IPTU 2015 com 10% de desconto à vista pode ser pago até sexta-feira


 

WEBMASTER 9 DE JUNHO DE 2015

Após este prazo quitação será parcelada, com vencimento de junho a outubro

Termina nesta sexta-feira, (12), o prazo para pagamento à vista do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) 2015 de Colombo. Nesta fase, o incentivo para o pagamento único chega a 10% de desconto. Após está data, a quitação do IPTU poderá ser parcelada em cinco vezes, com vencimento de junho a outubro.
“A prefeitura está oferecendo esse desconto para que os contribuintes aproveitem as vantagens do pagamento à vista”, afirma secretário da Fazenda, Márcio Strapasson.
Todos os 58 mil carnês já foram entregues, quem ainda não recebeu poderá solicitar a 2ª via no site WWW.colombo.pr.gov.br, ou pessoalmente na sede da Prefeitura ou em uma das duas regionais: Maracanã e Osasco/Roça Grande.
Isenção do IPTU 2015
O prazo para solicitar o benefício também vai até o dia 12. Para tanto, é necessário atender os seguinte requisitos: aposentados ou pensionistas, que recebam até um salário mínimo e meio (R$ 1.182,00), que possuam somente um imóvel com área de até 1500 m² e construção com até 100 m², e ainda, residam no local.
Os proprietários devem comparecer ao departamento da Receita Tributária da Prefeitura de Colombo munido dos seguintes documentos: comprovante de rendimento atualizado, se do INSS Declaração de Rendimentos; Fotocópia RG e CPF; Carnê IPTU do exercício; Fatura de energia ou água atualizada e fotocópia da matrícula atualizada do registro de imóvel legível.
Tabela de vencimento IPTU 2015
Pagamento único com desconto de 10% – 12/06
1° Parcela – 12/06
2° Parcela – 12/07
3° Parcela – 12/08
4° Parcela – 12/09
5° Parcela – 12/10
Saiba como imprimir o carnê
1° passo – Acesse o link https://colombo.atende.net/#!/tipo/servico/valor/49/padrao/1
2° passo – Clique em acessar online
3° passo – Insira o número do CPF ou CNPJ e clique em consultar
4° passo – As guias devem ser acessadas uma de cada vez para serem impressas.
Observação: Os pop-ups do navegador usado devem estar desbloqueados para o acesso.
Serviço:
Prefeitura Municipal de Colombo
Rua XV de Novembro, 105 – Centro – Telefones: 41 3656-8080 / 41 3656-8000
Regional Maracanã
Rua Dorval Ceccon, 664 | Telefone: 41 3675-5900
Regional Roça Grande / Osasco
Rua Prefeito Pio Alberti, 450 | Telefone: 41 3621-1382
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Exposição de jogos sobre dislexia e autismo acontece até o dia 16 em Colombo


WEBMASTER 11 DE JUNHO DE 2015

A amostra encerra a primeira etapa do Momento Hora Estudo; 45 escolas do município participaram da confecção

O trabalhos expostos são o resultado da Capacitação Profissional do Professor realizado no começo do ano
O trabalhos expostos são o resultado da Capacitação Profissional do Professor realizado no começo do ano
A Prefeitura de Colombo por meio da secretaria de Educação promove uma exposição de jogos sobre dislexia e autismo, entre os dias 9 e 16 de junho, das 9h às 16h30, na regional do Maracanã. Os trabalhos em exposição foram confeccionados pelos alunos das escolas municipais, durante o Momento Hora Estudo.
“O Momento Hora Estudo foi criado após a Capacitação Profissional do Professor – realizado em fevereiro deste ano, no qual os professores assistiram vídeos sobre dislexia e autismo”, explica a secretária de Educação, Aziolê Cavallari Pavin.
O evento é importante para que os professores, pais e alunos possam contemplar os resultados dos trabalhos produzidos durante o ano letivo. “É importante realizar essa exposição, pois assim podemos avaliar os reflexos que a capacitação dos professores proporcionou. Também mostra que vale a pena investir nestas atividades, pois percebemos um retorno positivo”, explica a coordenadora pedagógica da secretaria de Educação, Márcia Ribeiro.
A exposição encerra uma etapa do Momento Hora Estudo, onde 40 escolas urbanas e cinco escolas rurais participaram. A próxima capacitação dos professores será realizada nos dias 20 e 21 de julho, e traz como “Altas Habilidades”. Durante os dois dias, os professores participaram de palestras e atividades diversas.
45 Escolas do Município participam da exposição Temas como dislexia e o autismo foram abordados nesse primeiro semestre
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Equipes de futsal de Colombo brilham na Copa Vale do Ribeira


WEBMASTER 11 DE JUNHO DE 2015

O destaque foi para as equipes femininas, que conquistaram o primeiro e o segundo lugar na sua categoria

 Time masculino Vale do Ribeira
Time masculino Vale do Ribeira
O último domingo, (7) foi marcado por vitórias de equipes colombenses na final da Copa Vale do Ribeira. O campeonato foi disputado em Rio Branco do Sul e contou com equipes da região metropolitana norte nas seguintes categorias: masculino nas categorias sub 16, sub 18 e amador, e feminino na categoria livre.
As equipes femininas de Colombo brilharam nas finais e conquistaram o primeiro e o segundo lugar na sua categoria. Após disputar a competição que contou com oito equipes, sagrou-se campeão o time Colombo Adulto e vice-campeão o Colombo Juvenil. As equipes colombenses também foram destaque revelando a artilheira da competição, Jacqueline de Souza, a defesa menos vazada, do Colombo Adulto, a atleta destaque da final, Aline dos Santos, e melhor técnica, Daniely de Quadros.
A equipe sub-17 masculina do município também teve destaque e foi vice-campeã na sub-18, sendo a única equipe da competição a disputá-la com atletas mais jovens do que a categoria. O melhor goleiro da competição, Wellington Ribeiro, e melhor técnica, Gabrielli Grabovski, também trouxeram títulos para o time. A equipe contou com o apoio e patrocínio da Antefer Esquadrias de Ferro.
Equipe feminina Vale do Ribeira
Equipe feminina Vale do Ribeira
Para as equipes do município, a competição foi importante para servir como preparação para o Campeonato Paranaense, Jogos da Juventude e Jogos Abertos. “Gostaríamos de parabenizar todos os atletas envolvidos pela dedicação nessa competição, foram inúmeros fins de semana de correria para conseguir alcançar esses resultados e ainda conciliar outras competições, além das viagens até Rio Branco do Sul. Parabéns às equipes pelos títulos e pela trajetória e a evolução que tiveram dentro da competição”, declarou Nicolly Batista, auxiliar técnica das equipes de futsal feminino de Colombo.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Divulgação

Jovem de 19 diz que matou por causa de dívida de passarinho em Passos


Conforme a polícia, havia uma dívida de R$ 100 por venda de pássaro.
Homem de 64 anos foi encontrado morto na quarta; rapaz de 19 foi preso.

Do G1 Sul de Minas
A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (11) o suspeito de matar o sitiante Sivadinei Medeiros, de 64 anos, na zona rural dePassos (MG). O motivo do crime, conforme as investigações da polícia, seria uma dívida de R$ 100 da venda de um passarinho.
O suspeito, de 19 anos, foi encontrado em um sítio na zona rural de São João Batista do Glória (MG). Conforme o delegado Marcos Pimenta, o rapaz confessou que cometeu o crime e falou o motivo. Ainda conforme o delegado, ainda será investigado se existe a participação de outras pessoas no crime. (assista ao vídeo acima)
saiba mais

Sivadinei Medeiros foi encontrado morto na manhã de quarta-feira (10) no sítio dele, que fica a 16 quilômetros de Passos. Da casa dele, foram levados dois pássaros trinca-ferro. O suspeito do crime foi levado para o Presídio de Passos.
Corpo foi encontrado em sítio na zona rural de Passos (MG) (Foto: Reprodução EPTV)Corpo foi encontrado em sítio na zona rural de Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)

Advogado de 43 anos morre em academia de Florianópolis


Homem passou mal após aula de natação nesta quinta. 
Socorristas tentaram reanimá-lo, mas ele morreu no local.

Do G1 SC
Um advogado de 43 anos morreu na manhã desta quinta-feira (11) em uma academia no bairro Campeche, em Florianópolis. Ele praticava natação regularmente no estabelecimento e havia saído de uma aula, por volta das 9h, quando sofreu um mal súbito.
"Ele já havia tomado banho e estava indo pegar água quando passou mal", afirmou o coordenador da academia, Rafael Borges Costa, que acompanhou o atendimento ao aluno. Segundo o estabelecimento, profissionais habilitados da própria escola conseguiram reanimar o advogado após cinco minutos com o auxílio de um desfibrilador.
Quando a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao local, o advogado sofreu uma nova parada. Os socorristas tentaram reanimá-lo por mais 23 minutos, de acordo com a academia, mas sem sucesso. O homem morreu no local.
O laudo do Instituto Médico Legal (IML) com a causa da morte não foi divulgado. De acordo com Borges, o advogado estava com o atestado médico em dia para a prática de natação.
"Foi uma fatalidade, lamentamos muito. Era um aluno assíduo, gostava muito de nadar", afirmou Borges, ressaltando que a academia está oferecendo todo o apoio à família do aluno.
A academia ficou fechada durante todo o dia, mas deve abrir normalmente nesta sexta-feira (12).

Senado aprova projeto que torna assassinato de policiais em crime hediondo


Da Agência Senado
Foto: Agência Senado
Foto: Agência Senado

O assassinato de policiais civis, militares, rodoviários e federais, além de integrantes das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e do Sistema Prisional, seja no exercício da função ou em decorrência do cargo ocupado, agora será considerado crime hediondo e qualificado. É o que determina o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 19/2015, aprovado pelo Plenário do Senado na tarde desta quinta-feira (11). O texto já havia sido aprovado na Câmara dos Deputados no final de março e agora segue para sanção.
Do deputado federal Leonardo Picciani (PMDB-RJ), o projeto altera o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/1940) e a Lei dos Crimes Hediondos (8.072/1990) para qualificar o delito. O agravamento da pena previsto no texto alcança o crime praticado contra o cônjuge, companheiro ou parente até 3º grau do agente público de segurança, quando o ilícito for motivado pela ligação familiar. Em todos esses casos, a pena será de reclusão de 12 a 30 anos. Hoje, a pena de homicídio simples varia de seis a 20 anos de prisão. O projeto estabelece também que a lesão corporal cometida contra agentes de segurança em serviço, e seus parentes, será aumentada de um a dois terços.
A proposta tramitou em regime de urgência no Senado – o que permite o projeto avançar etapas e prazos. Por isso, o relator da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), senador Alvaro Dias (PSDB-PR), adiantou seu voto favorável ainda na quarta-feira, no Plenário.
O presidente do Senado, Renan Calheiros, destacou que o projeto é fruto de um acordo no Senado e classificou a matéria como um avanço para a segurança pública do país. Segundo Renan, a proposta não vai resolver por completo a questão da violência, mas representa um “passo importante”. Ele acrescentou que a segurança pública pede ações profundas como a repactuação das responsabilidades e a definição de fontes permanentes para o setor.
– Há uma cobrança muito forte da sociedade. O Parlamento há anos estava devendo avanços sobre esse assunto – afirmou Renan.

‘Veranico’ dá adeus e chuva traz de volta o velho clima curitibano a partir desta sexta-feira


Por Felipe Ribeiro e Geovane Barreiro

As altas temperaturas do Paraná estão com as horas contadas e Curitiba deve voltar a ter o clima característico a partir desta sexta-feira (12). Já nesta quinta, a nebulosidade aumenta e chove nas regiões oeste e sudoeste do estado. Para a capital, já são previstas chuvas isoladas a partir da noite, o que deve baixar as temperaturas.
chuva
Foto: Banda B
Segundo o meteorologista Tarcisio Valentim da Costa, essa modificação climática é provocada pela aproximação de uma frente fria e, na próxima semana, as temperaturas podem ficar abaixo dos 10°C. “É uma redução significativa, uma vez que as temperaturas estão altas. A chuva já chega pela manhã de sexta e o frio promete ser mais forte a partir de terça”, explicou.
Ao longo da sexta-feira, a frente fria atua principalmente na metade sul do Paraná. São esperados eventos de chuvas, que podem ocasionalmente serem fortes e acompanhados de rajadas de vento moderado e forte. Apenas a faixa norte do Paraná é que ainda não sofre a influência direta da frente fria, mas as nuvens aumentam, com chuvas mais isoladas e o calor diminui.
Para o fim de semana, chove de forma isolada e as temperaturas variam de 13°C e 25°C na capital. Já no litoral, os termômetros chegam aos 27°C no domingo.

Governo descarta sexto horário e diz que é praticamente certo aulas aos sábados

normal_colegiogeraldinamota10
governo do Paraná descartou a possibilidade de as escolas estaduais realizarem uma sexta aula por dia, ao invés de cinco, para encerrar este ano letivo ainda em 2015. Segundo aSecretaria Estadual da Educação (Seed), a proposta da APP-Sindicato, que representa os professores, não dá conta de cumprir os 200 dias letivos previstos pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB), que regulamenta a educação no país. A data limite para encerramento do ano letivo de 2015 é 07 de março de 2016.“Nós conversamos bastante com a APP, com os professores, e o governo percebeu que a sugestão da sexta aula limitou as nossas possibilidades. Infelizmente, não é possível realizar os 200 dias letivos e as 800 horas obrigatórias de conteúdo a partir desta proposta. As aulas aos sábados, no entanto, estão autorizadas, pelo menos em Curitiba”, explicou a superintendente da Seed, Fabiana Campos, em entrevista à Banda B na tarde desta quinta-feira (11).
As escolas da capital devem utilizar os 12 sábados disponíveis para repor 49 dias de aula perdidos com a greve da categoria. “Isso só não vai acontecer nos colégios em que o transporte escolar não pode atuar nos finais de semana, como acontece na Região Metropolitana e em outras partes do estado. A estimativa é que o ano letivo de 2015 termine no dia 25 de fevereiro de 2016 em várias instituições”, completou ela.
As férias de julho do ano que vem também devem ficar comprometidas, segundo o calendário de reposição. “Começando no dia 1º de março e sem nenhum recesso, o ano letivo de 2016 deve encerrar no dia 23 de dezembro, normalizando a situação para 2017”, concluiu a superintendente.

Casal choca ao fazer sexo na sacada de prédio

Cena ocorreu em Bangsar South, na capital Kuala Lumpur.

Ato sexual durou quase 30 minutos e chocou moradores vizinhos.

Do G1, em São Paulo
Um casal chocou vizinhos ao fazer sexo na sacada de um prédio de Bangsar South, na capital Kuala Lumpur, na Malásia. O ato sexual durou quase 30 minutos, e um vídeo com o momento quente entre o casal fez sucesso ao ser postado nas redes sociais.
Casal chocou ao fazer sexo na sacada de prédio em Kuala Lumpur (Foto: Reprodução)Casal chocou vizinhos ao fazer sexo na sacada de prédio em Kuala Lumpur (Foto: Reprodução)
A dupla parecia não se preocupar com o fato de o ato sexual poder ser visto de prédios vizinhos.
A polícia abriu uma investigação após o caso vir à tona no mês passado. Segundo o chefe de polícia Muhammad Abdullah Azlee, o homem que aparece no vídeo era estrangeiro e tinha visitado o apartamento com sua parceira supostamente para alugá-lo.

Ex-vice-presidente do BB é preso em operação da Polícia Federal


Funcionários de bancos e doleiros estão entre os 11 presos pela PF.
Estimativa é de que R$ 3 bilhões foram lavados em 3 anos.

Do G1 São Paulo
O ex-vice-presidente do Banco do Brasil, Allan Simões Toledo, foi preso nesta segunda-feira (11) durante operação da Polícia Federal em São Paulo contra evasão de divisas e lavagem de dinheiro entre o Brasil e países do exterior. As prisões temporárias de oito pessoas foram decretadas após decisão da 2ª Vara Federal Criminal em São Paulo. assista ao vídeo
Na mesma decisão, foi decretada a prisão preventiva de outras quatro pessoas. Foram expedidos ainda mandados de condução coercitiva de outras duas pessoas. O G1 não localizou o advogado de Toledo. No total, a PF prendeu 11 pessoas. Funcionários de bancos e doleiros estão entre os presos. A estimativa é a de que em três anos, R$ 3 bilhões foram lavados.
O ex-vice-presidente do Banco do Brasil, Allan Simões Toledo (Foto: Darlan Alvarenga/G1)O ex-vice-presidente do Banco do Brasil, Allan
Simões Toledo (Foto: Darlan Alvarenga/G1)
O Banco do Brasil informou que Toledo foi desligado em dezembro de 2011 e que não possui nenhuma informação sobre os fatos investigados. Ele trabalhou por 29 anos no banco e foi retirado do cargo por decisão do Conselho de Administração do BB seguindo recomendação da diretoria.
O Banif disse que não vai se manifestar sobre a prisão do executivo.
Das 11 prisões, oito ocorreram na capital paulista, uma em Araras, no interior paulista, uma em Resende, no Rio de Janeiro, e uma em Curitiba, no Paraná.  A PF solicitou à Justiça que sete suspeitos fiquem detidos temporariamente e 4, de forma preventiva.
O próximo passo da operação é a identificação dos clientes e motivos das movimentações financeiras. Os nomes dos detidos e das empresas investigadas não foram divulgados.
A PF pediu à Justiça o bloqueio de várias contas de passagens, que eram usadas para movimentar o dinheiro, além de imóveis. Foi apreendido R$ 1 milhão de dinheiro em espécie nesta manhã.
O esquema contou com a participação de três funcionários de um banco identificado sediado na capital paulista. A investigação indica que outros bancos estejam envolvidos na operação.
"Pelo perfil que a gente pode observar até pelos antecedentes criminais de alguns dos envolvidos essas pessoas fazem parte do crime financeiro, do crime do colarinho branco o seu modo de vida", disse Ferreira Neto. Alguns detidos já tiveram passagens por crimes contra o sistema financeiro, segundo o delegado a PF Alberto Ferreira Neto
Em um ano, apenas uma das empresas investigadas movimentou R$ 170 milhões.
Uma estatal venezuelana, que não teve o nome e nem o ramo de atividade divulgado, está sendo investigada por envolvimento na operação.
"O dinheiro passava por contas de passagem inclusive de uma estatal venezuelana e dali vinha para o Brasil ou ia para Hong Kong", declarou o delegado. Apesar da conta ser de uma estatal, não se sabe ainda se o dinheiro vem do governo da Venezuela. "Nós não fizemos uma cooperação policial internacional com a Venezuela, então não se pode ter uma precisão".
A operação, nomeada como Porto Victoria, também cumpriu dois mandados de condução coercitiva e 30 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, Araras, Indaiatuba, Santa Bárbara do Oeste, no interior paulista, além de Curitiba (PR) e Resende (RJ).
Investigação
O crime começou a ser investigado em 2014, após um pedido da Agência Norte-Americana de Imigração e Alfândega (ICE) para apurar o envolvimento de um brasileiro em uma organização criminosa que atuava em diversos países como Reino Unido, Venezuela, Estados Unidos, Brasil e Hong Kong. A evasão de divisas ocorre quando um país envia dinheiro para o exterior sem declará-lo.
A organização criminosa realizava importações fictícias da Venezuela por empresas brasileiras, sem que o produto fosse comercializado. Além disso, os produtos brasileiros eram superfaturados em até 5.000 % para justificar a remessa dos valores.
"As exportações da Venezuela para que pudesse legitimar a entrada do dinheiro no Brasil ocorriam algumas operações, ou seja, existia o trânsito de mercadorias,  só que de forma superfaturada", afirmou o delegado Ferreira Neto.
Um dos exemplos citados pelo delegado para elucidar como os suspeitos atuavam foi o de uma máquina de processar alimentos com valor estimado em R$ 20 mil e que foi exportada por R$ 1 milhão. Ao menos 30 empresas de fachada foram identificadas.
"A importação era só uma farsa para que eles pudessem mandar dinheiro para Hong Kong. Uma outra forma de mandar dinheiro para o exterior era por meio de empréstimos à residentes. Mas esses empréstimos eram feitos do Brasil para empresas da própria organização criminosa, assim eles conseguiam capitalizar as suas contas secretas mantidas em Hong Kong", completou.
Na sequência eram feitos empréstimos e importações simuladas para Hong Kong, de onde o dinheiro era encaminhado para outras contas ao redor do mundo.
Já no Brasil, eram feitas importações fictícias realizadas por empresas brasileiras. Essas operações contavam com a colaboração de operadores do sistema financeiro com bancos e corretoras de valores para o envio de dólares para o exterior, com aparência de legalidade.
Também foram detectadas transações por meio de um esquema conhecido como “dólar cabo”, que é modo de envio de dinheiro para o exterior que não passa pelas instituições financeiras. Normalmente, esse envio é feito por doleiros no mercado paralelo.
Os detidos responderão pelos crimes de evasão de divisas, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira e organização criminosa.