Neném e Thais Baptista têm Dia da Noiva em salão de São Paulo; veja fotos


Thais e Neném tomam banho juntas na banheira Foto: Junior Donatto
Tamanho do texto A A A
Um dia antes do casamento, Neném e Thais Baptista optaram por descansar e cuidar da beleza. As duas foram para um salão em São Paulo para o Dia da Noiva com teste de cabelo, massagem, limpeza de pele e banho de espuma. E nada de ficarem longe. Muito ansiosas pela cerimônia, elas querem ficar juntinhas o dia todo.
Neném e Thais juntas
Neném e Thais juntas Foto: Junior Donatto
Neném e Thais se vão tentar inseminação artificial novamente
Neném e Thais se vão tentar inseminação artificial novamente Foto: Junior Donatto
Neném e Thais não se desgrudaram na véspera do casamento
Neném e Thais não se desgrudaram na véspera do casamento Foto: Junior Donatto
O casamento acontece no dia em que as irmãs Pepê e Neném completam 40 anos. Por isso, as duas vão para a lua de mel. Dois dias depois o casal segue para o Hotel Fazenda Reviver em Araçoiaba da Serra, a uma hora de São Paulo. E Pepê vai junto, com a sua namorada. Depois as recém-casadas seguem para Vale do Encantado Park Hotel, em Guararema, a cerca de 75km da capital, onde ficarão sozinhas. Na volta para casa elas pretendem tentar de novo fazer uma inseminação artifical.
Thais Baptista na banheira; casamento é nesta segunda
Thais Baptista na banheira; casamento é nesta segunda Foto: Junior Donatto
Neném descansa na banheira
Neném descansa na banheira Foto: Junior Donatto
A união acontece nesta segunda e a festa de casamento/aniversário foi avaliada em cerca de R$ 200 mil. A organização ficou por conta do cerimonialista Junior Donatto. Foi no aniversário dele, inclusive, onde Neném pediu a mão da amada, em abril.
“Vai ser um total de 1.500 doces e 700 bem-casados. Vai ter ainda uma orquestra com 20 componentes. A Thais entrará com a marcha nupcial e, a pedido dela, Adriana Ribeiro cantará “Se eu não te amasse tanto assim” (Herbert Vianna e Paulo Sérgio Valle). Cada uma terá dez pares de padrinhos, como Sônia Abrão, Mulher Maça e Yudi”, explica Junior.
Neném testa a maquiagem para o casasmento
Neném testa a maquiagem para o casasmento Foto: Junior Donatto
Neném cuida do cabelo para o casamento
Neném cuida do cabelo para o casamento Foto: Junior Donatto
Neném está passando o dia com a noiva
Neném está passando o dia com a noiva Foto: Junio


Bonner defende Maju no Twitter após boatos envolvendo marido da apresentadora


Montagem que circula na internet acusa Agostinho Moura de ser ligado a empresa investigada pela Lava-Jato
Montagem que circula na internet acusa Agostinho Moura de ser ligado a empresa investigada pela Lava-Jato Foto: Reprodução / Facebook
Júlia Zaremba

O jornalista William Bonner saiu em defesa da colega Maria Júlia Coutinho no Twitter após boatos de que o marido da apresentadora estaria ligado a uma empresa investigada por corrupção na Operação Lava-Jato. A história começou nas redes sociais, onde internautas compartilharam montagens afirmando que a empresa na qual Agostinho Paulo Moura trabalha como diretor de criação, o Grupo Eugênio, seria ligada à empresa Pepper Interativa, alvo de investigação. No entanto, as duas empresas não têm vínculo algum. O Grupo Eugênio é, na verdade, ligado à Agência Pepper, que apesar do nome parecido, não tem relação alguma com a Pepper Interativa.
Bonner saiu em defesa da colega no Twitter neste domingo
Bonner saiu em defesa da colega no Twitter neste domingo Foto: Reprodução / Twitter
O EXTRA investigou o CNPJ de cada uma das empresas, e constatou que, de fato, estão em nomes de sócios diferentes. A investigada pela Lava-Jato, Pepper Interativa, cuja razão social é Pepper Comunicação LTDA, está em nome de Danielle Miranda Fonteles, Amauri dos Santos Teixeira, Kassia Cristina Martins, Carolina Fonteneles e Felipe Fonteneles.
Já o Grupo Eugênio, cuja razão social é Eugênio Publicidade LTDA, tem como sócios os empresários Maurício Eugênio, Osvaldo Eugênio e Carlos Augusto de Lia Valadão Flores.
A razão social da Agência Pepper, por sua vez, é Pepper Promoções e Comunicação LTDA, dos sócios Cristiano Chehin e Lucas Clemente Diaz. O próprio Agostinho, com quem Maju é casada desde 2009, postou em sua página do Facebook um esclarecimento sobre a confusão.
Agostinho publicou em sua página no Facebook um esclarecimento sobre o boato divulgada nas redes
Agostinho publicou em sua página no Facebook um esclarecimento sobre o boato divulgada nas redes Foto: Reprodução / Facebook
A Pepper Interativa já prestou serviços ao PT e ao BNDES e é citada em documentos da Operação Lava-Jato.


Será que DILMA termina o mandato?


unnamed
Elio Gaspari
A pergunta é fácil e cada um responde como quiser, mas restam outras: Como? Para quê? Para botar quem?
Desde que Ricardo Pessoa começou a colaborar com as autoridades, essa pergunta tornou-se um complemento rotineiro aos comentários para quaisquer fatos. Milton Pascowitch fechou seu acordo de colaboração e José Dirceu pediu um habeas corpus preventivo. Será que ela termina o mandato? Jorge Luiz Zelada, ex-diretor da Petrobras, está preso. Será que ela termina o mandato? O deputado Eduardo Cunha sugere que seu aliado Michel Temer abandone a coordenação política do governo porque, enquanto ele costura alianças de dia, o PT descostura-as à noite. Se o PMDB se afastar ainda mais do Planalto, será que ela termina o mandato?
O regime democrático brasileiro elegeu quatro presidentes: Fernando Collor, FHC, Lula e Dilma. Um foi para casa antes de concluir o mandato. Se isso acontecer a outro, chega-se a uma taxa de mortalidade de 50%. (A do vírus Ebola esteve
em 70%.)
Indo aos mecanismos práticos existentes, Dilma Rousseff pode ser impedida pelo Congresso. Nesse caso, assume Michel Temer para concluir o mandato. Trocar Dilma por Temer vem a ser o quê?
Dilma também pode ter o seu mandato anulado pelo Tribunal Superior Eleitoral e há processos que, algum dia, podem acabar dando nisso. Nesse caso, a vice de Temer vai junto e assume Aécio Neves. No país do futebol, entregar a taça a quem perdeu a final é uma coisa meio girafa.
Noutra hipótese, o TCU pode rejeitar as contas da doutora, enviar sua decisão ao Congresso e vê-la referendada, o que provoca um impedimento com padrinho. É uma fórmula engenhosa, mas o Tribunal de Contas não chega a ser um tribunal e sua relação com as contas dos poderosos jamais encantou a plateia.
Nenhum desses três mecanismos fica de pé sem o ronco da rua. Não se pode dizer se ele virá, nem como virá. Quando se tratava de mandar Collor para casa, empossar Itamar Franco pareceu uma boa ideia. E foi.
Presidente com um dígito de aprovação antes de completar um ano é coisa nunca vista. Quem levou a doutora Dilma à situação em que está não foi a oposição, muito menos os moinhos de vento que o PT vê a cada esquina. Foi ela mesma. Como sairá dessa, só ela poderá saber. As razões pela qual entrou nessa enrascada foram muitas. Talvez a maior delas, por desnecessária e megalomaníaca, tenha ocorrido dias depois de sua vitória no ano passado, quando o PT tentou atropelar o PMDB.

Lava Jato se aproxima dos cabeças do petrolão


unnamed
Rubens Chueire Jr., Folha de Londrina
Depois de um ano e meio de investigações, 15 fases deflagradas e da prisão de ex-diretores da Petrobras e de diversos empreiteiros, a Operação Lava Jato caminha a passos largos. Para o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, integrante da força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) que atua em Curitiba, ainda há muito a ser apurado, mas ele acredita que os trabalhos já avançaram a ponto de estarem perto de identificar os envolvidos que realmente dominavam todo o megaesquema de corrupção e desvios de recursos públicos.
“Diria que já ultrapassamos a metade da investigação, mas ainda há muita coisa a denunciar. Quando se vê o nível de pessoas que estão presas você pergunta: ‘Há muito mais gente do mesmo nível ou acima deles para serem envolvidas?’ É como uma pirâmide que a gente vai colocando as peças e vai fechando a estrutura. Creio que nós estamos perto de chegar naqueles que realmente tinham o domínio das operações”, afirma o procurador. “Quando você prende um Marcelo Odebrecht, um presidente da Camargo Correa (Dalton Avancini) e da UTC (Ricardo Pessoa), já se está perto disso”, completa.
Lima acredita que outros esquemas criminosos devem aparecer, mas ressalta que a possibilidade de novos personagens surgirem é mais reduzida. Segundo ele, os trabalhos ainda devem se aprofundar na área de comunicação da Petrobras, mas que, diante do todo, não se compara com os contratos de refinaria e outros negócios que já foram alvo de apuração. “Acho que faltam poucos personagens que são mais ou menos previsíveis e acredito que não vai haver nenhuma surpresa. O que vai, de repente, aparecer é um novo esquema criminoso em algum lugar, mas os personagens não vão mudar muito. Na verdade, o que acontece é uma repetição de nomes, mas as pessoas que realmente mandam são poucas”, reforça o procurador.
QUALIDADE DAS PROVAS
O integrante da força-tarefa lembra que não há dúvida sobre a existência do cartel de empresas e do pagamento de corrupção, como questionam as defesas do executivos presos na operação. Lima diz, inclusive, que se surpreende com o nível de provas que estão surgindo durante os trabalhos. “A cada dia me surpreendo com o volume de evidências, muito em parte devido à cooperação internacional, que é um procedimento sigiloso e lento. Mas quando se chega nesta fase temos uma quantidade de provas e informações absurda. Posso ter um problema para provar um contrato ou outro, mas não para ter a fotografia completa dos fatos. Quanto ao desenho dos fatos em relação à cartelização, não tenho dúvida da participação de todas as empresas.”
O discurso de Lima é reforçado pelo delegado Igor Romário de Paula, coordenador das investigações da Lava Jato na PF. “Estas empresas que questionam a atuação da MPF e PF se resumem a poucas, porque muitas já admitiram a existência da cartelização”, aponta.
De acordo com o delegado, a Lava Jato está se tornando uma “operação permanente” dentro da PF. Ele conta que chegou a fazer uma previsão de recursos e de pessoal para atuar nas investigações que já teve de ser refeita duas vezes.
“Primeiro achamos que conseguiríamos terminar as apurações até o final do ano passado, mas o novelo foi se desenrolando e outras áreas aparecendo, realmente não vejo previsão para término dos trabalhos”, avalia.

Ricardo Pessoa será testemunha-bomba contra Dilma


unnamed
Claudio Humberto
O Tribunal Superior Eleitoral se prepara para um dos julgamentos mais importantes da história. Trata-se da denúncia de que a campanha de reeleição da presidente Dilma foi financiada com dinheiro ilegal, fruto da corrupção. Será decisivo o depoimento, ao TSE, do delator Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC e coordenador do cartel que roubou a Petrobras. Seu testemunho nesse caso será nitroglicerina pura.
Doleiro na roda
O doleiro Alberto Youssef pode também depor no TSE. Ele contou que o PT lhe pediu para “internalizar” R$ 20 milhões para a campanha.
A origem
O processo no TSE foi aberto com a denúncia do PSDB de que a campanha de Dilma recebeu doações ilegais e não prestou contas.
Novas evidências
Em depoimento à Lava Jato, Ricardo Pessoa confessou haver levado dinheiro vivo, do esquema do Petrolão, para a campanha de Dilma.
Achaque petista
A própria Dilma já admitiu haver recebido R$ 7,5 milhões da UTC, que Ricardo Pessoa garantiu terem sido produto de achaque.

Homem é preso pela 36ª vez por furto em Brasília


Ele foi flagrado pela Polícia Militar dentro de apartamento na Asa Norte.
Com ele, foram encontradas várias chaves usadas para abrir imóveis.

Do G1 DF
Bolsa com chaves encontrada com suspeito de furtos em Brasília (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Bolsa com chaves encontrada com suspeito de furtos em Brasília (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu neste domingo (5) um homem suspeito de furto a residências em Brasília. Foi a 36ª vez que ele é preso pelo mesmo motivo, segundo a polícia.
saiba mais

Ele foi preso no bloco B da comercial da quadra 306 Norte dentro de um apartamento. Com ele, a polícia encontrou uma bolsa com várias chaves usadas para abrir imóveis. O suspeito também tinha duas mochilas – uma dentro da outra. Segundo a polícia, provavelmente eram utilizadas para ele guardar os objetos que furtava.
Ele foi levado para a delegacia e indiciado por furto. A pena, em caso de condenação, é de um a quatro anos de prisão.

Balanço da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal mostra que houve aumento de 13% no número de roubos a residências em junho em comparação com o mesmo período do ano passado (de 47 para 53) e de 3,7% no semestre (301 para 312).

Segurança morre baleado ao reagir a assalto, diz polícia


Homem já tinha trabalhado algumas vezes em eventos com cantor Leonardo.
Trio abordou vítima exigindo cordão de ouro; eles fugiram com a arma dele.

Do G1 GO
Segurança é morto a tiros ao reagir a assalto em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Segurança foi morto com sete tiros no peito durante assalto (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Um segurança de 41 anos morreu na manhã deste domingo (5) durante um assalto na Vila União, em Goiânia. De acordo com as investigações, ele tentou reagir e foi baleado no peito. A vítima já tinha trabalhado algumas vezes como segurança terceirizado do cantor Leonardo em eventos sociais e visitas do sertanejo em Goiânia, segundo a assessoria local do cantor.
A polícia disse que o homem costumava ir à feira do bairro todos os finais de semana. Porém, nesta manhã, quando ia voltar para casa, foi abordado por dois homens e uma mulher que deram voz de assalto e exigiram um cordão de ouro que ele usava no pescoço.
O segurança estava armado e, ao tentar reagir, foi baleado pelos assaltantes. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vítima morreu ainda no local. Ele foi atingido por sete tiros no peito.
Os suspeitos fugiram do local levando a arma da vítima. Até às 14h deste domingo, nenhum dos suspeitos tinha sido preso.

Fãs se reúnem para homenagear cantor Cristiano Araújo em Goiânia


Grupo cantou músicas de sucesso do artista, morto em acidente de carro.
Todos vestiram camisetas brancas com a foto do cantor estampada.

Do G1 GO
Fãs se reuniram para cantar músicas de Cristiano Araújo, em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Fãs se reuniram para cantar músicas de Cristiano Araújo (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Um grupo de aproximadamente 300 fãs fez uma homenagem para o cantor Cristiano Araújo, morto em um acidente de carro na BR-153, na tarde deste domingo (5) no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia. No local, eles cantaram músicas do sertanejo e fizeram orações para o músico e também para a namorada dele, Allana Moraes, que morreu no mesmo acidente.(veja vídeo)
Os fãs se organizaram pelas redes sociais. Todos estavam usando camisetas brancas com o rosto do cantor estampado. O objetivo era demonstrar todo o carinho que eles têm por Cristiano Araújo mesmo após a morte do ídolo.
“Isso foi para demonstrar o quanto ele era importante para nós, que fez parte da vida de cada um que está aqui, e que vai ficar guardado para sempre”, disse Kemilly Magalhães, uma das organizadoras do evento.
No início da homenagem, os fãs fizeram um minuto de silêncio e, na sequência fizeram orações. Após a prece, o grupo começou a cantar vários sucessos de Cristiano Araújo. Além disso, encheram vários balões brancos e, no final do evento, soltaram as bexigas no céu.
“Tínhamos que demonstrar tudo o carinho por ele de alguma forma. A imagem que vai ficar dele é de uma pessoa prestativa, que sempre deu atenção para os fãs, que era carinhoso. O que vamos lembrar é dele sorridente e sempre alegre”, disse Jéssica Monteiro.
Morte e enterro
O acidente que matou Cristiano Araújo e a namorada aconteceu entre Morrinhos e Pontalina, no último dia 24, na volta de um show em Itumbiara, no sul do estado. No veículo também estavam o motorista do músico, Ronaldo Miranda, e o empresário Victor Leonardo – os dois se feriram, mas já receberam alta do Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG).
O enterro do corpo de Cristiano Araújo ocorreu no último dia 25, no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia, e foi acompanhado por mais de 1,5 mil pessoas. Allana foi enterrada horas antes, no mesmo local, a poucos metros do jazigo do sertanejo.
Cerca de 5 mil pessoas, segundo estimativas da Polícia Militar, participaram da missa de sétimo dia de Cristiano Araújo, realizada na noite de quarta-feira (1º) no estacionamento da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, no Conjunto Itatiaia, em Goiânia. Familiares e amigos prestaram homenagem ao cantor (assista abaixo).

Aécio Neves é reeleito presidente do PSDB


Candidato único, anúncio foi feito na convenção nacional do partido. Discursos fizeram duras críticas ao governo Dilma

REDAÇÃO ÉPOCA
05/07/2015 - 16h04 - Atualizado 05/07/2015 16h04
O senador Aécio Neves foi reeleito neste domingo (5) por integrantes do PSDB para mais um mandato no comando do partido no país. Candidato único na eleição interna, o tucano foi reeleito durante convenção nacional em Brasília, de acordo com o G1. O novo mandato vai até 2017. Aécio assumiu o comando do PSDB em maio de 2013, antes de oficializar sua candidatura à Presidência da República nas eleições do ano passado. 
Aécio Neves é reeleito presidente do PSDB em convenção nacional em Brasília (Foto: Divulgação PSDB)
Em seu discurso, Aécio atacou a gestão da presidente Dilma e criticou a postura do PT. "Esse grupo político que aí está está caminhando a passos largos para a interrupção deste mandato. A verdade é que a presidente não governa mais. Ela perdeu o controle da máquina administrativa do Brasil. Terceirizou a condução do Brasil na economia e na política. O Brasil de hoje, com essas revelações diárias de corrupção, é incapaz de alimentar esperanças. Este não é o Brasil que queremos, o Brasil com o qual sonhamos", afirmou Aécio, de acordo com o G1
Fernando Henrique Cardoso também fez um discurso duro e acusou o PT de "quebrar" o Brasil, de acordo com a Folha de São Paulo. "Precisamos ir até o fim para que o Brasil seja passado a limpo", disse o ex-presidente.
Militantes, parlamentares e dirigentes tucanos participaram do evento. Entre os presentes, estavam, além do ex-presidente da República FHC, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e os senadores José Serra e Aloysio Nunes.
Os 528 delegados do PSDB também definiram os novos integrantes da Executiva Nacional e do Diretório Nacional. Na votação, Fernando Henrique foi mantido como presidente de honra da sigla.
Foram escolhidos ainda para a Executiva Nacional sete vice-presidentes, um vice-presidente jurídico, secretários e tesoureiros. Também foram definidos os membros dos conselhos de ética, fiscal e político, além do presidente do Instituto Teotônio Vilela.

Em locais diferentes, dois jovens são assassinados na tarde de domingo em Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento
Maicon de Quadros morreu na hora no Uberaba (Foto: Antônio Nascimento - Banda B)
Maicon de Quadros morreu na hora no Uberaba (Fotos: Antônio Nascimento – Banda B)

Em lugares diferentes, dois jovens foram assassinados na tarde deste domingo (5) em Curitiba. O primeiro caso aconteceu na Rua Otacílio Rodrigues de Oliveira, na CIC e vitimou Wesley Fernandes Silva, de 21 anos.
mortodomingo1
Wesley Fernandes Silva também não resistiu
No local, foi constatado que ele foi vítima de pelo menos sete disparos, mas ninguém soube dizer o que teria acontecido. Polícia Militar e Polícia Civil não comentaram o caso à reportagem da Banda B.
Na outra situação, Maicon de Quadros, de 19 anos, foi assassinado na Rua Helena Carcereri Piekarski, no Uberaba.
De acordo com testemunhas, a vítima era muito querida e foi baleada por um homem de motocicleta. Foram de quatro a cinco tiros contra ele.
A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga ambos os casos.

Jovem é assassinado com pelo menos 13 tiros na RMC; vingança é apontada por testemunhas


Por Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

Um jovem de 22 anos foi assassinado com pelo menos treze tiros na noite deste sábado (4) no Jardim Bela Vista, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. De acordo com o soldado Eros, testemunhas contaram que a vítima já tinha esfaqueado outra pessoa, o que pode indicar uma possível vingança.
“Por enquanto é só uma suposição, já que não souberam apontar mais nada além disso, mas agora cabe a Polícia Civil investigar”, comentou.
A arma utilizada para os disparos foi uma pistola 380. A Delegacia de Piraquara investiga o caso.
.

Motociclista perde o controle em descida de serra e morre na hora após bater contra mureta da BR-277


Por Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

Um motociclista morreu no começo da tarde deste domingo (5) após bater contra a mureta de proteção da BR-277, em Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba.
De acordo com a polícia, ele descia a serra no sentido Campo Largo quando perdeu o controle e bateu forte contra a mureta do quilômetro 130, vindo a morrer na hora com o impacto. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local, mas não precisou fechar a pista.
O corpo ainda não identificado foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba.

Vítima reage a roubo e bandido fica gravemente ferido após ser baleado em Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento
Foto: Antônio Nascimento - Banda B
Foto: Antônio Nascimento – Banda B

Um bandido de 18 anos ficou gravemente ferido no começo da tarde deste domingo (5) após ser baleado por um homem que percebeu o roubo da própria motocicleta, no bairro Uberaba, em Curitiba.
De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava dentro de casa quando percebeu a tentativa de roubo por dois bandidos. Como possuí uma arma registrada, reagiu e baleou o assaltante desarmado. O outro bandido, que também tinha um revólver, conseguiu fugir.
De acordo com socorristas do Siate, o assaltante Daniel Padilha Machado, de 18 anos, corre risco de ficar paraplégico devido ao ferimento. Assim que levar alta, deve ser encaminhado à Polícia Civil.
A vítima deve prestar esclarecimentos nas próximas horas.