Queremos vazamentos



Os depoimentos da Odebrecht foram entregues ao STF.
O Globo diz que "a entrega foi feita de forma discreta. Participaram servidores da PGR e do STF. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e a presidente do tribunal, ministra Cármen Lúcia, não estavam presentes".
O Antagonista espera que os depoimentos sejam vazados o quanto antes para a imprensa.
O Brasil ficará paralisado enquanto eles não forem conhecidos.