Busca por imóveis acima de 1 milhão aumenta em 2015; Curitiba é a segunda no ranking


Redação

cabral-luxo
Perspectiva cobertura Manchester Residence no Cabral. Foto: Reprodução

O mercado de luxo no Brasil continua firme e caminha na contramão da crise. Seguindo a mesma tendência, os imóveis de alto padrão continuam procurados pelos consumidores. O VivaReal, portal de imóveis líder no Brasil, realizou um estudo para analisar a busca pelos imóveis acima de R$ 1 milhão.
No 3º trimestre de 2015, a demanda por imóveis de R$ 1 milhão ou mais cresceu 32%, quando comparado com o mesmo período de 2014. “Historicamente transações de imóveis de alto padrão dependem menos de financiamento imobiliário. Os compradores fazem uso de recursos próprios para pagar grande parte do valor negociado. Vale pontuar que em algumas capitais, como São Paulo e Rio de Janeiro, não é possível comprar imóveis de luxo com um R$ 1 milhão”, comenta Lucas Vargas, Vice-Presidente Executivo do VivaReal.
Fortaleza foi a capital que apresentou o maior aumento de buscas (+92%) por imóveis nessa faixa de preço, seguida por Curitiba (+70%), Porto Alegre (+67%), Florianópolis (+62%) e Goiânia (+58%).

Polícia canadense pede prisão de atletas brasileiros que participaram do Pan


Da Agência Brasil

A polícia da cidade canadense de Toronto divulgou nesta quinta-feira (29) que está a procura dos jogadores de futebol Lucas Domingues Piazon, 21 anos, e Andrey Da Silva Ventura, 22 anos. Os atletas brasileiros são acusados de abuso sexual contra uma mulher de 21 anos no dia 25 de julho. Na época, Piazon e Ventura estavam no Canadá para as disputas dos Jogos Pan-americanos pela seleção brasileira de futebol masculino.
De acordo com a polícia, a mulher alega que conheceu os dois homens em uma boate e que eles se ofereceram para a acompanhar até sua casa. Chegando ao local, ela afirma ter sido agredida sexualmente. A polícia ainda aponta que a agressão sexual se dá por qualquer forma de contato sexual não desejado, mas não deu detalhes do que aconteceu.
Atleta nega acusação
Por meio da assessoria de imprensa, Lucas Piazon (que pertence ao Chelsea, da Inglaterra, e está emprestado ao Reading, time do mesmo país) negou que tenha cometido algum crime durante o Pan. “Piazon nega de forma veemente o que está sendo divulgado pela imprensa canadense. O atleta não foi notificado formalmente e está tomando conhecimento do caso para adotar as medidas cabíveis”, diz a nota.
A assessoria de imprensa do Botafogo Futebol Clube, de Ribeirão Preto (SP), clube em que Andrey é goleiro reserva, apontou que não vai se manifestar oficialmente antes de receber uma intimação oficial. O clube aponta que teve conhecimento do caso somente pela imprensa. O Botafogo está disputando as semifinais do Campeonato Brasileiro da Série D.
A acusação não é a primeira contra atletas brasileiros. Em julho, a polícia de Toronto expediu um mandado de prisão contra o atleta Thye Mattos Ventura Bezerra, de 27 anos, da equipe brasileira de polo aquático. Ele é suspeito de abusar sexualmente de uma mulher de 22 anos. Ele também negou as acusações.

Obra da Sanepar bloqueiam parcialmente ruas do Centro


Da SMCS

Entre os dias 1 e 3 de novembro a Sanepar realiza obras na rede de esgoto no cruzamento das ruas Carlos de Carvalho com Voluntários da Pátria, região central de Curitiba. Para tanto será necessária a realização de bloqueios parcial e total de vias.
No dia 1º de novembro será realizado cortes no asfalto, o que vai requerer bloqueio parcial de curta duração no cruzamento.
Na segunda (2), grande parte da obra será executada. Para tanto, das três faixas de fluxo da Rua Carlos de Carvalho apenas a da direita estará livre para o tráfego. Agentes da Setran estarão no local orientando motoristas e funcionários da Sanepar farão a sinalização do local.
Na Rua Voluntários da Pátria, a quadra situada entre Carlos de Carvalho e Praça Osório terá bloqueio total. O motorista que estiver na Rua Carlos de Carvalho não poderá fazer a conversão à esquerda na Rua Voluntários da Pátria em direção à Praça. Aqueles que estiverem na Rua Voluntários da Pátria, entre a Cruz Machado e a Carlos de Carvalho, terão que obrigatoriamente virar à direita.
A previsão é que a obra se estenda das 8h às 18h.
Na terça (3), a partir das 9h, será executada a recomposição do pavimento. Para tanto acontecerá bloqueio parcial da Rua Carlos de Carvalho por cerca de uma hora. Agentes da Setran estarão no local.

Atriz se finge de embriagada e sofre assédio ostensivo em plena luz do dia


Da BBC Brasil

assista
(Foto: BBC Brasil)
Um experimento levado a cabo por um centro de tratamento para dependentes químicos em Madri teve resultados assustadores ao expor o comportamento agressivo masculino. Em um vídeo de 10 minutos, filmado no centro da capital espanhola, em um dia de semana e em plena luz do dia, uma atriz fingindo estar bêbada é assediada, não raramente de forma acintosa, por homens que não hesitam em tentar se aproveitar da vulnerabilidade causada pelo álcool.
Assista clicando aqui.
Coordenado pelo psiquiatra José Miguel Gaona, o experimento do Centro Europeu Neurosaulus teve que ser interrompido depois de o assédio crescer de intensidade a ponto de a equipe de filmagem temer pela segurança da atriz.
Reações
“Ficamos assustados com a atitude das pessoas. Esperávamos insinuações e comentários, mas nunca que os homens fossem tentar abusar fisicamente da mulher em plena luz do dia em Madri. Sinceramente, isso foi uma surpresa”, afirmou Gaona à BBC Brasil.
O psicólogo contou que a ideia do vídeo foi inspirada por um projeto semelhante feito em Los Angeles. Com a diferença de que, ao contrário da iniciativa americana, o experimento em Madri foi conduzido de forma a testar a espontaneidade das agressões.
A atriz usada, por exemplo, foi instruída a só interagir com homens em resposta a um contato inicial. Sua história era simples: “embriagada”, ela dizia ter passado a manhã bebendo e se perdido das amigas, que não podia contactar por estar “sem bateria no celular”.
“Não se trata de algum tipo de hoax, nem de algum tipo de edição tendenciosa. Tudo o que mostramos no vídeo aconteceu de verdade, e isso é o que o torna mais assustador. Ninguém tentou ajudá-la”, acrescentou Gaona.
Além de ouvir “cantadas”, a atriz por vezes é levada para locais mais discretos, em que homens tentam beijá-la à força ou apalpá-la. E, em pelo menos uma ocasião, apesar de a mulher mencionar a intoxicação com o álcool, tentam lhe dar mais bebida.
“Isso foi algo que me deixou ainda mais chocado. Um homem tentar se aproveitar de uma mulher em estado de embriaguez avançada é a mesma coisa que tentar abusar de alguém com uma deficiência mental”, disse o psicólogo.
Mas a equipe do Neurosaulus ficou mais chocada com as reações de usuários da internet que fizeram comentários sobre o vídeo, tanto no canal de YouTube do centro (em que o experimento teve mais de 680 mil visualizações) quanto nos sites de notícias.
“Os comentários simplesmente diziam que a maneira como a mulher estava vestida ou o fato de estar ‘embriagada’ tornava aceitável o fato de ela ser assediada da maneira que foi. Isso em vários idiomas diferentes, o que mostra como não estamos falando de um problema que acontece apenas na Espanha”.
Para o psicólogo, porém, a viralização do vídeo ao menos vai provocar debate. Pai de duas filhas, Gaona espera ver público e autoridades refletindo sobre o experimento.
“Se homens tomaram essa liberdade toda com uma mulher adulta, imagine com adolescentes. Acho que nosso trabalho serve também como advertência. Não vivemos em um mundo em que todo mundo é bom. É preciso cuidado. Mas gostaria de ver a sociedade pensando bem no que está assistindo”.

Parque da Peppa é atração no fim de semana de feriado em Curitiba



Da assessoria
(Fotos: Divulgação)

Os fãs da porquinha mais popular do mundo podem aproveitar neste feriado, no Shopping Estação Peppa Pig Playground. O evento fica no shopping até o dia 14 de novembro e será uma experiência divertida e única para as famílias de Curitiba e região aproveitarem com seus filhos. Ao todo serão seis atividades e o principal destaque é o Carrossel de Balões da Peppa Pig.
Localizado na praça de eventos, no primeiro piso, o espaço terá 215 m2 de área, com decoração e tema desenhados para estimular a coordenação motora e interação com objetos e outras crianças.
Um portal de arco-íris abre a porta para o mundo da Peppa, apresentando o grande Carrossel de Balões, resultando em muito entretenimento para as crianças. Com capacidade para cinco adultos e dez crianças, cada cliente pagará R$ 15 pelo ingresso para dar um passeio de cinco minutos no grande Carrossel de Balões, com altura aproximada de seis metros.
Outro destaque do Peppa Playground é o simulador do barco do Vovô Pig, onde a garotada é surpreendida com chuva, vento e movimentos da embarcação. O brinquedo comporta até seis pessoas, sem limite de altura. O ingresso custa R$ 10 e dá direito a cinco minutos de diversão.
A tração contará também com quatro atividades gratuitas e as crianças poderão tirar muitas fotos e aproveitar o cenário desenhado com características do desenho animado premiado. Os pequeninos poderão se divertir na Casa da Peppa, no balanço do Lago dos Patos, na poça de lama do Trampolim e no escorregador da Casa da Árvore.
Serviço
Carrossel de balões da Peppa Pig no Shopping Estação
De 23 de outubro a 14 de novembro
Horário de funcionamento:
De segunda-feira a sábado, das 10h às 22h.
Domingos e feriados, das 12h às 20h.
O evento conta com opções gratuitas e brinquedos pagos.
Valor do ticket para a área paga:
R$ 15,00 (para cinco minutos) – Carrossel
R$ 10,00 (para cinco minutos) – Barco do Vovô
Faixa etária: de 0 a 12 anos de idade.

Novos procedimentos em planos de saúde não provocarão reajuste imediato, diz ANS


da Agência Brasil

A inclusão de 21 novos procedimentos no rol obrigatório de cobertura mínima nos planos de saúde individuais e coletivos, contratados a partir da lei 9.656/98 e/ou adaptados por ela, não vai representar reajuste imediato nos valores dos planos. Os novos procedimentos foram anunciados hoje (28) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), na sede do órgão, no centro do Rio, e vão se juntar aos 3.195 já existentes. Segundo o diretor-presidente da ANS, José Carlos Abrahão, o impacto financeiro nas operadoras será analisado no ano que vem e, se houver necessidade de aumento, ele só ocorrerá no período determinado de reajuste dos planos em 2017.
“Durante todo o ano de 2016 a equipe técnica estará fazendo o acompanhamento da utilização das demandas que nós vamos ter e, a partir daí, quando chegarmos ao final de 2016, nós vamos avaliar se isso vai impactar dentro das mensalidades que serão apresentadas em 2017”, explicou.
plano_de_saude
Os planos de saúde só podem aumentar as mensalidades em função dos novos procedimentos a partir de 2017 Arquivo/Agência Brasil
Abrahão informou, que historicamente, o reajuste provocado por mudanças no rol obrigatório é variável. “Tem ano que dá impacto de 0,5%, tem ano que dá impacto de 1%. Isso vai depender da utilização da demanda que a gente vai ter dos procedimentos e dos medicamentos que forem utilizados”, completou, acrescentando que o impacto econômico tem que ser avaliado, mas é preciso ser levado em conta, em primeiro lugar, o impacto assistencial. “O meu foco é primeiro olhar o paciente, o consumidor, então é para ele que a gente tem que procurar o equilíbrio, a sustentabilidade e a garantia do melhor tratamento”.
Para fazer a revisão, que ocorre a cada dois anos, foi instituído o Comitê Permanente de Regulação da Atenção à Saúde, que tem participação de órgãos de defesa do consumidor, profissionais da área de saúde e de hospitais, entre outros segmentos. A escolha dos procedimentos foi feita após consulta pública, que recebeu 6.338 contribuições, sendo 66% de consumidores, 12% de prestadores de serviços de saúde, 9% de representantes de operadoras de planos de saúde e o restante teve, entre outras, as contribuições de servidores.
A lista dos novos procedimentos, que entrarão em vigor no dia 2 de janeiro de 2016, inclui o medicamento Enzalutamida, usado no tratamento de câncer de próstata. Também estão no rol, o implante de desfibrilador multissítio TRC-D, usado para evitar a morte súbita em pacientes cardíacos; a aplicação de toxina botulínica para tratamento de hiperatividade vesical; o implante de prótese auditiva ancorada no osso para os casos de deficiências auditivas; e a ampliação de consultas com fonoaudiólogo, nutricionistas, fisioterapeutas e psicoterapeutas, entre outros.
Para as gestantes, as sessões de nutrição passaram de seis para 12. A gerente-geral de Regulação Assistencial da ANS, Raquel Lisboa, informou que a intenção é garantir um melhor processo de gestação e, com isso, incentivar o parto normal e adequado. “Como a gente incentiva que a grávida tenha esta escolha da melhor via de parto, a gente deve garantir que ela tenha melhor saúde durante a gestação”, indicou.
O diretor-presidente da ANS disse que diante de muitos pedidos foram incluídos também o antígeno NS1 do vírus da dengue e o teste rápido da doença, além dos testes para a chikungunya, doença viral parecida com a dengue. Abrahão destacou que, com este atendimento, vai ser evitada a demanda judicial para a mudança do teste usado atualmente, que leva sete dias para se ter o resultado, pelo que sai de forma mais rápida.
A única exclusão no rol foi feita, segundo a gerente-geral, a pedido da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, que declarou a cirurgia de dermatocalaze ou blefarocalaze ultrapassada. “Este procedimento não estava mais sendo usado. É uma cirurgia oftalmológica para a retirada do calaze [excesso de pele nas pálpebras]”, disse, acrescentando que existe um procedimento substitutivo que está mantido no rol.
De acordo com dados da ANS, as mudanças vão beneficiar 50,3 milhões de consumidores nos planos de assistência médica, além de 21, 9 milhões de pessoas com planos exclusivamente odontológicos. Em 2000, os planos de assistência médica tinham 31,3 milhões de consumidores e 2,4 milhões nos planos odontológicos.

Vinho x cerveja: qual é o melhor para a saúde?


Da BBC Brasil

Poucas bebidas (exceto, talvez, o chá e o café) dividem o mundo de maneira tão radical quanto a cerveja e o vinho. Gostos à parte, as duas apresentam diferença sutis na maneira como afetam o organismo e a saúde. A BBC Future peneirou as evidências recolhidas por vários estudos científicos para tentar derrubar alguns dos mitos que cercam as duas bebidas. Sirva-se.
Qual embriaga mais rapidamente?
Uma pint de cerveja (665 ml) e uma taça média de vinho (175 ml) possuem praticamente o mesmo teor alcoólico. No entanto, a embriaguez ocorre quando esse álcool passa para a corrente sanguínea. E a velocidade com que isso acontece varia com cada bebida.
Mack Mitchell, da Faculdade de Medicina da Universidade do Texas, recentemente fez um experimento no qual pediu para um grupo de 15 homens ingerirem diferentes bebidas em dias distintos. Ele se certificou que o conteúdo alcoólico era compatível com o peso corporal de cada voluntário e monitorou para que a bebida fosse consumida no mesmo intervalo de 20 minutos.
Em um resultado pouco surpreendente, os destilados foram os que entraram na corrente sanguínea mais rapidamente. Em seguida, vem o vinho (que chega a um pico de saturação no sangue 54 minutos depois de ingerido), e a cerveja (que leva 62 minutos no mesmo processo). Em outras palavras, uma taça de vinho “sobe” mais rapidamente que uma pint de cerveja.
Conclusão: A cerveja é uma aposta mais certeira para se evitar vexames.
Qual engorda mais?
À primeira vista, a ideia da “barriga de cerveja” parece ser verdade. O próprio álcool já é rico em calorias, sem contar todos os açúcares que tornam essas bebidas tão saborosas. Com 180 calorias, uma pint de cerveja tem 50% mais conteúdo energético do que uma taça pequena de vinho – o suficiente para ajudar a acumular uns quilinhos.
Mas para quem bebe moderadamente, as diferenças tendem a ser bem pequenas. Uma recente revisão de dezenas de estudos, realizada por especialistas do Instituto de Pesquisa de Ontário, no Canadá, concluiu que nem os apreciadores do vinho nem os da cerveja tendem a engordar a curto prazo.
Os autores notaram, no entanto, que a pesquisa mais longa durou apenas dez semanas. Ou seja, elas podem ter deixado de registrar uma pequena alteração de peso – até mesmo 1 quilo ganho nesse período pode significar um acúmulo radical de 25 quilos em um período de cinco anos.
Conclusão: As diferenças são pequenas, mas o vinho sai em ligeira vantagem ao engordar um pouco menos.
Qual dá a pior ressaca?
Apesar de seus esforços, cientistas ainda precisam entender melhor o mais incrível inimigo de quem bebe: a ressaca. Ainda não compreendemos totalmente as suas causas.
A desidratação parece ser um fator importante (o álcool faz com que eliminemos mais líquidos do que ingerimos). Mas o problema também pode ser provocado por subprodutos da fermentação.
Chamadas de congêneres, essas moléculas orgânicas dão a cada uma das bebidas seu sabor e aroma únicos, mas também podem ser tóxicos para o organismo, resultando na sensação de cabeça latejando e nos enjoos que normalmente sucedem uma noite de excessos.
A crença geral é de que as bebidas mais escuras são as que contêm mais congêneres. Mas na realidade, as evidências disso ainda são duvidosas. Apesar de alguns destilados escuros, como o bourbon, produzirem uma ressaca mais intensa do que a vodca, por exemplo, os diferentes tipos de cerveja e de vinho não parecem atuar de maneira significativamente distinta, de acordo com pesquisa da Escola de Saúde Pública da Universidade de Boston.
Conclusão: Muito duvidoso para bater o martelo definitivamente.
Qual é melhor para a saúde?
Sempre ouvimos falar que uma taça de vinho por dia ajuda a “rejuvenescer” o corpo, reduzindo o risco de doenças cardíacas, pressão alta e diabetes. Esses benefícios viriam dos chamados polifenóis (encontrados principalmente no vinho tinto), que aliviam inflamações e combatem os radicais livres.
Já a cerveja nunca está muito presente nesses boletins de saúde. Mas um estudo da Universidade de Barcelona, na Espanha, indica que a bebida também contém uma dose razoável de polifenóis e parece oferecer certos benefícios, comparáveis aos do vinho branco (mas menos que o tinto). Obviamente, nenhum deles dá sinal verde a excessos.
Conclusão: O vinho tinto ganha de longe, mas a cerveja pode ser melhor do que outras bebidas alcoólicas.
Veredicto final: Quando se trata de benefícios para a saúde, o vinho se mostra um melhor “remédio”. No entanto, fãs da cerveja podem ao menos dizer que sua bebida favorita tem uma história mais ilustre. Alguns antropólogos sugeriram recentemente que nosso apreço pela cerveja pode ter dado origem à atividade agrícola e, por isso, à própria civilização. Nada mal para se pensar da próxima vez que se sentar em um bar com amigos.

Infectologista esclarece mitos sobre a vacina contra HPV


Redação com assessoria

O HPV (Papiloma Vírus Humano), considerada a mais difundida doença sexualmente transmissível e a principal causa do câncer de colo de útero, ainda é uma doença permeada por muitos mitos e dúvidas. “A maioria das pessoas adquire a doença nos primeiros três anos em que passam a ter relações sexuais”, afirma o infectologista Dr. Alberto Chebabo, que integra o corpo clínico do Delboni Medicina Diagnóstica.
O HPV é um nome genérico de um grupo de vírus que engloba mais de 150 tipos diferentes e provoca a formação de verrugas na pele, e nas regiões oral (lábios, boca, cordas vocais, etc.), anal, genital e da uretra. As lesões genitais são de alto risco porque podem originar tumores malignos, especialmente do câncer do colo do útero, canal anal e do pênis.
Estima-se que mais 70% dos homens e mulheres sexualmente ativos entrem em contato com um ou mais tipos de HPV em algum momento de suas vidas, sendo 46% das mulheres nos primeiros dois anos de atividade sexual e 60% dos homens nos primeiros três anos de atividade sexual. “Por conta disso, o recomendável é vacinar os adolescentes com idade entre 9 e 14 anos de idade, lembrando que isso vale para as meninas e os meninos”, explica Dr. Chebabo, reforçando que pessoas com mais idade também podem tomar e se beneficiar da vacinação.
As vacinas contra o HPV são administradas em três doses, sendo a primeira administrada[a1]  na data escolhida, a segunda dose com intervalo de 30 ou 60 dias (de acordo com a vacina escolhida) e a terceira dose com seis meses de intervalo da primeira. Apenas a vacina quadrivalente (HPV 6, 11, 16 e 18) é recomendada e aprovada para uso em homens. Resultados dos estudos clínicos demonstraram eficácia de 99% para câncer de colo de útero, 100% de proteção para lesões de alto grau de vagina e vulva e 99% para lesões genitais externas.
Ele lembra, ainda, que o contato sexual é a maneira mais comum de contágio, incluindo o sexo oral e as chamadas “preliminares”. Isso porque somente o simples atrito da mão, boca ou genitais com a mucosa infectada já são suficientes para contaminação pelo vírus.
Embora não substitua outros métodos de prevenção nem permita o abandono do uso de preservativos, a vacina é mais uma arma contra a doença, já que se trata de um vírus altamente contagioso.
Além disso, por ser uma doença silenciosa, que na maioria das vezes não apresenta sintomas, é muito importante se precaver de todas as formas e consultar regularmente um especialista para realizar exames periodicamente.
Dúvidas comuns sobre a vacina contra HPV
– Contágio ocorre nos primeiros três anos de vida sexual, por isso o recomendável é vacinar crianças a partir dos 9 anos de idade;
– Os meninos podem tomar a vacina quadrivalente. É importante vacinar o público feminino uma vez que o vírus está associado ao câncer de pênis, ânus e boca;
– Os adultos também podem se beneficiar da vacinação, pois ela tem excelente eficácia;
– A vacina não dispensa o uso do preservativo, embora seja uma arma eficaz;
– A vacina ainda tem alguma eficácia para proteção contra outros tipos de HPV, mesmo após exposição a um dos tipos que estão presentes na vacina. Isso quer dizer que vale a pena se vacinar mesmo que a pessoa esteja infectada por algum tipo de HPV;
– Mesmo vacinada, a mulher deve continuar fazendo o exame de papanicolau após o início da vida sexual. Somente assim é possível detectar as lesões precursoras do câncer de colo de útero. Quando as alterações são identificadas e tratadas, é possível prevenir a doença em 100% dos casos.

Ilha vai a leilão em Ubatuba (SP); lance mínimo é de R$ 25 milhões


Em São Paulo

  • Luiz Felipe Azevedo/Divulgação
    Fotos da Ilha da Almada, em Ubatuba, que será leiloada
    Fotos da Ilha da Almada, em Ubatuba, que será leiloada
Em tempos de crise financeira, em que diversas casas de luxo e mansões expõem em suas portas placas de "vende-se" no litoral norte de São Paulo, uma ilha paradisíaca localizada ao norte de Ubatuba está sendo leiloada. O lance mínimo é de R$ 25 milhões.
A área, que tem 192 mil metros quadrados e está inserida no Parque Estadual da Serra do Mar, fica a dois quilômetros do continente, na frente da Praia da Almada, um dos destinos mais cobiçados por turistas durante o verão, por causa da mata atlântica praticamente intocada.
Quem arrematar a ilha também terá direito a uma mansão, de 1.100 m², toda mobiliada, com nove suítes, ampla sala com seis ambientes, mirante, piscina e diversas faixas de areia que servem como praias particulares.
A cozinha já está montada com fogão, geladeira, mesas e micro-ondas. O leilão termina na próxima terça-feira (3), mas, até ontem, nenhum interessado havia oferecido proposta.
Mesmo pagando o valor mínimo de R$ 25 milhões, o arrematador não será necessariamente o "dono" da ilha. A área, assim como toda faixa litorânea e ilhas brasileiras, pertence à União. O novo "proprietário" terá apenas o direito de usar a área, por meio de cessão onerosa. O valor dos impostos para manter-se no paraíso é de cerca de R$ 80 mil por ano. Mas a concessão pode ser cancelada em caso de inadimplência ou em caso de guerra.

Ilha das Cabras

Caso semelhante ocorre na Ilha das Cabras, em Ilhabela, também no litoral norte de São Paulo, que atualmente é ocupada pelo ex-senador Gilberto Miranda, afastado da política desde 2005. No local também há uma mansão de frente para o Canal de São Sebastião e uma pista de pouso de helicóptero. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

AME oferece curso de atualização ( em nefrologia ) aos médicos da rede básica de saúde


     
As vagas são limitadas e as inscrições para o curso de nefrologia vão até o dia 13/11
Estão abertas até o próximo dia 13 de novembro as inscrições para o curso de atualização em nefrologia promovido pelo Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Bauru, unidade sob gestão da Famesp. Inicialmente serão disponibilizadas 30 vagas para médicos da rede básica de saúde dos municípios da área de abrangência do AME (18 cidades). Caso haja vagas remanescentes, elas serão disponibilizadas no período de 16 a 20 de novembro.
Realizado no dia 24 de novembro, das 13h30 às 16h30, no auditório do AME, estão na programação duas palestras com os temas “hipertensão” e “manejo da insuficiência renal crônica pelo clínico geral”. Quem conduzirá o evento é o professor doutor Roberto Jorge da Silva Franco, membro das Sociedades Brasileiras de Nefrologia, Cardiologia e Hipertensão.
O curso é uma oportunidade para os médicos da atenção básica atualizarem seus conhecimentos. Além disso, o objetivo é intensificar a comunicação entre os especialistas do Ambulatório e os médicos das unidades básicas de saúde, permitindo otimizar os encaminhamentos bem como qualificar o acompanhamento dos pacientes.
O AME Bauru oferece cursos como esse desde 2013, com pelo menos duas edições ao ano em diferentes especialidades médicas.
Serviço
As inscrições serão realizadas exclusivamente até o dia 13 pelo e-mail: jrodrigues.amebauru@famesp.org.br. Um cartão de confirmação da inscrição será encaminhado via e-mail e a apresentação deste é obrigatória na data do evento (credenciamento). Para se inscrever é preciso informar os seguintes dados: nome completo, CRM, centro de saúde de origem, município e telefone para contato. O AME fica na rua Rubens Arruda, quadra 7, Centro.
Fonte: JCNET – 30/10/2015

Cartaz em UPA com aviso de espera de 2 horas revolta pacientes; Prefeitura de Curitiba diz que é normal


Por Elizangela Jubanski

papel
Cartaz foi fixado por uma enfermeira da UPA, segundo pacientes que aguardam atendimento. Foto: Banda B

Um cartaz fixado na parede da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Sítio Cercado, em Curitiba, na manhã desta quinta-feira (29) revolta os pacientes que aguardam atendimento. Alertando sobre o tempo de espera, o recado foi colocado por uma enfermeira do local, às 10 horas. “Tempo de espera, em média, 2 horas após avaliação para consultas não emergenciais”. Segundo os pacientes ouvidos pela Banda B, o tempo médio é para evitar reclamação e deixar a ‘equipe médica trabalhar com tranquilidade’. A Prefeitura de Curitiba, no entanto, informa que a demora é normal e está dentro dos parâmetros de espera pelo atendimento não-emergencial.
Na UPA desde as 9 horas, a decoradora Rosângela Scremin, 44 anos, acompanha o marido que é latoeiro e está com uma fagulha de ferro em um dos olhos. “Passamos pela triagem e continuamos aqui. Se isso não for emergencial, vamos sair daqui passado do meio dia, isso? Parece que o aviso é mais para deixar todos trabalharem tranquilos”, pergunta.
Essa é a segunda vez que o marido sofre o incidente. Ela não soube informar em qual estágio de atendimento o marido estava, no entanto, pela demora, acredita que esteja no não-emergencial, que a equipe médica estabeleceu horário para atender.
A atendente de caixa Alessandra Choinski está com o pai desde as 9h45 disse que o cartaz é injusto, pois estabelece um horário para evitar reclamação. “Usam disso para justificar a espera. Não é bem assim, aqui é um 24 horas e o tempo médio tem que ser o mínimo possível. Colaram aquele negócio para a gente não ter do que reclamar. Mas, vamos reclamar, sim”, desabafa. O pai de Alessandra, segundo ela, sofre com dores nas pernas e precisa se locomover com o auxílio de muletas e andadores.
Outro lado
Embora o cartaz tenha sido anexado após pacientes reclamarem da demora, a assessoria da Prefeitura de Curitiba afirma que o aviso foi colado para manter os pacientes informados e não com o intuito de evitar reclamações. A assessoria ressalta ainda que o cartaz com a frase “Tempo de Espera” está fixo na parede da UPA há muito tempo. O que é trocado, no momento em que a equipe define, é o tempo de espera, que se altera ao longo do dia.
Segue nota da Prefeitura de Curitiba  encaminhada à redação, na íntegra:
O atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) acontece de acordo com a urgência de cada caso. Os pacientes mais graves têm prioridade. Por isso, as chefias das UPAs são orientadas a manter os pacientes informados do tempo médio de espera para as consultas de casos que não sejam considerados emergências . Cada unidade define a melhor forma de repassar a informação aos pacientes”.
Sobre a manhã de hoje, a Prefeitura esclarece: “A Secretaria da Saúde de Curitiba esclarece que na manhã dessa quinta-feira (29) o quadro de profissionais na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Sítio Cercado está completo com oito médicos: três clínicos gerais e dois pediatras realizam as consultas, um médico cuida da emergência, um do setor de observação e um acompanha os pacientes internados. O tempo médio de espera para consulta é de cerca de duas horas“.

MP-PR ajuíza ação contra prefeito, vice e sete vereadores de Matinhos por aumento de salário dos secretários


Do MP-PR

A 2ª Promotoria de Justiça de Matinhos, no litoral, ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa, cumulada com ressarcimento de dano ao erário, contra o prefeito Eduardo Antonio Dalmora, o vice Gentil Rodrigues Arzão e outros sete vereadores do mandato de 2009 a 2012.
O objeto da ação é a promulgação de lei municipal que concedeu aumento de subsídio, em cerca de 50%, aos secretários municipais, implicando aumento de despesa com pessoal nos 180 dias que antecederam a eleição municipal de 2012, o que é vetado pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
A proposta de lei, sugerida pelo prefeito à Câmara de Vereadores, foi apresentada pelo Legislativo em 25 de setembro de 2012 e aprovada em apenas 20 dias pelos legisladores, sendo sancionada em 17 de outubro de 2012 pelo vice-prefeito (então prefeito em exercício). Tal ato causou aos cofres públicos impacto de R$ 470 mil por ano – desde a implantação do aumento, em janeiro de 2013, até outubro de 2015, o montante é de aproximadamente R$ 1,33 milhão.
Na ação, o Ministério Público requer a condenação dos réus por ato de improbidade administrativa e o ressarcimento do dano causado ao erário.

Grávida que fazia viagem de mudança tem bebê no meio do caminho na BR-376


Da CCR RodoNorte
(Fotos: Divulgação/CCR RodoNorte)

A manhã desta sexta-feira (30) começou de forma bem especial para os socorristas da CCR RodoNorte que trabalham na Base Operacional de Ortigueira, na BR-376 (Rodovia do Café). A equipe da concessionária realizou o parto da pequena Maria Fernanda, segunda filha de Pâmela Barreto Francisco, de 20 anos. O parto foi realizado pelos socorristas por volta das 7 horas, dentro da ambulância da CCR RodoNorte, quando estavam a caminho de Apucarana.
“O nosso Centro de Controle Operacional [CCO] recebeu a ligação do pessoal de um restaurante próximo da nossa base, que informou de uma gestante que estava entrando em trabalho de parto no local. O CCO nos passou a informação na hora e corremos para lá. Quando estávamos na metade do caminho, em Califórnia, tivemos de fazer o parto” conta Bárbara Hobe Leal, uma das socorristas da CCR RodoNorte que participou do parto. “É uma sensação incrível participar de um nascimento, mas ao mesmo tempo uma adrenalina muito grande para garantir que fique tudo bem com a mãe e a criança”, relata.
Maria Fernanda, que nasceu com 3,09 kg e quase 50 centímetros, já está com a mãe no Hospital da Providência, em Apucarana, e ambas passam bem. O mais curioso é que Pâmela, que morava em Curitiba, estava de mudança com o marido para a cidade de Cascavel, onde voltaria a morar perto da família. Porém, o casal acabou tomando o caminho do Norte e ganhando mais um membro na família no meio da viagem. “Todos já estavam na expectativa da chegada deles para que Pâmela fizesse o parto aqui em Cascavel, mas a Maria Fernanda foi mais rápida”, brinca a irmã Camila.
Rodovias da vida
Apesar de incomum, o nascimento de bebês nas rodovias cuidadas pela CCR RodoNorte não é inédita. Com o parto de Pâmela, os socorristas da concessionária contabilizam 17 partos realizados desde o início do atendimento da empresa nas rodovias do Paraná, em 1998. “A gente tem de estar preparado para tudo, mas com certeza é algo inesperado. Foi uma emoção e uma felicidade muito grande”, disse Flávio Martins, socorrista da CCR RodoNorte que também participou do nascimento.