Teori não deveria ter anulado grampo



A interceptação telefônica em que Dilma Rousseff é flagrada combinando com Lula a entrega de seu termo de posse como ministro da Casa Civil, para protegê-lo da prisão, era uma prova irrefutável da tentativa de obstrução da petista.
Teori Zavascki não deveria ter anulado o grampo, embora existam provas suficientes para condená-la ao lado de Lula.