A RUA TELÊMACO BORBA COMEÇOU A RECEBER A CAMADA ASFÁLTICA EM COLOMBO


WEBMASTER 11 DE MAIO DE 2015

O próximo passo será realizar os serviços de sinalização horizontal e vertical da via

Além da camada asfáltica a Rua Telêmaco Borba recebeu também sistema de drenagem, calçadas, meio fio e estacionamento paralelo à via
Além da camada asfáltica a Rua Telêmaco Borba recebeu também sistema de drenagem, calçadas, meio fio e estacionamento paralelo à via
A Rua Telêmaco Borba começou a receber hoje, (08) a camada asfáltica. A obra que está sendo realizada pela Prefeitura Municipal de Colombo, por meio da secretaria de Obras e Viação, faz parte do Programa Pavimentação Comunitária. Após a finalização do serviço, que está previsto para este mês, muitos moradores e comerciantes do bairro Guaraituba serão beneficiados.
Depois de concluída a aplicação da camada asfáltica, iniciará os procedimentos para implantar a sinalização horizontal e vertical da rua, conforme explicou o secretário de Obras e Viação, Rubens Cardoso. “Vamos acompanhar este trabalho de sinalização, ainda falta alguns acabamentos e ajustes para que a obra seja concluída”, explicou.
A rua que tem a extensão de 312,80 metros beneficiará os moradores e comerciantes da região do Guaraituba
A rua que tem a extensão de 312,80 metros beneficiará os moradores e comerciantes da região do Guaraituba
A Prefeita Beti Pavin tem acompanhado o trabalho realizado nesta rua. “Estamos felizes com os resultados da obra, nosso objetivo é promover qualidade de vida para os moradores” afirma a Prefeita Beti Pavin.
Os serviços na Rua Telêmaco Borba, no bairro Guaraituba, que tem extensão de 312,80 metros, teve um custo de R$ 458.056,07. Nesta obra foi realizado sistema de drenagem, calçadas, meio fio e estacionamento paralelo à via.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Marcio Fausto/ PMC

Casa de agente comunitária da saúde é roubada e prefeitura alerta que crachá foi levado


Redação

A Prefeitura de Araucária está fazendo um alerta aos moradores do município para que desconfiem de visitas de agentes da saúde durante essa semana. A residência de uma profissional, que é agente comunitária da saúde, foi roubada na sexta-feira (8) e todos os documentos de identificação dela foram levados. O alerta é que pessoas de má-fé podem tentar se beneficiar dos documentos para conseguir entrar em algumas casas.
De acordo com a prefeitura, o crachá, o uniforme da categoria e a pasta identificada com a logo da Prefeitura e da Secretaria de Saúde foram levados. Por isso, a Secretaria de Saúde de Araucária pede que os moradores fiquem atentos a pessoas que não tenham o perfil de agentes da saúde e queiram entrar nas casas.
A Prefeitura de Araucária informou que os agentes comunitários de saúde já são conhecidos nas regiões onde desempenham suas funções e não houve nenhuma mudança recente de profissionais. “Saiba que além do uniforme tradicional azul desses profissionais, os munícipes podem pedir para ver o crachá de identificação da Secretaria Municipal de Saúde para ter certeza de que não se trata de alguma pessoa de má-fé”, finaliza a nota oficial.
.

Dia D contra gripe, atinge 41% da meta em Colombo

WEBMASTER 12 DE MAIO DE 2015

A campanha de vacinação que começou no último dia 4 de maio, seguirá até o próximo dia 22. As vacinas encontram-se disponível nas 22 US, das 8 às 16 horas

Foram vacinadas, 33% das crianças menores de cinco anos
Foram vacinadas, 33% das crianças menores de cinco anos
As Unidades de Saúde (US) de Colombo participaram, no último dia 9, do Dia D de Vacinação contra a Gripe. A ação promovida pela Prefeitura de Colombo, por meio da secretaria de saúde alcançou 41% da meta estipulada pelo município. Ao total, foram vacinados mais de 52% dos idosos com mais de 60 anos, 33% das crianças menores de cinco anos, 29% das gestantes, 41% das puérperas (até 45 dias após o parto), e 37% dos trabalhadores da saúde.
A prefeita Beti Pavin, comemora a adesão dos colombenses, e incentiva as pessoas, que se incluem ao grupo prioritário, a participar da Campanha. “Não deixem de participar desta importante iniciativa, compareçam em nossas Unidades de Saúde. Principalmente, por que Colombo possui temperaturas amenas e com o frio ficamos mais suscetíveis às doenças”.
A prefeita Beti Pavin comemorou a adesão dos colombenses, e incentivou as pessoas, que se incluem ao grupo prioritário, a participar da Campanha
A prefeita Beti Pavin comemorou a adesão dos colombenses, e incentivou as pessoas, que se incluem ao grupo prioritário, a participar da Campanha
Ressaltando que desde que a Campanha Nacional, no dia 4 até 8 de maio, cerca de 30% dos grupos estabelecidos pelo Ministério da Saúde já tinham sido vacinados. “Lembrando que as pessoas devem ser vacinadas de acordo com as idades e grupos preconizados, pois a vacina previne as complicações graves da gripe. Por isto, a importância de realizar a vacinação, pois o vírus continua circulante e causando a doença”, destaca o secretário de saúde, Fernando Aguilera.
A campanha de vacinação contra a Gripe que começou no último dia 4 de maio seguirá até o próximo dia 22, e encontra-se disponível nas 22 Unidades Básicas de Saúde (US), das 8 às 16 horas. “Pedimos que os pais e responsáveis procurem uma das unidades do nosso município e garantam a imunização dos seus filhos menores de cinco anos”, alertou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Adriana Cordeiro.
Ao total, 52% dos idosos com mais de 60 anos receberam a vacina.
Ao total, 52% dos idosos com mais de 60 anos receberam a vacina.
As vacinas serão destinadas aos idosos com mais de 60 anos, crianças menores de cinco anos, gestantes, puerperas, doentes crônicos, profissionais de saúde, indígenas e trabalhadores e detentos do sistema prisional.
A enfermeira da Unidade de Saúde Capivari, Lorena Arcie Pavin destaca a importância, principalmente, dos idosos em receberem a vacina. “Este grupo é mais vulnerável em adquirir doenças. Muitas delas podem causar complicações mais graves. E para prevenir este grupo temos uma grande aliada, – a Campanha Nacional contra a gripe, – promovida pelo Ministério da Saúde, por isso não deixem de participar”. A US do Capivari atende os bairros Capivari, Capivarizinho, Ribeirão, São João e uma parte do Imbuial.
A campanha seguirá até o próximo dia 22, e encontra-se disponível nas 22 Unidades Básicas de Saúde (US), das 8 às 16 horas
A campanha seguirá até o próximo dia 22, e encontra-se disponível nas 22 Unidades Básicas de Saúde (US), das 8 às 16 horas
Já em relação à proteção, assim como nos anos anteriores, a vacina trivalente protegerá contra três tipos de vírus da gripe mais circulantes, sendo eles: a Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B. Em adultos, a vacina pode ser aplicada em única dose, já em crianças são duas doses sendo a segunda 30 dias após a primeira.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Marcio Fausto/ PMC

Três pessoas são baleadas em suposta briga entre gangues no Campo Comprido


Por Danaê Bubalo

Três pessoas ficaram gravemente feridas depois de serem baleadas e encaminhadas por conhecidos até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Campo Comprido, em Curitiba. A confusão aconteceu por volta das 19h30 desta segunda feira (11) no momento em que a equipe que estava de plantão na UPA pediu apoio da Guarda Municipal (GM) e também da equipe do Siate, do Corpo de Bombeiros, para socorrer os três homens feridos.
As primeiras informações repassadas para Guarda Municipal (GM) era de que se tratava de uma briga de gangues. A princípio, homens encapuzados chegaram no local onde estavam as três vítimas e atiraram diversas vezes. Os três homens, com idade entre 35 e 50 anos, foram socorridos para hospitais da capital com o apoio médico. A Polícia Civil deve investigar os fatos. As vítimas correm risco de morrer.
.

Homem é assassinado no portão de casa quando saia para trabalhar no Capão Raso


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento


Um homem de 42 anos foi assassinado quando ia para o trabalho no início da manhã desta terça-feira (12) na Rua Francisco Ader, no limite do bairro Capão Raso com o Novo Mundo, em Curitiba. A vítima levou cinco tiros no portão da casa em que morava.
capao
Homem de 42 anos foi morto no portão de casa (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)
O socorrista Casagrande, do Siate do Corpo de Bombeiros, falou sobre o caso à Banda B. “No local foi constatado o óbito da vítima. Não temos detalhes do que pode ter acontecido, já que testemunhas não se apresentaram até o momento. A investigação fica a cargo da Polícia Civil”, disse.
A vítima foi identificada como Sérgio Estegoc Kekis. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) é quem recebe o caso.
.

Homem de 50 anos tenta sacar R$ 29 mil com documentos falsos e é preso em Curitiba


Da Polícia Civil


Policiais civis da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) prenderam, na manhã da última segunda-feira (11), Carlos Umberto de Almeida, 50 anos, acusado de tentar aplicar um golpe para sacar R$ 29 mil de uma agência bancária na capital do Estado.
estele
Suspeito tentou abrir conta de R$ 25 mil (Foto: Divulgação Polícia Civil)
Segundo investigações apuradas pela polícia, Almeida tentou abrir uma conta-corrente apresentando documentos falsos na agência. Desconfiado da documentação apresentada pelo golpista, o funcionário do banco chamou a DEDC para verificar a situação.
A equipe policial se deslocou até o local e após constatar os fatos, prendeu em flagrante o suspeito. Almeida foi autuado pelos crimes de estelionato, falsidade documental e ideológica.

Twitter do ex-deputado André Vargas recebe postagem, apesar de ele estar preso


Mensagem "Olá" foi publicada na rede social. A última vez em que postara algo foi no final de fevereiro

FILIPE COUTINHO
12/05/2015 - 16h22 - Atualizado 12/05/2015 20h02
A conta do Twitter do ex-deputado André Vargas, sem atividade a meses, foi reativada com o tweet acima (Foto: Reprodução)
Na noite da segunda-feira (10), a conta do Twitter do ex-deputado do PT André Vargas recebeu uma nova postagem, apesar de ele permanecer preso em Curitiba. Foi postada a mensagem "Olá". A última vez em que algo fora postado no Twitter de Vargas foi no final do mês de fevereiro. Vargas foi preso na 11ª etapa da Operação Lava Jato da Polícia Federal há um mês. Vargas será ouvido nesta terça-feira (12) em depoimento marcado pela CPI da Petrobras. Na segunda-feira  Vargas foi indiciado pela Polícia Federal pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa e fraude em licitações.
A coluna não conseguiu localizar a advogada de Vargas para que explicasse a movimentação na conta do Twitter do ex-deputado.

'Os humilhados um dia serão exaltados', diz deputado Luiz Argôlo SD - BA


  •   |  ISTOÉ Online
  •   |  12.Mai.15 - 18:28
  •   |  Atualizado em 12.Mai.15 - 21:37
'Os humilhados um dia serão exaltados', diz Argôlo
AE
O ex-deputado federal Luiz Argôlo (SD/BA), preso na Operação Lava Jato, apesar de dizer que ficaria calado no começo de seu depoimento à CPI da Petrobras, na tarde desta terça-feira, 12, em Curitiba, acabou explicando aos parlamentares que sua relação com o doleiro Alberto Youssef - peça central da Operação Lava Jato - foi privada e não política.

"Existia algo privado. Conheci o doleiro como um empresário que tinha investimento no Estado da Bahia. Não tenho nada a ver com Operação Lava Jato, com Petrobras. Não tive indicação de nenhum cargo na Bahia ou no Brasil", disse Argôlo, que segurou um terço em uma das mãos durante o depoimento.

"Agradeço a Deus que tem me dado força." O ex-parlamentar ainda citou a Bíblia ao dizer que tem sido atacado duramente: "Os humilhados um dia serão exaltados".
 

Se aulas voltarem até fim do mês, quase todos os sábados terão que ser letivos para cumprir calendário


Por Felipe Ribeiro

Com o calendário comprometido após 20 dias letivos de greve entre os meses de fevereiro e março e pelo menos mais 16 entre os meses de abril e maio, praticamente todos os sábados do ano precisariam ser de aulas para que a carga horária de 200 dias possa ser cumprida. Considerados que tivemos até o momento 29 dias letivos entre as duas paralisações dos professores da rede estadual, ainda seriam necessários 171 para cumprir as datas, dias esses que não caberiam apenas entre segundas a sextas-feiras.
aulasestadualfora
Seriam necessários 16 sábados para cumprir calendário. (Foto: AEN)
Conta realizada pela equipe da Banda B em que foram desconsiderados os feriados, mas incluídos os possíveis recessos, mostra que faltariam 16 dias letivos para cumprir os 200 até 30 de dezembro. As alternativas seriam estender para os sábados até meados do mês de outubro ou utilizar o mês de janeiro para as reposições.
Em entrevista à Banda B no último dia 6, a secretária da Educação, professora Ana Seres Trento Comin, disse que os sábados não são viáveis para as reposições, mas que a alternativa ainda precisaria ser estudada. “Sempre que há uma greve, é inevitável o comprometimento no ano letivo, mas precisamos recuperar o tempo perdido”, explicou a secretaria.
Os 16 dias desta paralisação são contados em uma paralisação até o próximo dia 20, um dia após a próxima reunião marcada entre o governo do estado e APP-Sindicato. Foram desconsiderados ainda da conta os dias 24 e 31 de dezembro, além dos feriados.
Richa pede retorno
Em Brasília na tarde desta terça-feira (12), o governador Beto Richa disse que o governo está dialogando com o sindicato dos professores para a retomada imediata das aulas nas escolas estaduais do Paraná. “Nós continuamos com o diálogo, estamos confiantes que o sindicato possa encerrar a greve, porque não dá mais para suportar esta situação”, comentou.
O governador voltou a reprovar o incidente ocorrido no Centro Cívico que deixou pessoas feridas durante a manifestação. “Foram cenas que todos nós repudiamos. Temos tolerância, respeito às pessoas e sabemos conviver bem com as opiniões contrárias. O mais machucado neste episódio sou eu, ferido na alma pelo que vi ali e pelo desgaste que hoje me traz”, disse.
Desgaste
O professor Hermes Brandão, presidente da APP-Sindicato, afirmou nesta terça que o desgaste da greve acontece, mas se faz necessário. “A greve é desgastante para todos e principalmente aos educadores. É um período que cansa muito mais que o trabalho normal, mas é um instrumento de luta que precisa ser usado contra o desgoverno do Estado do Paraná”, afirmou.

Homem mata irmã a facadas na véspera do aniversário dela


Luiz Cláudio Lucas de Faria Rocha afirmou que matou a irmã porque ela ameaçou sair de casa e deixar o filho de oito anos para ser criado por ele
Luiz Cláudio Lucas de Faria Rocha afirmou que matou a irmã porque ela ameaçou sair de casa e deixar o filho de oito anos para ser criado por ele Foto: Romario Barros / Lei Seca Maricá / Divulgação
Igor Ricardo

Um homem foi preso, na tarde desta segunda-feira, acusado de assassinar a irmã a facadas em Guaratiba, bairro de Maricá, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Civil, Luiz Cláudio Lucas de Faria Rocha, de 38 anos, desferiu vários golpes de facas no abdômen e no pescoço de Soloni Lucas de Faria Rocha, de 62 anos. Bombeiros da região chegaram a ser acionados, mas a mulher não resistiu aos ferimentos.
Em depoimento, Luiz afirmou que matou a irmã porque ela ameaçou sair de casa, deixando assim o filho dela, de oito anos, sozinho para ser criado por ele. O homem já foi transferido para o Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, e irá responder por homicídio doloso, quando há intenção de matar.
Soloni Lucas de Faria Rocha completaria 63 anos nesta terça-feira
Soloni Lucas de Faria Rocha completaria 63 anos nesta terça-feira Foto: Romario Barros / Lei Seca Maricá / Divulgação
Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) também estiveram no local e encontraram a faca utilizada no crime. A prisão de Luiz Cláudio foi feita em flagrante por Policiais Militares do Patrulhamento Móvel Especial (Pamesp) da Barra de Maricá.
Soloni completaria 63 anos de idade nesta terça-feira. Ainda não há informação sobre o enterro da vítima.


Família descobre saques feitos 2 dias antes da morte da mãe de Bernardo


Retirada de valor de R$ 55 mil foi feito 2 dias antes da morte de Odilaine.
Dúvidas sobre caso vieram à tona após assassinato de Bernardo Boldrini.

Paula MenezesDo G1 RS
Extrato mostra quatro saques em conta (Foto: Reprodução)Extrato mostra quatro saques em conta (Foto: Reprodução)
A família de Odilaine Uglione, mãe do menino Bernardo Boldrini, acredita ter descoberto um novo elemento que poderá reabrir o inquérito sobre a morte da mulher, até então considerada como suicídio pela polícia. Quatro saques que totalizaram o valor de R$ 55 mil foram feitos na conta da Clínica Boldrini, da qual Odilaine era sócia, dois dias antes da polícia encontrá-la morta na cidade deTrês Passos, Região Noroeste do Rio Grande do Sul.
Odilaine foi encontrada morta em 2010, dentro da clínica do então marido, o médico Leandro Boldrini, em Três Passos, no Noroeste gaúcho. À época, a investigação da polícia concluiu que ela cometeu suicídio com um revólver, mas a defesa da mãe dela, Jussara Uglione, quer reabrir o caso.
A família acredita que Odilaine foi assassinada por Leandro Boldrini. O pai de Bernardo está preso há quase um ano e é réu pela morte do menino, achado sem vida no dia 14 de abril de 2014 em Frederico Westphalen, a cerca de 80 km de Três Passos, onde a família residia. Também são acusados pela morte do menino de 11 anos a madrasta do garoto, Graciele Ugulini, e os irmãos Edelvânia Wirganovicz e Evandro Wirganovicz. Os quatro respondem por homicídio qualificado e ocultação de cadáver, entre outros crimes.
O valor foi retirado em 8 de fevereiro de 2010, em três saques de R$ 15 mil e um de R$ 10 mil. O advogado de Jussara Uglione, avó de Bernardo, acredita que o dinheiro possa ter sido usado no crime. Marlon Taborda afirma que vai encaminhar o extrato da conta às autoridades locais.
Carta de suicídio da mãe do menino Bernardo foi forjada, dizem peritos (Foto: Reprodução/TV Globo)Carta de suicídio da mãe do menino
Bernardo foi forjada, dizem peritos
(Foto: Reprodução/TV Globo)
"A conta vinha com saldo bem alto. Os saques são um fato novo, jamais analisado. E podemos ver que, no caso do Bernardo, houve a participação da Edelvânia [amiga da madastra de Bernardo] no crime, mediante um pagamento. É uma conduta praticada", declarou. "Se foi usado para uma participação ou para acobertar o crime, eu não sei. Uma investigação é que poderá dizer".
No mês passado, o advogado entrou com pedido de reabertura do inquérito sobre a morte de Odilaine. A solicitação foi enviada ao município de Três Passos, onde tramita o processo. Até agora, de acordo com Taborda, ela não foi analisada. Outros dois pedidos semelhantes haviam sido feitos anteriormente. Um acabou negado em 2014 e outro, também realizado neste ano, não chegou a ser apreciado.
"O que nós queremos é que haja uma investigação isenta, que poderá chegar à conclusão de qual a destinação desse valor, e de quem fez esses saques. Isso não é complicado de descobrir", completou.

Ricardo Caires dos Santos, perito judicial em São Paulo há oito anos, fez um "exame grafotécnico" da suposta carta de suicídio achada com Odilaine e comparou com a letra e com a assinatura que são comprovadamente da mãe de Bernardo.
Perito diz que letras são diferentes
Uma perícia particular contratada pela família lançou suspeitas sobre o caso. Segundo peritos, a suposta carta suicida da enfermeira teria sido forjada, escrita por outra pessoa, como mostrou a reportagem do Fantástico.
A conclusão, segundo o perito: a carta foi forjada, não foi escrita pela mulher. “Não foi a dona Odilaine que escreveu. São dois punhos totalmente diferentes. Pessoas diferentes que assinaram”, afirma Ricardo.
O perito mostrou a diferença entre as letras. Por exemplo: na carta, há as palavras “sexta-feira” e “exclusivamente”. Depois, ele comparou com o “x” escrito por Odilaine em um uma receita de doce e concluiu que o desenho das letras em cada carta é diferente. “É um ‘x’ desenhado”, explica.
O perito contratado pela mãe de Odilaine citou outros exemplos. “A estrutura do ‘t’, totalmente diverso do que é apresentado na carta. As letras ‘h’ são de punhos diferentes. Mais esses elementos para concluir o resultado final”, acrescenta Ricardo.
A assinatura que aparece na carta de suicídio também é diferente de assinaturas autênticas de Odilaine registradas em um contrato de locação, no diploma de auxiliar de enfermagem dela e em outro contrato de prestação de serviços.
O perito fala da diferença entre as letras “o”, que teria sido desenhada de forma diferente nas duas cartas. Segundo ele, mesmo que a mãe de Bernardo estivesse em uma situação máxima de estresse, a assinatura dela não mudaria desse jeito. “Olha o espaçamento que tem da letra ‘i’ para a letra ‘n’. O formato da letra ‘e’, explica Ricardo.
O perito concluiu também que a pessoa que teria elaborado a carta de suicídio tentou imitar a forma de escrever de Odilaine. “A pessoa que escreveu a carta tinha conhecimento de documentos dela. É uma pessoa que já conhecia a escrita dela, uma pessoa muito próxima a ela”, afirmou.
bernardo boldrini (Foto: GloboNews)Bernardo Boldrini foi encontrado morto em abril
(Foto: Reprodução/GloboNews)
Relembre o caso
- Bernardo Boldrini foi visto vivo pela última vez no dia 4 de abril de 2014 por um policial rodoviário. No início da tarde, Graciele foi multada por excesso de velocidade. A infração foi registrada na ERS-472, em um trecho entre os municípios de Tenente Portela e Palmitinho. A mulher trafegava a 117 km/h e seguia em direção a Frederico Westphalen. O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) disse que ela estava acompanhada do menino.
- Um vídeo divulgado em maio do ano passado mostra os últimos momentos de Bernardo. Ele aparece deixando a caminhonete da madrasta, Graciele Ugulini, e saindo com ela e com a assistente social Edelvânia Wirganovicz. Horas depois, as duas retornam sem Bernardo para o mesmo local.
- O corpo de Bernardo foi encontrado no dia 14 de abril de 2014, enterrado em um matagal na área rural de Frederico Westphalen.
- Segundo as investigações da Polícia Civil, Bernardo foi morto com uma superdosagem do sedativo midazolan. Graciele e Edelvânia teriam dado o remédio que causou a morte do garoto e depois teriam recebido a ajuda de Evandro para enterrar o corpo.  A denúncia do Ministério Público apontou que Leandro Boldrini atuou no crime de homicídio e ocultação de cadáver como mentor, juntamente com Graciele. Conforme a polícia, ele também auxiliou na compra do remédio em comprimidos, fornecendo a receita. A defesa do pai nega. assista ao vídeo abaixo
 - Um vídeo foi divulgado pela defesa de Edelvânia, em que ela muda sua versão sobre o crime. Nas imagens, ela aparece ao lado do advogado e diz que a criança morreu por causa do excesso de medicamentos dados pela madrasta. Na época em que ocorreram as prisões, Edelvânia havia dito à polícia que a morte se deu por uma injeção letal e que, em seguida, ela e a amiga Graciele jogaram soda cáustica sobre o corpo. A mulher ainda diz que o irmão, Evandro Wirganovicz, é inocente.

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O CASO
Caso Bernardo Boldrini Três Passos RS (Foto: Reprodução/RBS TV)Corpo de Bernardo foi encontrado em cova rasa
(Foto: Reprodução/RBS TV)
Como Bernardo morreu?
A Polícia Civil aponta que Bernardo foi morto com uma superdosagem do sedativo midazolan e depois enterrado em uma cova rasa, na área rural de Frederico Westphalen. Graciele e Edelvânia teriam dado o remédio que causou a morte do garoto e depois teriam recebido a ajuda de Evandro para enterrar o corpo.

Com quem Bernardo morava?
Ele vivia com o pai, a madrasta e a bebê do casal, à época com cerca de um ano, em uma casa em Três Passos. A mãe de Bernardo, Odilaine, morreu em fevereiro de 2010. Recentemente, o  Ministério Público solicitou novos documentos sobre o caso de Odilaine. Em até 30 dias, o MP deve se manifestar a favor ou contra a abertura das investigações. O inquérito policial concluiu que ela se matou, mas uma perícia particular contratada pela família aponta a hipótese de homicídio.
Quem está preso?
O médico Leandro Boldrini, pai da criança, a madrasta Graciele Ugulini, a amiga dela Edelvânia Wirganovicz e o irmão Evandro Wirganovicz.
Quando ocorre o julgamento?
Ainda não há data marcada. Conforme o Tribunal de Justiça (TJ-RS), os quatro réus devem ser interrogados ainda no primeiro semestre deste ano. Depois disso, as defesas apresentam seus argumentos. A expectativa é que o julgamento aconteça até o fim de 2015.

Os réus respondem por quais crimes?
Leandro Boldrini vai responder por homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver e falsidade ideológica. Graciele e Edelvânia responderão por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. Evandro Wirganovicz é acusado de homicídio simples e ocultação de cadáver.
Como o corpo foi encontrado?
Na noite do dia 14 de abril, o corpo do menino foi encontrado enterrado em uma cova em um matagal na cidade de Frederico Westphalen, no Norte do estado, a 80 km de onde o menino morava. Edelvania mostrou aos policiais onde o corpo da criança estava enterrado.
Como era a relação de Bernardo com o pai?
 No ano passado, vídeos gravados pelo próprio pai mostram discussões do menino com o casal. Em um deles, a criança está com uma faca na mão e é instigada por Leandro. "Vamos lá, machão", diz o médico. Há também relatos de vizinhos e amigos dão conta que o menino se dizia carente de atenção. Ele chegou a procurar a Justiça para relatar o caso.
No início de 2014, o juiz Fernando Vieira dos Santos, 34 anos, da Vara da Infância e Juventude de Três Passos, autorizou que o garoto continuasse morando com o pai, após o Ministério Público (MP) instaurar uma investigação contra o homem por negligência afetiva e abandono familiar.
 De acordo com o MP, desde novembro de 2013, o pai de Bernardo era investigado. Entretanto, jamais houve indícios de agressões físicas. Em janeiro, o garoto foi ouvido pelo órgão e chegou a pedir para morar com outra família.
O médico pediu uma segunda chance. Com a promessa de que buscaria reatar os laços familiares com o filho, ele convenceu a Justiça a autorizar uma nova experiência. Na época, a avó materna, que mora em Santa Maria, na Região Central do estado, chegou a se disponibilizar para assumir a guarda. Porém, conforme o MP, Bernardo também concordou em continuar na casa do pai e da madrasta.
O que ocorreu com a mãe de Bernardo? 
Odilaine Uglione foi encontrada morta em 2010, dentro da clínica do então marido, o médico Leandro Boldrini, em Três Passos. À época, a investigação da polícia concluiu que ela cometeu suicídio com um revólver. No último domingo (29), o Fantástico mostrou o resultado de uma perícia particular contratada pela família, que conclui que a suposta carta suicida da enfermeira teria sido forjada, escrita por outra pessoa

Filho conta em vídeo detalhes de como matou a própria mãe


Na gravação, o rapaz revela que a vítima lutou para tentar sobreviver.
Tereza Maria da Silva Almeida foi espancada até a morte.

Do G1 TO, com informações da TV Anhanguera
Filho confessou e deu detalhes de como matou a mãe (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Filho confessou e deu detalhes de como matou a mãe (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Um vídeo divulgado na internet mostra Luiz Fernando da Silva Almeida, de 27 anos, contando em detalhes como matou a própria mãe. Na gravação, o rapaz diz que a vítima lutou para tentar sobreviver, após ser agredida repetidas vezes. O corpo de Tereza Maria da Silva Almeida, de 52 anos, foi encontrado nesta segunda-feira (11) pelo marido, em um dos quartos da casa da família, em Araguaína, no norte do Tocantins.
O vídeo mostra Luiz Fernando sentado em uma cadeira na delegacia, concedendo entrevista para dois repórteres. A eles, o homem revelou como matou a mãe: "Eu dei um tapa do lado esquerdo da cara dela. Ela caiu da cama e eu botei a mão na boca dela e sufoquei ela. Ela começou a morder minhas unhas e a ficar sem fôlego né? Aí eu peguei e tá [conta batendo o pé no chão], o calcanhar de aquiles na cabeça dela." assista ao vídeo abaixo
O crime teria acontecido durante uma discussão entre mãe e filho. Segundo a polícia, o rapaz é usuário de drogas.
Conforme um laudo parcial do IML, a mulher sofreu traumatismo craniano, apontado como a provável causa da morte. O laudo final tem 30 dias para ser finalizado.
Na casa onde o crime aconteceu, no setor Brasil, nenhuma movimentação foi registrada nesta terça-feira (12). O corpo de Tereza Maria foi levado para Carolina (MA), onde parte da família mora. A previsão é que o enterro seja realizado nesta tarde.
Prisão
Luiz Fernando foi preso aproximadamente duas horas após o crime, no setor Anhanguera. De acordo com a polícia, depois de fugir da casa da família, ele foi até uma empresa de vigilância localizada no bairro e tentou chamar uma pessoa que seria funcionária do local.
Renê Rodrigues, dono da empresa, disse que nenhum dos funcionários conhece o rapaz. Ele conta que o suspeito não estava armado, mas parecia confuso quando conversava. Dois vigilantes estavam de plantão no momento. Eles estranharam a movimentação e chamaram a polícia, que prendeu o rapaz.
Entenda
Tereza Maria da Silva Almeida foi espancada até a morte na tarde desta segunda, em uma casa no centro de Araguaína. O principal suspeito do crime é o filho dela. De acordo com a Polícia Militar, a mulher de 52 anos foi encontrada pelo marido em um dos quartos da casa, que fica no setor Brasil.
O homem, que não teve a identidade revelada, é padrasto do rapaz e disse à polícia que havia saído de casa e que não sabe como o crime aconteceu. De acordo com a PM, Luiz Fernando da Silva Almeida teria ficado em casa com a mãe por cerca de uma hora. Quando o padrasto dele voltou para casa encontrou a mulher morta, e o rapaz já não estava mais no local. Almeida foi preso e confessou o crime.