Justiça suspende Lindinho, de novo



A Justiça do Rio suspendeu, por cinco anos, os direitos políticos de Lindbergh Farias. Ele foi condenado hoje por nomear 11 pessoas para a Prefeitura de Nova Iguaçu.
Os indicados eram funcionários de um vereador aliado.
É a segunda vez, em menos de uma semana, que a Justiça suspende seus direitos políticos.
Na primeira ocorrência, foi suspenso por quatro anos, devido ao uso promocional de sua imagem em caixas de leite distribuídas pela prefeitura.