Requião perde mais uma. Agora para Serra


serra-requiao
O senador Roberto Requião (PMDB) perdeu mais uma. Agora para o chanceler José Serra (PSDB) no Mercosul. A jornalista Mônica Bergamo aponta na Folha de S. Paulo que a Argentina propôs que os diplomatas que representam seus países no Mercosul passem a responder coletivamente pelo bloco, numa espécie de presidência compartilhada. Serra concordou com a proposta. O Paraguai também.
Requião discorda, quer a Venezuela na presidência, mas é voz cada vez mais isolada no Parlasul – o parlamento do bloco que vem perdendo espaço no âmbito do mercado.

Na sua coluna, Mônica Bergamo atenta ainda que a presidência compartilhada evitaria que o Mercosul seguisse acéfalo: com o fim do mandato do Uruguai, na semana passada, a Venezuela deveria assumir o cargo e até divulgou comunicado dizendo que estava fazendo isso de forma automática. Mas Brasil, Argentina e Paraguai não reconhecem o comando do país.
(foto: internet)