Experiência do setor privado pode ajudar a melhorar gestão do SUS


SUS_competitivo
O setor privado poderá colocar sua experiência de gestão a serviço do Sistema Único de Saúde (SUS), cujos ganhos em eficiência trariam grandes benefícios para os usuários. Uma proposta de transferência de know-howfoi discutida entre o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e o Movimento Brasil Competitivo (MBC), que reúne diversas empresas do País.
“É preciso melhorar a qualidade do serviço prestado à população. Trago nossa experiência para ajudar a aumentar a produtividade no setor público. Podemos melhorar até 30% a produtividade da saúde pública com os recursos que já temos”, disse o empresário Jorge Gerdau, um dos participantes da reunião no Ministério da Saúde. Além de presidente do Conselho Superior do MBC, o empresário faz parte do Conselho Consultivo da Gerdau.
“Toda ajuda para melhorar a gestão das verbas públicas é bem vinda. Estou montando uma equipe com pessoas que tenham vocação para o serviço público e que nos ajudem a fazê-lo funcionar com mais eficiência”, frisou o ministro Ricardo Barros. Uma proposta de parceria ainda está em fase de formatação.