Para líder do PT, gravação de Jucá "é mais grave do que a de Lula" e "confissão do golpe"


Paulo Rocha vai se reunir com senadores petistas e diz que partido vai exigir "coerência" com tratamento dado a ex-presidente e a Delcídio

RICARDO DELLA COLETTA
23/05/2016 - 12h49 - Atualizado 23/05/2016 12h57
O senador Paulo Rocha, líder do PT na Casa, afirmou a EXPRESSO que a gravação revelada nesta segunda-feira (23) pelo jornalFolha de S.Paulo, em que o ministro do Planejamento, Romero Jucá, defende, antes do impeachment de Dilma Rousseff, a mudança de governo para "estancar a sangria" causada pelaoperação Lava Jato, é uma "confissão do golpe". Para o petista, o áudio é "mais grave" do que os dois que envolveram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-senador Delcídio do Amaral e que indicaram tentativas de obstrução da Justiça. "O Lula não pôde ser ministro por conta de uma gravação e o Delcídio foi preso e cassado. Queremos coerência", disse Paulo Rocha.
Paulo Rocha (ao centro), líder do PT no Senado. Ao fundo, a senadora Gleisi Hoffmann (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Ele se reúne nesta tarde com senadores do PT que estão na Casa, entre eles Lindbergh Farias, Gleisi Hoffmann e José Pimentel, para definir a linha de atuação da bancada.

Prefeitura de Colombo Informa: Feriado de “Corpus Christi” e “Nossa Senhora do Caravaggio”, no dia 26 de maio


WEBMASTER 23 DE MAIO DE 2016
Em conformidade com o Decreto nº 035/2016, o dia 27 de maio, sexta-feira, fica considerado ponto facultativo nas repartições públicas do município. Terão atendimento normal as Unidades de Saúde 24 Horas, Maracanã e Osasco.
No dia 26 de maio celebra-se o Feriado de Corpus Christi e também feriado municipal, Dia de Nossa Senhora do Caravaggio, patrona dos produtores colombenses, conforme a Lei nº. 888, de 15 de Julho de 2004.
Serviço:
PA Maracanã
Rua São Pedro, 855 (Jd. Fátima)
Telefone: 41-3562.9828
PA Osasco
Rua Zacarias M. Meira, 505
Telefone: 41-3606.2477
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Colombo é destaque na fase regional dos Jogos Escolares do Paraná


WEBMASTER 23 DE MAIO DE 2016

Ao todo, os colégios do município conquistaram 16 equipes entre as três primeiras colocadas

Atletas da Escola Municipal Heitor Villa Lobos recebendo suas medalhas da prova dos 400m rasos
Atletas da Escola Municipal Heitor Villa Lobos recebendo suas medalhas da prova dos 400m rasos
Atletas da Escola Municipal Heitor Villa Lobos recebendo suas medalhas da prova do arremesso do peso.
Atletas da Escola Municipal Heitor Villa Lobos recebendo suas medalhas da prova do arremesso do peso.
Aconteceu na cidade de Rio Branco do Sul, entre os dias 13 e 18 de maio, a fase regional dos Jogos Escolares do Paraná. Depois de intensas disputas na fase municipal os colégios de Colombo representaram brilhantemente o município nas modalidades de atletismo, basquetebol, futsal, handebol, tênis de mesa, xadrez e voleibol, nas categorias “B”, para meninos e meninas com idade entre 12 e 14 anos e “A”, com idade entre 15 e 17 anos.
Ao todo, os colégios do município conquistaram 16 equipes entre as três primeiras colocadas. No basquetebol, masculino A, a equipe do Colégio Heráclito Fontoura Sobral Pinto ficou com a 3ª colocação. Já no futsal foram dois troféus, no feminino B, a equipe do colégio Genésio Moreschi conquistou o terceiro lugar na categoria feminino A e no feminino B o Colégio Guaraituba foi vice – campeão depois de uma acirrada competição.
Na modalidade de voleibol, modalidade que apresentou alto nível técnico, o Colégio Estadual Professor Plínio Alves Monteiro Tourinho conquistou três vices campeonatos, nas categorias feminino A e B e na categoria masculino A. No handebol foram conquistados mais dois vice – campeonatos. No masculino A, o Colégio João Ribeiro de Camargo, e no feminino A, com o Colégio Bento Munhoz da Rocha Neto.
Na modalidade de atletismo o destaque foi a Escola Municipal Heitor Villa Lobos, com 25 medalhas conquistadas na categoria ACD (atletas com deficiência). No masculino A, o Colégio Estadual Presidente Abraham Lincoln foi o campeão e também foi vice-campeão na categoria feminino A. No feminino B, foi a Escola Estadual Caminhos da Natureza que em sua primeira participação sagrou – se vice – campeã.
Outro grande destaque foi o xadrez. Na categoria feminino B foram dois colégios colombenses entre os primeiros colocados, com o Colégio Estadual João Gueno na segunda colocação e o Colégio Genésio Moreschi sendo terceiro colocado, colégio o qual também foi terceiro colocado no feminino A. Já no masculino A o Colégio João Gueno foi o grande Campeão, tendo como destaque o aluno Adilson Branco Junior, vice – campeão na modalidade rápido. Mesma colocação da atleta Tamara Portillo na modalidade rápido feminino B.
As equipes que obtiveram a primeira colocação estão classificadas para a fase macrorregional dos 63º Jogos Escolares do Paraná, que acontece entre os dias 15 e 19 de junho com sede ainda a definir.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: 
facebook.com/pmdecolombo
Foto: Divulgação Departamento de Esportes/ PMC

Atletismo colombense conquista 47 medalhas na fase regional do JEP’s


WEBMASTER 23 DE MAIO DE 2016

A modalidade de atletismo aconteceu na pista de atletismo do Colégio Estadual do Paraná, com mais de 400 atletas presentes e altíssimo nível técnico

Atletas da Escola Municipal Heitor Villa lobos recebendo duas medalhas da prova do arremesso do peso.
Atletas da Escola Municipal Heitor Villa lobos recebendo duas medalhas da prova do arremesso do peso.
Professores e atletas do município no podium da prova de arremesso do peso.
Professores e atletas do município no podium da prova de arremesso do peso.
O atletismo colombense foi destaque na fase regional dos 63º Jogos Escolares do Paraná, que aconteceu entre 13 e 18 de maio, tendo como anfitriã a cidade de Rio Branco do Sul. Com 47 medalhas conquistadas sendo 26 de ouro, 12 de prata e 09 de bronze. O grande destaque foi a Escola Municipal Heitor Villa Lobos, que conquistou 22 medalhas, sendo 18 de ouro no atletismo ACD (atletas com deficiência).
A modalidade de atletismo aconteceu no dia 18, na pista de atletismo do Colégio Estadual do Paraná, com mais de 400 atletas presentes e altíssimo nível técnico, contando com atletas campeões brasileiros e sul – americanos. No masculino o grande destaque foi o atleta Vitor Gabriel Motin, do Colégio Estadual Presidente Abraham Lincoln. O atleta que é o atual bi-campeão sul – americano escolar, sagrou-se campeão das provas de 100 metros rasos, seguido pelo atleta Alan Cristian Ramos da Silva, do mesmo colégio. E, Vitor ainda foi campeão da prova do arremesso do peso, sua especialidade, com podium totalmente colombense, com o segundo lugar do atleta Osmar Gielow Junior e Igor Fernado Vandelão na terceira posição, todos atletas do Colégio Presidente Abraham Lincoln.
No feminino o destaque foi a atleta Rosilaine Vitória da Silva que foi campeã da prova do salto em distância e da prova dos 200m rasos, prova esta que também teve podium totalmente colombense, com a segunda colocação da atleta Andressa Marchi Pinheiro, do Colégio Estadual Zumbi dos Palmares e a atleta Bruna Castro de Lima, do Colégio Heráclito.
Na categoria ACD , para atletas com deficiência o destaque foi o atleta Matheus Hornig da Cruz, da Escola Municipal Heitor Villa Lobos. O atleta que foi terceiro colocado nas Paralimpíadas escolares 2015, maior evento paradespotivo escolar do país, sagrou – se campeão das provas de 100m e 400m rasos F13, para atletas com deficiência visual.
“Vale ressaltar a importância do trabalho realizado pela Prefeitura de Colombo, em relação ao paradesporto no nosso município, através do Departamento de Esportes. No atletismo, por exemplo, temos atletas vice-campeões brasileiro, vice-campeões na paralímpiada escolar e vários atletas campeões nos Jogos Escolares do Paraná”, disse o Secretário de Esporte, Cultura, Lazer Juventude, José Mauri Henemann.
Os atletas são do município, das escolas municipais e estaduais e realizam atividades no CAEDAC (Centro de Atendimento Especializado em Deficiencia Auditiva e Visual) na Escola Municipal Heitor Villa Lobos.
“Já está comprovado que praticar esportes traz vários benefícios à saúde, tanto na parte física quanto mental. Sem contar também o aspecto social. Pois, proporciona a socialização entre as pessoas. E para aqueles com deficiência tudo isso é de extrema importância. Faz com que a pessoa não fique trancada em casa, desenvolvendo o sentimento de utilidade, por praticar uma atividade física e participar das competições.”, ressaltou o professor do Departamento de Esportes, José Vagner Tuchinski Leopodino,
Para o diretor de esportes, Paulo César Cardoso da Silva o atletismo tem se mostrado uma ótima ferramenta sócio esportiva em nosso município. “Tanto no regular, quanto para crianças com deficiência, pois a modalidade tem o poder de agregar os mais diversos biotipos, tendo grande aceitação entre os jovens colombenses”.
Colombo esteve representada na fase regional dos 63º Jogos Escolares do Paraná por 12 colégios na competição, sendo eles os colégios estaduais Presidente Abraham Lincoln, Altair da Silva Leme, Genésio Moreschi, Guaraituba, Heráclito Fontoura Sobral Pinto, João Gueno, Plinio Alves Monteiro Tourinho, Rui Barbosa, Zumbi dos Palmares, Escola Estadual Caminhos da Natureza, Escola Municipal Heitor Villa Lobos e Instituto Federal do Paraná – Campus Colombo.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Divulgação Departamento de Esportes/PMC

Ruas Arapongas, Campo Largo e Paranaguá serão asfaltadas no Guaraituba


WEBMASTER 23 DE MAIO DE 2016

Ordem de serviço foi assinada na presença dos moradores das três vias do bairro Guaraituba

Moradores das ruas Arapongas, Campo Largo e Paranaguá participaram da assinatura da ordem de serviço para pavimentação
Moradores das ruas Arapongas, Campo Largo e Paranaguá participaram da assinatura da ordem de serviço para pavimentação
Prefeita Beti Pavin autoriza o início das obras do asfalto em três ruas da região do bairro Guaraituba
Prefeita Beti Pavin autoriza o início das obras do asfalto em três ruas da região do bairro Guaraituba
A Prefeita Beti Pavin autorizou na presença dos moradores do Guaraituba o início das obras de pavimentação asfáltica nas ruas Arapongas, Campo Largo e Paranaguá. No total, serão pavimentados 3.215,77 metros de vias públicas e o valor do investimento será de R$ 3.951.057,77.
Na ocasião, a Prefeita Beti Pavin destacou os investimentos realizados na região do grande Guaraituba. “O Guaraituba precisa de obras grandes, estruturantes devido ao seu expressivo crescimento nos últimos anos, e por isso, estamos priorizando as vias mais movimentas e de ligação”, explicou a Prefeita.
Beti Pavin disse também que estas obras contarão com financiamentos do programa BRDE Municípios (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul). “Em função da obtenção destes recursos vamos poder executar estas obras antes do previsto. Desta forma todos ganham, os moradores e o município”, comemora.
Ruas
Entre as ruas que vão receber o novo asfalto estão: a Rua Campo Largo que conta com uma extensão de 1.375,72 metros. A obra será realizada entre os trechos: Rua Bom Sucesso e a Rua Lago Tumiri. Ao total, serão investidos R$1.512.450,14 .
Na Rua Arapongas serão 1.032,38 metros de pavimentação no trecho entre as Ruas Campo do Tenente e a Paranaguá. Já o valor do investimento da obra será de R$ 1.390.342,06
A Rua Paranaguá também contará com asfalto novo, serão 807,67 metros de extensão – trecho entre a Rua Astorga e a Rua Formosa do Oeste.  O investimento será de R$ 1.048.265,57. Vale lembrar que o prazo para a execução das obras será de 210 dias a partir do 10º dia da data da assinatura do contrato.
Estavam presentes a Prefeita Beti Pavin; o secretário de Governo, Luiz Gilberto Pavin; o representante da empresa que irá executar os serviços, o engenheiro Fabiano de Andrade da Autovia Construtora; os vereadores Nivaldo JNP e Gilgera, lideranças locais e os moradores das três ruas.
 DSC_1643 DSC_1676 DSC_1680 DSC_1682 DSC_1683 DSC_1685 DSC_1689 DSC_1696 DSC_1698 DSC_1700 DSC_1701 DSC_1702 DSC_1704 DSC_1705 DSC_1706
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolomboFoto: Marcio Fausto/PMC

Edital de Divulgação Sessão Ordinária 24/05/2016 da Câmara Municipal de Colombo



 O Presidente da Câmara Municipal de Colombo, no uso de suas atribuições legais, divulga a pauta da Sessão Ordinária a ser realizada no dia 24/05/2016 às 16 hora

 Projeto de Lei do Legislativo N°: 778 Ano: 2016 Autor: Anderson F. da Silva Assunto Institui o Dia das Educadoras e dos Educadores Sociais, a ser comemorado anualmente em 19 de setembro.

 Situação: Divulgar Projeto de Lei do Legislativo N°: 779 Ano: 2016 Autor: Anderson F. da Silva Assunto Disciplina o § 1º e § 2º do Art. 104 da lei 1348/14, que institui o Regime Jurídico Único e dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos da Administração Direta e Indireta do Município de Colombo, conforme especifica, dispondo sobre medidas de apoio aos servidores públicos municipais responsáveis por pessoas com deficiência e dá outras providências.

 Situação: Divulgar Indicação N°: 262 Autor: João Marcos Berlesi Destinatário: Secretaria Municipal de Obras e Viação Assunto: Viabilizar junto ao departamento competente, para que o mesmo, designe equipe para fazer patrolagem com ensaibramento nas seguintes ruas: - Mário Quintana/ Vila Luiz Baron - Renato Soares de Almeida/ Jardim Santa Rita – Canguiri - Manoel Soares de Almeida/ Jardim Santa Rita – Canguiri - Ana Haro Pucci/ Jardim Santa Rita – Canguiri - Ricardo Canestraro/ Jardim Panorama – Canguiri - Alípio de Mello Falavinha/ Jardim Panorama - Canguiri

 Indicação N°: 263 Autor: João Marcos Berlesi Destinatário: Secretaria Municipal de Urbanismo Assunto: Viabilizar junto ao departamento competente, para que o mesmo, confeccione e providencie a colocação de novas placas indicativas com o nome da rua, cep e bairro, nos seguintes cruzamentos das ruas (todas no bairro Jardim Rincão/ Vila Maria Ignácia/Canguiri): - Presidente Juscelino Kubitschek - Presidente Café Filho - Presidente Castelo Branco - Pedro Zanetti - Presidente Gaspar Dutra - Presidente Artur Bernardes - Travessa Dalprá - Vitorino Fracaro

 Indicação N°: 264 Autor: João Marcos Berlesi Destinatário: Secretaria Municipal de Urbanismo Assunto: Viabilizar junto ao departamento competente, para que o mesmo, confeccione e providencie a colocação de novas placas indicativas com o nome da rua, cep e bairro, nos seguintes cruzamentos das ruas (todas no bairro Jardim Palmares/ Canguiri): - Fiorino - Cinco de Fevereiro - João Reinaldo Zanon - Alzenir Toldo - Sete de Setembro - Dezenove de Novembro - Primeiro de Janeiro - Antônio Todeschini - Arno Henneng

Indicação N°: 265 Autor: João Marcos Berlesi Destinatário: Secretaria Municipal de Urbanismo Assunto: Viabilizar junto ao departamento competente, para que o mesmo, confeccione e providencie a colocação de novas placas indicativas com o nome da rua, cep e bairro, nos seguintes cruzamentos das ruas (todas no bairro Jardim Santa Rita/ Canguiri): - Paulo de Andrade - Florindo Berlesi - Ana Haro Pucci - Manuel Sores de Almeida - Renato Soares de Almeida - Luiz Berlesi - Maria Dalprá Berlesi

 Indicação N°: 266 Autor: João Marcos Berlesi Destinatário: Secretaria Municipal de Urbanismo Assunto: Viabilizar junto ao departamento competente, para que o mesmo, confeccione e providencie a colocação de novas placas indicativas com o nome da rua, cep e bairro, nos seguintes cruzamentos das ruas (todas no bairro Jardim Panorama/ Canguiri): - Tanagildo Berlesi - Alípio de Mello Falavinha - João Manika - João Candico Ceccon - Ricardo Canestraro - Rua Santa Catarina - Rua Santa Clara - Rua Santa Rita - Luíza Furlan Berlesi - Aguenelo Berlesi

Tribuna Livre: Rita Straiotto. Assunto: A Arte Plástica no Município de Colombo

 Colombo, 23 de maio de 2016.

 WALDIRLEI BUENO DE OLIVEIRA

 Presidente

Jucá fala em 'licença', mas será exonerado amanhã no Diário Oficial


Ministro do Planejamento foi flagrado em gravação na qual defende impeachment para 'estancar sangria' da Lava Jato

RICARDO DELLA COLETTA E MURILO RAMOS
23/05/2016 - 20h09 - Atualizado 23/05/2016 20h09
Romero Jucá em entrevista coletiva nesta segunda-feira. Mais tarde, o senador anunciou que estava licenciando do cargo de ministro do Planejamento (Foto: Antonio Cruz/ABr)O ministro do Planejamento, Romero Jucá, que deixa o cargo e retorna nesta terça-feira ao Senado (Foto: Antonio Cruz/ ABr)
Apesar de ter afirmado em um primeiro momento que se licenciaria do ministério do Planejamento, Romero Jucá será exonerado amanhã, a pedido, do comando da pasta.
Hoje, o jornal Folha de S.Paulo publicou trechos de uma conversa de Jucá com o ex-presidente da Transpetro, Sergio Machado, na qual o peemedebista diz que o impeachment de Dilma é necessário para "estancar a sangria" causada pela operação Lava Jato. A revelação do áudio - gravado semanas antes de a Câmara autorizar o Senado a prosseguir com o pedido de impeachment - tornou a permanência de Jucá na Esplanada insustentável.
Falar em "licença" foi uma forma encontrada por ele e pelo presidente interino de suavizar seu afastamento do posto. Na prática, ele só pode reassumir seu mandato no Senado, como pretende fazer, se for exeonerado do ministério.

Jucá pede à PGR íntegra de gravações e pergunta se há investigação+


Em conversas gravadas, ministro sugere 'pacto' para barrar Lava Jato.
Ele pediu afastamento do cargo até esclarecimento sobre gravações.

Renan RamalhoDo G1, em Brasília
A defesa do ministro do Planejamento, Romero Jucá, pediu formalmente nesta segunda-feira (23) ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a íntegra das gravações de conversas que manteve com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.
No mesmo documento, o ministro – que anunciou nesta segunda-feira o afastamento do cargo – perguntou se foi determinada a abertura de investigação sobre o caso.
Diálogos entre Jucá e Machado foram divulgados nesta segunda pelo jornal "Folha de S.Paulo". De acordo com a reportagem, Jucá sugeriu na conversa que uma "mudança" no governo federal resultaria em um pacto para "estancar a sangria" representada pela Operação Lava Jato.
Segundo o jornal, os diálogos estão em poder da Procuradoria Geral da República (PGR), têm uma hora e 15 minutos de duração e foram gravados em março, semanas antes da votação na Câmara que autorizou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Segundo a assessoria da Procuradoria Geral da República, o Ministério Público não presta informações sobre uma investigação em curso, mas somente sobre o andamento processual do caso. O objetivo é preservar as próprias investigações. No caso de Jucá, porém, a PGR ainda deverá analisar o pedido para depois se manifestar.
No final da tarde desta segunda, Jucá anunciou que vai se licenciar do ministério a partir desta terça. Embora tenha anunciado "licença", ele afirmou que "tecnicamente" vai pedir exoneração porque voltará a exercer o mandato de senador pelo PMDB-RR.
saiba mais

No anúncio, ele informou que enviaria pedido ao Ministério Público, questionando se ele teria cometdio algum tipo de crime nas conversas gravadas com Sérgio Machado.
Segundo ele, até que o Ministério Público apresente um parecer, ele permanecerá afastado e recomendará que, durante a "licença", o secretário-executivo Dyogo Oliveira responda pelo Ministério do Planejamento.
À noite, o presidente em exercício, Michel Temer, afirmou em nota que Jucá “continuará, neste período [de afastamento], auxiliando o Governo Federal no Congresso de forma decisiva, com sua imensa capacidade política".

Comissão do impeachment adia reunião



A primeira reunião da comissão do impeachment de Dilma Rousseff no Senado após o afastamento da petista foi remarcada para quarta-feira, às 11h.
A sessão estava prevista para amanhã, nesse mesmo horário, mas foi sobreposta pela votação, em plenário, da nova meta fiscal.

Temer confirma saída de Jucá



Nota de Michel Temerdivulgada há pouco pelo Palácio do Planalto:
"O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Romero Jucá, solicitou hoje afastamento de seu cargo, até que sejam esclarecidas as informações divulgadas pela imprensa. Registro o trabalho competente e a dedicação do ministro Jucá no correto diagnóstico de nossa crise financeira e na excepcional formulação de medidas a serem apresentadas, brevemente, para a correção do déficit fiscal e da retomada do crescimento da economia. Conto que Jucá continuará, neste período, auxiliando o Governo Federal no Congresso de forma decisiva, com sua imensa capacidade política."
A licença de Jucá deve ser publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União

Lava Jato não foi e não será barrada por ninguém, diz Polícia Federal


Igor Romário de Paula, chefe da Delegacia de Combate ao Crime Organizado de Curitiba(Ivan Pacheco/VEJA)
Delegados da Polícia Federal que atuam na Operação Lava Jato reagiram nesta segunda-feira aos indicativos de que o ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB), estaria em busca de um "pacto" para paralisar as investigações e afirmaram que a apuração sobre o propinoduto bilionário instalado na Petrobras continuará independentemente da vontade de agentes políticos e da recente ascensão de Michel Temer ao poder.
Reportagem do jornal Folha de S. Paulo desta segunda-feira revelou diálogo gravado com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado em que Romero Jucá sugere que uma possível mudança no governo federal resultaria em um pacto para "estancar a sangria" feita pela Operação Lava Jato, que investiga ambos. A conversa aconteceu em março, semanas antes da votação pelo impeachment de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados.
"É preciso tomar cuidado para que a Operação Lava Jato não seja envolvida em um jogo político que não faz parte da atividade policial. Se houver indícios [de tentativa de paralisar as investigações], vão ser apurados no foro adequado. Vamos ter que aguardar para ver se é necessário [tomar] alguma medida aqui [no Paraná, onde tramitam processos de investigados sem foro]. Mas está mais do que claro que a Lava Jato não foi e não será barrada por qualquer pessoa no país", disse o delegado Igor Romário de Paula, um dos coordenadores da Lava Jato.
"Diante do eventual receio de que a gente possa ser prejudicado com eventual intenção do ministro do Planejamento, o que a gente tem notado é que a Lava Jato atingiu um patamar republicano no Brasil e que a Polícia Federal, ao lado do Ministério Público Federal e da Receita Federal, não sofre influências políticas", completou o delegado Luciano Flores, responsável pela 29ª fase da Lava Jato, deflagrada na manhã de hoje. "Não bastam intenções ou declarações de qualquer governo que seja. A Lava Jato está baseada em indícios e provas contundentes, permitindo que o Ministério Público Federal faça denúncias baseadas em fatos concretos e que o Poder Judiciário possa condenar quem tiver de ser condenado e absolver quem tiver de ser absolvido", declarou.
Publicidade
Segundo Flores, o apoio popular às investigações sobre o escândalo do petrolão é fator crucial para que a Lava Jato possa continuar em atividade, investigando os mais diversos suspeitos. "Ter apoio popular (...) dá legitimidade para as instituições como a Polícia Federal e o Ministério Público Federal serem cada vez mais fortes e terem uma autonomia necessária para continuar investigando de maneira imparcial", disse. "Dada a imparcialidade, o fato de os investigadores não terem partidos, de a Polícia Federal não trabalhar para qualquer partido, não damos chance para sofrer esse tipo de influência política".

Por que a nova fase da Lava Jato mira elo perdido do petrolão e do mensalão


João Cláudio Genu, ex-tesoureiro do PP, e sócio foram presos em Brasília na 29ª fase da Lava Jato

DANIEL HAIDAR
23/05/2016 - 08h55 - Atualizado 23/05/2016 11h51
João Carlos Genu, ex-tesoureiro do PP, é alvo de nova fase da Lava Jato (Foto: Sérgio Lima / Folhapress)
A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira João Cláudio Genu, ex-tesoureiro do PP, na Operação Repescagem, a 29ª fase da Lava Jato. O nome desta etapa é uma referência a Genu, considerado um dos elos entre o petrolão e do mensalão. Genu foi réu no mensalão por ter recebido R$ 1,1 milhão de propina, mas foi absolvido pelo crime de lavagem de dinheiro e foi beneficiado pela prescrição do crime de corrupção.
Genu foi assessor do ex-deputado federal José Janene (PP), morto em 2010, e teve um papel essencial nos dois esquemas montados durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da silva.  Era Genu quem organizava parte dos pagamentos do doleiro Alberto Youssef para a turma do PP e ajudava o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, mesmo após a saída deste da Petrobras.
O ex-tesoureiro do PP foi preso em Brasília, alvo de um mandado de prisão preventiva. Lá os policiais também prenderam, por mandado de prisão temporária, Lúcio Amorim, que foi sócio de Genu e recebia propina para ele. O terceiro alvo da operação é o empresário Humberto do Amaral Carrilho, que foi procurado pela polícia em Recife, mas não foi encontrado. Humberto está no exterior e sua defesa fez um acordo para que ele se entregue em breve. Ele pagou propina a Paulo Roberto Costa e ajudou Genu a movimentar recursos no exterior, de acordo com as investigações. Os policiais também cumpriram três mandados de busca e apreensão em Brasília, Rio de Janeiro e Recife.
A atuação de Genu foi desvendada ainda no começo da Operação Lava Jato. Os policiais acharam um e-mail dele enviado ao doleiro Youssef, em que ele adotava um tom ameaçador ao reclamar da falta de recebimento de propina que julgava ter direito. Em fevereiro de 2013, disse Genu no e-mail: "O que está acontecendo? Não tenho tido sucesso nas coisas que você trata comigo. Não entendo muito bem porque sempre procurei te respeitar e considerar. Ainda quando o finado [referência a Janene, segundo a Polícia Federal] estava entre nós, a forma de aproximação era grande, o agrado era de todo jeito, se falava em amizade e tudo mais".
Não foi o único rastro de Genu nos crimes investigados na Operação Lava Jato. Eram dele as anotações encontradas com Costa em que eram detalhadas doações para o senador Lindbergh Farias (PT) na campanha de 2014. Com uma caligrafia inconfundível, Genu desenhou uma tabela, listou cada doador e a situação da cobrança.

Jovens curitibanos morrem em capotamento de carro na BR-277


Do Portal A Rede


Dois jovens curitibanos morreram no início da manhã de domingo (22) em um grave acidente na rodovia BR-277 em Palmeira, na região dos Campos Gerais do Paraná. O veículo com cinco pessoas saiu da pista e capotou no acostamento, por volta das 7h15, no KM 205 da rodovia. Outras duas pessoas tiveram levemente feridas e um quinto ocupante saiu ileso.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Volkswagen Polo, com placas de Pato Branco (PR), trafegava no sentido Curitiba-Guarapuava, quando o motorista perdeu o controle do veículo e saiu da pista, capotando na sequência.
O condutor sofreu ferimentos leves e foi atendido por socorristas da concessionária Caminhos do Paraná, que administra o trecho da rodovia. Ele foi levado para a Santa Casa de Irati, sem riscos. Um passageiro do veículo também se feriu levemente e foi encaminhado para a Santa Casa do mesmo município.
Eduardo Alves dos Santos e Alvaro Borges Neto, ambos de 18 anos, foram as vítiams fatais do acidente.