. “De partir o coração. O motorista do caminhão está na casa de D'Arricka Bolds preocupado com a família”, escreveu ela na rede social ao compartilhar a imagem.
D'Arricka Bolds tinha 5 anos
D'Arricka Bolds tinha 5 anos Foto: Reprodução / Twitter / @MairaWave
De acordo com o jornal The New York Daily News, o motorista não deve ser acusado pela morte da menina, já que não estava em alta velocidade. Testemunhas relataram que o acidente não foi culpa dele. O homem, que não teve o nome divulgado, chegou a ir para casa após ser liberado pelas autoridades, mas voltou ao local para pedir perdão pelo acontecido aos familiares da vítima.
Dwight Mitchell, porta-voz da policia de Louisville, lamentou o ocorrido: “É uma situação muito trágica o que aconteceu”, disse.
Local do acidente foi fechado para o trabalho de perícia da polícia
Local do acidente foi fechado para o trabalho de perícia da polícia Foto: Reprodução / Twitter / @MairaWave