Mulher de cantor do Roupa Nova é xingada na web e denuncia agressão verbal à polícia


Serginho abriu investigação sobre perfil falso em rede social
Serginho abriu investigação sobre perfil falso em rede social Foto: Reprodução Facebook
Igor Ricardo
Tamanho do texto A A A
O vocalista e baterista da banda Roupa Nova, Serginho Herval, está passando por maus bocados nas redes sociais. Nesta quinta-feira, o artista denunciou na Polícia Civil do Rio de Janeiro um perfil falso em seu nome que está sendo utilizado para denegrir a imagem da esposa dele, Graziela Duarte. Nas postagens, ela é chamada de “interesseira” e “cadela”.
Fás que denunciaram o perfil falso para artista
Fás que denunciaram o perfil falso para artista Foto: Reprodução Facebook
Além de descobrir quem são os autores das mensagens, Serginho pretende os responsabilizar criminalmente. O cantor lamentou o episódio e disse que não respeita os responsáveis pelas frases ofensivas.
Serginho é vocalista e baterista do grupo Roupa Nova
Serginho é vocalista e baterista do grupo Roupa Nova Foto: Reprodução Facebook
“Eu respeito e amo todos os meus fãs, mas esse tipo de pessoa não merece meu carinho. Lamento profundamente esse episódio”, disse o cantor por meio do seu advogado Marcello Ramalho.
Perfil falso de cantor do Roupa Nova promove ataques contra esposa dele
Perfil falso de cantor do Roupa Nova promove ataques contra esposa dele Foto: Reprodução Facebook
Uma das mensagens ainda chega ameaçar a esposa de Serginho dizendo que ela trata mal os fãs do cantor, porém que isso não seria problema, já que sabem onde ela mora.
“Ela é falsa, golpista. Mais (sic) não tem problema sabemos onde ela mora”.
Usuários também promovem ameaça contra Graziela
Usuários também promovem ameaça contra Graziela Foto: Reprodução Facebook
De acordo com o advogado do artista, Marcello Ramalho, o casal tomou conhecimento das ofensas há dois dias depois que fãs enviaram as postagens para Graziela afim de que ela tomasse conhecimento da situação. Ainda segundo Marcello, os dois ficaram abalados com o caso, resolvendo então procurar a polícia. Foi solicitado à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) a abertura de inquérito pelo crime contra honra, ameaça e falsa identidade.
Polícia Civil investiga perfil falso em rede social
Polícia Civil investiga perfil falso em rede social Foto: Reprodução Facebook
- O Serginho e a Graziela não vão tolerar essa atitude e estão procurando meios legais para responsabilizar todos criminalmente pelo ocorrido. Ninguém merece esse tipo de postura - afirma Marcello.
A Polícia Civil informou que as investigações estão em andamento. De acordo com a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), a vítima já prestou depoimento e agentes estão em diligências na busca de mais informações que ajudem a identificar a autoria do crime.


Mr. Catra lamenta morte do sobrinho de 3 anos por afogamento em piscina


O funkeiro Mr. Catra dividiu sua dor com os fãs Foto: Divulgação
Tamanho do texto A A A
Mais conhecido por sua irreverência, Mr. Catra pediu licença aos fãs para dividir com eles um momento de dor. Na noite deste domingo, o funkeiro usou seu perfil no Instagram para lamentar a morte do sobrinho de 3 anos, que morreu afogado na piscina de casa.
“Hoje o papai não traz uma noticia boa, um dos piores momentos da minha vida! Meu sobrinho Léo de 3 anos faleceu ontem, brincando na piscina! Quando recebi a noticia, nao acreditei... Deus te levou pq sabia q vc ia ser mais um anjinho lindo no céu! Deus conforte o coração da nossa familia”, escreveu Catra.
O pequeno Leonardo morreu no sábado e seu corpo foi sepultado neste domingo no Cemitério de Irajá, na Zona Norte do Rio.
O post publicado por Catra, lamentando a morte do sobrinho


Morre aos 22 anos Bobbi Kristina Brown, filha de Whitney Houston


‘Ela está finalmente em paz nos braços de Deus’, disse a família em comunicado divulgado pelo site ‘E! News’.

Gabriel Castelo Brancodo EGO, no Rio
Bobbi Kristina_perfil (Foto: REUTERS/ Fred Prouser)Bobbi Kristina (foto de arquivo)
Bobbi Kristina Brown faleceu aos 22 anos de idade neste domingo, 26, no hospital Peachtree Christian, em Duluth, na Georgia, nos Estados Unidos. Bobbi Kristina é filha de Bobby Brown e da cantora Whitney Houston. A jovem foi encontrada inconsciente na banheira de sua casa em Roswell, na Geórgia, nos Estados Unidos, no dia 31 de janeiro e permanecia internada desde então.
"Bobbi Kristina Brown faleceu domingo, dia, 26, cercada por sua família. Ela está finalmente em paz nos braços de Deus", disse a família Houston em um comunicado divulgado pelo site “E! News”. "Queremos mais uma vez agradecer a todos por sua enorme quantidade de amor e apoio durante estes últimos meses”, diz outro trecho do texto.
Desde que foi transferida para um hospital de doente terminais, Bobbi Kristina, filha de Whitney Houston,recebia a visita de familiares. Mas, segundo a revista "People", os membros da família de Bobby Brown, pai de Kristina, não tinham acesso ao seu quarto.
EGO NAS REDES SOCIAIS

Bobbi é fotografada no quarto
Essa decisão de não permitir que todos da família pudessem entrar no quarto, se deu após rumores de que Bobbi teria sido fotografada em seu quarto.
Na ocasião, de acordo com a revista "People", uma pessoa estaria negociando com veículos de comunicação para tentar vender a imagem. O preço que está sendo pedido é de R$100 mil e o site "TMZ" informou que é um membro da família que tenta negociar a imagem.
Bobbi estava em um processo de reabilitação a longo prazo desde março, depois que foram negados os boatos de que ela teria tido morte cerebral. A família ainda esperava um milagre. "A traqueostomia não pode ser retirada. Isso corta o coração de todos, é muito duro. Não há nada a ser feito. Eles estão orando por um milagre", afirmou.
No dia 2 de junho, quatro meses após sua internação, Bobbi foi transferida para um hospital especializado em doentes terminais. Sua tia, Pat Houston, enviou comunicado à imprensa sobre o estado de saúde da sobrinha: “Apesar do grande cuidado médico em diversas instalações, (sua) condição continuou a deteriorar-se”.
Bobbi Kristina (Foto: REUTERS/ Fred Prouser )Bobbi Kristina (foto de arquivo)
Uma fonte da família Brown disse à revista "People" que o estado de saúde de Bobbi era frágil: "Ela está só pele e osso. Ela vem perdendo peso e cabelo. Eles estavam cuidando bem dela, mas ela não tem tônus muscular. A preocupação é que seus orgãos parem de funcionar."
Em março, a família teria se reunido para decidir se desligaria os aparelhos que mantinham Bobbi viva. Desde fevereiro, notícias de que Bobbi teria tido morte cerebral circulavam na imprensa, mas nunca foram confirmadas pela família.
Segundo a revista "People", parte da confusão era porque membros da família do pai de Bobbi e membros da família Houston davam diferentes informações para a imprensa. Ainda de acordo com a revista, as informações corretas eram as de que ela se mantinha viva com a ajuda de aparelhos, respirava com auxílio de um respirador e não recuperou a consciência desde que chegou ao hospital. No dia 14 de fevereiro, o "TMZ" noticiou que Bobbi teria um quadro de falência múltipla dos órgãos.
Entenda o caso
Bobbi Kristina Brown, de 21 anos, filha de Whitney Houston, foi hospitalizada, após ter sido encontrada inconsciente em sua casa de bruços na banheira por Nick Gordon, seu namorado, e um amigo, em sua casa em Roswell, na Georgia.
Gordon "começou uma respiração boca a boca e um policial assumiu o socorro para mantê-la viva até a ambulância chegar", disse uma fonte para a revista "People". Brown foi, então, levada às pressas para North Fulton Hospital, onde a família e os amigos ficaram em vigília.
A mãe de Bobbi, Whitney Houston, foi encontrada morta na banheira do hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, em fevereiro de 2012. O departamento de polícia de Beverly Hills disse que a causa da morte foi afogamento acidental e o uso de cocaína teria contribuído para que ela se afogasse.
Bobbi Kristina Brown com o noivo, Nick Gordon, na première de ‘The Houstons: On Our Own’ em Nova York, nos EUA (Foto: Andrew Kell/ Reuters/ Agência)Bobbi Kristina Brown com o noivo, Nick Gordon
(foto de arquivo)
O site "Radar Online" afirmou que Bobbi passou momentos de sofrimento nos dias que antecederam o incidente. Ela teria desabafado através de mensagens de texto para um familiar dizendo o quanto ainda sofria pela perda da mãe. "Uma dor que parece que o coração foi arrancado do peito", escreveu ela, segundo o site. "Eu fui a razão da vida da minha mãe" e "A despeito da fama, da fortuna, do poder, de qualquer coisa e de tudo, minha mãe fez tudo por mim" estavam entre as mensagens desesperadas.
Sua morte deixou Bobbi com "uma dor que parece que o coração foi arrancado do peito" e ela confessou que sentia "alienada" e "perdida". "Ela foi e é meu tudo. E não pense que eu não sei o que é uma onda de dor e angústia, você está pregando para a mulher errada, porque estou sob os olhares do público desde que nasci", afirmou Bobbi em outra mensagem.
Investigação
As evidências sobre o incidente com Bobbi continuam sendo investigadas. Segundo o "E! Online" a polícia está investigando a possibilidade de que outra pessoa ou outras pessoas podem ter estado na casa de Bobbi Kristina na manhã em que ela foi encontrada por Nick Gordon desacordada e de bruços na banheira. De acordo com uma fonte do site, os policias têm perguntado aos comerciantes da área se viram pessoas suspeitas ou alguma movimentação estranha na manhã de sábado, antes da polícia chegar ao local. Câmeras de segurança de um banco também foram solicitadas.
"Perguntaram se vimos alguém pulando o muro ou se qualquer pessoa foi vista deixando a área. Mas ninguém se recorda de ter visto nada suspeito. Mas a polícia também estava em busca de imagens de vídeo", contou uma fonte.
Whitney Houston e Bobbi Kristina (Foto: Agência Reuters)Whitney Houston e Bobbi Kristina (foto de arquivo)

Polícia investiga caso de cobrador que perseguiu com pedaço de madeira casal homossexual


Por Felipe Ribeiro e Luiz Henrique de Oliveira
BO foi registrado ainda na terça-feira (Foto: Reprodução)
BO foi registrado ainda na terça-feira (Foto: Reprodução)

Um caso de injúria e homofobia cometido contra um casal gay de Curitiba começou a ser investigado pela Polícia Civil nesta sexta-feira (24). Segundo a denúncia, a situação ocorreu na última terça-feira (20) dentro da estação-tubo Antero de Quental, no bairro Portão, e envolveu um cobrador do transporte coletivo, que teria tentado agredir os rapazes por considerar a demonstração de afeto deles desrespeitosa.
De acordo com o delegado Guilherme Luiz Dias, do 8º Distrito Policial, o cobrador teria ficado insatisfeito com a atitude do casal, considerando que a forma que se portavam seria desrespeitosa. “Por si só a atitude não seria crime, mas o fato dele exigir o comportamento que ele entende como adequado e ameaçar a chamada da polícia e tentativa de agressão com pedaço de madeira configura crime de constrangimento ilegal, que é grave”, explicou.
O casal, um bailarino e um estudante, alegaram para a polícia que estavam apenas abraçados no momento da reação.
No Facebook, o estudante relatou que ficou em choque pelo fato de quase ser agredido no ônibus que costuma pegar todos os dias. “Eu e meu namorado Leonardo vamos seguir até onde for pra que atitudes como essa não ocorram com ninguém mais, com nenhum(a) LGBT, e que esse cara seja punido, junto com os outros responsáveis que o empregaram”, disse.
Por ser um caso complexo, todas as partes serão ouvidas para se verificar autoria e materialidade. “Não há indício nenhum que eles se comportassem de uma forma que alguém pudesse intervir, estavam de mãos dadas. Já requisitamos as imagens para a Urbs e que nos seja informado quem era o profissional em serviço”, concluiu Dias.
A Urbanização de Curitiba (Urbs) informou que notificou a empresa concessionária para relatar o que aconteceu e as providências tomadas.
O que diz a lei?
Segundo a Constituição brasileira, se enquadram como crimes de discriminação apenas atitudes resultantes por preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional e portador do vírus HIV. Mesmo assim, homossexuais podem recorrer à Justiça Civil para buscar ressarcimento por danos morais, já que a mesma Constituição proíbe o preconceito.
.

Suspeito é preso depois de furtar pacotes de fralda no Centro de Curitiba


Da Redação


Um homem de aproximadamente 35 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) no início da manhã deste domingo (26), na Rua Doutor Pedrosa, no Centro de Curitiba. Ele é suspeito de furtar cinco pacotes de fralda de uma farmácia da região.
fraldas
Fralda foi encontrada com os suspeitos (Foto: Colaboração Banda B)
Diferente do que se possa imaginar, a intenção do suspeito não era levar as fraldas para o filho, conforme explicou à Banda B o tenente Gutierrez, da PM.
“Ele estava levando algumas unidades de fraldas para vender e trocar por drogas. Fomos chamados por um funcionário da farmácia e localizamos o suspeito, que caminhava pelo Centro como se nada tivesse acontecido”, descreveu.
O ladrão foi encaminhado ao 1°Distrito Policial, onde permanece preso à disposição da Justiça.

Vizinho que adorava furtar US é flagrado e preso pela Guarda Municipal


Por Luiz Henrique de Oliveira e Djalma Malaquias


Um jovem de 21 anos foi preso em flagrante após arrombar, por duas vezes na mesma noite, a Unidade de Saúde (US) Alvorada, no bairro Uberaba, em Curitiba. Ele foi localizado porguardas municipais dentro da US por volta das 23h deste sábado (25).
O supervisor Aparecido, da Guarda Municipal, disse à Banda B que o suspeito morava ao lado da US. “Não é a primeira vez que ele comete esse tipo de crime. Mora do lado da US e entra nela para roubar equipamentos. Tinha levado um monitor e, quando voltou para pegar o CPU, acabou preso em flagrante”, descreveu.
De acordo com o guarda, é provável que o suspeito pratique os crimes para vender os equipamentos e comprar drogas. Ele foi encaminhado ao Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul, no bairro Portão.

Acidente com ônibus espanhol deixa seis feridos graves na França


Teto do veículo foi arrancado em colisão com túnel baixo no norte do país.
Vinte e oito pessoas se machucaram no acidente neste domingo (26).

Da France Presse
Acidente com ônibus em túnel na França arrancou teto do veículo e deixou 28 feridos (Foto: Stringer/Reuters)Acidente com ônibus em túnel na França arrancou teto do veículo e deixou 28 feridos (Foto: Stringer/Reuters)
Vinte e oito pessoas ficaram feridas neste domingo (26), seis delas em estado grave, em um acidente com um ônibus espanhol no norte da França, cujo teto foi completamente arrancado quando passava por um túnel muito baixo.
O ônibus transportava 58 passageiros, em sua maioria jovens de 18 a 29 anos que haviam saído de Bilbao (norte da Espanha) e se dirigiam a Amsterdã, na Holanda.
O acidente ocorreu em La Madeleine, perto da cidade de Lille, por volta das 05h30 (00h30 de Brasília), em um pequeno túnel com uma placa proibindo a passagem dos veículos com mais de 2,6 metros de altura.
Um balanço publicado neste domingo pelo hospital de Lille informava sobre "seis pacientes em estado grave, dois deles com um prognóstico muito grave". Um balanço anterior falava de "quatro pacientes graves com prognóstico grave e 24 feridos leves".
Vinte vítimas já deixaram o hospital.
Carlota, Ane e Nerea, três jovens de 18 e 19 anos do País Basco que estavam no ônibus, ainda tinham dificuldades para assimilar o ocorrido.
"A maioria das pessoas estavam dormindo. Eu havia acabado de falar com Ane e não soubemos o que aconteceu", explicou Carlota, que como outras vítimas do acidente se alojaram provisoriamente em um pavilhão do La Madeleine, uma localidade da zona urbana de Lille.
Segundo Ane, os feridos mais graves estavam na parte traseira do ônibus, onde foram parar os escombros provocados pelo impacto, e ela acredita que provavelmente a parte de trás do veículo estava mais elevada que o resto.

Após duas mortes em 24 horas, moradores fazem manifestação em rodovia da RMC


Por Luiz Henrique de Oliveira e Djalma Malaquias
(Fotos: Djalma Malaquias – Banda B)

Moradores em Pinhais e Piraquara, região metropolitana de Curitiba, se uniram, na tarde deste domingo (26), para realizar uma manifestação na Rodovia João Leopoldo Jacomel, próximo ao cruzamento em que, nas últimas 24 horas, duas pessoas morreram em um acidente de trânsito entre um carro e um trem.
O principal pedido dos manifestantes é a construção de uma trincheira. “Já perdi muitos amigos nesse cruzamento. Não tem condições de passar por aqui na hora de pico e, de noite, com uma sinalização não muito boa, o risco de acidentes é enorme”, afirmou Sueli Minuti, morador na região.
Durante o protesto, as cerca de 50 pessoas faziam pequenos bloqueios na rodovia, pedindo para que os motoristas buzinassem em apoio. “Nossa intenção não é prejudicar o trânsito, mas sim mostrar que precisamos de uma solução. Dizem que com a duplicação vai sair esse viaduto, mas até finalizar eles deveriam ao menos colocar uma cancela”, disse o morador Junior Caceres.
Já Luciane Rocha, que há oito anos perdeu um irmão no cruzamento, resumiu o sentimento de quem mora na região com a seguinte frase. “Não podemos fazer nada por quem se foi, então que seja feito por quem ainda está aqui”, opinou, para em seguida criticar quem diz que a sinalização atual é suficiente. “Falam que o trem passa aqui há 100 anos, só que há 100 anos a população era menor e não se tinham tantos carros”, concluiu.
A Rodovia é Estadual e está em obra para duplicação, ainda sem prazo de término. Nesta segunda-feira, a Banda B buscará contato com os órgãos responsáveis para falar sobre o caso.

Corinthians 1 x Coxa 1 hoje à tarde no Couto Pereira


Por Pedro Melo 
Coxa se salvou na derrota nos acréscimos. (Divulgação/Coritiba)
Coxa se salvou na derrota nos acréscimos. (Divulgação/Coritiba)
Em mais uma rodada, o Coritiba foi melhor que o adversário em boa parte dos 90 minutos, criou mais oportunidades e tropeçou jogando em casa diante do Corinthians em 1 a 1. Porém, o resultado poderia ter sido pior já que o Timão saiu na frente com Felipe e nos acréscimos da segunda etapa, Evandro salvou novamente a equipe da derrota.
Com mudanças na equipe e a estreia do jovem Juninho no time profissional, o Alviverde mostrou vontade desde o primeiro minuto, teve boas chances de sair na frente, mas em lance de cobrança de escanteio, o zagueiro Felipe deixou o Alvinegro paulista na frente. Já no segundo tempo, Ney Franco realizou as mudanças rapidamente para mudar o panorama do jogo, o time continuou com dificuldades para atacar, mas na insistência, o jovem Evandro deixou tudo igual.
O empate, em casa, deixou o time coxa-branca na 19ª colocação, com somente 11 pontos, a cinco do Figueirense, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Coxa volta a jogar no Couto Pereira contra o Goiás no domingo (02), às 11h.
Timão sai na frente no primeiro tempo
Sem contar com Henrique Lesionado, o técnico Ney Franco surpreendeu e promoveu a estreia de Juninho, jogador das categorias de base, na lateral-esquerda. Animado pela classificação na Copa do Brasil durante a semana, o Coxa começou muito bem, com vontade de marcar logo o primeiro gol e levou perigo logo aos nove minutos com Rafhael Lucas, mas o chute próximo do gol.
Precisando do resultado para sair da zona de rebaixamento, o Verdão continuou pressionando e quase abriu o placar com Thiago Galhardo que perdeu o gol na frente de Cássio. Porém, aos 40 minutos, o Timão abriu o placar em um lance de bola parada. Jadson cobrou o escanteio na área, Felipe cabeceou e a bola desviou em João Paulo antes de entrar.
Coxa empata na segunda etapa
Na volta do intervalo, Ney Franco colocou o atacante Evandro na vaga de Leandro Silva e nos primeiros minutos quem retornou melhor foi o Timão que novamente na bola parada quase ampliou com Edu Dracena, mas o goleiro Wilson fez grande defesa no reflexo. Precisando do resultado, o treinador coxa-branca realizou a última mudança ainda aos 12 minutos com a entrada de Negueba na vaga de Alan Santos.
Com a equipe mais ofensiva, o Alviverde pressionou o adversário, assim como aconteceu na etapa inicial, teve mais posse de bola, porém, encontrou dificuldades para levar perigo ao gol de Cássio e na base da insistência chegou ao gol de empate aos 47 minutos. Depois de boa jogada pela direita, a bola chegou nos pés de Evandro que estava bem posicionado e mandou a bola para o fundo das redes.
FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1X1 CORINTHIANS
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: 26 de julho de 2015.
Horário: 16h.
Público e renda: Pagante: 17.225; Total: 20.467; Renda: R$ 611.390,00.
Coritiba: Wilson; Norberto, Luccas Claro, Leandro Silva (Evandro) e Juninho; João Paulo, Alan Santos (Negueba), Esquerdinha e Thiago Galhardo (Rodolfo); Marcos Aurélio e Rafhael Lucas.
Técnico: Ney Franco.
Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Edu Dracena e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Renato Augusto (Ralf), Jadson e Malcom (Rildo); Vagner Love (Danilo).
Técnico: Tite.
Cartões amarelos: Leandro Silva, Rafhael Lucas e Evandro (CFC); Cássio, Felipe e Ralf (COR).
Gols: Felipe (COR), aos 40′ do primeiro tempo, e Evandro (CFC), aos 47′ do segundo tempo.

Montanhista cai em buraco com dez metros de profundidade e é resgatado por alpinistas na RMC


Por Luiz Henrique de Oliveira e Djalma Malaquias


Um montanhista caiu em um buraco de dez metros de profundidade durante a subida do Morro do Canal, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, na tarde deste domingo (26). Ele foi resgatado por um grupo de alpinistas que estava no local.
Uma testemunha do caso, que se identificou apenas como Alessandro, disse à Banda B que a vítima estava com a namorada subindo a montanha quando escorregou em uma pedra. “Ele foi para dentro deste buraco com dez metros de profundidade e, apesar disso, foi resgatado apenas com um deslocamento no ombro. Deu sorte também do buraco não ser muito estreito”, descreveu.
Ainda de acordo com Alessandro, cordas e uma cadeira de rappel foram usadas pelos alpinistas. “Foi um resgate bem bacana por parte deles. Quando eu sai de lá o Corpo de Bombeiros estava chegando para fazer o transporte da vítima para algum hospital da região”, concluiu.
O Morro do Canal é o último morro da Serra do Marumbi e fica localizado quase no limite entre Piraquara e Morretes, Litoral do Paraná.

Congresso pode ter 'pautas-bomba' e projetos polêmicos no 2º semestre


Pauta inclui PEC da maioridade, correção do FGTS e reforma política.
Expectativa sobre pauta polêmica cresceu após Cunha ir para oposição.

Lucas Salomão e Fernanda CalgaroDo G1, em Brasília
Após um semestre de intensos atritos com o Executivo, o Congresso Nacional deve retomar os trabalhos a partir de agosto com a votação de pautas delicadas para o Palácio do Palácio, como o projeto que reduz as desonerações na folha de pagamento de empresas – parte do pacote de ajuste fiscal. Temas polêmicos como redução da maioridade e financiamento privado de campanha também estarão em debate.(veja vídeos)
Outro item incômodo na lista de “pautas-bomba”, como são chamadas as medidas com impacto nos cofres públicos, é um projeto que muda a correção dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), passando de 3% para cerca de 6%. O governo alega que o projeto afetará programas habitacionais, como o Minha Casa Minha Vida, e obras de saneamento básico, financiadas com recursos do fundo.
saiba mais

As dificuldades para a aprovação de termas de interesse do Palácio do Planalto deve aumentar após a última tensão entre Legislativo e Executivo. Na semana passada, o presidente Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ),anunciou rompimento com o governo e informou passa a integrar a oposição.

Embora tenha dito que não pretende colocar em votação propostas que afetem o Orçamento, Cunha já deu mostras de que o segundo semestre não será fácil para o Planalto na Câmara, com a criação de duas CPIs que desagradam ao governo.
Além de Cunha, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), também pode impor um ritmo de votação de projetos contrários aos interesses do Planalto. Renan, inclusive, anunciou empronunciamento no último dia 17 na TV Senado que o Congresso deve ter "meses nebulosos, com a concentração de uma agenda muito pesada."
Veja abaixo o que pode ser votado no Congresso a partir de agosto:
Desonerações
Aprovado em junho pela Câmara dos Deputados, o projeto de lei que reduz as desonerações das folhas de pagamento de mais de 50 setores da economia pode entrar na pauta do Senado já nos primeiros dias de agosto. O texto é o último do pacote de ajuste fiscal enviado pelo governo para reequilibrar as contas públicas. (veja vídeo ao lado)
Antes de ser enviado como projeto de lei para o Congresso, o governo havia editado uma medida provisória que foi devolvida por Renan Calheiros para o Palácio do Planalto. Na ocasião, Calheiros reclamou da falta de diálogo entre os dois Poderes. O governo acabou reencaminhando a proposta ao Congresso, mas como projeto de lei.
Como o texto original foi alterado pelos deputados, não houve consenso entre os líderes partidários do Senado para colocar o texto em votação antes do recesso. A tendência é que o texto seja alterado e passe por nova análise na Câmara.
Dinheiro não declarado
Considerado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, como essencial para a reforma do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o projeto de lei que irá permitir que o país repatrie dinheiro de brasileiros no exterior não declarados à Receita Federal deve ser votado na primeira semana de agosto no Senado.
A proposta é para que sejam cobrados multa e imposto na recuperação do dinheiro. O percentual cobrado seria de 35% dos recursos não declarados – 17,5% de multa e 17,5% de impostos. A ideia do projeto é utilizar os recursos provenientes da multa e dos impostos para compensar os estados pelas perdas com a eventual unificação do ICMS.
Além disso, os parlamentares devem votar uma medida provisória para desvincular parte das receitas da repatriação da União para que este recurso sustente um fundo de compensação aos estados criado pelo governo. (veja vídeo ao lado sobre a proposta que o governo encaminhou ao Congresso no último dia 14)
Lei de responsabilidade das estatais
Idealizado por Cunha e Renan, o projeto que cria uma lei de responsabilidade para as estatais também deve movimentar o Congresso no segundo semestre. A nova legislação seria criada nos mesmos moldes da Lei de Responsabilidade Fiscal e teria o objetivo de dar maior transparência às contas das estatais.
A Lei de Responsabilidade Fiscal foi criada para controlar os gastos da União, dos estados e dos municípios. A lei obriga que os governantes prestem conta de suas finanças aos tribunais de contas da União, dos estados ou dos municípios, órgãos responsáveis por aprovarem ou não as contas públicas.
Para que o projeto seja votado, os peemedebistas criaram uma comissão especial para elaborar um texto final sobre o tema, que deve ser apresentado ainda em agosto. O texto é visto como uma reação de Cunha e Renan às investigações contra os dois na Operação Lava Jato, na qual os dois respondem a inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF).
Reajuste para servidores do MPU
Outro texto que impacta diretamente os cofres da União é o que concede reajuste salarial de até 78% para servidores do Ministério Público da União e do do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). (veja ao lado vídeo de manifestação em Brasília de servidores do Judiciário e do MPU em defesa do reajuste salarial)
O reajuste é nos mesmos moldes do já aprovado no Senado para servidores do Judiciário e que foi vetado integralmente pela presidente Dilma Rousseff, que citou um impacto de R$ 25 bilhões nas contas do governo até 2017.
A tendência é que o projeto seja aprovado pelos senadores e, da mesma forma que o reajuste para os servidores do Judiciário, seja vetado pela presidente.
Maioridade penal
Aprovada em primeiro turno pela Câmara, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reduz de 18 para 16 anos a idade penal para crimes hediondos, homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte deve passar, já na primeira semana de agosto, por nova votação na Casa. (veja vídeo ao lado)
A aprovação da PEC em primeiro turno foi cercada de polêmicas, após Cunha fazer uma manobra para aprovar o texto 24 horas depois de um projeto similar ser rejeitado pelos deputados.
Caso o texto seja aprovado em segundo turno, passará por análise, também em dois turnos, no Senado. Apesar de ter contado com a maioria dos votos na Câmara, o clima entre os senadores nos últimos dias antes do recesso era de rejeição à proposta. A tendência, portanto, é de que o projeto seja amplamente discutido em uma comissão especial criada por Renan Calheiros antes de ser submetido à votação em plenário.
Reforma política
A reforma política, assunto que dominou boa parte das sessões da Câmara nos últimos meses, deve ser concluída no início de agosto na Casa. Para concluir a votação da proposta de emenda à Constituição da reforma política, os deputados deverão se debruçar sobre dois temas: financiamento de campanha e idade mínima para ser deputado. (veja vídeo ao lado sobre a última discussão)
A PEC foi aprovada em dois turnos na Casa e a maioria dos destaques destinados a mudar o texto foi votada, mas faltou analisar duas propostas de modificação – uma tenta derrubar a doação de empresas aos partidos e outra quer retomar para 21 anos a idade mínima exigida para se candidatar a deputado federal (o texto-base reduziu para 18 anos). Quando a votação do texto for concluída na Câmara, a PEC será enviada para análise do Senado e passará por dois turnos de votação novamente.
Apesar disso, os senadores já iniciaram a análise paralela de projetos da reforma política em plenário. Com isso, o relator do texto na Casa, senador Romero Jucá (PMDB-RR), optou por colocar em votação no Senado apenas textos que não tratavam de temas semelhantes na Câmara. Com isso, segundo Jucá, será possível melhorar e ampliar a reforma aprovada pelos deputados.
CPIs
Além dos projetos com impacto na economia e daqueles cercados de polêmica, o  Congresso também terá novas comissões parlamentares de inquérito (CPIs) que desagradam o Palácio do Planalto. Tanto na Câmara quanto no Senado, serão instaladas comissões para investigar contratos de empréstimo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Na Câmara, a CPI deve ser instalada no dia 6 de agosto. Já no Senado, Renan Calheiros deve ler em plenário, nas primeiras sessões do mês, a criação do colegiado.
Outras duas CPIs que são contrárias aos interesses do governo federal são as que investigarão supostas irregularidades nos fundos de pensão de estatais. No Senado, a composição da comissão já foi definida por Renan. Na Câmara, a CPI deve ser instalada na primeira semana de agosto.

LDO
A primeira grande votação prevista para o Congresso em agosto é a da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), cuja votação foi adiada no primeiro semestre e deve ocorrer a partir da primeira semana do mês.
A LDO é responsável por nortear o Orçamento da União para o próximo ano. A aprovação do texto é, por lei, condição necessária para que os parlamentares entrem oficialmente em recesso oficial. Como o projeto ainda está na Comissão Mista de Orçamento, houve um acordo entre os parlamentares para adiar a análise do texto.