Prefeitura de Colombo Informa: IFPR abre inscrições para concurso público


WEBMASTER 4 DE MAIO DE 2015

Para o campus Colombo serão destinadas vagas para professores das áreas de: informática, educação física e sociologia

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo para concurso público de magistério do Instituto Federal do Paraná (IFPR). Para o campus de Colombo serão destinadas três vagas para as áreas de informática, educação física e sociologia. As inscrições começam no dia 11 de maio e vão até o dia 11 de junho.
As avaliações, que serão realizadas em Curitiba no dia 05 de julho, em locais e horários a serem comunicados, constarão de prova objetiva, discursiva, prova de desempenho didático e de títulos. O valor das inscrições é de R$100,00. Sendo necessário que o candidato cumpra na íntegra as determinações previstas no Edital de abertura do Concurso Público.
As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site http://www.cetroconcursos.org.br/site/
Serviço:
Instituto Federal do Paraná – Campus Colombo
Contato: 41-3675.5088
Horário de atendimento: 9h às 12h e das 13h30 às 16h30.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

A Prefeitura de Colombo participou do 2° Encontro de Desenvolvimento Industrial Integrado da RMC


WEBMASTER 4 DE MAIO DE 2015

A Prefeita Beti Pavin esteve presente na reunião sobre a Lei do Estatuto Metrópole que discute as novas regras para as regiões metropolitanas

As novas diretrizes determinam parcerias e convênios entre as regiões metropolitanas de Curitiba, visando melhor atendimento da população
As novas diretrizes determinam parcerias e convênios entre as regiões metropolitanas de Curitiba, visando melhor atendimento da população
As novas diretrizes determinam parcerias e convênios entre as regiões metropolitanas de Curitiba, visando melhor atendimento da população
Prefeitos e secretários dos 29 municípios da região metropolitana de Curitiba se reuniram na última quarta-feira (29) no auditório do Campus da Indústria para discutir as diretrizes da Lei do Estatuto da Metrópole. O 2° Encontro de Desenvolvimento Industrial Integrado da RMC foi organizado pela Secretaria de Assuntos Metropolitanos em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec).
A Prefeita Beti Pavin e o secretario de Indústria, Comercio, Turismo e Trabalho, Antonio Milgioransa estiveram presentes representando o município de Colombo. “Vamos trabalhar em conjunto com as demais regiões, em relação a convênios e parcerias públicas e privadas, assim ganharemos forças para melhor atender a nossa população”, afirma Beti. O encontro contou com a participação de 23 dos 29 prefeitos da região metropolitana de Curitiba.
A Prefeita Beti Pavin junto com os demais representantes dos municípios, reunidos para discutir a Lei do Estatuto da Metrópole
A Prefeita Beti Pavin junto com os demais representantes dos municípios, reunidos para discutir a Lei do Estatuto da Metrópole
Vários palestrantes participaram da reunião, entre eles, o ex-senador Inácio Arruda que é especialista no Estatuto da Metrópole. Luiz Pedretti também palestrou, ele é o responsável pela implantação do Estatuto da Metrópole no território da Macrometrópole Paulista. Outros palestrantes foram, o Marcelo Percicotti que é gerente de Fomento e Desenvolvimento da Fiep e o Alexandre Schlegel Diretor Técnico da Secretaria Municipal de Assuntos Metropolitanos (SMAM).
A lei 13.089/2015 foi regulamentada no dia 12 de janeiro de 2015 e estabelece diretrizes gerais para o planejamento, gestão e execução das funções públicas de interesse comum das regiões metropolitanas.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: João Senechal/PMC

Manifestantes usam “PTRO DOLLARES” para protestar contra ajuste fiscal


LEANDRO LOYOLA
05/05/2015 - 20h15 - Atualizado 05/05/2015 20h32
Daqui a pouco, entre as 20:30 e 20:40 desta terça-feira (5), enquanto o programa eleitoral do PT estiver no ar e os deputados federais estiverem discutindo a aprovação da MP 665, que muda regras sobre acesso ao seguro desemprego, manifestantes da Força Sindical e de outras centrais pretendem lançar “PTRO DOLLARES” da galeria da Câmara dos Deputados sobre o plenário. Os “PTRO DOLLARES” são cédulas falsas de dólar estampadas com as fotos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da presidenteDilma Rousseff e do ex-tesoureiro do PT João Vaccari, preso naOperação Lava Jato. Os manifestantes afirmam que a aprovação da medida provisória atenta contra o direito dos trabalhadores. Ela faz parte do ajuste fiscal do governo federal.
Notas que serão lançadas na Câmara (Foto: Reprodução)

ANPR defende procurador do caso Lula



Em nota, associação repudia os ataques sofridos pelo procurador Anselmo Henrique Cordeiro Lopes

REDAÇÃO ÉPOCA
05/05/2015 - 11h24 - Atualizado 05/05/2015 11h28
Assine já!


Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR)divulgou nota em que repudia os ataques sofridos pelo procurador da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes após a publicação da reportagem de capa de ÉPOCA sobre o ex-presidente Lula nesta semana. Em sua página no Facebook, Cordeiro Lopes afirmou que está sendo alvo de críticas infundadas, calúnias e difamações na internet
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, conforme mostrou a reportagem, é investigado pelo Ministério Público Federal (MPF)por ajudar empreiteiras, dentre elas a Odebrecht, a obter contratos de US$ 4,1 bilhões com dinheiro do BNDES em países como Gana, República Dominicana, Venezuela e Cuba. O núcleo de Combate à Corrupção da Procuradoria da República em Brasíliaabriu investigação contra Lula por tráfico de influência internacional e no Brasil.
Em nota publicada no site, a ANPR diz que "repudia qualquer ataque de cunho pessoal à atuação funcional dos procuradores da República, em especial quando se caracterizam pela falta de conhecimento dos fatos". Ressalta também que "os membros do Ministério Público Federal não têm qualquer interesse em retaliar, perseguir ou prejudicar os investigados".
Confira a íntegra da nota:
A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) vem a público reiterar sua confiança no trabalho do procurador da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, bem como no dos demais membros do Ministério Público Federal no Distrito Federal. Após a publicação da reportagem "Lula, o operador", pela Revista Época, no dia 2 de maio, Cordeiro tornou-se alvo de críticas infundadas, calúnias e difamações na internet.
A ANPR repudia qualquer ataque de cunho pessoal à atuação funcional dos procuradores da República, em especial quando se caracterizam pela falta de conhecimento dos fatos. Cabe esclarecer, primeiramente, que o procurador da República Anselmo Cordeiro não é o responsável pela investigação de suposto tráfico internacional de influência que teria sido cometido pelo ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva - o procedimento está sob a direção de outro membro do MPF.
É importante frisar também que os membros do Ministério Público Federal não têm qualquer interesse em retaliar, perseguir ou prejudicar os investigados. Ao promover as medidas legais cabíveis para levar ao conhecimento das autoridades competentes fatos de extrema gravidade, os procuradores da República visam à defesa da ordem jurídica e do Estado Democrático de Direito. Eles tão-somente exercem seu dever constitucional de fazer com que a lei seja efetivamente cumprida por todos, sempre respeitando o devido processo legal, o contraditório e a ampla defesa, no desempenho de suas funções.
A Associação defenderá em todas as instâncias a atuação funcional dos procuradores da República, na forma que garantem a Constituição e a lei, evitando qualquer expediente de diminuição do Ministério Público na defesa dos princípios da República, da sociedade e do bem comum.
Alexandre Camanho de Assis
Procurador Regional da República
Presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República

Encontro preliminar da II Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional acontece em Colombo


WEBMASTER 5 DE MAIO DE 2015

O intuito da reunião é apresentar à sociedade a importância do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional no município

A Prefeitura de Colombo promoverá a reunião ordinária do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA). O encontro será uma preliminar para a II Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, que traz como tema: Comida de verdade no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar. A reunião será realizada no dia 18 de maio, às 13h30, no auditório da Regional Alto Maracanã.
O objetivo é apresentar à sociedade civil a importância do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional, bem como a participação da população e as responsabilidades dos conselheiros. Com base na aprovação da Lei nº 1368/2015 sobre o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional.
Entre os temas que serão abordados estão:
- Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) – Cooperativas, alunos, escolas;
- Restaurante Popular – população de modo geral, trabalhadores, idosos, acessibilidade;
- Programas de Alimentação e Nutrição – SISVAN, Dietas Especiais;
- Programa Agricultura nas Escolas – Agricultura, Educação.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Dia das Mães: Dilma desiste novamente de falar na TV

dilma - tv.1
Assim como fez no Dia do Trabalhador, a presidente Dilma Rousseff vai usar as redes sociais para fazer seu pronunciamento no Dia das Mães, no próximo domingo, dia 10. Alvo de panelaços em diversos Estados durante o Dia Internacional da Mulher, a presidente tem evitado discursar em cadeia nacional. Dois anos atrás, antes de sua popularidade despencar, Dilma optou por falar no rádio e na TV nas três datas. As informações são deVeja.
No ano passado, ela falou em cadeia nacional nos dias da Mulher e do Trabalhador, mas limitou-se a usar o Twitter no Dia das Mães. Para não se expor a protestos, Dilma decidiu este ano também não aparecer nesta terça-feira no programa partidário do PT na televisão, segundo o jornal Folha de S. Paulo – ainda não está definido se imagens da presidente serão exibidas, mas não haverá um depoimento dela. Movimentos de oposição à presidente organizam um novo panelaço durante a exibição do programa partidário do PT, a partir das 20 horas.

Citadas na Lava Jato, agências de publicidade receberam instruções sobre Lei Anticorrupção

ricardo hoff1
Marcelo Sperandio, Época:
Engolfado nas investigações da Operação Lava Jato, o mercado publicitário não pode alegar desconhecimento. Há um ano, a Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) fez uma “reunião nacional” em que os advogados do escritório Peixoto e Cury apresentaram a palestra “Lei Anticorrupção – aspectos práticos, legais e controversos”. Um dos slides dizia que um dos atos lesivos contra a administração é a “obtenção de vantagem indevida mediante suborno de funcionário público”. E alertava:“Não subornar ou tentar subornar ninguém!”. Associadas à Abap, a Borghi Lowe e a FCB receberam todo o material da palestra. As duas são investigadas pela Operação Lava Jato por suspeitas de pagaram propinas para conseguirem contratos com o governo federal. O publicitário Ricardo Hoffmann, ex-vice-presidente da Borghi Lowe que foi preso pela Polícia Federal, já aceitou fazer delação premiada.

Dunga anuncia convocação para a Copa América


dunga -cbf1
Na manhã desta terça-feira (5), na sede da CBF, o técnico Dunga anunciou a lista dos jogadores que disputarão a Copa América deste ano, que acontece no Chile. A estreia brasileira está marcada para o dia 14 de junho, contra o Peru. Em seguida, o Brasil pega a Colômbia, no dia 17, e a Venezuela, no dia 21.
Veja a lista.
Goleiros: Jeferson (Botafogo), Diego Alves (Valencia), Marcelo Grohe (Grêmio);
Zagueiros: David Luiz (PSG), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG), Miranda (Atlético de Madrid);
Laterais: Fabinho (Monaco), Marcelo (Real Madrid), Filipe Luis (Chelsea), Danilo (Porto);
Volantes: Luiz Gustavo (Wolsfburg) Fernandinho (Manchester City), Elias (Corinthians), Casemiro (Porto);
Meio-campistas: Everton Ribeiro (Al Ahli), Douglas Costa (Shakhtar Donetsk), Willian (Chelsea), Philippe Coutinho (Liverpool);
Atacantes: Neymar (Barcelona), Diego Tardelli (Shandong), Robinho (Santos) e Firmino (Hoffenheim).

Vaccari aconselhou PT a pagar R$ 240 mil para sua cunhada e ‘evitar reflexos no processo eleitoral’


vaccari1 _12
O então tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, aconselhou o partido a indenizar Marice Correa de Lima, sua cunhada, para evitar um processo em meio à campanha de Dilma Rousseff, em 2010. Marice teria procurado o cunhado afirmando não estar “suportando mais a pressão da mídia” em razão do envolvimento de seu nome no mensalão e, por isso, exigia do PT uma indenização. As informações são do Estadão.
O valor desembolsado extraoficialmente pelo partido no ano seguinte serviu para Marice comprar um apartamento no Guarujá. Os investigadores da Operação Lava-Jato suspeitam que o imóvel foi usado para lavar dinheiro para o esquema comandado por Vaccari.
“Me parece que o mais aconselhável é pedir a sua intervenção no caso, como advogado, para iniciar um diálogo e chegar a um acordo, a fim de evitar qualquer tipo de ação reparatória, de natureza civil ou trabalhista, contra o Partido”, afirmou Vaccari em carta enviada ao ex-deputado petista e advogado Luiz Eduardo Greenhalgh.
Os documentos que mostram a intervenção de Vaccari e as negociações com Marice foram anexadas pela defesa dela nesta segunda-feira. Nele, o ex-tesoureiro do PT pede ao ex-deputado petista e advogado, Luiz Eduardo Greenhalgh, que intermedie um acordo. Vaccari e a cunhada respondem na Justiça do Paraná por lavagem de dinheiro, corrupção e ocultação de bens.
O ex-tesoureiro do partido pede ao advogado que providenciasse um “entendimento” com sua cunhada para evitar um eventual dano no processo eleitoral. Na época, o ex-tesoureiro do PT era o responsável pelas contas da campanha da presidente Dilma Rousseff.
O ofício foi encaminhado a Greenhalgh no dia 20 de julho. Nele, Vaccari diz que foi procurado insistentemente pela cunhada que reclamava da pressão em torno dela. Marice teria dito a ele que estava “tendo dificuldades de retomar a normalidade de sua vida profissional, pessoal e familiar”.
Na época, havia informações de que Marice teria sido portadora de um pagamento de R$ 1 milhão do PT para a Coteminas como resultado do mensalão. Na carta a Greenhalgh, Vaccari diz que tem “sido procurado insistentemente pela ex-funcionária Marice Correa de Lima”, sem dizer que ela é sua cunhada.
O acordo de indenização firmado entre o PT e Marice foi assinado no dia 25 de fevereiro de 2011, quando Vaccari ainda era o tesoureiro do PT. Ele só deixou o cargo no começo deste ano, pedindo licença do cargo quando já estava preso em Curitiba. Marice ganhou do PT R$ 240 mil, com R$ 40 mil de entrada e outras dez parcelas de R$ 20 mil cada.
Com esse dinheiro, Marice declarou em seu imposto de renda que comprou um apartamento da Cooperativa dos Bancários de São Paulo (Bancoop), em 2011. A cunhada de Vaccari é suspeita de ajudar o petista na lavagem de dinheiro.
Segundo a associação dos mutuários da Bancoop, Marice comprou três apartamentos por meio da cooperativa: um no Mirante do Tatuapé, outro no Solar de Santana e outro no Edificio Solaris, no Guarujá, o mesmo onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem um triplex e onde o próprio Vaccari tem apartamento. Esse apartamento do Solaris, Marice pagou R$ 200 mil em 2012, mas devolveu o imóvel à OAS, que terminou o imóvel. A OAS pagou R$ 432 mil a Marice pelo apartamento. Meses depois, a OAS vendeu o mesmo imóvel por R$ 327 mil, com prejuízo no negócio. Ela ainda é dona do Mirante do Tatuapé e do Solar de Santana.

Motorista bêbado provoca acidente com micro-ônibus e deixa 18 feridos


Acidente aconteceu na noite de segunda-feira (4), na PR-444, no Paraná. 
Motorista foi preso e flagrante e será liberado após pagamento de fiança.

Do G1 PR
Caminhonete ficou totalmente destruída e micro-ônibus caiu em uma ribanceira  (Foto: Divulgação / Portal Cambé )Caminhonete ficou totalmente destruída após
a batida (Foto: Divulgação / Portal Cambé )
Dezoito pessoas ficaram feridas em um acidente entre um carro, uma caminhonete e um micro-ônibus na noite de segunda-feira (4) na PR-444, entre Arapongas e Mandaguari, no norte do Paraná. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a batida foi provocada pelo motorista do carro – que estava embriagado. Ele atingiu os demais veículos ao fazer uma conversão proibida.
O micro-ônibus transportava 16 funcionários de um frigorífico e, com a batida, caiu em uma ribanceira. Todos os ocupantes tiveram ferimentos, mas cinco deles precisaram ser levados para hospitais. Os demais receberam atendimento médico no local. Os outros dois feridos no acidente estavam na caminhonete e também precisaram ser encaminhados para hospitais da região.
O condutor do carro não ficou ferido. O teste do bafômetro feito por ele apontou 1,44 miligramas de álcool por litro de ar expelido. O permitido por lei é 0,33 miligramas. Ele foi preso em flagrante e levado para a delegacia de Arapongas. Conforme a polícia, o motorista será solto mediante pagamento de fiança. Até as 6h30 desta terça-feira (5), o pagamento não tinha sido efetuado.

Nestor Cerveró presta depoimento à Polícia Federal, diz defesa


Depoimento foi realizado na manhã desta terça (5), segundo a advogada. 
Cerveró é um dos investigados da Lava Jato e está preso desde janeiro.

Do G1 PR
Nestor Cerveró (Foto: TV Globo)Nestor Cerveró é um dos réus da Lava Jato
(Foto: TV Globo)
O ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró prestou depoimento à Polícia Federal (PF) na manhã desta terça-feira (5). A informação foi confirmada ao G1 pela advogada que o representa Alessi Brandão. A PF não confirmou o depoimento.
Cerveró também prestará um outro depoimento ainda na tarde desta terça na Justiça Federal.
Cerveró é um dos investigados da Lava Jato e está preso na superintendência da PF em Curitiba desde o dia 14 de janeiro. O ex-diretor voltava de uma viagem a Londres e foi detido no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão).
Ainda segundo Alessi, o depoimento na PF foi realizado para esclarecer a compra de uma caminhonete para a mulher de Cerveró. De acordo com o MPF, Fernando Soares, conhecido como Baiano, pagou R$ 220 mil em dinheiro vivo pelo carro que foi registrado em nome da esposa do ex-diretor. Baiano é apontado como um dos operadores do esquema de corrupção na Petrobras. Ele está preso no Complexo Médico-Penal em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.
Segundo o MPF, o ex-diretor recebeu propina em dois contratos firmados pela Petrobras, para construção de navios sonda, usados em perfurações em águas profundas. O pagamento, no valor total de 40 milhões de dólares, foi relatado pelo executivo Júlio Carmago, da Toyo Setal, que fez acordo de delação premiada no decorrer das investigações.
Em depoimento à Justiça Federal (JF) doParaná, em outubro de 2014, Paulo Roberto disse que Cerveró recebeu propina na compra da refinaria da Pasadena, nos Estados Unidos. Segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), o negócio gerou prejuízos de 790 milhões de dólares à Petrobras.
Cerveró foi diretor da área Internacional da Petrobras de 2003 a 2008, durante o governo do presidente Lula. Já no governo da presidente Dilma Rousseff, assumiu a diretoria financeira da BR Distribuidora, onde permaneceu até ser demitido do cargo, em março de 2014.
A compra de Pasadena foi aprovada, em 2006, pelo Conselho de Administração da Petrobras, que à época era presidido por Dilma Rousseff. Segundo a presidente, o resumo executivo que orientou o Conselho, e que foi produzido por Cerveró, era falho. Em julho, o TCU responsabilizou Cerveró e outros nove diretores e ex-diretores da Petrobras pelos prejuízos na compra.

Justiça Federal autoriza devolução de R$ 157 milhões para a Petrobras


Valor corresponde a 80% do devolvido pelo ex-gerente Pedro Barusco.
Ele fez acordo de colaboração admitindo origem em crimes de corrupção.

Fernando CastroDo G1 PR
CPI da Petrobras ouve Pedro Barusco (Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)Pedro Barusco fez acordo de delação premiada
(Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)
O juiz federal Sergio Moro autorizou a transferência de R$ 157 milhões do Ministério Público Federal (MPF) para uma conta da Petrobras. O valor, conforme o despacho, é referente a uma devolução de recursos com origem em crimes de corrupção confessados pelo ex-gerente da estatal Pedro Barusco. Os valores devem ser devolvidos em cerimônia no dia 11 de maio.
Barusco, que foi gerente de Serviços da Petrobras, celebrou acordo de delação premiada com o MPF no qual se comprometeu a devolver R$ 204.845.582,11que estavam em contas secretas no exterior. A decisão de Moro atendeu a pedido dos promotores, que solicitou a devolução de 80% do valor para a estatal.
“Considerando que os crimes de corrupção teriam sido praticados contra a Petrobras, gerando prejuízo a ela, já que há indícios de que o percentual de propina era agregado no preço cobrado nas obras contratadas, o valor recuperado deve ser devolvido à vítima”, afirmou Moro. Ainda segundo o juiz, não há restrição em devolver recursos antes do fim dos processos que ainda tramitam, uma vez que Barusco renunciou do direito a eles no acordo de colaboração.
O juiz ainda justificou manter 20% do montante depositada em juízo para verificar se há danos sofridos por outras pessoas ou empresas que precisem ser cobertos pelo dinheiro devolvido por Barusco.

Amanda encerra caso sobre Fê e diz ser cantada por famosos e mulheres


A morena também fala sobre boa forma: 'Quando saí da casa todos falaram que era gostosa, magra e baixinha. A TV me deixava mais encorpada'

Paula FadulDo Gshow, Rio
Amanda foi uma das convidadas da festa de I Love Paraisópolis (Foto: Fabiano Battaglin/Gshow))Amanda foi uma das convidadas da festa de I Love Paraisópolis, próxima novela das 7h (Foto: Fabiano Battaglin/Gshow))
Desde que conquistou o segundo lugar no BBB15 e levou para casa R$ 190 mil, Amanda está de bem com a vida. Nem Fernando, affair da ex-sister no confinamento, ter assumido publicamente o relacionamento com Aline parece ter conseguido estragar a boa fase da morena. Inclusive esse assunto para Amanda, que vem recebendo cantada de celebridades e da ala feminina, está encerrado: “Tudo que tinha para falar, já foi dito”, explica.
Solteira, a ex-BBB, que foi uma das convidadas da festa I love Paraisópolis, não esconde que está atraindo cada vez mais olhares. “O assédio masculino acabou aumentando, sim. Inclusive mulheres me paqueram também (risos).E os famosos...”, entrega Amanda, que ainda comenta que as investidas são “discretas e supereducadas”.
Boa forma em dia
Amanda está em forma mas não faz dieta nenhuma (Foto: Arquivo pessoal)Amanda está em forma mas não faz dieta nenhuma
(Foto: Arquivo pessoal)
Para manter o corpão violão que conquistou os fãs do reality, a paulista dança balé. “Amo dançar, faz bem para alma e mente”. Mas dieta, ela garante que nunca fez e “detesta”. “Na verdade, me assustei com a reação das pessoas quando me veem pessoalmente, inclusive na coletiva. Quando saí da casa, todos falaram que era gostosa, magra e baixinha (risos). Peso 60kg e na casa engordei menos de 2kg. A TV me deixava mais encorpada.”
Com silicone desde os 20 anos, novas cirurgias plásticas não fazem parte do plano dela. “Não pretendo fazer nenhuma por enquanto, estou linda e gostosa (risos)”, finaliza.

Amanda (Foto: Arquivo Pessoal)Amanda (Foto: Arquivo Pessoal)