Moro vai ouvir irmão de José Dirceu duas vezes sobre propina



irmão-de-dirceu
Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, irmão do ex-ministro José Dirceu, será ouvido pelo juiz Sergio Moro duas vezes até sexta-feira (2). Ele foi acusado pelo Ministério Público Federal de operacionalizar o recebimento de propinas relativas a contratos da Petrobras ao indicar uma empreiteira para emitir notas fiscais frias. O próprio Luiz Eduardo também afirmou ter recebido cerca de R$ 30 mil mensas do lobista Milton Pascowitch, próximo a Dirceu. Moro acolheu a denúncia dos procuradores. Luiz Eduardo foi preso na Operação Vício, deflagrada em agosto de 2015, e ficou detido nove dias em agosto do ano passado. As informações são de Murilo Ramos na Época.
(foto: Geraldo Bubniak/O Globo)