Atletas de Colombo são destaques na Corrida das Nascentes do Iguaçu


WEBMASTER 22 DE SETEMBRO DE 2015

Colombo contou com três equipes participantes que conseguiram posições importantes na competição

Atletas de Colombo são destaques na Corrida das Nascentes do IguaçuUma das principais competições da Região Metropolitana de Curitiba aconteceu no último domingo, 20. Aproximadamente, 1900 atletas participaram da 11ª Corrida de Revezamento das Nascentes do Iguaçu e da 5ª Volta Ciclística das Nascentes do Iguaçu. Entre os atletas colombenses presentes estavam: três quartetos no Mountain Bike e duas equipes com 12 atletas na prova de pedestres.
O trajeto da competição começou no município vizinho – Piraquara, onde foi dada a largada, e os atletas tiveram que percorrer 108 km de estradas rurais de outros sete municípios da Região Metropolitana, com a chegada ao Bosque São Cristovão em Santa Felicidade, Curitiba.
Na Volta Ciclística, por exemplo, Colombo teve três equipes participantes que conseguiram posições de destaque na competição. O 1º lugar ficou para a equipe Osy Fit CCC – Colombo; 2º Cicles Chineis – Colombo e o 5ª colocação para a equipe Cicles Landes – Colombo. Já a equipe Runners de Colombo é a campeã geral – prova pedestre. “Nossos atletas desbancaram várias equipes fortes da modalidade. Temos atletas com potencial, que se destacaram e conquistaram posições importantes”, ressalta o coordenador do departamento de Esporte, Gilmar Franco.
Os atletas do município contaram com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Educação, Cultura e Esporte, que através do Departamento de Esporte, ajudou na logística da participação das equipes, como o transporte, apoio durante o percurso, além de financiar a inscrição das equipes.
Confira o resultado:
Categoria equipe quarteto:
Campeã: Cicles Chineis – Colombo
Vice-campeã: Osy Fit/ Clube Colombense de Ciclismo – Colombo
5º lugar: Cicles Landes – Colombo
Categoria Solo
12º lugar: Equipe Colombo
Equipe Colombo Runners
1º lugar: CR Runners  Brasil – Ricardo Zoio Nutrialle
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Divulgação

Prefeitura Informa: Programa Bolsa Família divulga lista dos beneficiários em Colombo


WEBMASTER 23 DE SETEMBRO DE 2015
A Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Assistência Social torna público a lista dos beneficiários do Programa Federal Bolsa Família no município de Colombo.
Arquivo para Download: bolsa famila setembro-2015.xls
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Museu Cristóforo Colombo está aberto para visitação


WEBMASTER 23 DE SETEMBRO DE 2015

Após cinco meses fechado para reforma e manutenção, o espaço reabre para melhor atender os visitantes e turistas

O espaço está aberto para melhor atender os visitantes e turistas
O espaço está aberto para melhor atender os visitantes e turistas
Prefeitura de Colombo entregou o Museu Municipal Cristóforo Colombo novamente aos colombenses
Prefeitura de Colombo entregou o Museu Municipal Cristóforo Colombo novamente aos colombenses
Durante a reabertura foi realizada a 9ª Primavera dos Museus desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram)
Durante a reabertura foi realizada a 9ª Primavera dos Museus desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram)
O museu abriga o acervo municipal desde a era indígena até os dias atuais
O museu abriga o acervo municipal desde a era indígena até os dias atuais
Nesta terça-feira, 22, a Prefeitura de Colombo por meio da Secretaria de Esportes, Cultura, Juventude e Lazer entregou o Museu Municipal Cristóforo Colombo novamente aos colombenses. O local passou por uma revitalização, que teve início no mês de abril. A casa é uma replica da Societá Italiana de Mutuo Socorso Cristóforo Colombo, fundada por imigrantes no começo do século 20.
“O prédio estava com alguns problemas, ele é feito de madeira, e isso exige que seja feito uma manutenção periodicamente da estrutura. O Museu preserva a história, a memória e a cultura do município, e precisamos deixá-lo em condições apropriadas para que cada vez mais as pessoas tenham interesse de visitar o nosso museu”, explica a diretora do departamento de Cultura, Rita Straioto.
E dando continuidade às comemorações, o departamento de Cultura também promoveu no local a 9ª Primavera dos Museus desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Durante o evento foi ministrada uma palestra sobre o tema Cultura Indígena no Paraná – com as professoras, Luciana C. da Silva e Célia Regina Tokarski. O evento foi destinado a professores, educadores, pesquisadores, historiadores, entre outros.
Com o ambiente todo revitalizado – será possível oferecerá mais acessibilidade aos visitantes e também aos cadeirantes. “Foram construídas rampas de acesso para os cadeirantes, que proporciona mais segurança e conforto”, explica Rita. Entre os serviços realizados estão à troca e reparo do piso externo, substituição de madeiras danificadas na parte externa, a pintura e a manutenção do Museu.
O museu abriga o acervo municipal desde a era indígena até os dias atuais. Em seu acervo é possível encontrar mais de 500 peças, 98 títulos de livros na biblioteca da instituição, além de nove DVDs, os objetos históricos narram a história da região.
O casarão funcionava como escola, onde as aulas eram ministradas em italiano. As consultas médicas também aconteciam neste local, quando o médico visitava a cidade, além de servir como ponto de encontro dos italianos.
“O nosso Museu Municipal possui um patrimônio histórico relevante para o nosso município. Por meio da cultura dos nossos imigrantes, temos a oportunidade de conhecermos um pouco dos costumes daquela época”, desta o secretário de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho, Antonio Ricardo Milgioransa.
A revitalização faz parte do pacote de obras do Circuito Italiano de Turismo Rural de Colombo, em comemoração aos 16 anos, completados no dia 05 de fevereiro deste ano. Durante as obras, foram investidos aproximadamente R$ 22.937,03 mil, para a revitalização do local.
Serviço:
Museu Municipal Cristóforo Colombo está localizado na Rua Marechal Floriano Peixoto, 8771 – Centro, Colombo – Anexo ao Parque Municipal da Uva.
Atendimento: de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.
Informações: 3656-6612
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Fotos: Marcio Fausto/ PMC

Novo parque recebe atividade alusiva ao Dia da Árvore em Colombo


WEBMASTER 23 DE SETEMBRO DE 2015

Moradores participaram da iniciativa e plantaram cerca de 200 mudas de árvores nativas da região

Crianças e adultos da região do Roça Grande plantam cerca de 200 mudas de árvores nativas no novo Parque de Colombo
Crianças e adultos da região do Roça Grande plantam cerca de 200 mudas de árvores nativas no novo Parque de Colombo
Dia da Árvore foi comemorado em Colombo e moradores participam do Mutirão Reflorestamento 2015
Dia da Árvore foi comemorado em Colombo e moradores participam do Mutirão Reflorestamento 2015
Comemorado no dia 21 de setembro, o Dia da Árvore tem como objetivo principal a conscientização a respeito da preservação desse bem tão valioso. As árvores são importantes para a vida na Terra já que aumentam a umidade do ar, evitam erosões, produzem oxigênio, reduzem a temperatura e fornecem sombra e abrigo.
E para celebrar esta importante data, neste domingo, 20, a Prefeitura de Colombo por meio da Secretaria de Meio Ambiente apoiou a iniciativa popular de Indyamara Silva, moradora do bairro Jardim Uirapuru, que propôs que o município participasse do Mutirão Reflorestamento 2015.
O evento funcionou com a mobilização dos próprios moradores dos municípios de todo o Brasil. Na ocasião, Indyamara entrou em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e pediu apoio com mudas e indicação de um local apropriado para realizar a ação.
O novo Parque de Colombo, que fica no Campus do Instituto Federal do Paraná (IFPR), no Roça Grande, foi o espaço onde cerca de 200 mudas de árvores nativas foram plantadas por crianças e adultos que são moradores da região.
“Foi uma iniciativa muito legal e o dia estava muito agradável, esta experiência foi bastante proveitosa principalmente por ter partido de uma moradora. Esta e outras ações desta natureza sempre terão o nosso apoio e incentivo,” disse o secretário de Meio Ambiente, Evandro Busato.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Marcio Fausto/PMC

Empresas pagam vale atrasado e trabalhadores descartam greve no transporte coletivo


Por Luiz Henrique de Oliveira

A última empresa que não havia depositado o valor da antecipação salarial, o chamado“vale”, transferiu o dinheiro para a conta dos trabalhadores no final da tarde desta quarta-feira (23). Com isso, a greve que poderia acontecer a partir da meia-noite de amanhã (24) foi descartada, segundo o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região (Sindimoc).
Por volta das 14h, o vice-presidente do Sindimoc, Dino César, havia dito ao Jornal da Banda Bque todas as empresas, com exceção da Araucária, teriam depositado o valor. “Agora, vamos esperar até o fim da tarde de hoje para descartar completamente qualquer tipo de paralisação”, afirmou no começo da tarde.
onibus
(Foto: Divulgação)
O Sindicato das Empresas de Transporte da Grande Curitiba (Setransp) confirmou que o pagamento foi feito por volta das 18 de hoje.
Manifestação
Com o vale quitado, a greve que os motoristas e cobradores aprovaram durante assembleia no Terminal do Santa Cândida, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (21), não vai acontecer.
Segundo o Sindimoc, não havia sido pago o adiantamento de forma integral, ou seja, o “vale”, o que gerou uma manifestação que fechou o Terminal Santa Cândida na segunda.

Viaturas da PM paradas há semanas em pátio de loja intrigam moradores


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha
viaturas-paradasdentro
(Foto: Colaboração/Banda B)

Várias viaturas da Polícia Militar (PM), Polícia Civil e Defesa Civil estão paradas em um pátio de uma loja de som no bairro Hauer, em Curitiba, há pelo menos três semanas. O fato intriga os moradores da região, que questionam o motivo desses carros não estarem nas ruas, ajudando nos patrulhamentos.
“Enquanto nós estamos à mercê dos bandidos e vivenciando a violência todos os dias, as viaturas estão estacionadas, sem uso. A situação está bem complicada. Será que vai tanto tempo assim para consertar os veículos?”, questionou um dos moradores em entrevista à Banda B.
A reportagem procurou o dono do local onde os carros estão estacionados. Segundo ele, os automóveis estão na fila para receber reparos da empresa que venceu a licitação junto ao governo do Paraná.
Essa oficina, no entanto, estaria reformando o piso e, por isso, o proprietário teria pedido para deixar os veículos no pátio da outra loja. De acordo com a PM, o Departamento de Transporte do Estado é responsável pela manutenção de viaturas.

Jovem de 18 anos morre afogado em represa durante encontro de evangélicos


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Um jovem de 18 anos morreu afogado no final da tarde desta quarta-feira (23) em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Ele estava em um encontro de evangélicos em uma represa no final da Rua Orlando Martins, no bairro Barro Preto, quando o incidente aconteceu.
Amigos ainda tentaram retirá-lo da água, mas não conseguiram. Segundo eles, o jovem não sabia nadar. O Corpo de Bombeiros foi acionado e se dirigiu ao local.
Devido ao tempo e a profundidade do tanque, de aproximadamente 12 metros, os mergulhadores do Grupo de Socorro Tático Terrestre (Gost) fizeram os trabalhos de buscas. Pouco mais de uma hora depois o corpo foi localizado. Mateus Araújo de Freitas era morador no bairro Boqueirão, em Curitiba, e tinha um irmão gêmeo que estava junto com ele no local.

Alta do dólar faz contrato do Corinthians com a Nike disparar 80% em um ano


Valor anual saltou de R$ 29 milhões em 2014 para cerca de R$ 50 milhões com a evolução do câmbio; entenda o cálculo

RODRIGO CAPELO
23/09/2015 - 16h30 - Atualizado 23/09/2015 16h46
Elias, jogador do Corinthians, com uniforme produzido pela Nike (Foto: Divulgação)
Toda vez que o dólar bate nova marca histórica em relação ao real, o Corinthians passa a receber mais dinheiro da Nike. O contrato de fornecimento de materiais esportivos, um dos únicos no país pagos em dólar, rendia R$ 29 milhões anuais em agosto de 2014, a considerar apenas a parte em dinheiro, quando foi renegociado. De lá para cá a moeda americana subiu mais de 80%, e o valor anual do contrato foi junto. Hoje está em cerca de R$ 50 milhões.
Na realidade a conta não é tão simples, porque o que importa é a cotação do real no momento do pagamento. O clube recebe da fornecedora uma vez a cada três meses. O próximo vencimento cai em novembro deste ano. Mas entenda assim: a parcela que valia R$ 7 milhões em agosto do ano passado, momento em que o contrato foi renegociado e passou a ser contado em dólar, passou a algo em torno de R$ 13 milhões com o câmbio desta quarta-feira (23), quando a moeda americana voltou a bater recorde em relação ao real.
Em questão de um mês e meio, até o pagamento de novembro, portanto, pode ser que o valor varie para cima ou para baixo com a evolução do câmbio. Mas é improvável que o dólar desça do patamar atual para o que tinha no fim do ano passado. A valorização é certa.
Não há cláusula nenhuma que proteja a Nike desta situação. "Todo o contrato é em dólar. Se o dólar for um ou quatro, faz a conversão na data", explica Emerson Piovesan, diretor financeiro do Corinthians. O dirigente afirma não poder revelar os valores precisos do contrato pois há acordo de confidencialidade com a fornecedora.
O que possibilitou o aumento à medida que o dólar dispara foi a renegociação feita em 2014 pelo então vice-presidente, Luís Paulo Rosenberg. O contrato vigente até então tinha duração de 2012 a 2022, mas Corinthians e Nike sentaram para conversar porque o clube precisava de cerca de R$ 20 milhões para pagar débitos fiscais. A fornecedora americana concordou em antecipar o valor e, em contrapartida, "ganhou" a extensão da parceria por mais três anos, até 2025. O dirigente, em meio a esta renegociação, alterou este detalhe do contrato: em vez de reais, dólares.

Após Blatter, Zico encontra responsável por reforma na Fifa e cartola americano


Brasileiro contou a ÉPOCA ter sido ‘muito bem recebido’ por dirigentes, mas foi informado que terá de seguir regras eleitorais

RODRIGO CAPELO
23/09/2015 - 09h48 - Atualizado 23/09/2015 09h55
Zico entrega carta aberta a Blatter (Foto: Reprodução/ Facebook)
Após encontrar Joseph Blatter, presidente da Fifa, em Zurique,Zico viajou nesta quarta-feira (23) a Lausanne, também na Suíça, para se reunir com François Carrard, quem lidera o Comitê de Reforma na federação. É a segunda etapa da agenda que, na quinta (24), tem marcado encontro com Sunil Gulati, presidente da U.S. Soccer, a federação de futebol dos Estados Unidos.
Zico entregou a Blatter e Carrard carta aberta com dez propostas para reformar a gestão da Fifa. A ÉPOCA, contou ter sido “muito bem recebido” por ambos. Blatter lhe disse que aceita sua candidatura à presidência, mas que ela precisa respeitar as regras definidas pela Fifa. “Fiz essas reuniões para firmar a minha candidatura”, diz.
O problema são as regras. Para que um candidato à presidência se apresente, ele precisa: (1) ter papel ativo na gestão de alguma das 209 federações, ou em uma das seis confederações, ou na própria Fifa, por pelo menos dois dos últimos cinco anos; (2) ser apresentado formalmente por um dos 209 países; e (3) ter o apoio público de pelo menos cinco federações.
O sistema eleitoral da Fifa inibe a mudança de presidente porque pretendentes não conseguem sequer apresentar suas candidaturas. O voto é secreto, sim, mas o apoio de cinco países para que o candidato se apresente é público e está sujeito a represálias. Blatter, em duas décadas, encheu os cofres de federações apoiado no sucesso financeiro da Copa do Mundo e formou redutos eleitorais em regiões mais pobres, como África, Ásia e América Central e Caribe. Em cinco eleições, o cartola suíço só teve adversário em duas justamente por causa dessas regras. Zico tem até 26 de outubro para conseguir driblar este sistema e inscrever sua candidatura.

Número de refugiados é o maior desde a Segunda Guerra Mundial

Uma criança chora nos braços do pai enquanto um grupo de refugiados espera ser atendido em um centro de acolhimento em Opatovac, na Croácia (Foto: AP Photo/Marko Drobnjakovic)
TEMPO

Vídeo mostra os dados da Acnur, Agência da ONU para Refugiados. Mais de 54 milhões de pessoas buscam um novo lugar para viver

BRUNO CALIXTO E LIUCA YONAHA, MARCO VERGOTTI E PEDRO SCHIMIDT
23/09/2015 - 17h39 - Atualizado 23/09/2015 17h39
Em embarcações que mal comportam uma família, dezenas tentam atravessar um mar. Outras milhares encaram a pé a travessia de cidades e países. Segundo dados da Agência da ONU para Refugiados (Acnur), desde a Segunda Guerra Mundial, nunca tantas pessoas se deslocaram pelo mundo, em busca de refúgio.(veja vídeo acima)
De acordo com a Convenção de Refugiados de 1951, um refugiado é alguém que “temendo ser perseguido por motivos de raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opiniões políticas, se encontra fora do país de sua nacionalidade e que não pode ou, em virtude desse temor, não quer valer-se da proteção desse país”. Atualmente, mais de 54 milhões estão nessa condição. 
É da Síria de onde sai o maior fluxo de refugiados. E é à União Europeia (UE) a que a maior parte tenta, desesperadamente, chegar. Desde janeiro de 2015, 500 mil cruzaram as fronteiras do bloco. Os países europeus buscam desenhar um sistema para distribuir os imigrantes. Nesta semana, a UE decidiu, em votação em que os países do Leste do continente foram derrotados, dividir 120 mil refugiados sírios e iraquianos entre nove nações. O acordo se desenrolou com o aumento da pressão da opinião pública sobre a necessidade de medidas urgentes para lidar com a crise humanitária (entenda a crise humanitária dos refugiados na Europa). A foto do menino sírio Aylan, de 3 anos, morto à beira do mar na Turquia no início deste mês, comoveu o mundo e aumentou a mobilização na Europa.

Cunha tinha a palavra final para indicações em diretoria da Petrobras, diz delator


Eduardo Musa, ex-gerente da área internacional da empresa, citou deputado durante delação

REDAÇÃO ÉPOCA
23/09/2015 - 13h19 - Atualizado 23/09/2015 13h27
Eduardo Cunha  (Foto: Adriano Machado/ÉPOCA)
O delator Eduardo Musa, ex-gerente da área internacional daPetrobras e réu da Operação Lava Jato, afirma que o deputadoEduardo Cunha dava a palavra final nas nomeações políticas para diretoria Internacional da estatal. “João Augusto Henriques disse ao declarante que conseguiu emplacar Jorge Luiz Zelada para diretor internacional da Petrobras com o apoio do PMDB de Minas Gerais, mas quem dava palavra final era o deputado Eduardo Cunha do PMDB/RJ”, diz trecho da delação de Musa,obtida pelo G1.

>> 

A delação de Musa foi homologada pelo juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato, no dia 10 de setembro. João Henriques, o nome citado na delação, é apontado pela Polícia Federal (PF) e poelo Ministério Público Federal (MPF) como um operador ligado ao PMDB.Henriques foi preso na 19ª fase da Lava Jato, deflagrada na segunda-feira (21). O PMDB nega ter conexão com ele.

>> 
Aos procuradores, Musa disse que, logo que entrou na empresa, ouviu que havia um esquema de propinas na Petrobras. Em outro trecho da delação,ele afirma que só tomou contato com esse esquema a partir de 2006.
Por meio da Assessoria de Imprensa da Câmara, Eduardo Cunha informou que não conhece o delator. Ao G1, seu advogado afirmou que não vai se pronunciar até conhecer o teor da delação.  Não é a primeira vez que Cunha é citado por um delator. Em julho, o ex-consultor da Toyo Setal, Júlio Camargo, afirmou que foi pressionado pelo deputado a pagar propina de US$10 mide modo a fechar um contrato de navios –sonda com a estatal. Do total do suborno, US$5 milhões foram para Cunha, segundo Camargo.

Santa Catarina tem o melhor e mais organizado sistema de TRANSPLANTES do Brasil

O telejornal Bom Dia Brasil divulgou hoje que Santa Catarina tem o sistema de transplante de órgãos mais organizado do país. Enquanto no Brasil a média é de 14doadores por milhão de habitantes, em SC são 34, graças aos investimentos daSecretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina na busca por doadores. O gráfico mostra como SC está acima da média da Região do Sul e do Brasil.
Fonte do gráfico: Registro Brasileiro de Transplantes http://bit.ly/1EDHazr.
Saiba como doar no site da SC Transplantes: http://sctransplantes.saude.

Se Câmara analisar impeachment, votação será aberta e nominal



PUBLICIDADE
Se a Câmara dos Deputados chegar a analisar o impeachment da presidente Dilma Rousseff, a votação será aberta, nominal e em ordem alfabética.
Como na apreciação do afastamento do atual senador Fernando Collor (PTB-AL), em 1992, cada deputado irá ao microfone do plenário da Câmara dos Deputados e irá proferir seu voto.
Esse será um dos termos da resposta do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aos questionamentos da oposição sobre o rito que irá adotar caso a Casa análise e vote um pedido de impeachment da presidente.
Cunha vai se limitar aos itens procedimentais, sem se ater a questões de mérito, como a validade de irregularidades ocorridas em mandato anterior –caso das pedaladas fiscais.
O assunto foi tratado na tarde desta terça-feira (22), em almoço que Cunha ofereceu a líderes partidários na residência oficial da Câmara.
Segundo os presentes, Cunha já deixou claro que vai recusar todos os pedidos de impeachment apresentados, conforme roteiro já discutido há semanas.
Na resposta à questão de ordem da oposição, o presidente dará cinco dias de prazo para que a oposição entre com um recurso ao plenário. Este recurso precisa da aprovação da maioria simples presente no momento da votação.
Em seguida, é formada uma comissão especial, que elabora um parecer ao plenário. No documento que Cunha apresentará nesta semana, ele destacará que essa comissão terá uma composição semelhante à da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça): 67 titulares e 67 suplentes.
Mais cedo, Cunha disse que responderá na quarta (23) às questões de ordem da oposição.
"Tive reuniões com a consultoria. Eles me trouxeram um esboço. Debatemos, eu critiquei e ficaram de corrigir. Minha ideia é ter tudo concluído até amanhã".
Segundo ele, serão entregues cópias da decisão "para todos que queiram" e, na quinta (24), ele lerá o documento em plenário. "Como é uma coisa muito grande e complexa, é melhor distribuir cópia antes e ler na quinta".
O roteiro discutido há várias semanas por Cunha e a oposição estabelece que o presidente rejeite qualquer pedido de afastamento de Dilma, incluindo o endossado pelos oposicionistas, do ex-petista Helio Bicudo.
Assim, haverá um recurso ao plenário que bastará ser aprovado pela maioria presente à sessão no momento da votação. Instala-se, em seguida, um comissão especial que dará um parecer ao plenário. Caso 342 dos 513 deputados concordem com a abertura do processo de impeachment, Dilma é afastada do cargo. 

Dilma oferece Saúde a PMDB e Chioro dá sua saída como certa


Pedro Ladeira - 15.jan.2015/Folhapress
O ministro Arthur Chioro, que busca financiamento à Saúde
O ministro da Saúde, Arthur Chioro

PUBLICIDADE
O ministro da Saúde, Arthur Chioro, reuniu nesta terça-feira (22) sua equipe de secretários da pasta para falar de sua saída do cargo. O encontro foi realizado no mesmo dia em que o Palácio do Planalto informou ao ministro que seu posto seria oferecido ao PMDB na reforma administrativa realizada pelo governo federal.
Nesta quarta-feira (23), a presidente Dilma Rousseff informou à cúpula nacional do PMDB que colocará no comando do Ministério da Saúde um dos deputados federais indicados pelo partido. O nome que conta com maior simpatia da petista, segundo auxiliares e assessores, é o de Manoel Júnior (PB).
Segundo relatos, o ministro já dá como certa sua saída do cargo. Em conversas reservadas, ele tem dito que, mesmo que o PMDB não assuma a pasta, ele não pretende permanecer nela, já que se sentiu rifado pelo governo federal.
A entrega da pasta para o PMDB foi costurada no último fim de semana pelo Palácio do Planalto. A ideia inicial era colocar no posto um nome que fosse indicado do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB). A intenção, no entanto, não teve respaldo da bancada do partido na Câmara dos Deputados, o que levou o governo federal a pedir indicações aos parlamentares peemedebistas.
Ao contrário da Câmara, a bancada do PMDB no Senado ainda não deu sinalizações mais claras sobre os nomes que pode indicar a Dilma. O líder da sigla na Casa, Eunício Oliveira (CE), afirmou que a bancada não tem nenhum pedido específico por algum cargo e que está satisfeita com as pastas que comanda.
"Na questão do Senado, nós que defendemos aqui todo o tempo cortes de ministérios e do Orçamento, nós não tínhamos ali nenhum modelo a apresentar e nenhuma reivindicação adicional a fazer ao que já existe de participação do PMDB", afirmou Eunício.
O senador se reuniu com Dilma pela manhã e deve voltar a encontrá-la no fim da tarde. "Ela está fechando cenário e disse que até o final da tarde nos chamará para apresentar o que vai ficar definido", disse.
A presidente teve encontros com parlamentares e com ministros da sigla no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, para definir o espaço da legenda na nova configuração da Esplanada dos Ministérios.
Na sequência, a petista se reuniu com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com a cúpula nacional do PT: o presidente nacional do PT, Rui Falcão, e os ministros petistas Aloizio Mercadante (Casa Civil), Ricardo Berzoini (Relações Institucionais), Edinho Silva (Comunicação Social) e Jaques Wagner (Defesa).
A expectativa é de que a presidente anuncie quarta (23) ou quinta-feira (24) a nova configuração da Esplanada dos Ministérios.