Jovem é apreendida no RS após plano para matar a própria família


A casa da família foi invadida por homens armados com machado e faca.
Na delegacia, a adolescente confessou que tinha participado do crime.

Do G1 RS
Manchas de sangue na casa da família (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Manchas de sangue na casa da família
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Uma adolescente de 17 anos foi apreendida após confessar que participou da tentativa de homicídio do pai, da mãe e do irmão.  Os três foram atacados por três homens dentro de casa na madrugada de quinta-feira (19), emTrês Coroas, no Vale do Paranhana.
Os suspeitos invadiram a residência da família e agrediram Ernani Engelmann, 49 anos, Rosiana Laner Engelmann, 42 anos, e Mateus Lanes, 19 anos, com um martelo, um machado e uma faca. Apenas a adolescente, que também é filha do casal, não foi agredida.
Mateus ficou ferido com gravidade e está internado no Pronto Socorro de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Rosiana foi levada para o Hospital de Igrejinha, onde está em observação, e Ernani foi liberado após receber atendimento médico.
Um dos agressores foi identificado como Eugenio Corso David, 37 anos. Ele foi preso pela Brigada Militar no local do crime. Ele ficou ferido e levado para o hospital de Taquara, no Vale do Paranhana. Os outros dois suspeitos conseguiram fugir. Todos são moradores da cidade deSão Francisco de Paula, na Serra.
De acordo com o delegado Ivanir Luiz Moschen Caliari, a filha do casal confessou em depoimento na Delegacia de Taquara que tinha participado do crime, mas negou que tivesse planejado a morte dos pais e do irmão.
saiba mais

Ela disse que a família não aceitava o relacionamento com um adolescente de 16 anos conhecido como Índio, que também teria participado da tentativa de homicídio. A jovem identificou ainda o terceiro suspeito do crime como Emerson Buiu, que a polícia reconheceu como Emerson Juliano Pereira Maier, 21 anos.
Índio foi localizado e apreendido na cidade de São Francisco de Paula. Emerson foi preso em Três Coroas, no carro que foi usado para levar os suspeitos até o local do crime, escondido em um matagal.
A adolescente e o namorado tiveram a internação decretada pela Justiça e foram encaminhados para o Centro de Atendimento Socioeducativo de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos.
Foi decretada ainda a prisão preventiva de Emerson, que foi levado para o presídio de Taquara. Eugênio foi preso em flagrante e deve ser encaminhado para o presídio após receber alta.
  •  
Supeito do crime foi preso dentro de um carro em um matagal (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Supeito do crime foi preso dentro de um carro em um matagal (Foto: Divulgação/Polícia Civil)