'Foi feita a vontade dele', diz mãe que doou órgãos do filho para transplante


Jovem vítima de acidente foi sepultado em Presidente Prudente.
Família aguarda as investigações sobre o caso e espera 'justiça'.

Heloise HamadaDo G1 Presidente Prudente
Sepultamento do adolescente foi realizado no Cemitério São João Batista, em Presidente Prudente (Foto: Heloise Hamada/G1)Sepultamento do adolescente foi realizado no Cemitério São João Batista, em Presidente Prudente (Foto: Heloise Hamada/G1)
Foi sepultado em Presidente Prudente na tarde desta quarta-feira (13) o corpo do adolescente Marcos Rodrigo Ramaro de Carvalho, de 14 anos, que morreu vítima de acidente de trânsito no fim de semana, em Álvares Machado. Nesta terça-feira (12), os órgãos do garoto foram doados para transplante.
saiba mais

Quem autorizou a captação dos órgãos foi sua mãe, Maria José dos Santos Ramaro. Ainda muito abalada, ela disse ao G1 que está “perdida”. Além do filho adolescente, ela ainda perdeu no acidente o marido e a filha.
“Sinceramente, eu nem sei o que falar, estou perdida. Os três eram a minha família, e tem meu netinho, que está internado. A doação de órgãos era o que ele já conversava em família, foi feita a vontade dele”, afirmou.
A estudante Adria Cristina da Silva Ramaro, de 15 anos, prima de Marcos Rodrigo, também comentou sobre a doação. “Ele sempre comentava que queria ser doador, foi o último grande gesto dele. Nós crescemos juntos e vou lembrar de tudo o que passamos. Só vão restar essas lembranças”, relatou a garota ao G1.
Jovem foi a terceira vítima falta do acidente (Foto: Heloise Hamada/G1)Jovem foi a terceira vítima fatal do acidente
(Foto: Heloise Hamada/G1)
No túmulo da família, ainda estavam as coroas de flores em homenagem ao pai e à irmã de Marcos Rodrigo, que também morreram no acidente. Com aplausos e orações, o corpo de jovem foi sepultado no Cemitério Municipal São João Batista.
Agora, a auxiliar de produção Jéssica Maiara dos Santos Ramaro, irmã de Maria José, aguarda as investigações da polícia sobre o acidente. “Está sendo difícil. Minha irmã só tinha eles e agora vai ficar com quem?”, questionou.
“A gente espera que seja feita a justiça, porque é difícil”, enfatizou.
Captação dos órgãos foi realizada no Hospital Regional de Presidente Prudente (Foto: David de Tarso/TV Fronteira)Captação dos órgãos foi realizada no Hospital
Regional de Presidente Prudente
(Foto: David de Tarso/TV Fronteira)
A tia de Marcos Rodrigo também ressaltou a importância da doação dos órgãos do jovem para transplante. “O que conforta é que tem um pedacinho dele vivo por aí, fazendo pessoas felizes, ajudando as pessoas. Isso é o que conforta”, finalizou.
A doação
Nesta terça-feira (12), foram captados o coração, os pulmões, os rins e o fígado do adolescente. O procedimento no Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente levou cerca de quatro horas e foi realizado por quatro equipes médicas.
Colisão
O acidente foi registrado na noite do último sábado (9), na Rodovia Júlio Budiski (SP-501), em Álvares Machado. A batida foi entre uma caminhonete GM A20, com placas de Santana de Parnaíba (SP), e um VW Parati, de Álvares Machado, e, na ocasião, deixou duas pessoas mortas e três gravemente feridas.
Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, o VW Parati seguia no sentido Alfredo Marcondes-Presidente Prudente e a caminhonete transitava na pista contrária, quando se chocaram, por motivos a serem esclarecidos pela perícia, por volta das 22h, no km 17,5 da rodovia.
Colisão frontal foi neste sábado (9), na Rodovia Júlio Budiski, em Álavres Machado (Foto: Valmir Custódio/G1)Colisão frontal foi no último sábado (9), na Rodovia
Júlio Budiski, em Álavres Machado
(Foto: Valmir Custódio/G1)
O VW Parati era ocupado por quatro moradores do Parque dos Pinheiros, em Álvares Machado. O condutor, de 40 anos, e uma passageira, de 19 anos, morreram no local. Eles eram pai e filha. Também estavam no carro o adolescente e a criança de nove meses.
Conforme a Polícia Rodoviária, a caminhonete era conduzida por uma mulher de 29 anos, moradora de Alfredo Marcondes, que foi encaminhada, também em estado grave, ao HR. A motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro.
O bebê de nove meses e a mulher de 29 anos continuam internados nesta quarta-feira (13) no Hospital Regional. Conforme a instituição, os dois estão “fora de risco”. A criança está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica e a paciente, na enfermaria.

URGENTE: MAIA É O NOVO PRESIDENTE DA CÂMARA




Com 285 votos, Rodrigo Maia acaba de ser eleito o novo presidente da Câmara para o mandato tampão até fevereiro. Ele acumulará a função de "vice" de Michel Temer, assumindo a presidência da República na ausência do peemedebista.
Rogério Rosso obteve 170 votos.
O quórum foi de 460 deputados.

URGENTE: MAIA E ROSSO NO SEGUNDO TURNO

Rodrigo Maia e Rogério Rosso vão disputar o comando da Câmara em segundo turno. Maia obteve 120 votos, enquanto Rosso reuniu 106 votos.
Marcelo Castro ficou com 70 votos. É uma derrota fragorosa para Lula.

Elias Glaucio diz que Waldirlei Bueno é o vice ideal para Beti Pavin


waldirlei-bueno-pautas
Quando se lançou na politica e disputou sua primeira eleição em 1996 , Waldirlei Bueno de Oliveira , então no PSB surpreendeu ao fazer uma votação bastante expressiva . Apesar da derrota o jovem professor assumiu a chefia de gabinete da Prefeita Beti Pavin , e a partir dali sua carreira deslanchou , hoje está no seu auge, coisa que deveria ter acontecido há muito tempo , caso não fosse Waldirlei Bueno um dos aliados mais fiéis de Beti Pavin , na minha modesta opinião ,  ouso dizer que é o mais leal, o conheço desde dos seus tempos de professor da Escola do Jardim das Flores , bem como sua família.
waldirlei bueno vice prefeitoPor essa fidelidade e lealdade  à prefeita , Waldirlei pagou um preço muto alto: suportou oito anos praticamente sozinho fazendo oposição ao rolo compressor de Jota Camargo na Câmara , e era a única voz firme  à denunciar o que acontecia de errado na administração Jotista. Pelé o outro amigo e correligionário de Beti Pavin , não chegou a tanto , deixava para o professor Waldirlei a missão de ser a voz solitária da oposição.
Por sua fidelidade e capacidade de articulação , bem como sua experiência á frente de muitos movimentos na politica colombense , Waldirlei Bueno já poderia ter saido candidato a prefeito e 2008 , ideia que sequer aventou , uma vez que Beti Pavin era deputada e a preferida de todos para enfrentar Jota Camargo , que tentava a reeleição.
Muito se fala que Beti não queria deixar a Assembléia e voltar á ser prefeita , porém , , a falta de unidade entre alguns de seus apoiadores , e uma certa autofagia dessas mariposas , que vivem de rodear a lâmpada e não tem luz própria , impediu que naquele momento que o professor Waldirlei almejasse  uma candidatura majoritária. .Beti Pavin perdeu a eleição municipal , graças muito a bola nas costas que levou do ex-prefeito Edson Strapasson , um competente administrador , mas um politico medíocre , que sempre foi eleito graças ao grupo de Beti e do carisma da mesma , sem contar que sempre teve o apoio da máquina , e sem ela não seria chefe de condomínio de  qualquer edifício em que estão localizados alguns de seus apartamentos.
Quando Beti ganhou a eleição de 2012 e ainda estava na briga para assumir , esperando o julgamento do Pleno do  STF , mais uma vez Waldirlei Bueno lançou mão de disputar a presidência da Câmara e  teve de pensar no grupo e entregar a preferência para Pelé , que se elegeu e devido a impossibilidade da tucana assumir , tornou-se prefeito interino de Colombo. Em fevereiro de 2013 , Beti conseguiu tomar posse , e Pelé ficou dois anos na presidência.
Finalmente em 2015 , o professor Waldirlei Bueno , após muito embate e mais uma vez com muito figurante querendo impedir , conseguiu ser o escolhido de Beti para ser o novo presidente do legislativo.
Nesses quase dois anos de gestão , Waldirlei realizou várias ações positivas na Casa , uma delas foi a implantação do Concurso para admissão de assessores de vereadores e para a as funções técnicas da Câmara , o último havia ocorrido há mais de 28 anos atrás e realizou outras inovações.
Agora com a intenção de não tentar um novo mandato e abrir espaço para Hélio Baggio , seu assessor , o professor Waldirlei tem seu nome cogitado para ser vice de Beti Pavin nesta eleição , deve disputar a vaga com Sérgio Pinheiro , Angelo Betinardi , Strapassson e possivelmente com Nivaldo JNP  , se esse não desistir da politica.
Sendo essa a última eleição para a prefeitura de Beti Pavin , e sabedor de seu modo de fazer politica , a tucana não terá outra solução a não ser optar por Waldirlei Bueno , que é único que tem um perfil politico-administrativo que se encaixa na maneira dela ver e pensar a politica a longo prazo. Pela fidelidade e lealdade de Waldirlei junto ao grupo , ele não irá jamais trair o núcleo duro de Pavin , e também por ser o remanescente de toda história de Beti Pavin na politica de Colombo. Ao contrário de Ademir Goulart , o atual vice , Waldirlei jamais aceitaria ter  um cargo  decorativo e ser um vice inerte ,  sua capacidade é bem mais elevada para ocupar o co posto , e  poderá substituir a prefeita a qualquer momento , coisa que nem Ademir ou qualquer outro nome aqui colocado pode fazer.
Em tempo: Eu não sou mais amigo de Waldirlei , e nem de muitos politicos de Colombo . Mas ainda analiso politica com isenção. Essa é para a patrulha de plantão e para os canalhas da oposição e da situação que vivem de patrulhamento ideológico e gostam de uma censura.
elias glauco

Abin minimiza terrorismo no Rio. Preocupação, porém, é altíssima

A 23 dias do início dos Jogos Olímpicos no Rio, o governo brasileiro concentra esforços para, publicamente, minimizar os riscos de atentados terroristas no país. A medida é parte de uma operação de redução de danos coordenada pelo Palácio do Planalto e tem por objetivo evitar que a propagação de informações sobre riscos de ocorrência de atos extremos possa desestimular turistas e até atletas que se preparam para viajar ao país. “Não é momento de tratarmos disso publicamente, sob pena de contribuirmos para prejudicar os Jogos que estamos sediando”, disse a VEJA uma alta autoridade encarregada de coordenar os preparativos na área de segurança.
A estratégia foi combinada há pouco mais de um mês, em reunião no Palácio do Planalto que contou com a presença do presidente em exercício, Michel Temer, e dos ministros incumbidos de tratar do assunto. Nesta quarta-feira, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República apresentou a jornalistas o Centro Nacional de Inteligência – uma sala de pouco mais de 200 metros quadrados instalada na sede da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), em Brasília. É a partir desse centro que agentes do serviço secreto brasileiro e de países estrangeiros vão monitorar e trocar informações sobre eventuais ameaças terroristas durante o evento.
“Não achamos nenhum dado que nos faça deixar a população preocupada com a probabilidade (de atentados)”, declarou o ministro-chefe do GSI, general Sergio Etchegoyen. O  discurso oficial é cuidadosamente calculado, até porque descartar a existência de riscos pode representar um problema: se algo ocorrer, como explicar depois que as ameaças haviam sido negligenciadas? A alternativa está no meio do caminho: dizer que todas as medidas de prevenção estão sendo adotadas. “Estamos hoje garantidos pelas melhores práticas, pelos procedimentos que têm dado certo no mundo inteiro”, disse o general. “Todos os riscos são considerados, independentemente da probabilidade.”

Se em público o discurso é tranquilizador, internamente a preocupação é grande. Neste momento, as autoridades se esforçam para localizar pelo menos dois suspeitos de ligação com organizações extremistas que entraram clandestinamente no país. Um deles é o sírio Jihad Ahmad Deyab, ex-prisioneiro de Guantânamo que vivia no Uruguai e que, segundo autoridades que acompanham o caso, atravessou a fronteira para o Brasil. “Há várias operações em andamento neste momento em várias partes do país”, diz um oficial. Há três semanas, VEJA revelou um relatório reservado em que a própria Abin estipula em 4, numa escala de 1 a 5, o nível de ameaça terrorista ao Brasil durante os Jogos Olímpicos do Rio.

Nesta quarta-feira, veio a público na França o teor de uma investigação conduzida pelo serviço secreto do país segundo a qual o Estado Islâmico (EI)  estaria planejando um ataque contra a delegação francesa no Rio – o atentado seria perpetrado por um combatente brasileiro do EI. Indagado sobre o assunto, o diretor-geral da Abin, Wilson Trezza, disse que a inteligência brasileira não recebeu qualquer informação da França acerca do assunto. Na mesma entrevista, como parte da estratégia de minimizar os riscos, Trezza afirmou que a Abin não classifica numericamente o nível de risco de atentados nos Jogos.  Confrontado com o relatório revelado por VEJA em que a própria agência classifica como a ameaça como 4  (algo “sem precedentes” no país, de acordo com o documento), ele acabou desmentido por um subordinado, diante de mais de uma dezena de jornalistas.

Pastor preso por abuso de enteado de cinco anos diz que acusação é ‘plano de Satanás’; vídeo



Da Redação

O pastor Felipe Heiderich, de 35 anos, decidiu falar, pela primeira vez, sobre a acusação de abuso sexual contra o enteado de cinco anos, filho da também pastora Bianca Toledo. O evangélico divulgou, nesta quarta-feira (13), um vídeo onde se diz inocente e afirma que tudo não passa de uma grande mentira, de um “plano de Satanás”.
Após a acusação, Felipe permaneceu preso por cinco dias e, por isso, está de cabeça raspada nas gravações. “Eu sempre achei que todo mundo era inocente até que se provasse o contrário. Mas, o que eu vivi nesses últimos dias, é que todos são culpados até que se prove o contrário. Assim como vocês, eu fiquei em choque com tudo o que foi dito a meu respeito e todas as acusações. Até dia 12, eu estava em família, feliz, ministrando na igreja, com uma criança que eu amei, que eu mais amei nessa vida, que eu ajudei a criar com a minha esposa. No dia 14, eu sou comunicado por ela de que ela tinha descoberto que eu era homossexual e pedófilo. Ela pegou, saiu de casa com meu filho e ali começaram os piores dias da minha vida”, declarou no vídeo.
Depois da atitude de Bianca, ele conta que pegou um vidro do calmante Rivotril, que estava pela metade, e tomou um pouco. Felipe diz que não fez isso para se matar, mas porque “queria dormir”. “Eu queria dormir, por achar que aquilo era algo da minha mente, um equívoco qualquer. Eu lembro que virei para minha esposa e perguntei se ela não ia me dar a opção da dúvida, se ela não ia querer ouvir que aquilo era uma das maiores mentiras possíveis, pode ser um plano de Satanás. Eu fui acusado, julgado, maltratado”, acrescenta.
Segundo a polícia, o pastor deixou a penitenciária na madrugada do último domingo (10), sem tornozeleira eletrônica. A Justiça do Rio de Janeiro concedeu a liberdade a ele, mas a determinação não pôde ser cumprida porque o estado está sem o equipamento. Mesmo assim, ele deixou a prisão sem a tornozeleira.
Assista ao vídeo abaixo:






Chacina deixa homem e 4 parentes que tentaram socorro mortos, diz PM


Crimes ocorreram no município de Barreiras, no oeste do estado. 
Polícia detalha que alvo era familiar das vítimas, que não foi localizado.

Do G1 BA
Homem foi morto dentro de táxi e parentes assassinados ao tentar socorrer (Foto: Jadiel Luiz / Blog Sigivilares)Homem foi morto dentro de táxi e parentes assassinados ao tentar socorrer (Foto: Jadiel Luiz / Blog Sigivilares)
Cinco pessoas de uma mesma família foram mortas a tiros na manhã desta quarta-feira (13), no município de Barreiras, no oeste da Bahia, segundo informações da Polícia Militar. A chacina ocorreu no bairro Juscelino Kubitschek, por volta das 11h.
Conforme a major da 83ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Barreiras), Fábio Cruz, informações preliminares apontam que uma das vítimas foi confundida com o irmão, que seria traficante, e foi morta a tiros dentro de um táxi.
Após saberem do crime, o major detalha que quatro parentes foram ao local com intuito de socorrer o homem baleado, mas acabaram sendo surpreendidos pelos bandidos e também mortos a tiros.
A PM afirma que os homicídios foram cometidos por traficantes rivais ao homem apontado como o alvo do atentado. Ele não foi localizado. O G1 tentou contato com a delegacia local, mas não obteve informações sobre o caso até a publicação desta reportagem.
Cinco são mortos em atentado em Barreiras, no oeste da Bahia (Foto: Jadiel Luiz / Blog Sigivilares)Cinco são mortos em atentado em Barreiras, no oeste da Bahia (Foto: Jadiel Luiz / Blog Sigivilares)

MPF quer que Lula se manifeste sobre bens apreendidos em cofre


Procuradores enviaram pedido para que Sérgio Moro intime o ex-presidente.
Petição quer que Lula indique data e situação em que ganhou cada item.

Fernando CastroDo G1 PR
Lula falou aos jornalistas em uma coletiva de imprensa (Foto: Joalline Nascimento/G1)MPF quer que Lula dê explicações sobre itens em cofre de banco (Foto: Joalline Nascimento/G1)
O Ministério Público Federal (MPF) pediu ao juiz Sérgio Moro para que ele determine ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que se manifeste sobre a propriedade de bens apreendidos num cofre do Banco do Brasil na 24ª fase da Operação Lava Jato. Os procuradores pedem que o juiz dê prazo de cinco dias para Lula indicar a data e a circunstância em que ganhou cada item.
O juiz Sérgio Moro já havia atendido a pedido semelhante do MPF no mês de março, antes de a investigação ser suspensa e remetida ao Supremo Tribunal Federal (STF). Com o retorno dos autos para a primeira instância, o MPF pediu para que Moro intime novamente Lula a apresentar os esclarecimentos sobre a posse dos bens.
Em nota, o Instituto Lula afirmou que não há ilegalidades nos fatos apontados pelo MPF, e que o juiz Sérgio Moro deve antes se manifestar sobre o pedido da defesa do ex-presidente para que ele se declare impedido de atuar no caso. (Leia a íntegra abaixo)
Os procuradores destacam que a defesa, embora tenha manifestado interesse em prestar esclarecimentos, ainda não o havia feito.
Em petição do dia 28 de março, a defesa de Lula pediu mais prazo para apresentar os esclarecimentos. "Diante da complexidade do pedido (...), requer a defesa a concessão de novo prazo de 5 (cinco) dias para juntada dos documentos necessários para atender à determinação do MPF", afirmaram à época os advogados.
Até a publicação desta reportagem o juiz não havia se manifestado sobre o pedido da nova intimação.
Bens
Os bens citados foram retirados do Palácio do Planalto pelo ex-presidente e guardados em um cofre da Agência Líbero Badaró do Banco do Brasil, em São Paulo, por cinco anos sem qualquer custo.
A informação foi prestada pelo gerente do banco, quando a Polícia Federal (PF) cumpriu um mandado de busca e apreensão no local, durante a 24ª fase da Operação Lava Jato.
Entre os itens estão moedas de ouro, medalhas, esculturas e até uma espada e uma adaga. Tudo está acondicionado em 23 caixas de papelão e em uma caixa maior de madeira. Nas caixas de papelão, há inscrições com o nome da transportadora Granero.
A PF investiga indícios de que o transporte e armazenagem dos bens de Lula ao sair da Presidência tenham sido pagos por empreiteiras investigadas na Lava Jato como forma de compensação pelos negócios fechados com a Petrobras.
À época da apreensão, a assessoria de imprensa do Instituto Lula disse que os objetos guardados são do acervo presidencial privado e que o material é regular e está dentro da lei.
"Esses objetos estão de acordo com a lei, que determina um acervo privado. Não existe nenhuma ilegalidade. Só existe sensacionalismo, desperdício de dinheiro público pela Polícia Federal e pela Operação Lava Jato que promoveram uma pirotecnia, no dia 4 de março, e uma invasão da privacidade da família do ex-presidente se apossando de documentos que não tem nenhuma ilegalidade. Depois, a PF fez uma outra operação no cofre do Banco do Brasil e descobriu de novo que não existe nenhuma irregularidade", declarou a assessoria.
Também à época, o Instituto Lula destacou que, se tivesse sido solicitado esclarecimento sobre o material antes mesmo do cumprimento dos mandados de busca, não haveria nenhum problema em prestar as informações.
O que diz a defesa
O advogado Cristiano Zanin Martins, que representa Lula, também afirmou que Sérgio Moro deve antes se manifestar sobre o pedido para que ele se declare impedido de atuar em casos envolvendo o ex-presidente.
Leia a íntegra da nota do Instituto Lula:
"Não existe hoje um prazo de cinco dias para manifestação. O que existe é um pedido do Ministério Público Federal, que ainda tem que ser analisado pelo juiz Sergio Moro, que antes tem que se pronunciar sobre o pedido para que se declare impedido de atuar no caso por falta de imparcialidade. O pedido de manifestação é uma inversão do processo penal, onde ao invés da acusação apontar crimes, a defesa tem que se explicar sobre fatos que não tem nenhuma ilegalidade, mais uma amostra da perseguição sem sentido promovida por agentes do estado contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Esses objetos são parte do acervo presidencial privado e estão de acordo com a lei 8.394/91, que determina que este acervo seja preservado pelos ex-presidentes. Quando Lula deixou o governo, a Presidência da República catalogou todos os objetos de seu acervo e providenciou a mudança para São Paulo".

Bandidos que assaltaram casal que saía de banco nas Mercês são presos em estacionamento


Da Polícia Civil


Dois homens envolvidos na prática de roubo de veículos foram presos na tarde de terça-feira (12), por policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) de Curitiba, com um Fiat/Bravo roubado. A dupla foi surpreendida pelaequipe policial em um estacionamento situado na região do Largo da Ordem, Bairro São Francisco.
envolvidos
Suspeitos assaltaram vítima que saia de agência bancária (Foto: Flávia Barros – Banda B)
As prisões aconteceram depois que a especializada recebeu uma denúncia anônima informando sobre a localização de um carro roubado. Um homem, de 21 anos, e outro, de 29, foram autuados em flagrante pelo crime de roubo agravado.
Segundo investigações, os homens estão envolvidos na prática de dois assaltos. O primeiro aconteceu no dia 11/07 por volta das 22 horas, quando um casal que estava saindo de uma agência bancária no bairro Mercês, foi abordado por três suspeitos que deram voz de assalto.
“Os suspeitos abordaram as vítimas com uma arma, ordenando que elas entrassem no banco de trás do Fiat/Bravo e que ficassem de cabeça baixa, dando carona a uma quarta pessoa também participante do crime. Assim os quatro elementos andaram pela cidade com as vítimas efetuando diversas tentativas de saque em vários caixas eletrônicos”, conta o delegado da DFRV, Wagner Holtz.
Posteriormente as vítimas foram amarradas e colocadas no porta-malas do veículo quando por volta da meia noite, o carro caiu em um buraco no município de Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Para não causar suspeitas, o casal foi retirado do porta-malas e levado até um matagal nas proximidades.
Um guincho foi chamado e após retirar o veículo do buraco, os suspeitos realizaram o segundo assalto, cometendo um roubo contra o motorista do guincho. Vários pertences das vítimas foram levados como celulares, cartões bancários, um Ipod, um óculos, além de um valor em dinheiro de R$ 150.
Ambos negaram o crime e relataram que chegaram até o Fiat/Bravo porque um desconhecido – o qual não sabem descrever – ofereceu a quantia de R$ 300 para que fossem até o veículo.
A dupla permanece detida à disposição da Justiça. As investigações continuam para identificar os outros envolvidos no crime.