Filho de Jair Bolsonaro presencia assalto dentro do Túnel Rebouças: ‘Atiraram no meu táxi’, conta vereador


Elisa Clavery, Luã Marinatto e Rafael Soares
Tamanho do texto A A A
Filho do deputado federal Jair Bolsonaro (PP), o vereador Carlos Bolsonaro (PP) viveu momentos de pânico na noite desta sexta-feira. Enquanto passava pelo Túnel Rebouças, que liga a Zona Norte e a Zona Sul do Rio, o político presenciou uma tentativa de assalto que terminou em tiroteio. Segundo ele, os criminosos chegaram a atirar contra o táxi em que ele estava.
— O meu táxi estava bem na frente de tudo e arrancou, aí atiraram. Foram uns três disparos. Não sei como nenhum deles atingiu o carro — contou Carlos ao EXTRA.
Assustados com a ação, que teve início por volta das 22h, motoristas que estavam no local abandonaram os veículos ou tentaram voltar na contramão. O empresário Gustavo Mattos, de 33 anos, que estava na carona de um carro, gravou a movimentação no túnel e enviou para o WhatsApp do EXTRA (21 99644-1263).
— Todo mundo começou a correr. Tinha crianças no colo, idosos. Quando o nervosismo começou a bater, eu também saí do carro e corri. As pessoas gritavam que era arrastão, que tinha várias pessoas roubando — relatou Gustavo.
Motoristas ficaram em pânico
Motoristas ficaram em pânico Foto: Reprodução de vídeo
Ainda de acordo com Carlos Bolsonaro, a situação começou quando uma moto com dois ocupantes armados iniciou uma perseguição a outra motocicleta. Pouco depois, uma terceira moto, também com homens armados, aproximou-se e deu início ao assalto, levando a motocicleta e abordando motoristas. Ao sair do túnel, o vereador avisou sobre o ocorrido em uma guarita da Polícia Militar.
— Todos os quatro estavam de capacete, então é difícil reconhecer. Mas pelo menos um, pelo corpo franzino, parecia menor de idade — disse Carlos.
A sala de polícia do Hospital municipal Miguel Couto, na Gávea, informou que um homem baleado no braço deu entrada na unidade após o tiroteio. Ainda não há informações sobre a identidade da vítima ou seu estado de saúde.
O vereador Carlos Bolsonaro


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/filho-de-jair-bolsonaro-presencia-assalto-dentro-do-tunel-reboucas-atiraram-no-meu-taxi-conta-vereador-18574905.html#ixzz3ygnKmrA8

Pilotos e comissários de voo aprovam greve no Afonso Pena e outros 10 aeroportos


Da Redação

Em assembleia realizada nesta sexta-feira (29), pilotos e comissários de voo decidiram entrar em greve a partir do próximo dia 3 de fevereiro. A paralisação nacional deve atingir os principais aeroportos do país, incluindo o Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A orientação para a categoria é que os voos no horário da paralisação não ocorram.
afonsopena2
Foto: Divulgação
De acordo com o Sindicato Nacional dos Aeronautas a paralisação será realizada das 6h às 8h da manhã nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos, Santos Dumont, Galeão, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Brasília, Salvador, Recife e Fortaleza.
A categoria reivindica unicamente reajuste salarial que contemple a  reposição da inflação no período de 1º de dezembro de 2014 a 1º de dezembro de 2015, ou seja, 11% de reajuste retroativo à data-base de 1º de dezembro de 2015.
A última proposta das empresas aéreas, negada pela assembleia, oferecia reajustes parcelados (3% em fevereiro de 2016, 2% em junho e 6% em novembro). Ou seja, os reajustes não seriam retroativos e só seriam finalizados já às vésperas do vencimento de mais uma data-base, deixando a categoria sem reposição da inflação.
Também foi deliberado que a paralisação poderá ser suspensa pela categoria caso as empresas decidam oferecer, com prazo de até 12 horas antes do início do movimento paredista (18h do dia 2 de fevereiro), os 11% reivindicados, desde que retroativos a 1 de dezembro de 2015.
“Lamentamos ter que fazer uma paralisação por tão pouco, mas a categoria não pode ficar sem a reposição da inflação. Nós contamos com o bom senso das empresas aéreas para que transtornos sejam evitados”, disse o presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, comandante Adriano Castanho.

Bandido que seduzia homens na noite curitibana para roubar casas é preso em Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Flávia Barros

Suspeito de seduzir homens na noite curitibana para roubar casas, um homem de 33 anos foi preso em flagrante nesta na quinta-feira (28), no bairro Barigui, em Curitiba. De acordo com a polícia, Joari Pereira dos Santos encontrava as vítimas em locais públicos – como restaurantes, bares ou shoppings – e as convencia de levá-lo para casa, onde roubava vários pertences.
boanoitecinderela
Polícia espera com foto que mais vítimas apareçam (Foto: Flávia Barros – Banda B)
Segundo o delegado Rafael Vianna, ele aplicava o golpe do “Boa noite, Cinderela” nas vítimas e contava com a ajuda de um comparsa. “Temos alguns registros de ocorrência na delegacia, porém nem todas registraram, por vergonha da situação, já que ele ficava com o número de telefone e ainda extorquia a vítima depois. Com a divulgação das imagens, temos certeza que novas vítimas aparecerão”, afirmou o delegado da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR).
A primeira denúncia envolvendo Joari aconteceu em agosto do ano passado, mas a prisão aconteceu depois que a equipe policial acompanhou uma vítima em um shopping da cidade. De longe, os policias ficaram observando e, no momento da extorsão, Santos foi preso em flagrante.
De acordo com a polícia o comparsa já foi identificado e indiciado pelos mesmos crimes de Santos. Para Vianna não há duvidas de que a dupla se aproveitava das pessoas. “Os dois agiam juntos, as vezes trocavam de papeis, porém no momento da prisão a vítima não identificou o comparsa naquela ação. Temos provas concretas para o pedido de prisão que já está sendo feito ao Poder Judiciário”, disse.
A dupla responderá pelos crimes de roubo e extorsão. Qualquer informações devem ser passadas pelo (41) 3218-6100.
*Com informações da Polícia Civil

Suspeito de participar de ataque contra guarda é morto em troca de tiros com a PM


Por Marina Sequinel e Djalma Malaquias
sitio1 (1)
(Foto: Banda B)
Uma segunda troca de tiros no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, deixou um homem mortono começo da tarde desta sexta-feira (29). Ele é suspeito de participar do ataque a um guarda municipal na manhã de hoje, ocorrência que terminou também com um fretista baleado.
Segundo o capitão Machado, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), a PM foi acionada para atender a ocorrência e localizou três suspeitos próximo ao Armazém da Família, na Vila Osternack. “Nós recebemos a informação de que eles estavam em um Voyage, que foi roubado ontem na região, e encontramos o veículo após patrulhamento. Os indivíduos, então, fugiram para um matagal”, contou o capitão.
Ao tentarem abordar os suspeitos, os policiais foram recebidos a tiros. Eles revidaram e atingiram um dos indivíduos, que morreu no local. Os outros dois fugiram. “Com o meliante baleado, foram encontradas três armas de fogo: uma na mão dele, outra na cintura e uma terceira próxima a uma árvore, o que indica que eles tinham armamento pesado”, completou ele.
O corpo do suspeito foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba e a Polícia Civil segue investigando o caso.
Guarda baleado
Uma suposta tentativa de assalto terminou com um guarda municipal e um homem que trabalha como fretista no Armazém da Família baleados na manhã de hoje. Segundo informações da assessoria da prefeitura de Curitiba, o guarda Ederson Alves teria percebido a movimentação de dois ladrões armados no local, mas não teve tempo de reagir.
Um terceiro ficou no carro aguardando a dupla. O trio estava em um Voyage branco. Eles chegaram atirando e dispararam pelo menos 20 vezes. Tudo durou cerca de apenas dois minutos. Um segundo guarda que fazia a ronda em torno do prédio chegou após a ação.
Alves levou um tiro no rosto e foi atendido pelos socorristas do Siate, assim como o fretista. O guarda foi encaminhado ao Hospital Evangélico e a segunda vítima ao Hospital do Trabalhador, os dois em estado grave.

ATRAÇÕES PROMETEM ANIMAR O SEGUNDO DIA DA 53ª FESTA DA UVA


Show da dupla Pedro Paulo & Alex, apresentações regionais, danças típicas e Food Trucks são alguns dos atrativos para o público nessa sexta-feira (28)

Os visitantes ainda podem conhecer um pouco da história da imigração italiana em Colombo
Os visitantes ainda podem conhecer um pouco da história da imigração italiana em Colombo
Shows nacionais e regionais, além de apresentações folclóricas para os admiradores da cultura italiana prometem animar o público que vai prestigiar o segundo dia da 53ª Festa da Uva. Com a abertura programada para às 17h, o público ainda terá acesso a Food Trucks, praça de alimentação, além de poder visitar o museu e o memorial que ficam anexo ao Parque Municipal da Uva.
As apresentações musicais do segundo dia começa com a Banda Primícias, às 18h30 no palco 2. Ainda no palco 2, às 19h30 é a vez do sertanejo raiz animar o público com a dupla José Carlos e Wilson. Às 20h a festa ganha ritmo italiano com apresentação a dupla Gabriela Puppi e Janaíne Pavani no pavilhão de eventos do parque.
As atenções se voltam para o palco 2 com a apresentação da banda Disco Rock Band, às 20h30. Já ás 21h, o momento mais aguardado do segundo dia. A dupla Pedro Paulo & Alex se apresenta no palco principal prometendo agitar o público com muita música sertaneja. E para fechar o segundo dia, a cantora Taisa Pavin se apresenta às 23h – no palco 2.
Shows nacionais e regionais, além de apresentações folclóricas prometem animar o público que vai prestigiar o evento
Shows nacionais e regionais, além de apresentações folclóricas prometem animar o público que vai prestigiar o evento
Entre um show e outro, o público pode conferir a 15ª Feira da Indústria, Comércio e Serviços (FEICOM), que reúne comerciantes, empresários e artesãos do município e região para expor seus produtos. Os visitantes ainda podem conhecer um pouco da história da imigração italiana em Colombo no Memorial da Imigração Italiana. Já no Museu Municipal Cristóforo Colombo o público terá acesso a um acervo que narra a história da região. Os locais ficaram abertos aos visitantes até às 19h00.
A culinária da festa promete agradar a todos os gostos. A partir das 19h30 o jantar será servido no pavilhão regado a muito risoto, frango e polenta. Na praça alimentação serão 25 pontos de venda, com sanduíches, espetinhos, pastéis, tortas, salgados, tapioca, sorvetes, shakes, porções, sucos e bebidas em geral. Além disso, oito Food Truck estarão no local servindo sanduiches gourmet, hambúrguer artesanal, batata no cone, paletas mexicanas, pizzas e massas.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: João Senechal/PMC

Beneficiários do Programa Passe Escolar devem se recadastrar e os interessados precisam realizar o cadastro


WEBMASTER 29 DE JANEIRO DE 2016

Inscrições iniciam dia 01 de fevereiro e podem ser realizadas até o dia 29

passe-escolar
Os estudantes de Colombo, regularmente matriculados em instituições públicas ou particulares de Ensino Superior e Pós-Médio, conforme especificações e critérios estabelecidos na lei 1195/2010, devem se recadastrar no Programa Passe Escolar. Já as pessoas interessadas precisam se cadastrar para participar do programa. As inscrições serão realizadas entre os dias 01à 29 de fevereiro.
O benefício, que consiste na redução de 50% no valor da tarifa, será concedido aos alunos durante o período letivo e que residem a mais de 1.500 metros da unidade de ensino. Também é necessário comprovar renda familiar, que não deve ultrapassar três salários mínimos. Para tanto, se faz necessário o recadastramento.
O aluno deverá comparecer com o formulário do passe escolar preenchido, junto com os demais documentos:
I – RG e CPF do aluno e de seus familiares, quando for o caso;
II – Declaração fornecida pela instituição de ensino comprovando a qualidade de estudante devidamente matriculado, contemporânea à data da solicitação do benefício;
III – Comprovante atualizado de residência do aluno ou do seu responsável legal, quando for o caso;
IV – Comprovante de renda atualizado do aluno ou do seu responsável legal, quando for o caso, bem como dos seus familiares. (Holerite ou carteira de trabalho)
Obs:
– No caso de trabalhador autônomo trazer declaração autenticada em cartório, constando o rendimento aproximado mensal.
– Com exceção do II, todos os demais documentos terão de ser apresentado o original em conjunto com xérox dos mesmos.
– No caso de estudante bolsista ou FIES, deve constar na declaração de matrícula a presença do mesmo, além do percentual de bolsa ou financiamento.
Para mais informações, Lei Municipal 1195/10.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Casal de estelionatários que aplicou golpe de R$ 10 mil para passar o réveillon na Bahia é preso


Rodrigo e Jordana clonavam os cartões de crédito das vítimas para pagar mimos
Rodrigo e Jordana clonavam os cartões de crédito das vítimas para pagar mimos Foto: Divulgação / Polícia Civil da Bahia
Fabrício Provenzano
Tamanho do texto A A A
Um casal de estelionatários que aplicou um golpe de R$ 10 mil no litoral da Bahia foi preso, nesta quarta-feira, na capital de Goiás. De acordo com a Polícia Civil baiana, Rodrigo de Menezes Machado, de 23 anos, e a namorada Jordana Louza Costa Ferreira, de 27, são acusados de clonar os cartões de crédito de várias pessoas para pagar suas despesas feitas em Salvador e Arraial D’Ajuda, onde passaram o réveillon.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, o casal era procurado desde o início de janeiro. Os estelionatários usaram o dinheiro usado dos cartões clonados para comprar passagens aéreas, despesas em um hotel e até alugar um carro conversível de luxo para ir de Salvador para Arraial D’Ájuda, distrito de Porto Seguro. Entre as vítimas do casal está uma promotora de Justiça do Mato Grosso do Sul, que não teve o nome divulgado.
Rodrigo ostentava a boa vida em redes sociais
Rodrigo ostentava a boa vida em redes sociais Foto: Divulgação / Polícia Civil da Bahia
Rodrigo e Jordana estão presos preventivamente na 14ª Delegacia Distrital e na Delegacia Estadual de Investigações Criminais de Goiânia, respectivamente, e aguardam a decisão da Justiça para serem encaminhados para a Bahia.


Mecânico é suspeito de participar de queda de avião russo, diz agência


Mecânico, policiais e carregador de bagagens teriam sido detidos.
Companhia aérea nega.

Da Reuters
Militares egípcios vistoriam a cauda do avião russo que caiu na Península do Sinai; a foto foi divulgada no dia 2 de novembro de 2015 pelo Ministério das Situações de Emergência russo (Foto: Maxim Grigoriev/Russian Ministry for Emergency Situations/AP)Militares egípcios vistoriam a cauda do avião russo que caiu na Península do Sinai em outubro; a foto foi divulgada no dia 2 de novembro de 2015 pelo Ministério das Situações de Emergência russo (Foto: Maxim Grigoriev/Russian Ministry for Emergency Situations/AP)
Um mecânico da companhia aérea EgyptAir é o suspeito de ter plantado uma bomba no avião de passageiros russo que explodiu no espaço aéreo egípcio em outubro, de acordo com fontes familiares com o assunto. O primo dele se juntou ao Estado Islâmico na Síria.
Até o momento, o Egito tem dito publicamente não ter encontrado evidências de que o avião da MetroJet, foi alvo de um atentado terrorista. As 224 pessoas que estavam a bordo morreram depois que o avião, que decolou do aeroporto de Sharm al-Sheikh, caiu na península do Sinai.
saiba mais

Uma autoridade de segurança graduada da companhia aérea negou que qualquer um de seus empregados tenha sido preso ou esteja sob suspeita, e o Ministro do Interior também afirmou que não houve detenções.
Mas as fontes, que não quiseram ser identificadas por causa da sensibilidade das investigações, disseram que o mecânico em questão foi detido, junto com dois policiais que atuavam no aeroporto e um carregador de bagagem, todos suspeitos de terem ajudado a plantar a bomba no avião.
“Após saber que um de seus membros tinha um parente que trabalhava no aeroporto, o Estado Islâmico entregou a bomba em uma mala de mão àquela pessoa”, disse uma das fontes, acrescentando que o primo do suspeito havia se juntado ao Estado Islâmico na Síria um ano e meio atrás.
“Ele foi orientado a não fazer nenhuma pergunta e a colocar a bomba no avião.”
Uma segunda fonte disse haver outros  suspeitos: “Dois policiais são suspeitos de desempenhar algum papel ao fazerem vistas grossas para a operação em uma checagem de segurança. Mas existe a possibilidade de que simplesmente não tenham feito bem o seu trabalho.”
Nenhum dos quatro foi processado até agora, disseram as fontes à Reuters.
A queda do avião colocou em dúvida o ímpeto do Egito em erradicar a militância islamita no país e prejudicou sua indústria do turismo, crucial para a economia. Um grupo afiliado ao Estado Islâmico atualmente conduz uma insurgência em algumas áreas do Sinai, embora em grande parte afastadas dos resorts turísticos que ficam na costa do Mar Vermelho.
A Rússia e alguns países ocidentais há muito tempo dizem acreditar que o avião foi derrubado por uma bomba levada a bordo. O Egito, no entanto, tem até agora negado publicamente a existência de qualquer evidência de que tenha se tratado de um atentado.

Garoto tímido e quieto se revolta e esfaqueia padrasto para impedir que mãe fosse agredida


Por Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri

garoto-cic
Garoto foi para DA e padrasto ao hospital. Foto: DS/Banda B

Um adolescente de 15 anos esfaqueou o padrasto na noite desta quinta-feira (28) no bairro Boqueirão, em Curitiba, para tentar impedir uma agressão contra a mãe. Embriagado, o padrasto foi ferido por quatro golpes nas costas, um no ombro e socorrido ao Hospital do Trabalhador. O garoto, conhecido por ser tímido e quieto, foi encaminhado a Delegacia do Adolescente (DA).
A confusão começou por volta das 22 horas dentro da casa da família, na rua Carlos Essenfelder, quase esquina com a rua Tenente Tito Teixeira de Castro. O padrasto, de 39 anos, estava alcoolizado quando partiu para cima de mãe do garoto, que viu a cena e tentou impedir o homem usando uma faca de cozinha.
O soldado Corsico, do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) disse à Banda B que o homem teve ferimentos graves, mas que o quadro de saúde é estável. “Vítima com ferimentos considerados graves, mas está estável. Ele levou quatro perfurações nas costas e um no ombro, ele está sonolento, mas é porque apresentava hálito etílico”, descreveu.
O adolescente permaneceu dentro de casa durante todo o atendimento ao padrasto. A Polícia Militar (PM) foi acionada e o garoto foi encaminhado a Delegacia do Adolescente para medidas cabíveis. A mãe estava bastante nervosa e acompanhou o filho até a especializada. O homem foi internado e não há previsão de alta médica.

Investigados na nova fase da Lava Jato falam hoje em Curitiba sobre condomínio no Guarujá



 da Agência Brasil

Preso na madrugada de ontem (28) no Aeroporto de Guarulhos (SP), Ademir Auada, responsável pela offshore Murray Holdings na empresa panamenha Mossack Fonseca, já está fazendo exames no Instituto Médico-Legal (IML) e vai prestar depoimento hoje (29) à tarde. Auada, que estava no exterior, é um dos investigados na 22ª fase da Lava Jato, deflagrada há dois dias e batizada de Triplo X.
Na ação, foram expedidos seis mandados de prisão temporária por cinco dias, que podem ser prorrogados se a Justiça considerar necessário. Além de Auada, a Polícia Federal (PF) vai ouvir Ricardo Honório Neto, um dos sócios do escritório da Mossack no Brasil, e agora de manhã está previsto o depoimento da publicitária Nelci Warken, que prestou serviços à Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop) e é apontada como responsável por um triplex no Condomínio Solaris, no Guarujá (SP), alvo da operação.
triplexx
Renata Pereira Brito, Nelci Warken e Ricardo Honório Neto foram presos na nova fase da Lava Jato, em São Paulo, e transferidos para Curitiba – Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Renata Pereira Brito, que trabalhava com Honório, depôs ontem (28) na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Segundo assessores da PF, Maria Mercedes e Luis Hernandez Rivero, citados nas investigações como administradores de fato da Mossack no Brasil, continuam foragidos, mas os mandados de prisão temporária continuam válidos.
Nesta fase, investigadores querem saber se unidades do Condomínio Solaris, no Guarujá, litoral paulista, foram usadas para repasse de propina. O empreendimento, inicialmente construído pela Bancoop, presidida entre 2005 e 2010 pelo ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, preso em abril do ano passado, foi repassado à empreiteira OAS em 2009, em decorrência de uma crise financeira da cooperativa. As suspeitas são de que a empreiteira reservou alguns apartamentos triplex para quitar negociações ilegais. A Mossack está sendo investigada pela PF pela suspeita de auxiliar a abertura de empresas e contas no exterior a fim de esconder dinheiro de propina, fruto de atividades irregulares envolvendo a Petrobras.
Em resposta à Agência Brasil, a Mossack afirma que a empresa está sendo envolvida “erroneamente em temas nos quais não tem nenhuma ingerência”.
Carlos Sousa, diretor de Relações Públicas da empresa, cita o escritório do Brasil como franquia e afirma que a Mossack não foi procurada por autoridades locais ou de outros países. Segundo ele, a aquisição da companhia foi a pedido de um cliente intermediário, que já teria uma carteira de clientes. “Temos um departamento que realiza programas abrangentes de diligência para verificar a legitimidade de cada um dos nossos clientes. Quando recebemos a solicitação, a diligência não encontrou resultados adverso ou qualquer ligação com pessoas politicamente expostas”, explicou.
Na nota, ele reforça que a empresa não participa de aquisição, locação ou consultoria imobiliária em qualquer parte do mundo e não tem qualquer relação com os nomes envolvidos na operação. “Não patrocinamos ou facilitamos a violação da legislação em vigor em nenhum país”, completou. O escritório no Brasil foi procurado, mas não se manifestou.
A Bancoop disse que a transferência para a construtora OAS do condomínio, que na época se chamava Mar Cantábrico, foi decidida em assembleia com os cooperados. “Assim, desde 2009 a Bancoop não tem qualquer relação com o empreendimento Mar Cantábrico, que, inclusive teve sua denominação alterada para Solaris”, acrescentou.
A OAS não vai se pronunciar sobre a investigação. A defesa da empreiteira disse que os documentos estavam à disposição da Polícia Federal, que poderia ter solicitado essas informações.

Casal que esperava carona em rodovia é encontrado morto; há indícios de abuso sexual


Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

casal-piraquara
Casal foi visto às margens da rodovia por um morador. Foto: DM/BandaB

Os corpos de um casal foram encontrados na manhã desta sexta-feira (29) em um matagal, às margens do Contorno Leste, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Ainda sem identificação, ambos aparentam ter entre 20 e 25 anos. Ele está com um ferimento na região da cabeça e ela está com as calças abaixadas. Eles foram vistos sentados à margem da rodovia, como se estivessem esperando alguém ou uma carona.
Um vigilante encontrou os dois corpos e acionou a Polícia Militar (PM). O caseiro da chácara, que fica em frente ao presídio, esteve no local e afirmou que o portão de acesso não foi danificado, o que pode indicar que o casal tenha pulado a cerca. Uma testemunha que acompanhava os trabalhos da polícia contou à Banda B que viu o casal no fim da tarde de ontem.
“Eles estavam na beira da BR. Eu fui comprar pão na Vila Militar e vi os dois sentados aqui perto. Estavam com mochila e tudo, pareciam que estavam esperando alguém. Ele está com uma camiseta vermelha, calça jeans e chinelo e ela com uma calça de moletom cinza, que estáarriada, né?”, contou Sérgio Witiuk.
O subtenente Ricardo da Polícia Militar (PM) confirmou que o crime tem características de execução. “Ele está com um tiro na cabeça a moça não conseguimos identificar. Moradores escutaram tiros por volta das 21 horas, mas é uma região onde eles têm cautela e só encontraram hoje pela manhã. Ainda é preliminar falar em abuso sexual, mas ela está sim com as calças abaixadas”, finalizou o subtenente.
A mochila do casal carrega pertences pessoais, roupas, materiais de higiene. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e a delegacia do município investiga o caso.

Bandidos miram em guarda e atiram em frente de Armazém da Família; fretista também foi baleado


Por Denise Mello e Djalma Malaquias
sitio cercado
Armazém na Vila Osternack foi isolado após o confronto – Foto: Banda B

O que seria uma suposta tentativa de assalto assustou os moradores da Vila Osternack, no Sítio Cercado , em Curitiba, na manhã desta sexta-feira (29).  De acordo com a Guarda Municipal, um guarda municipal e um homem que trabalha como fretista no local foram baleados na ação em frente ao Armazém da Família do bairro. Três ladrões que participaram da ação fugiram antes mesmo de anunciar um suposto assalto. O guarda Ederson Alves levou um tiro no rosto e foi atendido pelos socorristas do Siate, assim como o fretista, inicialmente identificado como cliente. O guarda, que tudo indica era o alvo dos bandidos, foi encaminhado ao Hospital Evangélico em estado grave e passa por cirurgia. O fretista foi atingido na cabeça e  encaminhado ao Hospital do Trabalhador também com ferimentos graves.
De acordo com informações da assessoria da prefeitura de Curitiba, a ação aconteceu pouco antes das 9h, a poucos minutos da abertura do Armazém da Família. O guarda Alves percebeu a movimentação dos dois assaltantes armados, mas não teve tempo de reagir. Um terceiro ficou no carro aguardando a dupla. O trio estava em um Voyage branco. Eles chegaram atirando e dispararam pelo menos 20 vezes. Tudo durou cerca de dois minutos apenas. Um segundo guarda que fazia a ronda em torno do prédio chegou após a ação.
O fretista estava na porta do Armazém esperando o estabelecimento abrir quando foi atingido. Segundo os moradores da região, o homem, identificado como Dirceu,  costumava fazer frete para ajudar as pessoas a levar as mercadorias para casa. “Ele estava sempre aqui ajudando todo mundo e ganhando um dinheirinho com frete. Foi atingido por um tiro no assalto”, disse um dos moradores, sem se identificar.
De acordo com o inspetor Odgar Nunes Cardoso, o alvo parecia ser o guarda Alves. “O carro parou em frente ao Armazém, um ficou no carro e dois desceram direto na direção do guarda. Não houve troca de tiros ou anúncio de assalto, simplesmente chegaram atirando, cerca de 20 tiros, e saíram direção ao conjunto Moradias Iguaçu. Os guardas nem reagiram porque nem tiveram tempo. O objetivo era o guarda, isto ficou claro, mas não sabemos as razões”, afirmou.
Os assaltantes fugiram em um Voyage branco, com alerta de furto. Eles abandonaram o veículo mais adiante e fugiram a pé pelo mato. Inicialmente, a informação era de que um dos assaltantes havia sido baleado numa troca de tiros já na perseguição, mas isso não se confirmou oficialmente.
Viaturas da Guarda Municipal e da Polícia Militar fazem patrulhamento na região em busca dos assaltantes.