Cultivo protegido auxilia na produção de tomates em Colombo


WEBMASTER 25 DE FEVEREIRO DE 2016

A tecnologia é uma grande aliada dos produtores da região; além de diminuir a mão de obra, também reduz os riscos de perda da produção

Quando o Tomate é cultivado em estufas a produção aumenta para 350 a 400 caixas por mil pés de tomate
Quando o Tomate é cultivado em estufas a produção aumenta para 350 a 400 caixas por mil pés de tomate
A utilização das estufas proporciona a redução de agrotóxicos - um dos principais objetivos que os produtores pretendem a alcançar
A utilização das estufas proporciona a redução de agrotóxicos – um dos principais objetivos que os produtores pretendem a alcançar
A plantação de tomate pode ser cultivada durante o ano todo. Porém em regiões, onde o clima é ameno, com temperaturas muito baixas e com geadas, o cultivo deve ser realizado entre os meses de agosto e janeiro. O frio intenso pode prejudicar a produção do tomateiro. Além das altas temperaturas, que também podem acelerar a maturação e reduzir expressivamente a produção. O ideal é manter uma temperatura média de 21°C.
Para reverter este cenário, foi implantado, há mais de 10 anos no município, o Cultivo Protegido. Mas só agora, devido às inconstâncias de temperatura e a instabilidade de produção, os agricultores familiares estão investindo nesse segmento.
“O nosso município é referência em qualidade de produção, quando falamos em cultivo protegido. Sendo uma tendência, pelo fato da redução de mão de obra e o menor risco de perda de produção”, afirma o secretário de Agricultura e Abastecimento, Márcio Toniolo.
Com essas tecnologias implantadas, os produtores conseguem aumentar o ciclo de produção, diminuindo o custo e aumentando a produtividade. Segundo o secretário da pasta, em campo aberto a produção é de aproximadamente 200 a 250 caixas por mil pés, quando cultivados em estufas a produção aumenta para 350 a 400 caixas por mil pés de tomate.
“Muitos agricultores já trabalham com o cultivo protegido. Porém, na cultura do tomate ainda estamos evoluindo. A tecnologia vem a cada ano melhorando, onde a redução de agrotóxicos é um dos principais objetivos que os produtores tende a alcançar”, destaca Toniolo.
A estimativa de produção em cultivo protegido aumenta a cada ano já que o próprio mercado exige produtos de melhor qualidade em suas prateleiras. Também outro fator positivo é a melhor rentabilidade que essa cultura traz para o agricultor, reduzindo a mão de obra, possibilitando aumento de produtividade em menores espaços.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: divulgação