Número de mortos em incêndio em discoteca romena sobe para 29

Discoteca Romena


Criado em 01/11/15 11h39 e atualizado em 01/11/15 12h07
Por Da Agência Lusa Fonte:Agência Brasil

O número de mortos no incêndio em uma discoteca em Bucareste, na Romênia, subiu hoje (1º) para 29, depois de duas pessoas feridas, que estavam hospitalizadas, morrerem, informou o secretário de Estado do Interior, Raed Arafat.
“Mais duas vítimas do incêndio no clube Colectiv, na capital, morreram neste domingo: uma no hospital por queimaduras e a outra no hospital Bagdasar. O número de mortos sobe para 29”, declarou Arafat.
O responsável pelos serviços de emergência do país informou que ainda há 140 pessoas hospitalizadas, das quais mais de 30 estão em estado crítico, razão pela qual as autoridades não descartam a possibilidade de o número de mortos aumentar.
Todos os mortos já foram identificados, o mesmo não ocorreu ainda com os feridos.
O presidente da Romênia, Klaus Iohannis, disse ontem (31) que o descumprimento de regras de segurança pode ter causado o incêndio, acrescentando que foram ignoradas normas básicas.
Entretanto, o presidente declarou três dias de luto nacional e encarregou o procurador do Estado de acompanhar pessoalmente as investigações.
De acordo com declarações de testemunhas ouvidas pela EFE, havia um pequeno artefato pirotécnico, utilizado com frequência nas celebrações de aniversários na Romênia, que soltou faíscas que fizeram com que um pilar começasse a pegar fogo.
Poucos segundos depois, as chamas chegaram ao teto, o que provocou o pânico entre as 400 pessoas que estavam no clube e levou que a multidão tentasse sair do espaço.
O fogo na discoteca Colectiv, no centro da capital romena, teve início quando centenas de pessoas se encontravam dentro da boate para assistir à promoção do novo álbum do grupo de rock local Goodbye to Gravity, acompanhado por um espetáculo de luz com fogos de artifício.