Christiane Yared acusa Lewandovski pela suspensão de juri popular


yared_brunno_covello_agp
Em nota, a deputada Christiane Yared se diz revoltada e põe sob suspeição a decisão do presidente do STF, Ricardo Lewandovski, que suspendeu o juri popular que julgaria o acidente que matou seu filho, conhecido como caso Carli Filho. Ela fala em troca de favores políticos e em poder econômico, acusação gravíssima que, corajosamente, estende a todo o Judiciário. No Leia Mais, a íntegra da nota da deputada.
“Meu Deus!!!
Após ler a decisão do STF de adiar o Julgamento do caso Carli Filho há menos de uma semana do Júri Popular, um sentimento de revolta e uma mistura de dor insuportável, com indignação e senso de injustiça me acende como fogo.
Quando é que o meu filho vai descansar em paz?
Até quando o poder econômico e troca de favores políticos irão influenciar a Justiça Brasileira, ou a falta de Justiça?
Como esses quase sete anos enfrentando ameaças, pressão, esperando pelo desfecho do caso tem sido difíceis. Não há um dia sequer que eu não sofra pela ausência do meu filho.
A sociedade brasileira não suporta mais trocar filhos por cestas básicas.
Não peço muito.
Só o que me é de direito.
Justiça!”