PF cumpre mandados em operação relacionada à Lava Jato


Ação desta sexta é um desemembramento da Lava Jato.
Polícia ainda não informou quantos mandados serão realizados.

Camila BomfimDa TV Globo, em Brasília
A Polícia Federal realiza desde o início da manhã desta sexta-feira (26) uma operação baseada em dados obtidos na delação premiada e acordo de leniência de um dos investigados da Operação Lava Jato,  que apura esquema de corrupção na Petrobras. A operação desta sexta se chama "O Recebedor". Segundo a polícia, há suspeita de pagamento de propina nas obras das ferrovias Norte-Sul e Integração Leste-Oeste.
Também são investigados crimes de cartel e lavagem de dinheiro fruto de superfaturamento de obras públicas.
Agentes estão nas ruas de seis estados (Paraná, Maranhão, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Goiás) e do Distrito Federal para cumprir mandados judiciais. Na capital paulista, a PF foi à sede da construtora Constran.
A operação desta sexta é o segundo desmembramento da Lava Jato. O primeiro foi a Operação Cratons, realizada em dezembro de 2015. Na ocasião, a PF investigou crimes ambientais e comércio ilegal de diamantes extraídos de terras indígenas da etnia dos cinta-larga, em Rondônia.