Homem é preso por estupro após assédio em mercado em Santa Maria


Polícia diz que vítima foi tocada por homem na fila do caixa.
Imagens de câmeras são analisadas; homem diz que ingeriu testosterona.

Do G1 RS
Um homem de 28 anos foi preso em flagrante no fim da tarde de segunda-feira (15) em um supermercado localizado no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. A polícia diz que uma jovem de 19 anos foi tocada por ele na fila do caixa.(veja vídeo)
Câmeras de segurança registraram o momento em que o homem se aproxima da jovem. Ele parece tocar nela, e depois ela se afasta (assista acima). As pessoas que aparecem no vídeo não foram identificadas a pedido do estabelecimento.
Ação ocorreu dentro de mercado em Santa Maria (Foto: Reprodução/Câmeras de segurança)Ação ocorreu dentro de mercado em Santa Maria
(Foto: Reprodução/Câmeras de segurança)
Na Delegacia de Pronto Atendimento, o delegado plantonista homologou a prisão em flagrante por estupro. A investigação ficará com a Delegacia da Mulher de Santa Maria.
A delegada responsável, Debora Dias, analisou imagens de câmeras de segurança e disse não ter dúvidas da ação do homem. Porém, ainda não há uma confirmação sobre qual crime ele responderá.
"No mesmo dia, ele tentou ir em outra jovem, no mesmo local. Aparece nas imagens. Mas ela fugiu dele, e ele foi nela", disse a delegada aoG1.
Segundo a Brigada Militar, após a ação, ele foi detido por funcionários do local, que o seguraram até a chegada da polícia. O homem teria abaixado as calças atrás da jovem e encostado nela, segundo a BM. A delegada Debora ainda não ouviu a vítima.
"Na imagem não aparece porque ele está com a cesta de compras o tempo todo na frente", completa a delegada.
De acordo com o Código Penal, o crime de estupro não se limita a casos onde há penetração sexual, podendo ser aplicado em casos em que a vítima seja constrangida a "praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso", desde que "mediante violência ou grave ameaça".
Testosterona
Aos policiais militares, antes de ser levado para uma delegacia, o homem disse que tomou dois comprimidos de testosterona. Segundo a BM, essa foi a explicação dele para o ato, que não negou ter cometido.
Ele ainda foi encaminhado a uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) para exames. Depois, foi levado ao Presídio de Santa Maria.