Bebês gêmeas morrem ao serem deixadas em carro quente e pai é preso

O pai foi preso após deixar as filhas no carro quente e elas morrerem
O pai foi preso após deixar as filhas no carro quente e elas morrerem Foto: Reprodução do Twitter/ DuffieDixon
Extra

Duas meninas de 1 ano e três meses morreram após serem deixadas num carro quente na Geórgia, nos Estados Unidos. Segundo a rede de TV “CNN”, o pai das meninas, Asa North, de 24 anos, foi preso em seguida. Quando percebeu que as meninas Ariel Roxanne North e Alaynah Maryanne estavam esquecidas no veículo, o pai ainda tentou resfriá-las com água de uma piscina infantil, mas não adiantou, e as pequenas morreram.
O Departamento de Polícia da cidade de Carrollton investiga o que aconteceu. “Ele estava tentando dar água para elas quando a polícia chegou. Estamos investigando isso como uma morte relacionada com o calor”, disse o capitão Chris Dobbs ao “Buzz Feed”.
Os policiais foram chamados pelos vizinhos pouco antes das 19h, depois que testemunhas viram o pai levar as crianças para a piscina. Quando os oficiais chegaram, ele estava tentando refrescá-las. A polícia encontrou o carro do pai com os dois assentos de criança na parte de trás, mas eles ainda não sabem quanto tempo as meninas ficaram lá. As gêmeas chegaram a ser levadas ao hospital, onde morreram.
A mãe das meninas estava na cidade de Atlanta quando o caso aconteceu. Segundo o canal de TV "11 Alive", ela também foi interrogada pela polícia.
Um vídeo mostra o momento em que o pai foi preso nesta madrugada. Os corpos dos bebês passarão por uma autópsia nesta sexta-feira para determinar a causa da morte.