Deputados cassam a cidadania paranaense do ex-ministro Dirceu


felipefrancischini
Por 29 votos a nove, os deputados estaduais aprovaram em segundo turno nesta segunda-feira, 23, o projeto de lei que revoga o título de cidadão honorário do Paraná concedido ao ex-ministro José Dirceu (PT). Segundo o deputado Felipe Francischini (SD), autor do projeto, Dirceu, ex-chefe da Casa Civil do governo Lula, que cumpre pena por participação no escândalo do “Mensalão” e também está sob investigação por envolvimento no esquema de corrupção na Petrobrás, não se enquadra mais nos preceitos exigidos para a concessão da honraria.
O projeto revoga a lei estadual do governador Roberto Requião (PMDB) de abril de 2003 que concedeu o título. “Não é justo alguém com condenação por crimes contra a administração pública e corrupção ter uma honraria como esta,” afirma Francischini. “A honraria é dada para quem tem reputação ilibada. E reputação ilibada é o que ele não tem”, acrescentou. Os deputados Luiz Claudio Romanelli (PMDB), Tadeu Veneri (PT) e Rasca Rodrigues não concordam com o projeto e consideram a iniciativa inconstitucional.