Lutador de MMA é preso suspeito de matar após discussão em partida de futebol


Da Polícia Civil


O lutador de MMA identificado como Alex dos Santos de Moura, 33 anos, conhecido como “Alex Sagat”, foi preso no final da tarde da última sexta-feira (18), pela Polícia Civil de Fazenda Rio Grande, suspeito da autoria de um homicídio que vitimou Juari Ribeiro Fernandes, 32 anos, morto com vários disparos de arma de fogo.
sagat2
(Foto: Divulgação)
A prisão de “Sagat” aconteceu em sua residência no bairro Umbará, em Curitiba, após um mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário do município de Fazenda Rio Grande.
Segundo investigações “Sagat” é suspeito de ter práticado o homicídio no dia 17 de dezembro do ano passado, motivado por uma discussão entre ele e a vítima. “Os dois discutiram durante em uma partida de futebol e após um mês do fato o crime aconteceu”, relata o delegado-titular da Delegacia de Fazenda Rio Grande, Fábio Machado.
Ao sair da cancha após um jogo, acompanhado do seu irmão, a vítima foi seguida por seis pessoas. O carro de Jauri foi fechado e ele assassinado com diversos disparos de arma de fogo. “A vítima tentou correr ao ver ‘Sagat’ entre os suspeitos, mas foi atingido. Essa prisão só aconteceu porque as testemunhas e familiares tiveram coragem de auxiliar a Polícia Civil”, informa o delegado.
“Sagat” nega o crime. Ele foi preso e aguarda à disposição da Justiça.