Trio não se intimida com clientes, invade Park Shopping Barigui e assalta joalheria


Por Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri



Três homens invadiram o Park Shopping Barigui, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (25), para assaltar uma joalheria. A ação dos bandidos durou cerca de dez minutos e não há informações concretas sobre o valor levado ou a quantidade de jóias e relógios roubados. A Polícia Militar (PM) e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram até o local. Segundo o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), no entanto, a ação foi caracterizada como furto, já que não houve ameaça, segundo apurado pela equipe.
O alvo do grupo foi a joalheria Bergerson, no térreo, próximo a uma das saídas do shopping. O trio rendeu o segurança do shopping e o manteve sob a mira de um fuzil com um silenciador – escopeta. Várias testemunhas relataram à Banda B que viram uma arma e um bastão de ferro nas mãos dos bandidos. Essa informação não foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública (SESP-PR) que afirma que o trio estava apenas com um bastão de ferro.
As vitrines foram quebradas com as barras de ferro e o trio fugiu em um veículo Hb20, sentido BR-277. Para a Banda B, o tenente Eduardo Kendi do do 12ºBPM confirmou que o carro foi abandonado a quadras do shopping. “Foi uma situação de roubo a joalheria. Os indivíduos agiram rápido e com a chegada da equipe eles já não estavam aqui. Um deles estava com bastão e desferiu um golpe na vidraça e os outros pegaram diversos produtos. O veículo deles era roubado e já foi abandonado. Não houve troca de tiros, nenhum disparo de arma de fogo nem no local, nem depois”, descreveu.
A Polícia Científica está no local e isolou a área. “Estavam erguendo sofás e tapetes, provavelmente em busca de projéteis. As vendedoras estão juntando os estilhaços dos vidros. O pessoal ficou bem assustado”, descreveu à Banda B o técnico em eletrônica, de 28 anos, que estava dentro do shopping do momento do assalto.
Outra testemunha relatou à Banda B que viu o momento da fuga dos bandidos.”Eu vi todo mundo saindo correndo e um Hb20 batendo na cancela, os seguranças apontando a arma para eles e os caras também. Eu vi uma arma, era bem grande. Estavam bem organizados, parecia. Estouraram a cancela”, contou Milton Augusto, que trabalha em um lava car dentro do estabelecimento.
Outras lojas optaram em baixar as portas e encerrar o expediente antes do horário normal. Clientes foram orientados pelos seguranças do shopping. O veículo de cor azul foi encontrado próximo ao shopping e estava com alerta de roubo desde ontem. O carro está apreendido e passará por perícia para tentar identificar os bandidos. A SESP-PR confirmou a ação de violência, detalhou que dois entraram no shopping, enquanto um permaneceu do lado de fora e classificou a ação como furto.
A Polícia Militar fez buscas no local, abordou dois suspeitos que carregaram simulacros (armas de brinquedo), mas eles não foram reconhecidos pelas vítimas ou testemunhas que estavam no shopping. Ninguém foi preso até o momento.