Quadrilha suspeita de roubar mais de 100 carros em Curitiba é alvo de operação da Polícia Civil


Redação com PC

quadrilha4
Prisões estão sendo feitas pela PC nesta manhã – Foto: Antonio Nascimento/Banda B
Durante seis meses, policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) mapearam a ação de uma quadrilha especializada em roubo de carros em Curitiba. Nesta quarta-feira (14), os policiais estão nas ruas para prender os integrantes desta organização criminosa suspeita de roubar e/ou furtar mais de 100 veículos nos últimos seis meses. Os carros escolhidos eram dos mais variados modelos: de carros populares até carros de luxo como BMW.
Desde as 6h da manhã, cerca de 90 policiais estão nas ruas de Curitiba e região metropolitana para cumprir 65 mandados judiciais durante a operação “Face Norte”. São mais de 20 mandados de prisão temporária, outros de apreensão de adolescentes e de busca e apreensão nas residências dos suspeitos.
quadrilha2De acordo com a investigação, a quadrilha realizava em média de três a cinco crimes por semana. Só no último feriado de 7 de setembro, a quadrilha teria negociado a venda de seis veículos roubados e furtados. Estes carros eram revendidos por um valor que variava de R$ 1,5 mil até R$ 3 mil, depois eram adulterados e revendidos. A ação policial desta quarta encerra a atuação desta organização criminosa.
Os suspeitos responderão pelos crimes de roubo agravado, receptação, adulteração de sinal identificador de veículo, corrupção de menores, associação criminosa, porte/posse de arma de fogo.
Participam da operação policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), Tático Integrado de Grupo de Repressão Especial (TIGRE), Escola Superior da Polícia Civil (ESPC), Divisão de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), Divisão Estadual de Narcóticos (DENARC) e o Grupamento de Operações Aéreas (GOA).
Mais detalhes da “Operação Face Norte” serão repassados em entrevista coletiva marcada para as 11h na sede da Escola da Polícia Civil do Paraná.