Mega-Sena pode pagar maior prêmio da história; veja as dezenas 09 12 15 21 31 36


Do UOL, em São Paulo

As dezenas do concurso 1.763 da Mega-Sena, sorteadas na noite deste sábado em Santo Anastácio (SP), são as seguintes: 09 - 12 - 15 - 21 - 31 - 36. Acumulado nove vezes, o prêmio de R$ 170 milhões é o maior da história dos concursos regulares, segundo a Caixa. 
Até agora, de acordo com a Caixa, o maior prêmio já pago fora dos sorteios da Mega da Virada foi de R$ 135 milhões, em 22 de novembro do ano passado. Na ocasião,dois jogos tinham as seis dezenas e seus apostadores dividiram o valor.
Caso apenas uma aposta tenha as seis dezenas no concurso 1.763, o acertador poderá ter R$ 1,1 milhão em rendimentos mensais na poupança. O valor também poderia ser usado para a compra de 1.133 carros de luxo. Outra possibilidade é usar os R$ 170 milhões para adquirir uma frota de 32 iates de luxo.
As apostas da Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do concurso, em qualquer uma das lotéricas do país. 
Ampliar

O que dá para fazer com o prêmio da Mega-Sena?7 fotos

1 / 7
A Mega-Sena da Virada de 2013/2014 pagou um prêmio de R$ 224,6 milhões. Você já pensou o que faria com tanto dinheiro? Clique nas imagens acima e veja opções de como empregar essa fortuna Leia mais Thinkstock

Queda de helicóptero mata sete pessoas na Nova Zelândia


Aeronave se acidentou quando realizava um voo turístico sobre geleira.
Entre as vítimas, são quatro britânicos, dois australianos e um neozelandês.

Da EFE
Todos os ocupantes de um helicóptero, seis turistas e o piloto, morreram neste sábado (21) após a queda da aeronave em uma geleira na ilha no sul da Nova Zelândia, indicaram as autoridades.
O helicóptero se acidentou quando realizava um voo turístico sobre a Geleira Fox, em condições meteorológicas adversas por causa da chuva, segundo o jornal "New Zealand Herald".
As vítimas são quatro turistas britânicos, dois australianos e o piloto, que era neozelandês.
As autoridades enviaram quatro helicópteros de resgate, que comprovaram que não houve sobreviventes, e anunciaram que, devido ao mau tempo, demorarão vários dias para conseguir resgatar os corpos no local do acidente, a cerca de 750 metros de altura na geleira.
A empresa Alpine Adventures, que opera helicópteros monomotores Squirrel, fabricados pelo grupo europeu Eurocopter, reconheceu que o aparelho era um dos seus, mas não quis dar mais informações.
A Geleira Fox, de 13 quilômetros de comprimento, atrai milhares de turistas.
Queda de helicóptero mata 7 pessoas na Nova Zelândia (Foto: AFP / Polícia da Nova Zelândia)Queda de helicóptero mata 7 pessoas na Nova Zelândia (Foto: AFP / Polícia da Nova Zelândia)

Lama muda a cor do mar na foz do Rio Doce, em Linhares, ES


Uma barreira de 9 km foi montada para proteger a fauna e flora da região. 
Rejeitos de mineração também atingiram Baixo Guandu e Colatina.

Do G1 ES
A lama mudou a cor da água do Rio Doce na praia de Regência, onde o rio deságua no mar, em Linhares, Norte do Espírito Santo, na tarde deste sábado (21). Por volta das 16h, a água começou a ficar na tonalidade marrom. Uma barreira de 9 km foi montada para proteger a fauna e flora na região e amenizar os impactos da lama.(ASSISTA AO VÍDEO)
O Serviço Geológico do Brasil informou que não tem previsão para que a parte mais densa dos rejeitos de mineração da barragem da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP Billiton, chegue à foz.
A lama está em três municípios do estado: Linhares, que não usa as águas do Rio Doce para abastecimento da cidade. Baixo Guandu, que passou a usar as águas do Rio Guandu. E Colatina, que há quatro dias parou de usar a água do rio.
O rompimento de uma barragem de rejeitos de minério aconteceu no dia 5 de novembro e causou uma enxurrada de lama no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na região Central de Minas Gerais.
Foz do Rio Doce, em Regência, Linhares (Foto:  Fred Loureiro/Secom-ES)Foz do Rio Doce, em Regência, Linhares (Foto: Fred Loureiro/Secom-ES)
Justiça
Na  quarta-feira, a Justiça Federal deu um prazo de 24 horas para a Samarco apresentar um plano de emergência para diminuir os impactos da lama no estado. Na quinta-feira à noite, a empresa entregou um relatório com o que vinha fazendo e o que planejava fazer, mas o Ministério Público Federal achou as medidas insuficientes. Neste sábado, o juiz federal Rodrigo Botelho decidiu aceitar o plano que a empresa apresentou e suspender temporariamente a multa milionária. Na segunda-feira (23), a Samarco vai ter, até 18h, para detalhar quais medidas serão tomadas. Se desobedecer, a mineradora vai pagar multa de R$ 10 milhões por dia.
Risco de contaminação
De acordo com o presidente substituto doIbama, Luciano Evaristo, com a chegada ao oceano, a lama pode afetar os animais marinhos. “No percurso que está desenvolvendo agora, a lama afeta a fauna, causa um processo de congestão nos peixes, por causa da densidade do rejeito que está na água. Chegando ao estuário, ela poderá afetar a questão da nidificação das tartarugas, afetar também a ictiofauna marinha”, disse.

Segundo o biólogo André Ruschi, a chegada da lama no oceano pode ter um impacto ambiental equivalente à contaminação de uma floresta tropical do tamanho do Pantanal brasileiro. Ele acredita que, se nada for feito, o prejuízo ambiental do 'tsunami marrom' pode demorar 100 anos para ser revertido.

Entretanto, o engenheiro da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Paulo Rosnan, os possíveis estragos estão sendo superdimensionados pelos órgãos ambientais.
“No mar, eu creio que não será nada relevante. Haverá só uma mancha colorida muito grande que se dispersará normalmente, como se dispersam as manchas que saem dos rios em épocas de grandes chuvas”, falou o engenheiro.
Ministra visita o estado
A ministra de Meio Ambiente, Izabella Teixeira, vai visitar o município de Linhares na segunda-feira (23) para acompanhar as ações emergenciais que estão sendo realizadas para conter os danos causados pela lama. A visita será acompanhada pelo governador Paulo Hartung.

Nesta sexta-feira (20), a ministra garantiu que a dispersão da lama no mar será de seis quilômetros ao norte. A preocupação inicial era de que a lama pudesse chegar ao Arquipélago de Abrolhos, que fica há 250 km do litoral.
Água muda de cor no mar de Regência (Foto:  Fred Loureiro/Secom-ES)Água muda de cor no mar de Regência (Foto: Fred Loureiro/Secom-ES)
Abastecimento de água
Segundo a prefeitura de Linhares, o abastecimento de água não será afetado pela chegada da lama, já que a principal fonte de abastecimento do município é o Rio Pequeno, canal entre a Lagoa Juparanã e o Rio Doce.

Para evitar que a água do Rio Doce tenha contato com a do Rio Pequeno, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Linhares ampliou a barragem construída em outubro deste ano.

Com o abastecimento garantido, a prefeitura de Linhares está enviado caminhões-pipa com água potável para Colatina, que está com o abastecimento de água interrompido há mais de três dias por causa da onda de lama.

O Ministério Público chegou notificar a Prefeitura de Colatina na sexta-feira (20) após tumultos na distribuição de água mineral fornecida pela Samarco a população. O órgão solicitou 100 postos de distribuição, mas a prefeitura a afirma que não tem efetivo para isso.

Em Baixo Guandu, a captação de água do Rio Doce foi cortada desde segunda-feira (16). A prefeitura abriu um canal do Rio Guandu até uma estação de bombeamento e está utilizando a água do rio para abastecer a população.

Barreiras
A Samarco está construindo barragens para isolar a fauna e a flora que vivem no entorno nas duas margens do rio e em algumas ilhas localizadas no estuário, nove mil metros de barreiras continuam sendo instalados em sentido longitudinal. A empresa esclareceu que essas barreiras não têm a função de impedir a chegada da pluma ao mar.

A instalação das barreiras teve início na parte sul da foz, em Regência, e segue até Povoação, na região de Linhares. Um mapeamento das áreas e ecossistemas foi realizado na região da foz para determinar o tipo de barreira a ser utilizado em cada ponto.

Prefeitura de Linhares
A prefeitura de Linhares acompanha a construção das barragens e monitora a chegada da lama no mar. Segundo a administração, o município tem feito um trabalho de levantamento dos pescadores para saber quais deles sobrevivem essencialmente da pesca e garantir que a Samarco forneça auxílios para essas famílias afetadas pela chegada da lama no mar.

Samarco
Em nota, a Samarco disse que está tomando as providências necessárias. “Como forma preventiva, o projeto Tamar, recolheu os ovos de tartarugas na praia de Comboios e os levou para uma parte mais alta da costa. Uma equipe coleta amostras da água antes e depois da chegada da pluma. Outra ação foi a instalação de 9 mil metros de barreiras, para isolar a fauna e a flora. Também há o monitoramento aéreo”, diz a empresa.
A Samarco ainda diz que “a Defesa Civil recomenda, por precaução e em caráter temporário, que a população não tome banho de rio e mar nessas regiões, já que, com a chegada da pluma, a cor da água fica mais escura. Reiteramos que a pluma de turbidez não é tóxica”.
Infográfico: rompimento da barragem de Mariana (MG) (Foto: Arte G1)

Enfermeiro tentou salvar homem que participou dos ataques em Paris


Vítima era, na verdade, o homem-bomba que havia provocado a explosão.
Caso aconteceu no café Comptoir Voltaire, perto da casa de shows Bataclan.

Da Reuters
David, o enfermeiro francês que prestou os primeiros socorros a um homem-bomba que se explodiu no café Comptoir Voltaire durante ataques de 13 de novembro em Paris, durante entrevista (Foto: Eric Gaillard/Reuters)David, o enfermeiro francês que prestou os primeiros socorros a um homem-bomba que se explodiu no café Comptoir Voltaire durante ataques de 13 de novembro em Paris, durante entrevista (Foto: Eric Gaillard/Reuters)
Em meio ao caos da explosão no café Comptoir Voltaire, em Paris, um dos vários alvos atingidos durante os ataques de 13 de novembro, o enfermeiro David procurou ajudar os feridos.
Entre as cadeiras e mesas reviradas estava um homem deitado que, segundo David --que pediu para ser identificado apenas pelo primeiro nome--, não parecia ter ferimentos graves, mas estava inconsciente. David, então, começou o processo de ressuscitação cardiopulmonar, para o qual havia sido treinado.
Porém, quando rasgou a camiseta do desconhecido, o enfermeiro percebeu que o que ele pensava ser uma explosão causada por gás no café perto da casa de shows Bataclan, onde um atirador matou 89 pessoas, era na verdade algo pior.
"Havia fios: um branco, um preto, um vermelho e um laranja. Quatro cores diferentes", disse ele à Reuters. "Soube, então, que ele era um homem-bomba."
O homem que David tentou ressuscitar era Brahim Abdeslam, um dos envolvidos na série de ataques que mataram 130 pessoas em bares, restaurantes, um estádio de futebol e uma casa de shows na França. Ninguém, além Abdeslam, morreu no café.
Pessoas param para olhar flores, velas e mensagens em homenagem às vítimas em frente ao café Comptoir Voltaire, um dos locais dos atentados terroristas em Paris, na França (Foto: Charles Platiau/Reuters)Pessoas param para olhar flores, velas e mensagens em homenagem às vítimas em frente ao café Comptoir Voltaire, um dos locais dos atentados terroristas em Paris, na França (Foto: Charles Platiau/Reuters)

Em um vídeo amador obtido pela Reuters, dois homens podem ser vistos na parte externa do café tentando ressuscitar um homem que está deitado no chão. Um deles acredita-se ser David, o outro ainda é desconhecido.
Perto deles, outra pessoa está ferida no chão em meio a respingos de sangue.
"O primeiro fio que vi era vermelho. Acho que foi o detonador", disse David. "Havia algo no final."
Assim que percebeu que a pessoa que estava tentando salvar tinha acabado de tentar matá-lo, David disse que os bombeiros chegaram, entre os quais estava um colega para o qual contou o que acabara de ver. "Ele olhou para mim e começou a gritar para que todos evacuassem", disse.
Um cliente como outro qualquer
David, de 46 anos, que trabalha em um hospital em Paris, mora no bairro e conhece bem o café Comptoir Voltaire.
Ele estava jantando com um amigo naquela sexta-feira à noite. No momento que a garçonete trouxe os pedidos a explosão aconteceu.
"Havia uma enorme chama e muita poeira", ele conta. "Imediatamente eu pensei que fosse o aquecedor. Eu gritei 'cortem o gás'. Houve pânico, as pessoas começaram a correr para fora... Eu saí do salão e fui para o terraço."
Primeiro ele ajudou uma mulher, depois um homem jovem que estava deitado em uma mesa consciente, mas sangrando. Outra pessoa chegou para ajudar e David foi para Abdeslam. "Naquele momento eu pensei que ele tinha se ferido após a explosão de gás".
David disse que não viu Abdeslam entrar no restaurante. Ele acredita que o terrorista já estava no terraço quando detonou a bomba.
"Tinha uma grande abertura ao seu lado, de cerca de 30 cm", ele conta. "Quando você levanta a camisa e vê fios, percebe que aquilo não é normal".
David disse que a polícia o informou que a bomba de Abdeslam não explodiu totalmente.
"(Mais tarde) eu estava pensando como colocá-lo no chão e iniciar os primeiros socorros é um processo basante vigoroso. Eu poderia ter morrido apenas por fazer isso", ele diz.

Homem é encontrado morto em carro com sacos de dinheiro em SP


Motorista foi baleado quando abastecia em posto de combustíveis.
Policiais revistaram veículo e encontraram sacos com notas de R$50.

Do G1 São Paulo
Um homem morto dentro de um carro e sacolas recheadas de dinheiro dentro do veículo. Esse foi o cenário encontrado por policiais em um posto de combustíveis no Tremembé, na Zona Norte deSão Paulo na madrugada deste sábado (21), mostrou  o SPTV.(veja vídeo)
O motorista do carro foi baleado quando abastecia em um dos acessos da rodovia Fernão Dias, altura do km 79. Os frentistas acionaram a Polícia Militar, e, quando os PMs chegaram, o homem já estava morto.
Ao revistar o carro, os policiais encontraram o dinheiro, que não foi levado pelos criminosos. Eram sacolas com notas de R$50. O Departamento de Homicídios de Proteção a Pessoa (DHPP) irá investigar o caso.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima chegou para abastecer por volta das 4h quando foi abordada por um homem que falava ao celular.
O homem pediu que o motorista saísse do carro e em seguida efetuou diversos disparos. Após atirar, o suspeito entrou em um carro preto e fugiu sem que as testemunhas conseguissem anotar a placa.
Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, dentro do carro foram encontrados alguns celulares, duas carteiras de motorista com nomes diferentes e uma fotografia da própria vítima.