Vigilância Sanitária de Colombo libera funcionamento do 1ª FESTA FOOD TRUCK de nossa cidade

 

A Prefeitura de Colombo através da Secretária Municipal de Saúde de Colombo e junto com o departamento de Vigilância Sanitária liberou o alvará sanitário para que todos os participantes da 1ª FESTA FOOD TRUCK de COLOMBO possam participar e atuar nesse importante festival gastronômico que irá ocorrer no próximo fim de semana dias 18 e 19 no pátio do BOX 15 na Estrada da Ribeira ao lado da Faec. E para que a população de Colombo fique tranquila nos trailers daqui de Colombo a vistoria foi no local e os de outras cidades foi solicitado o Alvará Sanitário de origem. E nos dias do evento uma equipe da Vigilância Sanitária junto com uma médica veterinária estará no local para que tudo transcorra de acordo as normas vigentes.











PF apura vazamento de depoimentos de delação premiada, diz Cardozo


Dono da UTC, Ricardo Pessoa, assinou acordo com o Ministério Público.
Segundo revista, ele relacionou o nome de 18 políticos em depoimento.

Mariana OliveiraDa TV Globo, em Brasília
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, informou nesta quinta-feira (16) que a Polícia Federal abriu inquérito para apurar a origem dos vazamentos dos depoimentos dados pelo empresário Ricardo Pessoa, da UTC, dentro do acordo de delação premiada na Operação Lava Jato assinado com o Ministério Público Federal (MPF).

Pessoa, que é apontado como chefe do cartel formado por construtoras que combinavam entre si preços de licitações da Petrobras, está preso em regime domiciliar. Em junho, reportagem publicada pela revista “Veja” relaciona os nomes de 18 políticos supostamente citados por ele como beneficiados com dinheiro oriundo do esquema de corrupção na Petrobras. A revista informou que teve acesso ao acordo assinado por Pessoa com o MPF.
Segundo Cardozo, a apuração foi pedida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, após a divulgação na imprensa de informações sobre o acordo.
"Diante do vazamento que ocorreu, no caso da delação premiada do empreiteiro Ricardo Pessoa, solicitou abertura de inquérito policial e esse inquérito policial está em curso na superintendência de Brasília na Polícia Federal. A Polícia Federal irá fazer uma apuração rigorosa para detectar quem é o autor desse vazamento. Seguramente, se for detectado, será punido", disse Cardozo.
Sobre o fato de diversos políticos estarem sob investigação – o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da CâmaraEduardo Cunha (PMDB-RJ) –, Cardozo disse que não se pode prejulgar.
"Eu diria que nós não podemos prejulgar nada. É equivocado, a partir de denúncias, a  partir de delações premiadas, a partir de testemunhas, dizermos que uma pessoa é culpada ou não. Nós não podemos execrar uma pessoa antes que ela possa exercer seu direito de defesa, antes que ela possa apresentar suas provas e antes mesmo de um juiz de direito poder sentenciar a cerca do caso. Então, portanto, acho que às vezes é muito ruim certas especulações públicas que se colocam, porque atinge a imagem de pessoas, sem que nós tenhamos uma definição final própria, devida para o assunto."
  •  
saiba mais

Cardozo falou, ainda, especificamente sobre Lula. "Apenas digo que tenho o presidente Luiz Inácio Lula da Silva como um dos grandes líderes desse País e uma pessoa idônea, no mais o MP evidentemente exerce sua atribuição no campo da sua competência constitucional", disse.
Reajuste no Judiciário
Em relação à negociação para aumento dos salários dos servidores do Judiciário – o Senado aprovou, mas o projeto aguarda sanção ou veto da presidente da República – o ministro disse que o tema ainda está em negociação.

"O Ministério da Justiça tem buscado fazer uma intermediação a cerca dessa questão e estamos buscando uma saída para o problema, que, efetivamente, contemple os servidores, mas também não onere acima daquilo que é possível o Orçamento da União e se insira dentro de uma política geral para todo o funcionalismo federal."

Chuvas atípicas neste inverno supera volume de água


WEBMASTER 16 DE JULHO DE 2015

Em Colombo, acumulado em 15 dias representa o esperado para o mês inteiro; município não registrou nenhum caso de alagamento

Mesmo com chuva acima do normal para este período, o município não registrou nenhum caso de alagamento
Mesmo com chuva acima do normal para este período, o município não registrou nenhum caso de alagamento
O mês de julho está bastante atípico em relação ao volume de chuvas. De acordo com as informações do Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná) já choveu no município, em 15 dias, o esperado para todo o mês, o que significa que o volume de água será superior ao previsto. “Atualmente, passa pela região o fenômeno El Niño que costuma alterar vários fatores climáticos. Isso explica a aumento das precipitações”, afirma a meteorologista, Scheila Paz.
As chuvas que atingiram Colombo nos últimos dias costumavam trazer inúmeros transtornos e prejuízos para a população, que constantemente sofria com alagamentos. Mas, as chuvas deixaram de ser uma preocupação, isso porque a prefeitura de Colombo, por meio das secretarias de Meio Ambiente e Obras e Viação, desenvolvem no município desde o final de 2013, o Programa de Contenção de Enchentes.
“Estamos desenvolvendo no município ações de prevenção para o verão, o período em que o município registra mais casos de alagamentos, mas momentos como o que estamos enfrentando mostram que estamos no caminho certo”, afirma a prefeita Beti Pavin.
O diretor de Obras de Combate às Enchentes, João Nowacki comemora não ter sido registrado nenhuma ocorrência durante este período. “Devido ao trabalho de toda a equipe houve um fluxo normal das águas. O nosso trabalho continua e a vigilância é constante”, afirma.
Os serviços realizados através do Programa de Contenção de Enchentes contribuem para que os efeitos da chuva sejam minimizados
Os serviços realizados através do Programa de Contenção de Enchentes contribuem para que os efeitos da chuva sejam minimizados
Além do trabalho desenvolvido pela prefeitura, a contribuição da população é fundamental para que transtornos sejam evitados. “Nós realizamos a limpeza das galerias que entopem devido ao acúmulo de lixo. Também acabamos identificando esgoto clandestino, que podem vir a poluir os rios. É importante que a população se conscientize e nos ajude a manter o município limpo, a simples ação de jogar o papel de bala na lixeira, por exemplo, já faz uma grande diferença”, explica o secretário de Meio Ambiente, Evandro Busato.
Orientações
Embora não tenha sido registrada nenhuma ocorrência nos últimos dias a Defesa Civil alerta para os perigos. “É importante que a população procure um abrigo durante as chuvas, já que o risco de raio é eminente”, afirma Josmar Lima Amaral, do departamento de Assuntos Comunitários da Secretaria de Assistência Social.
Atitudes de prevenção também podem minimizar ou evitar acidentes com proporções mais graves.
– Evitar o contato simultâneo entre eletricidade e água, seja dentro ou fora de casa, se afastando de postes, fios caídos e bueiros entupidos;
– Nunca permanecer próximo de edificações comprometidas, que apresentem risco de desabamento.
“É importante que o cidadão esteja atento a estas dicas e que mantenha a calma e o espírito solidário, de ajuda mútua, que é a principal necessidade em situações de risco”, afirma Amaral.
Limpeza de rios e córregos, desassoreamento e troca das manilhas são alguns dos serviços realizados pela prefeitura
Limpeza de rios e córregos, desassoreamento e troca das manilhas são alguns dos serviços realizados pela prefeitura
Serviço:
Corpo de Bombeiros
Contato: 193
Defesa Civil
Contato: 3621-7520 / 3675-1238
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Luciane Lopes e João Senechal/PMC

Jogos Escolares começam na sexta-feira, (17) em Apucarana


WEBMASTER 16 DE JULHO DE 2015

11 atletas e 10 paratletas colombenses representarão o município nas modalidades de ciclismo, atletismo, atletismo ACD e xadrez ACD

 O encerramento da competição acontece no dia 25 de julho
O encerramento da competição acontece no dia 25 de julho
A fase final dos Jogos Escolares do Paraná 2015 acontecerá em Apucarana, a partir desta sexta-feira, (17). A competição contará com as melhores equipes da categoria B, composta por alunos entre 12 e 14 anos de idade, classificados na etapa macrorregional, além das modalidades individuais, que participam apenas dessa fase. O município de Colombo disputou a etapa anterior em Campo Largo e emplacou várias equipes para as finais.
Os 11 atletas e 10 paratletas colombenses de várias escolas representarão o município nas modalidades de ciclismo, atletismo, atletismo ACD e xadrez ACD (categoria atletas com deficiência).
Para o diretor de Esportes, Paulo Cesar Cardoso a expectativa em relação à competição é positiva. “Estamos orgulhosos e otimistas com os nossos atletas, que disputarão com os melhores de todo o Estado. Independentemente dos resultados que terão, já mostram a força e a representatividade do nosso município em suas modalidades”.
O encerramento da competição acontece no dia 25 de julho. A etapa dos JEPs que contempla a categoria A, com alunos de 15 a 17 anos, acontecerá em Maringá, entre os dias 14 e 22 de agosto.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Marcio Fausto/ PMC

Mãe entrega à polícia filho viciado suspeito de matar o pai a facadas


Ademildo da Silva Júnior chega à Delegacia de Homicídios da Baixada: 32 golpes de faca
Ademildo da Silva Júnior chega à Delegacia de Homicídios da Baixada: 32 golpes de faca Foto: Ivan Teixeira/Jornal de Hoje
Extra

Um homem suspeito de matar o próprio pai a facadas, no último domingo, em São João de Meriti, foi apresentado nesta quinta-feira pela manhã na Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense. Ademildo da Silva Júnior, de 22 anos, foi encontrado pela mãe embaixo de um viaduto, próximo à comunidade de Acari, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Foi ela quem levou o jovem à delegacia.
De acordo com os investigadores, depois de cometer o crime, Ademildo ficou escondido na localidade até quarta-feira, quando ligou para a mãe dizendo onde estava. Ele foi até o local e convenceu o filho a se entregar.
Um parente da vítima, que preferiu não se identificar, disse que o aposentado Ademildo da Silva Alves, de 62 anos, foi morto com 32 golpes de faca.
Segundo o delegado adjunto da especializada Guilherme Turl, a vítima havia descoberto que o filho roubara R$ 500 de sua carteira para comprar drogas.
Houve uma discussão entre os dois e o rapaz, sob efeito de entorpecentes, assassinou o pai. A mãe disse aos policiais que o filho cheirou cocaína e bebeu cachaça antes de cometer o crime.
Na delegacia, familiares do rapaz se mostravam inconformados com o desfecho da história e chegaram a lembrar que ele já havia recebido até convites para jogar no futebol europeu.
— Ele foi chamado para jogar em um time italiano, mas durante os exames foi constatado que ele era usuário de cocaína. Uma tristeza muio grande — disse um parente de Ademildo, que preferiu não se identificar


Mulher pede teste em colete à prova de balas, leva tiro no peito e morre


Bala de calibre 22 atravessou equipamento e atingiu o peito da mulher. 
Polícia diz que vítima pretendia abrir um ponto de tráfico em Butiá, no RS.

Do G1 RS
Mulher morreu após projétil atravessar colete à prova de balas durante teste (Foto: Polícia Civil/Divulgação)Mulher morreu após projétil atravessar colete à prova de balas durante teste (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Uma mulher morreu na tarde desta quinta-feira (16) em Butiá, no Rio Grande do Sul, após se submeter a um teste em um colete à prova de balas. Segundo a Polícia Civil, ela pediu para um homem atirar contra ela, mas a bala atravessou o equipamento e atingiu o peito da mulher.
A vítima tinha 29 anos. Ele chegou a ser socorrida com vida ao Hospital de Butiá, mas não resistiu ao ferimento.
De acordo com o delegado Pedro Urdangarin, responsável pelo caso, a mulher foi comprar o colete em uma casa no centro da cidade. No local, ela vestiu o equipamento e pediu para o vendedor testá-lo atirando contra ela com uma arma de pressão, adaptada para o calibre 22.
O colete perfurado e a arma do crime foram recolhidos para a perícia. O atirador foi identificado, mas fugiu do local. Testemunhas disseram para a polícia que a mulher queria comprar o colete porque pretendia abrir um ponto de tráfico de drogas na Vila Charrua, onde morava.
A mulher não tinha antecedentes criminais, mas, segundo a polícia, familiares dela teriam envolvimento com o tráfico de drogas. A prisão preventiva do suspeito de atirar na mulher deve ser encaminhada à Justiça ainda nesta quinta-feira (16).

A BILIONÁRIA EMPREENDEDORA MAIS JOVEM DA LISTA DA FORBES NÃO LIGA PARA NAMORO, TV OU FÉRIAS

FUNDADORA DE UMA EMPRESA QUE VALE US$ 9 BILHÕES, ELIZABETH HOLMES INVENTOU UMA NOVA MANEIRA DE FAZER EXAMES DE SANGUE


35
Elizabeth Holmes (Foto: Getty Images)
Quando Elizabeth Holmes deixou a Univerdade de Stanford ainda no segundo ano de graduação, dificilmente poderia imaginar que estaria hoje onde chegou. O desejo de empreender ainda na faculdade acabou se transformando, mais tarde, em uma empresa que vale US$ 9 bilhões (aproximadamente R$ 28,2 bilhões). Ela é a mais jovem bilionária que construiu sua própria fortuna da lista da revista Forbes.
SAIBA MAIS

Fundadora e CEO da companhia de biotecnologia Theranos, Elizabeth inventou uma nova maneira de realizar exames de sangue. O objetivo dela era que os testes fossem mais baratos e rápidos.
Exemplo de sucesso no Vale do Silício, a Theranos quer realizar exames por meio de uma única picada no dedo, com poucas gotas de sangue — em vez usar a tradicional dupla agulha e frasco. Testes já estão sendo oferecidos em algumas farmácias lá nos Estados Unidos, como a Walgreens.
A vontade de inovar surgiu quando ainda era pequena. Aos 9 anos, ela escreveu uma carta para seu pai: "O que eu realmente quero da vida é descobrir algo novo, algo que a humanidade não sabia que era possível fazer".
Segundo o Business Insider, sua família se mudava muito quando ela era criança: de Washington para Houston e, depois, para a China. A inspiração da menina para seguir na área de medicina veio de seu avô Christian Holmes, um cirurgião. O único problema? Ela tinha pavor de agulhas. Mais tarde, isso a influenciou a começar a Theranos.
Elizabeth decidiu entrar, então, em Stanford para estudar engenharia química. Quando era caloura, recebeu uma bolsa de US$ 3 mil para um projeto de pesquisa. No segundo ano, decidiu fundar sua própria companhia. Desistiu da faculdade e começou a trabalhar na Theranos em um porão.
Por uma década, Elizabeth passou a construir sua empresa de modo bem discreto. Ela chegou até a levar três ex-funcionários à Justiça, acusando-os de terem divulgados segredos da companhia. Segundo a revista The New Yorker, Elizabeth "não dedica tempo para romances ou amigos, não namora, não tem televisão, e não tira férias há 10 anos. (...) Ela é vegana, e várias vezes ao dia bebe uma mistura de pepino, salsa, couve, espinafre, alface e aipo".
Hoje, Elizabeth tem 84 patentes em seu nome (18 nos EUA e 66 internacionais). Aos 31 anos, é dona de pouco mais da metade da Theranos, avaliada em US$ 9 bilhões. A empresa já está licenciada para funcionar em todos os estados dos EUA. O patrimônio de Elizabeth é estimado em US$ 4,6 bilhões (R$ 14,4 bilhões).
Elizabeth Holmes (Foto: Getty Images)

CPI do Carf aprova quebra dos sigilos de nove pessoas e empresas


Entre os alvos da quebra de sigilo estão executivos da Mitsubishi no Brasil.
Comissão pedirá à Receita nome de empresas nas quais suspeitos atuaram.

Do G1, em Brasília
Senadores que integram a CPI do Carf conversam durante a sessão que aprovou quebra de sigilos de nove pessoas e empresas (Foto: Geraldo Magela / Agência Senado)Senadores que integram a CPI do Carf conversam durante a sessão que aprovou quebra de sigilos de nove pessoas e empresas. (Foto: Geraldo Magela / Agência Senado)
A CPI do Senado que investiga suspeitas de manipulação em julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) aprovou nesta quinta-feira (16), por unanimidade, pedidos de quebra de sigilo fiscal e bancário de empresários e empresas suspeitos de envolvimento com o esquema de corrupção.
Os integrantes da comissão aprovaram a devassa das informações bancárias e fiscais de Eduardo Souza Ramos, sócio-fundador da Mitsubishi no Brasil; Sílvio Guatura Romão e Ezequiel Antônio Cavallari, da Mitsubishi, o advogado Ricardo Rett, que atua no escritório Marcondes & Mautoni, que prestou serviço de consultoria à Mitsubishi; e as empresas Planeja Assessoria Empresarial e Atenas Assessoria Empresarial, consultoras que prestaram serviço ao escritório jurídico da Mitsubishi.
Além dos sigilos, os senadores irão solicitar à Receita Federal uma relação das empresas nas quais os suspeitos já atuaram.
O funcionário do escritório JR Silva Advogados, Hugo Rodrigues Borges, terá os sigilos telefônico, telemático, fiscal e bancário quebrados pela CPI.
Romão, Cavallari e Rett são investigados tanto pela CPI quanto pela Operação Zelotes, da Polícia Federal. Eles são suspeitos de terem participado das negociações para reduzir a dívida da Mitsubishi com o Fisco.
Os senadores aprovaram ainda a quebra de sigilos telefônico e telemático de dois executivos da multinacional japonesa Mitsubishi: o atual presidente da empresa no Brasil, Robert Rittscher; e o ex-presidente Paulo Arantes Ferraz.
Depoimento à CPI
Na última quinta (9), Robert Rittscher prestou depoimento à CPI do Carf. No entanto, as declarações do presidente da Mitsubishi no Brasil de que ele não tinha conhecimento dos supostos atos ilícitos, frustaram os integrantes da comissão de inquérito.
Segundo a assessoria da CPI, a Mitsubishi do Brasil pagou mais aos escritórios que lhe deram consultoria nos processos envolvendo o Carf do que ao próprio Fisco. Ainda de acordo com a comissão, a dívida da subsidiária da multinacional japonesa, que inicialmente era de R$ 266 milhões, foi reduzida para R$ 1 milhão por meio de um recurso enviado ao Carf.
Questionado sobre se aceitaria contribuir com as investigações por meio de uma delação premiada, Robert Rittscher respondeu que todas as informações das quais teve ciência já haviam sido fornecidas. “Não vejo como posso agregar”, respondeu.
Instalada em maio, a CPI apura suspeita de pagamento de propina a integrantes do Carf com o objetivo de anular ou reduzir débitos tributários de empresas com a Receita Federal. A suposta fraude veio à tona em março, com a deflagração da Operação Zelotes, da Polícia Federal (PF).
De acordo com os policiais federais, são alvos da investigação, ao menos, 70 empresas, 15 escritórios de advocacia ou consultoria e 24 pessoas, entre as quais conselheiros e ex-conselheiros do Carf.
saiba mais

Outras quebras de sigilos
Na última terça (14), a comissão já havia autorizado a convocação dos conselheiros do Carf Antônio Lisboa Cardoso e Valmar Fonseca. Além dos conselheiros, deverão prestar depoimento no colegiado o ex-auditor fiscal da Receita Federal Jefferson Ribeiro Salazar, os presidentes das empresas Boston Negócios, Indústria e Comércio de Café Irmãos Júlio Ltda, Mundial S/A e HSBC Bank Brasil AS, do dirigente do Grupo Comercial de Cimento Penha Ltda e representantes da Alfa Atenas Assessorias Empresarial Ltda e da Planeja Assessoria Empresarial Ltda.
A comissão pediu ainda acesso às cópias de todos os documentos em poder da Polícia Federal que estejam relacionados aos fatos investigados pela Operação Zelotes. O pedido foi encaminhado a 10ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal.

Câmara aprova redução no salário de prefeito e vereadores no norte do PR


Projeto foi aprovado nesta quarta-feira (15), em Santo Antônio da Platina.
Salário dos vereadores será de R$ 970; o do prefeito será de R$ 12 mil.

Do G1 PR, com informações da RPC Londrina
A Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná, aprovou nesta quarta-feira (15) a redução salarial do prefeito, do vice-prefeito e dos vereadores. Os novos valores passam a valer a partir dos próximos mandatos, que começam em janeiro de 2017.(veja vídeo)
A cidade de 40 mil habitantes possui nove vereadores. O projeto previa inicialmente o aumento do salário dos cargos do Executivo e do Legislativo, e chegou a ser aprovado em primeira discussão, votada na terça-feira (14).
saiba mais

Porém, no dia da primeira votação, uma empresária se revoltou com o aumento e reclamou com os vereadores.
A situação foi registrada em vídeo, e as imagens se espalharam pela internet. A população acabou indo em peso à segunda votação, e o projeto inicial de aumento de salários foi alterado.
Valores
De acordo com a emenda do projeto, o salário do prefeito, que iria de R$ 14,7 mil para R$ 22 mil, será agora de R$ 12 mil.
Já o salário do presidente da Câmara, que passaria de R$ 4 mil para R$ 8,5 mil, vai ser de R$ 970. O dos vereadores, que subiria de R$ 3,7 mil para R$ 7,5 mil, também será de R$ 970.
A alteração no projeto foi aprovada por sete votos a um. O presidente da Câmara não vota nesses casos, conforme o regimento da Casa.
O projeto com a emenda passará por uma terceira votação nesta sexta-feira (17). Após isso, será encaminhado para sanção ou não do prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto (DEM).
População lotou a Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina (Foto: Wilson Kirsche/RPC)População lotou a Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina (Foto: Wilson Kirsche/RPC)