Policial de folga vê homem arrombando carro, dá voz de prisão e confronto termina em morte


Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

Um homem que arrombou um carro para furtar foi baleado e morto por um policial militar de folga na noite deste domingo (15), no bairro Bom Retiro, em Curitiba. O suspeito não está identificado oficialmente e foi morto após reagir à voz de prisão, segundo o policial. Os pertences furtados do carro foram entregues à dona.
De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito estava de bicicleta, parou ao lado de um Renault Clio e, ao ver que estava sem ninguém, quebrou o vidro e pegou alguns pertences. O carro estava estacionado na rua Angelo Zeni e, a metros de distância, um policial militar de folga caminhava com a esposa.
Ao ver que o homem tinha praticado um furto deu voz de prisão ao suspeito, que reagiu, segundo o policial lotado no 12º BPM. O suspeito teria corrido para dentro de um matagal, onde houve troca de tiros e ele foi baleado no peito. Um revólver calibre 38 foi encontrado com o homem.
O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado, mas o suspeito já estava morto. O Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba fez o recolhimento do corpo. O policial foi encaminhado para realização de exames de lesões corporais, já que houve luta corporal. A esposa que acompanhava o policial nada sofreu. O caso foi encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul).