Em vídeos que irão à TV, PT defende Lula e prega união para vencer crise


PUBLICIDADE
O PT começou a exibir nesta segunda-feira (1º), no site do partido, as inserções que levará ao ar a partir desta terça-feira (2) em rede de rádio e televisão.
Em três filmes, de 30 segundos cada, o partido apela por união para vencer a crise política e econômica.
Uma quarta inserção é dedicada à defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nela, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, diz que Lula "tem sido alvo de ataques, provocação e perseguições pelos preconceituosos de sempre".
Nos demais, o PT conclama a união e diz que o Brasil trabalhará para superar a crise "sem descanso, sem desespero".
As inserções são marcadas por chamamentos como "é hora de ajudar o país, não ficar brigando por poder".
Os filmes serão reapresentados nos dias 4, 6, 9 e 11 de fevereiro. Como a exibição coincide com a época do Carnaval, o partido optou por um tom mais leve. O programa partidário será veiculado dia 23 de fevereiro.
SEM DILMA NEM LULA
Como a Folha antecipou, Lula e Dilma não aparecem nos comerciais por decisão da cúpula do partido, que diz ter decidido priorizar a defesa da imagem da sigla, abalada pelos escândalos do mensalão e do petrolão.
Em agosto do ano passado, a aparição de Lula e Dilma na TV foi acompanhada por uma onda de panelaços em 16 capitais e no Distrito Federal.
O PT nega que a ausência de Lula e Dilma tenha ocorrido foi tomada por temor de novos panelaços.
"Os panelaços podem acontecer mesmo sem eles", justificou, à época, o presidente estadual do PT, Emídio de Souza.
Em pronunciamento de rádio e TV no Dia da Mulher, 8 de março, Dilma foialvo de panelaços em ao menos 12 capitais. Após o episódio, a petista evitou aparecer na televisão e gravou vídeos para a internet no Dia do Trabalho e se pronunciou em redes sociais no Dia das Mães, em maio.
A presidente também ficou de fora do programa nacional do PT exibido no mesmo mês. A peça, no entanto, trazia o depoimento do ex-presidente Lula e foi recebida com protestos em 11 capitais.
Lula e Dilma voltaram a aparecer em rede nacional somente em agosto, em um novo programa partidário que ironizava os panelaços.

( assista aos vídeos aqui)
*

Chef de cozinha suíço, eleito melhor do mundo, é encontrado morto


Benoit Voilier, segundo informações preliminares da polícia, aparenta ter cometido suicídio com arma de fogo

REDAÇÃO ÉPOCA
01/02/2016 - 13h21 - Atualizado 01/02/2016 13h21
Benoit Voilier, chef de cozinha (Foto: AP)
chef de cozinha Benoit Violier, cujo restaurante foi escolhido como melhor do mundo no mês passado, foi encontrado morto em um aparente suicídio, informou a CNN com informações da polícia. O corpo foi encontrado na tarde de domingo (31) na casa dele, na Suíça.
Violier tinha 44 anos. As investigações iniciais mostram que ele cometeu suicídio com tiro de arma de fogo. As autoridades não quiseram das mais detalhes em respeito à família do cozinheiro.
Em dezembro, o restaurante suíço de Violier foi escolhido pela prestigiada La Liste francesa como melhor restaurante do mundo. O chef também possuía três estrelas no ranking Michelin, a maior condecoração da indústria culinária.

Janot ignora Cunha e diz que Procuradoria não aceita autoritarismo


Pedro Ladeira/Folhapress
BRASILIA, DF, BRASIL, 01-02-2016, 14h00: Sessão solene de abertura dos trabalhos do STF (Supremo Tribunal Federal). O ministro Ricardo Lewandowski preside a sessão, que tem a presença do ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, do presidente da câmara dos deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), do presidente do senado Renan Calheiros (PMDB-AL) e do PGR (Procurador Geral da República) Rodrigo Janot, no plenário do STF. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER)
Rodrigo Janot (à esq.) e Eduardo Cunha na sessão do Supremo Tribunal Federal
PUBLICIDADE
Com um de seus discursos mais duros, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, defendeu aOperação Lava Jato e afirmou que a atuação do Ministério Público não compactua com o autoritarismo e nem com interesse velado.
O recado foi transmitido em discurso, nesta segunda (1º), na sessão que marcou a abertura do ano judiciário de 2016 no STF (Supremo Tribunal Federal), na presença dos presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ambos investigados na Lava Jato.
Janot se sentou ao lado de Cunha, e ambos quase não trocaram olhares. AFolha apurou que o cerimonial da Câmara, que acompanhava Cunha, tentou trocar o deputado de lugar antes do início da sessão, mas não teve sucesso devido às regras do tribunal.
O primeiro mal-estar ocorreu quando Janot, em seu discurso, ignorou o presidente da Câmara ao cumprimentar as autoridades presentes à sessão. O gesto foi comentado em todo o plenário, principalmente pelos advogados.
Em sua fala, Janot apresentou um balanço da Operação Lava Jato, maior investigação criminal do país, e defendeu da atuação do Ministério Público, que tem sido questionada por um grupo de advogados.
"Por natureza, não compactuamos ou tergiversamos com ilícito, autoritarismo ou interesse velado. Buscamos, simples e só, de forma clara e objetiva, a verdade dos fatos e não de factoides e seu enquadramento jurídico, sem cortinas de fumaça", disse o procurador.
"A atuação ministerial sempre se pautará pela impessoalidade, juridicidade, apartidarismo, tecnicismo e pela estrita observância dos direitos e garantias individuais em especial daqueles que chamados à Justiça devem responder a seus atos."
Segundo Janot, "enganam-se de forma propositada e interpretam de forma distorcida aqueles que questionam nosso cerne, da mesma forma que elementos podem conduzir oferecimento de denúncia igualmente levam-nos a requerer o arquivamento".
"A autonomia e imparcialidade da Justiça e do Ministério Público, opõe-se a qualquer tipo de autoritarismo de caráter político, ideológico e econômico, nosso compromisso é com estado democrático de direito", afirmou.
Janot ainda mandou um alerta: "Os poderes político, econômico e setores da sociedade civil hão de entender que o país entrou numa nova fase na qual os holofotes não serão desligados e estarão constantemente direcionados à observância estrita do ordenamento jurídico."
"É isso que a sociedade espera do MP o qual a Constituição adjetivou de público. O que é público é de todos, não é, e não pode ser de alguém. Ao MP brasileiro cumpre a percepção e tutela de bens e direitos conferidos a cada um dos cidadãos", concluiu.
Ao final do evento, Janot foi questionado sobre o motivo de ter pulado o deputado e respondeu que só cumprimentou presidentes de Poderes.
Cunha é alvo de dois inquéritos, além de ter sido denunciado por receber suposta propina de US$ 5 milhões em contratos da Petrobras. Um pedido de afastamento dele do cargo foi enviado ao STF pela Procuradoria-Geral da República.

WhatsApp atinge 1 bilhão de usuários e cumpre meta de Zuckerberg


No entanto, a companhia ainda precisa resolver uma questão: fazer dinheiro

DR
ECONOMIA APLICATIVOHÁ 14 MINS
O criador do Facebook, Mark Zuckerberg, havia prometido à época da compra do WhatsApp que apenas ficaria satisfeito se o aplicativo de mensagens alcançasse a incrível marca de 1 bilhão de usuários.
PUB
Pelo custo de US$ 19 bi em fevereiro de 2014, o CEO do Facebook pode dizer que conseguiu fazer um bom negócio
Segundo informações do Extra, nesta segunda-feira (1), o WhatsApp alcançou a marca de 1 bilhão, mais que dobrando o número de usuários desde a aquisição de Zuckerberg.
No entanto, a companhia ainda precisa resolver uma questão: fazer dinheiro.
De acordo com o diretor financeiro do Facebook, David Wehner, a empresa ainda está experimentando como fazer dinheiro a partir do WhatsApp.
Zuckerberg já deu algumas dicas sobre os planos para o WhatsApp em uma ligação para investidores. O aplicativo de mensagem pode vir a gerar lucro a partir da ligação entre usuários e empresas, afirmou o CEO. Há muito tempo, o WhatsApp evita a idéia de lucrar com publicidade ou jogos como outros aplicativos populares.
"O WhatsApp começou com uma simples ideia: garantir que qualquer um pudesse manter contato com a família e o amigos em qualquer lugar do planeta, sem custos ou artifícios no caminho”, afirmou.

[URGENTE] ANA PAULA E SUA ACUSAÇÃO DE PEDOFILIA ESTÃO NA BALANÇA DO BBB 16 ISSO E MUITO GRAVE


Como disse Pedro Bial na noite deste domingo (31), a coisa está tensa na casa. O programa da Globo, que ainda está em seu início, vive uma situação complicada por causa de acusações graves feitas por Ana Paula contra Laércio. Ela o chamou de "pedófilo", "velho", entre outras coisas não muito agradáveis. Ele, por sua vez, já quer processá-la quando sair do reality. Até onde se sabe, ele saía com uma garota de 19 anos. Laércio também chegou a comentar que já ficou com garotas de 17, 18 anos. Você pode considerar isso imoral para um homem de 57 anos, mas na lei não configura estupro ou qualquer outro tipo de crime. A coisa muda se surgirem provas aqui do lado de fora, claro.



E os dois estão agora no paredão, que coloca um conflito na mesa. Por um lado, Ana Paula fez acusações sem provas e Laércio disse que gosta de ficar com "novinhas", só não disse com todas as letras o quão novinhas assim. Enfim, o fato é que esta briga é algo que lembra também a discussão se houve ou não estupro no BBB de alguns anos atrás. Um casal ficou junto e, aparentemente, a moça não estava totalmente consciente após uma noite de bebedeira. Deu pano para a manga e teve até polícia na porta da Globo. Provavelmente isso não vai acontecer agora, mas ainda veremos o desenrolar da história do lado de fora.

O fato é que se a Ana Paula sair, e as prévias indicam isso, o BBB 16 perde muito. Ela é disparadamente a personagem mais legal, divertida, engraçada, desencanada e merecia vencer. Não importa se já tem dinheiro e se vive como dondoca. Isso é irrelevante, o que tem de ser levado em consideração é o que ela faz na casa. E nisso, ela vai muito bem. Pode ter exagerado nas acusações a Laércio? Sim, pode e provavelmente exagerou mesmo, já que não tem provas materiais (até porque não tem como reuni-las estando no programa) e disse apenas baseada no que ele falou sobre o assunto, o que é pouco. Mas não é gente como Ana Paula que dá sabor ao reality? Perdê-la tão cedo será ruim para a atração.

Fonte: http://link-mais.blogspot.com.br/

Exclusivo: Documentos revelam que Lula e família viajaram 111 vezes a sítio de Atibaia


Seguranças receberam quase mil diárias do Planalto para ficar 283 dias em imóvel que ex-presidente afirma ser de "amigos" - embora a Odebrecht, empreiteira do petrolão próxima do petista, tenha custeado R$ 700 mil em reformas no local

FILIPE COUTINHO
01/02/2016 - 16h26 - Atualizado 01/02/2016 16h34
Relatórios de viagem produzidos pelo Palácio do Planalto revelam que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contou com sua segurança pessoal por 111 vezes em Atibaia, entre 2012 e 11 de janeiro deste ano. É nas matas de Atibaia, no interior de São Paulo, que fica o sítio Santa Bárbara, no qual a Odebrecht gastou R$ 700 mil em reformas. No papel, o sítio está em nome de um amigo de Lula e do sócio de um dos filhos dele - Fábio Luís, aquele que enriqueceu graças à parceria empresarial com a telefônica Oi. Lula nega ser dono do sítio e disse, por meio de assessoria, frequentar o local somente em “dias de descanso”. As evidências obtidas por ÉPOCA, porém, confrontam fortemente a versão do ex-presidente. A cada cinco dias, um segurança de Lula era deslocado para Atibaia. Quem visita sítio de amigos com tamanha frequência?
Documento mostra diária de viagem do servidor Misael Melo da Silva, que fez a segurança do ex-presidente Lula (Foto: Reprodução)
ÉPOCA mapeou os dados a partir das diárias dos sete servidores que fizeram parte da equipe de segurança do ex-presidente. No total, eles receberam 968 diárias da presidência, custando R$ 189 mil. Os dados mostram que, em muitos casos, os seguranças tiveram de alternar turnos em Atibaia, como forma de garantir que assim sempre estivesse alguém na cidade num determinado período. Se, por exemplo, um segurança ficou de segunda-feira a quinta-feira, e outro chegou na quarta-feira e ficou até sábado, ÉPOCA contabilizou apenas uma viagem, de segunda a sábado. O itinerário é quase sempre o mesmo: São Bernardo do Campo (onde Lula mora), Atibaia e retorno para a mesma cidade.
A versão de Lula para o caso do sítio é clara. Segundo a assessoria de imprensa de Lula, "o ex-presidente Lula e também Dona Marisa, frequentam em dias de descanso um sítio de propriedade de amigos da família na cidade de Atibaia". ÉPOCA questionou o Instituto Lula sobre as viagens dos seguranças a Atibaia, mas a assessoria não fez comentários. Disse que "tentativa de associá-lo a supostos atos ilícitos tem o objetivo mal disfarçado de macular a imagem do ex-presidente".
Para fazer essas 111 viagens, os seguranças de Lula pernoitaram um total de 283 vezes em Atibaia. O período total dos documentos é de cerca de 1400 dias _ as datas na cidade representam cerca de 20%.  Em junho e julho de 2014, por exemplo, os seguranças de Lula passaram seis finais de semanas seguidos na cidade do sítio. há casos em que as idas a Atibaia representam quase a metade de todas as viagens feitas por um segurança de Lula.
Fora do país

Como todo ex-presidente, Lula tem por direito contar com segurança e assessores. A lei, contudo, não estende esse benefício a familiares. ÉPOCA cruzou as viagens dos segurança a Atibaia com dados produzidos pela Polícia Federal sobre entradas e saídas do país por Lula, material que integra a investigação do Ministério Público Federal sobre tráfico de influência internacional.
Em seis datas, os seguranças de Lula estão em Atibaia enquanto o ex-presidente ou estava retornado ou deixando o país. Às 7h57 do dia 13 de março de 2013, a PF registrou a saída de Lula do país. Ele começava ali um tour pela África. Naquele mesmo dia 13, o militar Elias dos Reis deixava São Bernardo, rumo a Atibaia. Recebeu de diária R$ 265, voltando a São Bernardo no dia seguinte. Enquanto Lula estava na África, o Planalto assim registrou a viagem a Atibaia: “Compor a equipe de segurança do Sr Ex-Presidente da República”. O que um segurança do ex-presidente fazia em Atibaia enquanto Lula estava na África?
As diárias estão disponíveis a partir de 2012. A primeira ida registrada é em 30 de março de 2012. Naquele ano, as viagens eram curtas. Em 14 ocasiões, foi apenas um bate volta, sem pernoite. A frequência começa a se intensificar ao longo dos meses, chegando ao auge em julho de 2014 _ era a Copa do Mundo. Lá, os seguranças de Lula estiveram presentes nas partidas contra Chile e Colômbia, na fase final do torneio. Depois, ficaram o maior período no sítio. A partir do dia 17 de julho, por onze dias seguidos algum segurança presidencial esteve presente em Atibaia.
Ex-presidente Lula fez uma viagem a cada cinco dias para seu sítio de Atibaia  (Foto: Época )
As visitas mais recentes foram no começo do ano. Os seguranças de Lula passaram o réveillon de 2016 em Atibaia e, depois, ficaram por lá de quinta-feira, dia 7, a segunda-feira, dia 11. Nos documentos do Planalto, há casos em que os seguranças tiveram que registrar as viagens depois do ocorrido. Isso porque, segundo os assessores, a viagem foi feita em cima da hora. “O servidor viajou para atender a demanda da agenda do ex-presidente Lula. E devido a urgência no atendimento não foi possível enviar o SCDP [registro] antes da ocorrência da respectiva viagem”, diz um dos registro.
Os dados denotam que a frequência de Lula em Atibaia pode ser maior do que a visita a amigos donos do sítio, como ele já admitiu em nota à imprensa. Os donos do sítio são dois sócios do filho de Lula, Fábio Luís. Segundo a Folha de S. Paulo, fornecedores da obra disseram que o sítio foi reformado pela Odebrecht.
O segurança Rogério Carlos (de jaqueta preta) recebeu 120 diárias para acompanhar Lula a Atibaia (Foto: reprodução)

Justiça determina bloqueio de contas do Estado para pagar dívida da Copa


Da SMCS

A 1ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba determinou o bloqueio de recursos de contas bancárias do governo do Estado, para assegurar o pagamento ao Município de Curitiba do valor pendente de R$ 15.660.723,33, referente ao convênio assinado para viabilizar os jogos da Copa do Mundo de 2014 na cidade. A medida, definida na semana passada, atende a um pedido da Prefeitura, uma vez que o Estado não teria cumprido a decisão judicial de 18 de dezembro que determinava o pagamento imediato do valor ao Município.
CURITIBA, BRAZIL - MAY 14: Fans of Atletico-PR during the match between Atletico-PR and Corinthians for the Test Event FIFA at Arena da Baixada stadium on May 14, 2014 in Curitiba, Brazil. (Photo by Heuler Andrey/Getty Images)
Foto: Portal da Copa
O valor, porém, não foi integramente bloqueado, por falta de saldo nas contas do Estado. A Justiça conseguiu bloquear apenas 11,4% do total: R$ 1.774.685,91 numa conta e R$ 14.390,24 em outra, o que dá um total de R$ 1.789.076,15. A Procuradoria Geral do Município avalia que medidas tomar para garantir o pagamento do valor integral.
A ação judicial que requer o pagamento do valor pendente foi ajuizada pela Prefeitura em outubro do ano passado. No dia 18 de dezembro, a 1ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba determinou que o governo do Estado efetuasse o repasse imediato – decisão confirmada pela 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná, que negou efeito suspensivo pedido pelo governo do Estado. Ainda assim o governo estadual não cumpriu a decisão, o que levou o Município a solicitar o bloqueio on line dos recursos, de forma a resguardar o interesse público.
Na decisão que autoriza o bloqueio, o juiz Fernando Andreoni Vasconcellos lembra que os recursos apresentados pelo Estado não foram acatados, “de maneira que não se justifica a mora do Estado do Paraná para adimplir com seus compromissos decorrentes do Convênio 19.275”.

Dupla sertaneja sofre acidente e mãe dos cantores morre na BR-376


Da Redação

A mãe dos cantores Marcos e Ryan morreu na tarde de sábado (30) após acidente envolvendo o carro na dupla na BR-376, entre Mauá da Serra e Ortigueira, na região dos Campos Gerais. De acordo com o Faxinal Notícias, o veículo em que eles estavam teria batido de frente contra um caminhão e a dupla também precisou de socorro.
acidenteduplasertaneja
Foto: Faxinal Notícias
Em nota postada no Facebook, um amigo relatou que a vítima Lurdes de Lima era uma das maiores incentivadoras dos cantores e os acompanhava em shows pela região. “Infelizmente acabamos perdendo dona Lurdinha. Uma perca lamentável, pra quem teve a oportunidade de conhecê-la, sabe o quanto ela era guerreira, batalhadora, muito querida por todos, sempre acompanhando nos shows pela região! Que descanse em paz”, diz a nota.
Os cantores também ficaram feridos no acidente e foram encaminhados para o Hospital de Telêmaco Borba pelas equipes de resgate da CCR Rodonorte.
O estado de saúde do cantor Marcos Godoy, segundo boletim desta segunda-feira, é grave. Ele passou por cirurgia no domingo (31) e, está internado na UTI. Já Ryan Godoy está no quarto e não corre risco de morte.

Após reportagem, menino com câncer no cérebro ganha carrinho de bebê especial


Por Marina Sequinel e Daniela Sevieri
(Fotos: Daniela Sevieri – Banda B)

A história do pequeno Daniel Kempe, de quatro anos, teve um capítulo feliz no último final de semana. Sem poder falar ou andar devido a um câncer no tronco cerebral, ele finalmente ganhou o carrinho especial que tanto precisava para se locomover. O presente veio de um ‘anjo anônimo’, que viu a reportagem da Banda B sobre a criança no dia 8 de janeiro e decidiu dar o equipamento à família.
carrinho
Carrinho especial veio da Alemanha. (Foto: Daniela Sevieri – Banda B)
A mãe do pequeno, Cristina Aparecida Kempe, recebeu o carrinho em casa, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, na sexta-feira (29). “Nós adoramos o presente, já saímos passear com ele. O equipamento está nos ajudando muito, até para o Daniel sentar, porque se ele ficar no sofá, a cabeça cai para o lado, é desconfortável. A qualidade de vida do meu filho vai melhorar bastante, tenho certeza”, disse ela em entrevista à reportagem.
Cristina não sabe quem foi o ‘anjo’ que resolveu auxiliar a família. A pessoa, que não quis se identificar nem mesmo para ela, importou o carrinho especial da Alemanha. O equipamento – que custou mais de R$ 10 mil – demorou cerca de duas semanas para chegar. Agora, ela agradece ao ajudante misterioso e a todos os outros que a procuraram para realizar doações ou deixar mensagens para o Daniel.
“Eu recebi até uma moça de Agudos do Sul aqui em casa, que trouxe presentes para o meu filho. Ela também me deu dinheiro para comprar brinquedos para ele, mas eu tive que usá-lo para a medicação. Eu não imaginava que a história dele ia repercutir dessa maneira”, completou Cristina.
Daniel toma três tipos de remédio e um dos frascos precisa ser comprado a cada três dias. O dinheiro que ela recebeu de doações foi usado para suprir essa necessidade, e para comprar fraldas e outros produtos para o pequeno.
Tratamento
Para reduzir o tamanho do tumor e minimizar os sintomas, a criança fez, até agora, oito sessões de radioterapia – e tem mais 20 programadas. Segundo a mãe, um dos médicos que examinou Daniel chegou a dizer para a família que ele teria apenas um mês de vida.
“Mas ele está aqui, firme e forte, fazendo o tratamento. Eu acredito que o meu filho vai andar e falar de novo. Já até fiz a matrícula dele na escola, a diretora está esperando pelo meu pequeno”, concluiu.
O caso
Daniel luta contra um câncer no tronco cerebral, parte do corpo que liga a medula espinhal à parte superior do sistema nervoso e comanda atividades essenciais, como os batimentos cardíacos e a respiração.
Banda B contou a história dele em uma reportagem no dia 8 de janeiro. Desde então, muitas pessoas procuraram a família para ajudar o menino.

Motorista tenta estacionar carro, dá a ré e ‘sobe’ em poste no Pinheirinho


Por Marina Sequinel e Flávia Barros 
(Fotos: Everton Silva e Colaboração Banda B)

Uma cena inusitada chamou a atenção de quem passava pela Avenida Winston Churchill, no bairro Pinheirinho, em Curitiba, na tarde desta segunda-feira (1º). Um carro ficou “pendurado” em um poste, quase na esquina com a Rua Leon Nícolas.
“Ele foi dar a ré, veio de uma vez e subiu no poste. Felizmente, ninguém se machucou”, disse Cosme Antônio, que presenciou a situação, em entrevista à Banda B. O motorista do veículo contou que teria tido um problema no câmbio e, por isso, perdido o controle do automóvel.
“Por pouco ele não atingiu uma mulher e uma criança que estavam na rua”, relatou outra testemunha.
O trânsito ficou complicado na região, segundo testemunhas, principalmente devido ao grande número de ônibus que circula no local. Agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) atenderam a ocorrência.

Homem contratado por “Suzane von Richthofen do Paraná” é preso em Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Flávia Barros

O assassinato planejado por Suzane von Richthofen é um dos casos policiais de maior repercussão nacional. Era outubro de 2002 quando ela, em conjunto com o namorado, executaram o crime brutal dos pais de olho na herança. Doze anos depois, uma curitibana de 16 anos, novamente com a ajuda de um namorado, planeja a morte da mãe para ficar com um seguro avaliado em R$ 20 mil. Era dezembro de 2014 quando o segundo crime foi descoberto, mas foi nesta segunda-feira (1°) que o contratado para o crime no bairro Sítio Cercado finalmente foi encontrado e preso.
Leandro era procurado há 14 meses
Leandro era procurado há 14 meses
De acordo com o delegado Rinaldo Ivanike, do 10° Distrito, Leandro Rafael de Souza, agora com 21 anos, foi contratado por R$ 700 para a execução. “Temos quatro envolvidos no crime. Ele foi contratado por um amigo do namorado desta adolescente. Na época, investigada pela Delegacia de Homicídios, só restava a prisão dele, que veio a acontecer agora”, explicou.
Na época da resolução do crime, além da apreensão da adolescente, o namorado e o amigo dele também haviam sido presos. Já mãe aos 16 anos, a adolescente também brigava com a vítima pela guarda da filha. “Provavelmente pela imaturidade da adolescente, a mãe queria ficar com a neta. A mandante do crime disse que fez a coisa certa pela criança e não pareceu arrependida”, disse na ocasião o delegado Cristiano Quintas.
Quando cometeu o crime, Souza esperava receber R$ 1 mil, mas recebeu R$ 700 antes da descoberta.
Suzane Von Richthofen
Suzane continua presa pelo crime (Reprodução TV Record)
Suzane continua presa pelo crime (Reprodução TV Record)
Suzane Von Richthofen ficou conhecida nacionalmente após planejar a morte dos pais com o namorado, Daniel Cravinhos, em outubro de 2002. Ela foi condenada a 38 anos de prisão pelo crime e continua a cumprir pena em Tremembé (São Paulo). O namorado teve a ajuda do irmão. Os dois foram condenados e também cumprem pena em São Paulo.