Sérgio Cabral e o PT



A Petrobras comunicou à CVM que está apurando a denúncia de que Sérgio Cabral recebeu 2,7 milhões reais em propinas da Andrade Gutierrez pelas obras do Comperj.
Mas o PT também recebeu.
Segundo a planilha de Pedro Barusco, a Andrade Gutierrez e suas parceiras repassaram ao PT mais de 8 milhões de reais em propinas pela terraplanagem do Comperj e mais de 9 milhões de reais pelo coque do Comperj.