Dilma notificada para o dia 25



Ricardo Lewandowski notificou Dilma Rousseff, para que a ré compareça ao Senado no dia 25, às 9h.

EXCLUSIVO: NOVO LAUDO DESMONTA A FARSA DO SÍTIO DE ATIBAIA



Um novo laudo elaborado por peritos da Polícia Federal, e obtido por O Antagonista, desmonta de forma cabal a farsa montada por Lula para ocultar a propriedade do sítio de Atibaia.
Os peritos fizeram uma avaliação acurada de cada um dos lotes que compõem o sítio Santa Bárbara: um dos terrenos foi registrado em nome de Jonas Suassuna por R$ 1 milhão e outro, em nome de Fernando Bittar por R$ 500 mil.
Juntos, perfazem o valor de R$ 1,5 milhão, o que, segundo os peritos, está de acordo com o mercado imobiliário da região. O problema é que, individualmente, o lote de Suassuna vale muito menos e o de Bittar custaria muito mais.
Ou seja, os valores foram "invertidos".
Dizem os peritos:
"As estimativas periciais demonstram que parte do sítio em nome de Fernando Bittar foi registrada por um valor cerca de R$ 655.000,00 (seiscentos cinqüenta cinco mil reais) abaixo da avaliação de mercado. Por sua vez, parte correspondente em nome de Jonas Leite Suassuna Filho foi registrada por um valor cerca de R$ 655.000,000 (seiscentos cinqüenta cinco mil reais) acima da avaliação de mercado."
Fica evidente que, quando escriturou ambos os lotes, Roberto Teixeira, o advogado de Lula, confundiu-se, atribuindo valores invertidos às propriedades. Jonas e Bittar foram meros laranjas da operação e não tinham a menor ideia do que estavam comprando.

ASSIM COMO MARISA, LULINHA SILENCIA



Assim como Marisa Letícia, Fábio Luís Lula da Silva também se recusou a falar no inquérito sobre o sítio de Atibaia, sob a alegação de que não tem qualquer relação com o caso.

MAIS UM DEPOIMENTO DEMOLIDOR para LULA



No inquérito do sítio de Atibaia, a Polícia Federal ouviu Celso Vieira Prado, uma espécie de secretário particular de Jacó Bittar, amigo de Lula e pai de Fernando e Kalil, os sócios de Lulinha.
Prado contou que administra os bens da família Bittar, mas não conhece pessoalmente o "sítio registrado em nome de Fernando Bittar, na cidade de Atibaia". Ele não soube dizer se o imóvel é de propriedade do filho de Jacó.
"Apesar de visitar rotineiramente as propriedades da família, tais visitas não incluem o sítio de Atibaia", disse. O administrador também revelou que Bittar possui dois sítios na cidade de Manduri (SP), num deles cultiva eucalipto, enquanto o outro é "terra nua".

Moro dá duas semanas a Odebrecht



Sergio Moro suspendeu por duas semanas o processo contra Marcelo Odebrecht e João Santana.
Ele disse que os acusados estão “negociando alguma espécie de acordo de colaboração” com o Ministério Público, "o que pode ser determinante para a posição que adotarão em seus interrogatórios nesta ação penal".
Se Moro acredita na delação da Odebrecht, nós também acreditamos.

Robson Conceição está na semifinal e garante pelo menos o bronze


Por Agência Brasil
Robson Conceição garante medalha no boxe. (Divulgação/ Brasil 2016)
Robson Conceição garante medalha no boxe. (Divulgação/ Brasil 2016)
O boxeador brasileiro Robson Conceição venceu hoje (12) o atleta do Uzbequistão Hurshid Tojibaev na categoria peso ligeiro (60 quilos). A vitória, por 3 pontos a 0, foi por decisão unânime.
Robson vai disputar agora a semifinal com o cubano Jorge Lazaro Alvarez no próximo domingo (14), mas a medalha de bronze já está garantida para o brasileiro.


Mulher de policial comprou três malas dias antes do sumiço do marido; pai diz que acusação é absurda


Por Denise Mello e Antonio Nascimento

Reprodução Facebook
Rodrigo e Ellen – Reprodução Facebook
A esposa do soldado da Polícia Militar Rodrigo Federizzi, 32 anos, desaparecido desde o dia 28 de julho, Ellen Federezzi, comprou três malas de viagem dias antes do sumiço do marido. A informação apurada pela polícia é importante porque Ellen foi presa como suspeita de envolvimento no desaparecimento do companheiro. Na casa da família, a polícia encontrou vestígios de sangue em vários locais e também em um serrote. As manchas só apareceram por meio do uso de um produto chamado luminol, que evidencia manchas de sangue mesmo quando o local é lavado. A casa de Ellen e Rodrigo estava limpa.
Oficialmente, a Secretaria de segurança Pública do Paraná (Sesp) afirma que trabalha ainda com a hipótese do soldado estar vivo, já que o suposto corpo não apareceu. As investigações estão sendo feitas pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O caso segue cercado de mistério. A polícia trabalha para descobrir qual seria a motivação do suposto crime e deve divulgar nas próximas horas o resultado do exame de DNA do sangue encontrado na casa. Os pais de Rodrigo já forneceram material de comparação.
O pai de Ellen atendeu a um telefonema da reportagem da Banda B nesta quinta-feira e, de forma breve, disse, que jamais a filha faria uma coisa dessas. “Não sabemos de quase nada. Tá tudo com o advogado, mas jamais a minha filha seria capaz de um absurdo desse, de jeito nenhum. Ela sempre foi carinhosa com ele, com o filho, com a gente. Os dois tinham uma relação de dar inveja, não sei o que tá acontecendo”, disse o pai, chamado Ismael.
A polícia continua fazendo buscas pelo suposto corpo e Ellen segue presa pelo menos por 30 dias. Ela nega qualquer envolvimento no desaparecimento do marido.
Em entrevista à Banda B no começo da noite desta quinta-feira (11), o advogado Reinaldo Vinicius Gonçalves Vieira, que representa a família do soldado,  disse que o momento é muito difícil para a família, que não consegue encontrar motivo para o desaparecimento do policial militar. “Eles estão muito chocados e abalados. Todos estão aguardando o depoimento da Ellen, a quem nunca suspeitaram, e querem saber o que ela tem a dizer”, disse.
Desaparecimento
A Banda B divulgou o desaparecimento do soldado na manhã do dia 1º de agosto. Segundo informações da família, Rodrigo saiu de casa às 10h30 e não voltou mais. Estava escalado para comparecer na Secretaria de Segurança Pública do Paraná, setor de monitoramento de tornozeleira eletrônica, e também não apareceu.

Com marcas de asfixia, médico é encontrado morto em apartamento do Bigorrilho


Por Felipe Ribeiro e Flávia Barros
Foto: Flávia Barros - Banda B
Foto: Flávia Barros – Banda B

O médico pneumologista Sergio Roberto Savytzky, de 58 anos, foi encontrado morto no começo da tarde desta sexta-feira (12) dentro do apartamento em que morava, no bairro Bigorrilho, em Curitiba. De acordo com a Polícia Civil, o corpo foi encontrado pelos pais da vítima, que estranharam a não ida ao trabalho. A vítima apresentava sinais de asfixia e carro e celular foram levados do local.
Segundo o delegado Erik Wermelinger, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o caso é trabalhado inicialmente como latrocínio (roubo seguido de morte). “Estamos investigando uma pessoa que esteve aqui no apartamento na noite de ontem. A princípio era um conhecido da vítima e que já esteve aqui mais vezes”, explicou.
Vizinhos da vítima contaram no local Savytzky morava neste apartamento há pelo menos oito anos e sempre tratou todos muito bem. “Ele era um amor, solidário e que nos apoiava. Sempre tinha a palavra certa para a hora certa. Nunca abandonava pacientes e era muito dedicado ao ser humano e a quem precisava”, relatou.
No local, ninguém soube dizer o que pode ter acontecido e nenhum barulho foi ouvido. Pelos relatos, a vítima era uma pessoa reservada, que dificilmente levava uma visita para casa. Na noite de quinta-feira (11), porém, este rapaz de capuz e mochila nas costas teria o visitado por volta das 20h10.
O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal e a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deve investigar o caso. Caso se confirme o roubo, o caso pode passar a ser investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos.

A adega de Lula na casa que não é de LULA


O novo laudo do Sítio Santa Bárbara, revelado por O Antagonista, traz uma foto da adega de Lula, que fica em um anexo da casa principal.
Em março, publicamos  outras mais imagens da coleção de bebidas do ex-metalúrgico.


O novo laudo do Sítio Santa Bárbara, revelado por O Antagonista, traz uma foto da adega de Lula, que fica em um anexo da casa principal.
Em março, publicamos aqui mais imagens da coleção de bebidas do ex-metalúrgico.

Senado pretende gastar R$ 1,1 milhão com lavagem e combustível para carros


A frota da Casa é de 102 veículos, incluindo 81 colocados à disposição dos senadores

GABRIELA NAVALON, COM EDIÇÃO DE MURILO RAMOS
12/08/2016 - 06h00 - Atualizado 12/08/2016 11h12
Carros dos senadores (Foto: Divulgação)
O Senado Federal prevê gastar cerca de R$ 1,1 milhão para lavar e abastecer sua frota de 102 carros, incluindo os 81 colocados à disposição dos senadores.
Os locais de abastecimento e lavagem não podem ficar a mais de 8 quilômetros de distância do Senado. O prazo do contrato é de um ano. 

Moro manda mulher de Cunha informar novo endereço

O juiz federal Sergio Moro mandou a mulher do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a jornalista Cláudia Cruz, apresentar “de imediato” seu novo endereço. Ré em ação penal na Operação Lava Jato por evasão de divisas e lavagem de mais de 1 milhão de dólares, Cláudia não está sendo encontrada para intimação pessoal.
Em despacho na terça-feira, Moro afirmou que foram agendadas as audiências das testemunhas de acusação do processo para 26 de agosto e que “há dificuldades para intimação pessoal da acusada Cláudia Cordeiro Cruz”. “O endereço disponível nos autos informado pela defesa era o endereço da Presidência da Câmara, não mais ocupada pelo marido da acusada”, afirmou Moro. “Não há outro endereço disponível. A defesa contatada por telefone não prestou objetivamente informações sobre o endereço residencial.”
Após renunciar ao mandato de presidente da Câmara, em 7 de julho, Eduardo Cunha devolveu as chaves da residência oficial em Brasília, em 1º de agosto. O deputado suspenso vai ocupar um apartamento funcional oferecido pela Casa. O juiz da Lava Jato afirmou taxativamente que “é dever da defesa manter o Juízo informado sobre qualquer mudança de endereço de seu cliente”.
“É evidente que aqui não há um propósito de ocultação, mas apenas a intenção da defesa de ter mais prazo para se manifestar sobre o despacho [que trata da audiência]. Não obstante, a recusa além de violar dever processual prejudica o andamento do processo. Assim, intime-se a defesa para apresentar de imediato o endereço atual e onde a acusada Cláudia Cordeiro Cruz pode ser encontrada”, escreveu o magistrado. “Esclareço que isso não afetará o prazo para manifestação. Faça-se a intimação por telefone ou outro meio expedito, já que inviável esperar o prazo do processo eletrônico.”
O advogado Pierpaolo Bottini, que defende a mulher do deputado Eduardo Cunha, esclareceu que Cláudia Cruz estava de mudança, da residência oficial da Presidência da Câmara. “Uma vez instada, a defesa apresentou dois endereços de Cláudia, tanto em Brasília como no Rio”, disse Pierpaolo Bottini. “Mais que isso, ela se deu por intimada, dispensando a necessidade de intimação pessoal no sentido de contribuir com a Justiça e dar celeridade ao procedimento. Claramente, não há nenhum interesse em procrastinar, mas interesse em colaborar com a Justiça.”
(Com Estadão Conteúdo)

URGENTE - CLINICA DE HEMODIÁLISE DE DOURADOS -MS DEIXARÁ DE ATENDER 260 PACIENTES SE NÃO RECEBER REPASSES






Por 
  
Em ABCDT News



Terceirizada do Hospital Evangélico de Dourados, a Clínica do Rim (Dinefro) anuncia que deixar de atender pacientes do Sistema Único de Saúde, a partir do dia 15. O motivo, segundo comunicação extrajudicial, apresentada pela Associação de Renais Crônicos de Dourados (Renasul), é a falta de repasses que deveriam ser feitos pelo HE. Segundo o documento, a Clínica já tem um prejuízo de R$ 930 mil, cerca de R$ 30 mil por mês devido a falta de repasses. Para o presidente da Renasul, Feliciano Paiva, atualizados, esses valores podem chegar a R$ 1,3 milhão.
Segundo a Associação, além da falta de valores, a Dinefro está atuando sem contrato, tendo em vista que a última renovação venceu em junho. “Sem condições financeiras para arcar com o serviço, a Dinefro será obrigada a suspender o serviço. O município diz que faz o repasse corretamente e que não tem condições de investir mais e o Hospital Evangélico, que passa por crise financeira, recorre ao Estado na busca de ajuda de custo. O HE alega que tem prejuízo de 4 800 mil por mês. Neste jogo de empurra, quem sofre são os mais de 260 pacientes de Dourados”, destaca.
Socorro
De acordo com o presidente da Associação de Renais Crônicos (Renasul), Feliciano Paiva, os pacientes estão pedindo socorro. Ele diz que um ou dois dias sem hemodialise custam a vida do renal. “Talvez o poder público não saiba o sofrimento que é para o renal. Não tem como aguentar a falta a de sessões. O paciente vai morrer se nada for feito”, destaca.
Transplantes
Outro serviço que estaria parado em MS é o de transplantes de rins. Segundo Feliciano Paiva em Dourados, a fila só anda quando alguém morre. Segundo Feliciano o quarto andar da Santa Casa de Campo Grande já atende a todas as patologias no local onde em tese, segundo ele, deveria ser atendido apenas pessoas a serem transplantadas. “Para os transplantados, como eu, é muito difícil ver que os companheiros que ainda precisam da cirurgia não vão sair da máquina de hemodiálise. Muitos desistem do tratamento; desistem de viver este verdadeiro calvário que é fazer o tratamento em Mato Grosso do Sul”, lamenta, observando que a captação de rins em Dourados também caiu no esquecimento. O PROGRESSO entrou em contato com a assessoria do HE, mas até o final desta edição não obteve nenhuma resposta aos questionamentos.
Fonte: O Progresso http://www.progresso.com.br – 12/08/2016

Acidente entre duas carretas e quatros carros bloqueia Contorno Sul no sentido São José


Por Elizangela Jubanski 


(Fotos: Jefferson Maia/Colaboração/Banda B)

Um acidente entre duas carretas e quatro veículos bloqueia totalmente o Contorno Sul (BR-376), na manhã desta sexta-feira (12), no bairro Cidade Industrial de Curitiba. A interdição acontece na pista sentido Ponta Grossa-São José dos Pinhais e, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não há previsão para liberação da pista. Também não há feridos graves.
A colisão aconteceu no quilômetro 594, próximo ao viaduto do Caiuá, sobre a rua Raul Pompéia. Uma das carretas está carregada com calcário e há necessidade de remoção para que a pista seja liberada, segundo apurado pela Banda B. “Ainda não temos com precisão quantos quilômetros de congestionamento, mas vamos acionar a CCR (concessionária) porque vai atingir a BR-277”, afirmou o policial rodoviário Steinheuser.
Outro
No mesmo quilômetro, um caminhão carregado com madeiras tombou no canteiro central. O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado e o motorista foi socorrido ao Hospital do Trabalhador, com ferimentos leves. Esse acidente não interditou nenhuma pista do Contorno Sul.