Moradores de bairros de Londrina afirmam que terra voltou a tremer


Tremores de terra foram sentidos por volta das 17h desta sexta-feira (1°).
Em dezembro, Centro de Sismologia confirmou ocorrência de um terremoto.

Do G1 PR, com informações da RPC Londrina
Moradores da zona leste de Londrina, no norte do Paraná, afirmam que a terra voltou a tremer na tarde desta sexta-feira (1°). Eles dizem que desta vez o tremor de terra foi ainda mais forte do que oregistrado em 14 de dezembro de 2015.(veja vídeo)
Moradores dos jardins Califórnia, Brasil, Europa e Vila Brasil relatam que sentiram a terra tremer por volta das 17h.
saiba mais

Em uma das casas onde os moradores sentiram os abalos, o reboco do teto desabou recentemente. Por sorte não tinha ninguém em casa. Um eletrodoméstico também foi danificado. A dona do imóvel afirma que não havia infiltração ou outro tipo de problema no teto.
“Quando é infiltração aparecem bolhas ou marcas, mas não tinha nada. Ainda bem que não tinha ninguém na cozinha”, diz a moradora Isabela Brene.
A vendedora Francieli de Araujo também está preocupada. Segundo ela, diariamente há tremores de terra no bairro onde mora.
“Você sente o chão tremer e logo depois um barulho. A sensação é horrível. Tenho duas filhas pequenas e não aguento mais sentir esses abalos todos os dias. A situação está bem difícil porque ninguém descobre o que é”, relata.
Outro morador diz que desde que os tremores começaram apareceram várias rachaduras no imóvel. “Apareceram vários trincos nas paredes de casa desde o início dos tremores”, pontua.
A Defesa Civil foi procurada pela reportagem para falar sobre o assunto, mas ninguém foi encontrado.  A Guarda Municipal disse que passará todos os registros de ligações sobre o caso à Defesa Civil na segunda-feira (4).

Chuva atinge SP e regiões entram em alerta após córregos transbordarem


São Mateus, Pirituba, Perus e Itaim Paulista entraram em alerta nesta sexta.
CGE chegou a colocar toda a cidade em estado de atenção para enchente.

Do G1 São Paulo
A chuva forte que atingiu a cidade de São Paulo na tarde e início da noite desta sexta-feira (1º) causou o extravasamento de quatro córregos: o Córrego Aricanduva, na Zona Leste, Córrego Ribeirão Vermelho, em Pirituba, o Córrego Perus, em Perus, perto da saída do km 14 da Rodovia Anhanguera, e o Córrego do Lajeado, no Itaim Paulista.(veja vídeo)
saiba mais

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) colocou essas regiões em alerta para enchentes. Pirituba deixou o alerta às 19h43 e o Itaim Paulista por volta das 21h.
Desde às 15h50, os bairros de Itaquera, Guaianases e Cidade Tiradentes também eram monitorados e estavam em estado de atenção para alagamentos. O restante da cidade entrou em atenção às 17h50, de acordo com o CGE. Às 21h, toda essas regiões tinham voltado ao estado de observação.
O Corpo de Bombeiros foi acionado para quatro chamados de enchentes no Jardim Iguatemi, na Zona Leste. Segundo a assessoria de imprensa da corporação, os moradores relataram que estavam ilhados em casa. Alguns moradores usaram botes e caiaques para ajudar as famílias das áreas atingidas. Às 18h, a chuva havia parado.

Por volta das 21h, equipes dos bombeiros procuravam uma pessoa que caiu em um córrego que fica na região da Avenida Marechal Tito, na Zona Leste.
Jardim Rochedale está alagado após chuva forte na tarde desta sexta-feira (Foto: Reprodução/TV Globo)Jardim Rochedale está alagado após chuva forte na tarde desta sexta-feira (Foto: Reprodução/TV Globo)
Na Grande São Paulo, a cidade de Osasco registrou alagamentos em várias avenidas e ruas no Jardim Rochedale. Carros ficaram encobertos pela água. O CGE informou que, durante a noite desta sexta-feira, novas áreas de instabilidade devem atingir a cidade de São Paulo.
Pontos de alagamento
A capital paulista registrava 16 pontos de alagamento por volta das 21h, nove deles intransitáveis:
Zona Norte
- Rua Pedro Alvares Cabral, perto da Rua São Caetano
- Rua Chico Pontes, perto da Avenida Guilherme
- Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, altura do número 12.000
- Praça Inácio Dias, altura do número 154
- Avenida Zaki Narchi, altura da Avenida Cruzeiro do Sul

Centro
- Rua da Cantareira, altura da Avenida Mercúrio
Zona Oeste
- Avenida Mofarrej, altura da Avenida Doutor Gastão Vidigal

Zona Leste
- Avenida Alcântara Machado, altura da Rua Silva Jardim
- Avenida Alcântara Machado, altura do Viaduto Guadalajara
Trens em velocidade reduzida
Por causa da chuva, os trens do Metrô circulavam com velocidade reduzida às 21h:
- Linha 2-Verde, entre as estações Alto do Ipiranga e Chácara Klabin
- Linha 3-Vermelha, entre as estações Corinthians-Itaquera e Sé
Botes são usados para percorrer ruas alagadas em São Mateus, na Zona Leste (Foto: Reprodução/TV Globo)Botes são usados para percorrer ruas alagadas em São Mateus, na Zona Leste (Foto: Reprodução/TV Globo)
Protesto
Após a enchente no Jardim Iguatemi, um ônibus foi apedrejado na Avenida Ragueb Chohfi. Segundo informações passadas pela Polícia Militar à GloboNews, existe a suspeita de que o ataque tenha sido um protesto de moradores do bairro por causa do alagamento. Outras possibilidades são vandalismo ou manifestação contra o aumento das passagens.
O GloboCop flagrou o momento em que um grupo joga pedras contra o coletivo. Ainda segundo a GloboNews, homens com rostos cobertos pararam o ônibus e obrigaram o motorista a parar em frente a um posto de combustíveis. Até as 18h15, não havia informações sobre feridos.
Uma equipe da PM foi acionada e bloqueou a avenida para tentar impedir outros ataques e que pneus fossem queimados próximo ao posto de combustíveis. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, houve confronto com manifestantes.
Ônibus alvo de vandalismo em região onde ocorreu alagamento nesta sexta-feira (Foto: Reprodução/TV Globo)Ônibus alvo de vandalismo em região onde ocorreu alagamento nesta sexta (Foto: Reprodução/TV Globo)
Botes são usados para percorrer ruas alagadas em São Mateus, na Zona Leste (Foto: Reprodução/TV Globo)Botes são usados para percorrer ruas alagadas em São Mateus, na Zona Leste (Foto: Reprodução/TV Globo)

Pedra gigante rola e atinge casas do Morro Boa Vista em Vila Velha

01/01/2016 19h22 - Atualizado em 01/01/2016 21h50


Pelo menos, quatro pessoas ficaram feridas e quatro casas, atingidas.
Notaer (helicoptero da PM) e o Corpo de Bombeiros foram ao bairro.

Rodrigo RezendeDo G1 ES
Uma grande pedra rolou no Morro da Boa Vista após uma deslizamento de terra e atingiu quatro casas, na comunidade em Vila VelhaEspírito Santo. A informação de bombeiros que atendem a ocorrência é de que há, pelo menos, quatro feridos e há pessoas desaparecidas. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) confirmou o número. O acidente aconteceu no final da tarde desta sexta-feira (1), por volta das 19h.(veja vídeo)
A Sesp disse que, até o momento, o caso mais grave é de um senhor que fraturou as duas pernas e foi socorrido pelo Samu. As outras vítimas ficaram feridas sem gravidade. Não há informação de mortes. Cerca de dez ambulâncias do Samu foram ao morro. A área foi isolada.
Os bombeiros não descartam novos deslizamentos. Eles acreditam que podem ter pessoas soterradas e vão prosseguir as buscas durante a noite e madrugada, com ajuda de cães farejadores. 
A área foi evacuada e os moradores afetados foram encaminhados para o Colégio Jairo Marques, da Prefeitura de Vila Velha.
Pedras rolam em morro Boa Vista (Foto: VC no ESTV)Pedras rolam em morro Boa Vista
(Foto: VC no ESTV)
O telespectador Roberto Almeida enviou para o Whatsapp da TV Gazeta (27 998 200 111) uma foto feita pela sobrinha dele, que mora perto de onde houve o deslizamento.
O morador Cleberson Trancozo Bandi também fez fotos da região. Ele disse que viu as pedras rolarem. "Vi a pedra descendo. O barulho parecia de explosão. Estava tirando roupas do varal, no terraço de casa quando tudo aconteceu", disse.
O Notaer (helicoptero da PM) e o Corpo de Bombeiros foram para o local.
Pedra que rolou em Boa Vista (Foto: Luiz Filipe Lannes/ VC no ESTV)Pedra que rolou em Boa Vista (Foto: Luiz Filipe Lannes/ VC no ESTV)
Deslizamento de pedras no Morro Boa Vista (Foto: VC no ESTV)Deslizamento de pedras no Morro Boa Vista (Foto: VC no ESTV)
Pedras rolam em morro de Vila Velha (Foto: Cleberson Trancozo Bandi/ VC no ESTV)Pedras rolam em morro de Vila Velha (Foto: Cleberson Trancozo Bandi/ VC no ESTV)
Pedra atiniu casas no Morro da Bela Vista (Foto: Roberto Carlos/ VC no ESTV)Pedra atingiu casas no Morro da Bela Vista (Foto: Roberto Carlos/ VC no ESTV)

Jovens de 19 anos foram mortos com golpes de faca após festa de réveillon


Ninguém foi preso em Americana e o carro das vítimas foi encontrado.
Perícia encontrou ainda faca e marcas de sangue no veículo.

Do G1 Campinas e Região
Dois jovens de 19 anos foram mortos com golpes de faca na madrugada desta sexta-feira (1º) na Avenida Brasil, no Centro de Americana (SP). Ninguém foi preso.(veja vídeo)
De acordo com informações da Polícia Civil, Gabriel Avanzi e Stela Silvestre Torquete deixavam uma festa quando foram abordados dentro do carro, que foi roubado. Antes do crime eles tiraram uma foto nas comemorações do ano novo.
Ambos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Testemunhas disseram que viram a jovem caminhando por alguns metros em direção a uma praça antes de perder os sentidos.
O veículo foi encontrado nesta manhã atrás do Clube do Bosque, também em Americana.
A perícia da Polícia Civil esteve no local e encontrou marcas de sangue na lataria, no interior e na maçaneta do veículo.
E uma faca, que pode ter sido usada no crime, também estava no interior do automóvel do casal.
A Polícia Civil trabalha com a hipótese de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Pertences do casal foram levados.
Faca encontrada dentro do carro de casal morto nesta sexta-feira em Americana  (Foto: Reprodução EPTV)Faca encontrada dentro do carro de casal morto nesta sexta-feira em Americana (Foto: Reprodução EPTV)

Lutador de jiu-jítsu flagra roubo e imobiliza ladrão em Campinas


Suspeito ficou imobilizado até a chegada dos policiais militares
"Já passei por situações como esta e não pude fazer nada", diz o lutador.

Do G1 Campinas e Região
Suspeito é imobilizado por lutador que flagrou o assalto (Foto: Kleber Tomaz)Suspeito é imobilizado por lutador que flagrou o assalto (Foto: Kleber Tomaz)
Um homem que havia acabado de praticar um assalto em Campinas (SP) foi surpreendido no fim da tarde desta sexta-feira. Ele foi derrubado e imobilizado por um lutador de jiu-jítsu que passava pelo local e viu o momento em que o homem fugia.
"Eu estava passando e flagrei ele assaltando uma senhora na esquina. Ele jogou a mulher no chão, pegou a bolsa e saiu correndo. Chegando aqui eu consegui o imobilizar" , contou Hugo Gervásio, ainda enquanto segurava o suspeito e aguardava a chegada da polícia.
Segundo testemunhas, o suspeito carregava uma faca e, ao ser confrontado pelo lutador, a jogou para dentro de um quintal.
Ainda se recuperando do susto, a vítima do assalto contou como foi a ação do suspeito. "Eu estava andando com a carteira embaixo do braço quando ele se aproximou e disse: perdeu! e saiu correndo". Ela disse ainda que não conseguiu ver se o homem estava ou não com a faca na mão.
Vários curiosos presenciaram a cena e apoiaram o lutador antes da chegada dos policiais. "Já passei por muitas situações como esta e não pude fazer nada. Sei muito bem o que eu estou fazendo aqui", disse Gervásio.
O suspeito foi levado para a delegacia e a ocorrência estava sendo registrada no momento desta publicação.
O lutador de jiu-jítsu imobilizou o assaltante logo após o roubo (Foto: Kleber Tomaz/ G1)O lutador de jiu-jítsu imobilizou o assaltante logo após o roubo (Foto: Kleber Tomaz/ G1)