Horário de verão começou hoje; dez Estados e o DF adiantaram relógios em 1 uma hora


Do UOL, no Rio

  • Arte/UOL
Começou neste domingo (18) às 0h o horário de verão 2015/2016. Os moradores de dez Estados e do Distrito Federal tiveram que adiantar os relógios em uma hora. A mudança segue até o dia 21 de fevereiro.
O horário de verão entrou em vigor nas regiões Sul, Sudeste e Centro-oeste: Rio Grande do Sul, Santa CatarinaParanáSão PauloRio de JaneiroEspírito SantoMinas GeraisGoiásMato GrossoMato Grosso do Sul e o Distrito Federal.
Segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema), o principal objetivo da medida é reduzir a demanda no período de maior consumo, normalmente entre 18h e 21h. Como no Norte e Nordeste a variação no horário do pôr-do-sol entre as estações não é muito significativa o governo considera que não há necessidade de aplicar a mudança de horário a estas regiões.
A expectativa do Ministério de Minas e Energia é de que o horário de verão resulte em uma economia de R$ 7 bilhões aos cofres públicos. Segundo o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Luiz Eduardo Barata, o cálculo já leva em conta a redução no consumo dos últimos meses "fruto das condições econômicas do país".
O valor é o equivalente ao custo evitado em investimentos no sistema elétrico para atender a uma demanda adicional prevista, de aproximadamente 2.250 MW. Nos últimos dez anos, a mudança de horário, segundo o ministério, tem sido responsável por uma diminuição de 4,6%, em média, na demanda - o equivalente ao consumo mensal de energia da cidade de Brasília.
No Brasil, o horário de verão tem sido empregado como política de economia de energia elétrica desde o verão de 1931/1932 com alguns intervalos. Desde 2008, passou a vigorar por meio do Decreto 6.558/2008, começando sempre no terceiro domingo do mês de outubro.
Em nota, a Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas) lembra aos passageiros que os bilhetes áreas apresentam sempre a hora local e que as passagens já são comercializadas com o horário ajustado. "Ou seja, a informação da partida refere-se ao horário na cidade de origem e, a da chegada, refere-se ao horário da cidade de destino".
Em São Paulo, os serviços de transporte coletivo (ônibus, trens e metrô) irão operar até as 2h para que o o atendimento dos usuários não seja prejudicado.

Suspeito de assalto é amarrado em árvore até a chegada da polícia


Dois homens escutaram os pedidos de socorro e foram atrás do suspeito.
Caso aconteceu neste sábado (17) em Maricá, no RJ.

Do G1 Região dos Lagos
Assaltante foi amarrado por homens que passavam no local (Foto: Site Lei Seca Maricá)Homem apontado como autor de um assalto é amarrado em árvore (Foto: Site Lei Seca Maricá)
Um homem suspeito de assaltar uma pedestre foi amarrado em uma árvore na manhã deste sábado (17) em Maricá, no interior do Rio. De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu por volta das 7h na localidade do Retiro. O suposto assaltante foi capturado e imobilizado por dois homens que estavam de moto e passaram pelo local momentos depois do crime. Eles ouviram o grito de socorro da mulher e foram atrás do suspeito, que ficou preso na árvore até a chegada da polícia.
O homem foi encaminhado para 77ª Delegacia Policia de Niterói, onde o caso foi registrado. Ele permanece preso. A Polícia Civil não informou se os dois homens que amarraram o suposto assaltante foram autuados.

Como usar o app PiggyPeg e ganhar dinheiro pelo celular?


PiggyPeg é um aplicativo para iOS e Android que permite ganhar dinheiro de uma forma bem simples. Depois de baixar o app, o usuário só precisa fazer uma espécie de check-in em uma loja parceira. Cada loja rende um determinado valor, que pode ser transferido para a conta da pessoa a cada R$ 20.
O software usa sua localização atual para sugerir pontos de interesse próximos. Veja como oPiggyPeg funciona e comece a ganhar dinheiro com o aplicativo.
Veja como ganhar dinheiro com o app Piggypeg (Foto: Gabriella Fiszman/TechTudo)Veja como ganhar dinheiro com o app Piggypeg (Foto: Gabriella Fiszman/TechTudo)

Qual é o objetivo do aplicativo?
Antes de entender como o software funciona, é importante perceber o que o programa tem como objetivo. O PiggyPeg é uma forma de fazer publicidade das lojas parceiras. A ideia é que, so caminhar pela rua, a pessoa visualize no app as lojas próximas a ela. Assim, elas podem visitar e receber um prêmio/recompensa por essa ação. O aplicativo é uma espécie de convite ao usuário para entrar na loja virtualmente ou pessoalmente e conhecer o lugar, recebendo uma quantia por isso.
saiba mais

Cadastro
Primeiro, você deve baixar o aplicativo em seu smartphone e se cadastrar. O app permite que você faça o cadastro pelo Facebook, e-mail ou crie uma nova conta. Ao escolher pela rede social, o programa pega automaticamente suas informações, como nome, e-mail e CPF – vale lembrar que ele não publicará nada na sua página da rede sem sua autorização. Depois de fazer seu cadastro, você receberá um email para confirmação de conta.
Como usar e ganhar dinheiro?
Depois de criar sua conta, o aplicativo pedirá o acesso a sua localização atual, através de um mapa interativo – é dessa forma que ele fará as sugestões de lugares próximos a você. Ao chegar à loja indicada pelo aplicativo, é preciso usar o PiggyPeg para fazer a leitura de um QR Code. Dessa forma, a sua conta vai acumulando valores em reais. Os números variam de acordo com o estabelecimento. Ao atingir a quantia mínima de R$ 20, você já pode efetuar o resgate desse saldo, que é transferido para a conta cadastrada.
A cada R$ 20 você recebe o valor em sua conta (Foto: Gabriella Fiszman/ TechTudo)A cada R$ 20 você recebe o valor em sua conta (Foto: Gabriella Fiszman/ TechTudo)


Como usar o mapa?
O software tem um mapa interativo que mostra quais são as lojas próximas a sua localização. Nele, você verá balões que indicam os locais onde existem lojas para fazer o check-in. Além disso, em cima dos balões aparece o valor que você receberá ao visitar aquele estabelecimento. Vale dizer que no mapa aparecem apenas as lojas que estiverem abertas naquele horário. Portanto, se você abrir o mapa do PiggyPeg a noite, é bem provável que ele esteja vazio, uma vez que as lojas estarão fechadas.
Clicando nos balões
Ao clicar em um desses balões, você encontrará informações do estabelecimento, como o endereço, o valor que vão te pagar e os pontos que essa visita à loja vale. Depois, ao chegar na loja, procure um smartphone ou tablet para ler o código QR que o aplicativo PiggyPeg vai disponibilizar. Ao fazer isso, o dinheiro será transferido para a conta indicada na hora da realização do cadastro. Vale lembrar que você vai receber o valor independente de comprar ou não algum artigo na loja.
Cada balão indica uma loja e o valor que ela vai pagar pelo serviço (Foto: Divulgação/ Piggypeg) (Foto: Cada balão indica uma loja e o valor que ela vai pagar pelo serviço (Foto: Divulgação/ Piggypeg))Cada balão indica uma loja e o valor que ela vai pagar pelo serviço (Foto: Divulgação/ Piggypeg)

Como resgatar o dinheiro?
Resgatar o dinheiro é tão simples quanto usar o aplicativo. Basta cadastrar o número da sua conta logo no começo do cadastro, e a partir de R$ 20 salvos no seu PigPeggy, você começa a receber.
O app funciona em quais regiões?
A principio, o aplicativo funciona apenas para o Rio de Janeiro e São Paulo, mas a ideia é que ele se estenda para todo o Brasil no futuro.

CONCURSO 1752 DA MEGA-SENA ACUMULA E PRÊMIO PODE CHEGAR A R$ 46 MILHÕES


AS DEZENAS SORTEADAS FORAM: 09-36-37-53-55-60

Mega Sena (Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas)
Ninguém acertou as dezenas sorteadas no concurso 1752 da Mega-Sena, realizado neste sábado (17/10), em Mairinque (SP). Os números sorteados foram: 09-36-37-53-55-60. O prêmio do próximo sorteio pode chegar a R$ 46 milhões. 
A quina teve 70 acertadores, que vão receber R$ 49.588,74. E a quadra contou com 5668 ganhadores que vão levar R$ 874,88.
Os sorteios da Mega-Sena  são promovidos pela Caixa Econômica Federal duas vezes por semana, às quarta-feiras e aos sábados. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 3,50. Quem quiser participar, pode comprar seu bilhete até às 19h do dia do sorteio (no horário de Brasília), em qualquer lotérica do Brasil.

Para a aposta simples, de apenas seis números, a probabilidade de ganhar é 1 em 50 milhões, mais precisamente de 1 em 50.063.860, de acordo a Caixa. Já para a aposta máxima, de 15 números, com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acerto é de 1 em10 mil.

STJ aumenta pena do goleiro Bruno em crimes contra Eliza no RJ


Em 2009, a ex-namorada deu queixa por sequestro e lesão corporal.
Luiz Henrique Romão, o Macarrão, também teve a pena aumentada.

Do G1 MG
Condenação tira goleiro Bruno do Boa Esporte. (Foto: Renata Caldeira / TJMG)Goleiro Bruno Fernandes teve pena aumentada pelo STJ. (Foto: Renata Caldeira / TJMG)
O goleiro Bruno Fernandes e Luiz Henrique Romão, o Macarrão, tiveram a pena aumentada pelo Superior Tribunal de Justiça no processo em que ambos foram condenados pelos crimes de sequestro, cárcere privado, lesão corporal, constrangimento ilegal e concurso material, envolvendo Eliza Samúdio no Rio de Janeiro. 
Em 2009, a ex-namorada do atleta registrou queixa na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher na capital fluminense e disse que a intenção do goleiro e de Macarrão era obrigá-la a abortar o filho dele.
saiba mais

Em 2013, a Justiça de Minas Gerais condenou Bruno e Macarrão pela morte de Eliza Samúdio.O goleiro cumpre pena de 22 anos e 3 meses.Macarrão foi condenado a  15 anos de prisão.
De acordo com a decisão do Superior Tribunal de Justiça, as penas se somam às condenações que os dois cumprem. Bruno terá mais 1 ano e 6 meses e 20 dias de reclusão, preso. Além disso, mais 9 meses e 10 dias em regime semiaberto. Luiz Henrique terá mais 1 ano, 4 meses e 10 dias em regime semiaberto.
O advogado de Bruno, Irmar Ferreira Campos, disse ao G1 que vai analisar o caso nesta segunda-feira (17). A defesa de Macarrão ainda não foi encontrada para comentar o caso.
Entenda o caso Eliza Samudio
Bruno Fernandes foi condenado pela Justiça de Minas, em março de 2013, a 17 anos e 6 meses em regime fechado por homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima), a outros 3 anos e 3 meses em regime aberto por sequestro e cárcere privado e ainda a mais 1 ano e 6 meses por ocultação de cadáver. A pena foi aumentada porque o goleiro foi considerado o mandante do crime, e reduzida pela confissão do jogador.
Eliza desapareceu em 2010 e seu corpo nunca foi achado. Ela tinha 25 anos e era mãe do filho recém-nascido do goleiro Bruno, de quem foi amante. Na época, o jogador era titular do Flamengo e não reconhecia a paternidade.

Estrangeiros movimentavam conta de Cunha na Suíça, aponta Lava Jato


Argentino e uruguaio abriram conta em nome de offshore de Cingapura.
Presidente da Câmara nega ter contas no exterior e diz sofrer 'perseguição'.

Do G1, em Brasília, com informações da TV Globo
Investigações da Operação Lava Jato apontam que uma das contas secretas na Suíça atribuídas ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), está em nome de uma empresa de fachada com sede em Cingapura, na Ásia, e era movimentada por um uruguaio e um argentino.veja vídeo

A conta no banco Julius Baer, bloqueada pelas autoridades suíças em abril de 2015, está em nome da offshore Netherton Investment, registrada no nome de duas mulheres, Cindy Chian Shu Xin, de Cingapura, e Angela Nicolson, da Austrália. Segundo a apuração, elas deram poderes para que o uruguaio Luis Maria Pineyrua Pittaluga e o argentino Jorge Haiek Reggiardo, representantes do escritório uruguaio Posadas Y Vecino, abrissem a conta e realizassem as transações.
Os documentos em poder do Ministério Público mostram, entretanto, que o real beneficiário da conta é Eduardo Cunha. A suspeita é que o deputado abriu a conta para movimentar recursos desviados dos cofres da Petrobras.
Agora, os procuradores federais querem ajuda da Receita Federal, do Banco Central e de órgãos de fiscalização para rastrear a movimentação do presidente da Câmara e entender como ele multiplicou a sua fortuna. Segundo investigadores, Cunha usava um e-mail registrado com o nome de “sacocheio” para tratar de propina.

A investigação já apontou que ele recebeu R$ 9 milhões, em contas na Suíça, desviados de um contrato da Petrobras no Benin, na África. O dinheiro não foi declarado.

Falta saber a origem de outros recursos, cerca de R$ 20 milhões, e por que Eduardo Cunha recebeu esse dinheiro.

Nesta semana, o ministro Teori Zavascki deve decidir sobre o destino do dinheiro que Eduardo Cunha teria desviado da Petrobras: se o mantém bloqueado na Suíça ou se o traz de volta ao Brasil.

Desde que as denúncias vieram à tona, Cunha nega ter recebido "qualquer vantagem de qualquer natureza" e tem reiterado seu depoimento à CPI da Petrobras, em março, no qual negou ter contas no exterior.

Em nota divulgada nesta sexta-feira (16), o peemedebista voltou a acusar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de perseguição e de vazar informações que, segundo ele, deveriam estar sob sigilo.
Janot pediu – e o Supremo Tribunal Federal autorizou – a abertura de dois inquéritos para investigar o presidente da Câmara – um devido à suposta participação dele no esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Operação Lava Jato e outro para apurar contas secretas em bancos suíços cuja titularidade é atribuída a ele. No primeiro caso, o inquérito foi concluído e Janot apresentou denúncia contra o deputado ao Supremo.
 
saiba mais

Fernando Baiano
Os procuradores também querem analisar as revelações feitas pelo lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, em sua delação premiada.
Em um dos depoimentos, ele revelou aos investigadores que Cunha tinha uma conta de e-mail com a expressão "saco cheio" só para tratar de propina. Ele também relatou os encontros que teve com o deputado para discutir o pagamento de propina do esquema de corrupção na Petrobras.

Fernando Baiano é apontado pelos procuradores do Ministério Público Federal (MPF) como operador do PMDB no esquema. O partido sempre negou.

Na última quinta-feira (15), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, anexou trechos do depoimento de Baiano à denúncia feita em agosto ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra Cunha, no qual o delator confirma que o peemedebista recebeu ao menos US$ 5 milhões de propina por contratos de aluguel de navios-sonda pela Petrobras.

Em seu depoimento, Baiano contou que a aproximação dele com Cunha começou em 2009, em um encontro no gabinete do deputado, na Câmara.

Em 2010, ano eleitoral, teria começado a negociação que resultaria em pagamento de propina. Baiano disse aos procuradores que pediu ajuda a Cunha para receber uma dívida que o empresário Júlio Camargo, outro delator da Lava Jato, tinha com ele.

Baiano ofereceu a Cunha 20% dos US$ 10 milhões que tinha a receber. Em troca, usaria o nome de Cunha para pressionar o empresário. Como não deu certo, Baiano ofereceu, então, 50%, ou US$ 5 milhões, para que o deputado entrasse em campo e pressionasse Júlio Camargo pessoalmente.

Segundo o delator, a conversa com Cunha foi em setembro de 2011. Ele contou que deu até carona a Cunha e foi buscá-lo em casa, no Rio de Janeiro. Os pagamentos começaram, mas, depois de um tempo, houve atraso e Cunha começou a cobrar Baiano por e-mail.

Para pressionar Camargo a retomar os pagamentos, a Procuradoria sustenta que deputados aliados de Cunha apresentaram requerimentos na Comissão de Fiscalização e Controle pedindo informações ao Ministério de Minas e Energia e ao Tribunal de Contas da União sobre o contrato dos navios-sonda. 

Pressão política
Na próxima semana, deve aumentar a pressão para que Eduardo Cunha saia da presidência da Câmara. Parlamentares governistas e de oposição avaliam que a situação dele é insustentável.
Apesar de Cunha resistir à ideia, ele já foi aconselhado a usar o que é chamado por políticos de “saída Renan”, isto é, renunciar à presidência para tentar salvar o mandato, como o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) fez em 2007.