Eduardo Cunha tem força para derrubar Dilma?


eduardo-cunha
Muito se engana quem imagina que deputados aliados virarão as costas para Eduardo Cunha, presidente da Câmara, alegando que não houve ataque à Casa, mas a um parlamentar eleito para a presidência do órgão. Ora, pois, Eduardo Cunha, com perdão da rima, não é de se matar com a unha.
Para que possam avaliar a força de Cunha, é bom saber: no comando da Câmara, ele detém o controle de todos os processos que correm na Casa e conta com firmes aliados em todos os cargos-chave, incluindo as vice-presidências. Não abrirá mão do poder e até vai instalar em agosto as CPIs dos fundos de pensão e do BNDES que podem alcançar Dilma e Lula.
O ex-procurador-geral da República, Antonio Fernando de Sousa, que cuidou dos mensaleiros, comanda advogados contratados por Cunha, que – isso é certo – vai infernizar o governo.
Resumo da ópera: Eduardo Cunha tem trunfos suficientes para detonar o poder na República. E, como se sabe, ele sempre está disposto a tudo.