As delações que pegam João Santana



O MFP em Curitiba solicitou a Sérgio Moro a homologação das delações dos empresários Vinicius Veiga Borin, Luiz Augusto França e Marco Pereira Bilinski.
Os três eram ligados ao Antigua Overseas Bank, onde foi aberta a conta da offshore Klienfeld Services, usada pela Odebrecht para pagar propina a João Santana.
Além de entregarem o marqueteiro do PT, detalharam a relação com os executivos da Odebreht responsáveis por coordenar os pagamentos da propina no exterior.