SC é o único estado sem morte na fila por transplante, segundo associação



Levantamento nacional é referente ao primeiro semestre de 2016.
Estado também foi recordista em índice de doadores de órgãos no país.

Do G1 SC
Jato da Força Aérea Brasileira (FAB) transplanta coração para transplante entre SC e DF (Foto: FAB/Divulgação)Jato da Força Aérea Brasileira (FAB) transplanta coração para transplante entre SC e DF (Foto: FAB/Divulgação)
No primeiro semestre de 2016, Santa Catarina não registrou mortes na fila de espera por transplantes, informou a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). Conforme a associação, o dado pode ser consequência de o estado ser o que registra maior número de doadores efetivos de órgãos por milhão de habitantes do país.
Todos os estados, com exceção de Santa Catarina, tiveram registros de mortes nas filas, conforme a associação. No país, 16.329 ingressaram na fila no 1º semestre e 1.239 morreram.
Recorde de doações
É o segundo ano consecutivo que o estado bate recorde de doações. No 1° semestre de 2016 foram 34,9 pessoas para cada milhão de habitantes. Em 2015, o índice era de 30,6. A média nacional é de 16 doadores para cada milhão de habitantes
Na prática, segundo a ABTO, no primeiro semestre de 2016, de um total de 119 doadores foram captados 120 rins, 70 fígados, 5 corações, 2 pâncreas, 38 transplantes de medula ossea e 304 córneas. No mesmo período de 2015, foram 103 doadores e 628 transplantes de órgãos.
A ABTO ainda diz que esse fato se dá pela "eficiência e organização do sistema de captação de órgãos no estado".
Mesmo com a alta taxa, segundo a associação, 36% das famílias recusam a doação de órgãos em Santa Catarina. Na fila por um órgão no estado, estão at407 pessoas.  No mesmo período em 2015, eram 485 pessoas. Confira o levantamento detalhado.
Setembro Verde
Conforme a associação, durante setembro é realizada uma campanha para conscientizar a população da importância da doação de órgãos. A ação é nacional e ocorre em 21 estados brasileiros.

O placar da cassação de Cunha


A votação que pode cassar o mandato de Eduardo Cunha está marcada para as 19h da próxima segunda-feira.
O Globo divulgou um placar em que 238 deputados dizem que votarão conha Cunha -- são necessários 257 votos para ele ser derrotado.
Três admitiram que votarão pela absolvição: Arthur Lira, Carlos Marun e João Carlos Bacelar.
O ANTAGONISTA AGORA 

Coluna de enfermagem em Nefrologia de Adriana Jacomeli: Definição de como iniciou o tratamento de Hemodiálise.


             
     No final da década de 1950 Scribner estabeleceu um programa de diálise para doenças renal aguda na universidade  de Washintgon no estado
de Seatle nos Estado Unidos,  em 1960 começou nessa universidade a hemodiálise intermitente, em longo prazo para  paciente em coma urêmico que voltou para vida praticamente normal.
    Os paciente com doenças renal crônica (DRC) aumenta a cada ano, também a frequência de paciente com (DRC)
em fase avançada , que necessitam da terapia de substituição para continuarem vivendo . A Natinal  Kidneu Foundation (CDR) Instituiu no ano 2000 a seguinte definição de (DCR) "a  lesão renal por >3 ou mais meses , definida por anormalidade funcionais  (geralmente
proteinúria , hematúria  ou imagem renal anormal ) ou alterações estruturais ( patologia )" b taxa de filtração glomerular (TFG) <60ml /min por 2.73m > 3 meses , essa taxa pode ser referente a lesão renal , como por exemplo  a nefrectomia radical . O programa conhecido como Kidney Dialysis  Outcomes Quality Initiative (KDOQI) da NKA estabeleceu a classificação de DRC  baseado na taxa de filtração glomerular (ml/min/1.73m).  

Lava Jato quer detalhes dos presentes de Lula



Sergio Moro pode intimar a Secretaria de Administração da Presidência a passar um pente-fino nos bens descobertos em um cofre do Banco do Brasil durante a Operação Alethea, uma das fases da Lava Jato, em março.
A intimação seria uma resposta à solicitação do Ministério Público Federal, que quer apurar detalhes desses bens, após o TCU determinar que Lula e Dilma devolvam os presentes que levaram, irregularmente, para casa após deixarem a Presidência.
Depois de uma auditoria, o TCU constatou “graves irregularidades” na interpretação dos petistas de um decreto de 2002 que dispõe dos presentes recebidos por presidentes. A grande maioria deve ser incorporada ao patrimônio da União, e não ao pessoal. Lula levou 568 objetos para casa. Já Dilma ficou com 144. O TCU determinou que os dois os devolvam em 120 dias.
A petição dos procuradores a Moro foi obtida pelo Estadão.



Empresários protestam contra atos de vandalismo e pedem que manifestações sejam pacíficas


Da Redação
Foto: Divulgação Abrabar
Foto: Divulgação Abrabar

Empresários do setor de bares e casas noturnas protestaram, na tarde desta quarta-feira (7), contra os atos de vandalismo praticados por manifestantes contrários ao governo Temer. Reunidos na Rua Vicente Machado, em Curitiba, eles lembraram da depredação contra o bar +55 e outros estabelecimentos privados.
Foto: Divulgação Abrabar
Foto: Divulgação Abrabar
Organizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrabar), a manifestação pede que os protestos sejam pacíficos. Durante a semana, o presidente da entidade, Fabio Aguayo, definiu os atos de vandalismo como “insanidade política”.
O ato contou com o apoio do Grupo dos Artistas que apoiam o juiz Sérgio Moro e também de pessoas que organizam as 10 Medidas Contra a Corrupção.
“É importante a participação de empresários do Paraná com o apoio de vários grupos organizados, inclusive artistas, que são contra a violência e a depredação nestas manifestações. Infelizmente, pessoas infiltradas acabam comprometendo movimentos sérios. Temos o apoio do grupo das 10 medidas que tem à frente o cantor Fagner e o ator Victor Fasano, assim como o apoio do juiz Sérgio Moro que já declarou ser a favor das manifestações, mas contra a violência. E mais de 90% da população pensa assim. Precisamos que o poder público atue com firmeza para punir estes indivíduos”, afirma o presidente da Abrabar – PR, Fábio Aguayo.
A mobilização desta quarta-feira contou com aproximadamente 100 empresários.

Motorista com suspeita de embriaguez bate em táxi no sinaleiro e provoca engavetamento




Por Denise Mello e Ricardo Vieira
taxi
Táxi ficou bastante destruído – Foto: RV/Banda B

Um acidente no início da noite desta quarta-feira (7) provocou lentidão no tráfego na BR-376, na pista sentido São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.  A colisão envolveu três veículos e foi provocada por um veículo Sandero, que não conseguiu frear e bateu contra um táxi do município parado no sinaleiro. Por sua vez, com o impacto, o táxi bateu contra uma caminhonete que estava na frente. Testemunhas disseram que o motorista do Sandero tinha sinais de embriaguez.
sandero
Sandero provocou o acidente
O acidente aconteceu por volta das 18h30, logo na chegada em São José dos Pinhais, em frente ao Bradesco. O motorista de táxi, Samuel Prates, disse que já tinha cruzado com o Sandero minutos antes e o motorista fazia manobras perigosas. “Este senhor do Sandero ficou dando sinal de luz lá atrás e fazia manobras perigosas. Tentei ficar longe dele, mas não imaginei que no sinaleiro ele iria me atingir. Ele estava visivelmente embriagado. Saiu do carro dizendo que não iria pagar nada, que não tinha dinheiro e depois, quando dissemos que estamos chamando a polícia, começou a se oferecer pra fazer um acerto. Falamos que não. É triste. Trabalho 18 horas por dia e agora vou ficar com o carro parado por causa de um motorista bêbado”, lamentou o taxista.
O motorista do Sandero se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele e outra pessoa que estava no carro tiveram ferimentos leves e foram encaminhados ao hospital pelo Siate.
O tráfego ficou lento em uma das pistas da BR-376 por cerca de duas horas.

Após dançar com a filha no casamento dela, homem morre inesperadamente


Da Redação

jenimarido
Esposa lamentou morte e divulgou última foto do casal (Reprodução Facebook)
O dia tinha tudo para ser um dos mais especiais para uma família dos Estados Unidos, mas acabou marcado por uma tragédia. Reportagem divulgada pelo jornal inglês Daily Mail conta a história de Tim Buchana, de 54 anos, que morreu após dançar com a filha no casamento dela, que aconteceu na Costa Rica.
Segundo a publicação, o Buchana era detetive da polícia e viajou com a mulher e os filhos para ver a filha Michelle se casar. Ele sofreu um ataque cardíaco e morreu nos braços da filha, o que deixou os convidados chocados, especialmente a noiva.
Esposa dele, Jeni Buchana, contou no Facebook que Tim apareceu na vida dela em um momento difícil e foi o responsável por levantar o ânimo dela. “Tim chegou na minha vida num momento em que eu estava destruída, e ele me ajudou a levantar e me transformou numa pessoa mais forte. Juntos, nós criamos quatro filhos incríveis, cuidamos dos meus irmãos mais novos quando eles mais precisavam e ainda tivemos a honra de ter um belíssimo neto”, disse.

Lula rebate FHC no Facebook e diz que tucano ‘fala muitas bobagens’


estadao_conteudo_cor

lulafhc2
Reprodução EBC
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu nesta quarta-feira, 7, em sua página oficial no Facebook, declarações dadas pelo também ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ao portal de notícias UOL. “Ele fala muito, e muitas bobagens”, disse o petista, em texto assinado pela sua assessoria de imprensa.
“FHC costuma ser muito perguntado e falar muito de Lula em suas entrevistas. O contrário não acontece”, destacou a mensagem. Na entrevista veiculada nesta quarta-feira pelo UOL, o tucano disse que “é difícil de colar” a explicação de Lula sobre o sítio de Atibaia e o tríplex do Guarujá, locais que levaram a força-tarefa da Operação Lava Jato a indiciar o petista por suspeita de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Além disso, FHC afirmou “há risco” de Lula ser preso
“Escrituras e outros documentos provam que Lula não é dono nem do sítio em Atibaia, propriedade de amigos da sua família que ele nunca negou frequentar, nem de apartamento no Guarujá, o qual ele só visitou uma vez para avaliar a compra”, rebateu Lula no Facebook.
Ainda conforme a página da rede social, “dados oficiais comprovam que Lula jamais passou uma noite sequer no tal apartamento do Guarujá” e que todas suas propriedades ficam em São Bernardo do Campo e estão “devidamente declaradas”. Para o ex-presidente petista, “há um desespero de querer sustentar acusações fracas e ridículas contra Lula para fins políticos”, tendo em vista as eleições presidenciais de 2018.

Após mais de oito horas, polícia usa força e consegue libertar enteada que era mantida como refém em Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Flávia Barros

Após mais de oito horas, a Polícia Militar conseguiu libertar durante a tarde desta quarta-feira (7) a jovem cadeirante de 19 anos que era mantida como refém pelo padrasto, no bairro Tatuquara, em Curitiba. A vítima sofre de mielomeningocele e é cadeirante, mas não se feriu enquanto esteve trancada com ele. Já o padrasto, segundo familiares, sofre de transtorno bipolar e teria demonstrado sinais agressivos já durante a madrugada.
Foto: Colaboração
Foto: Colaboração
Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) cercaram a residência por volta das 7 horas e um psicólogo tentou convencer o padrasto a desistir de qualquer ação. Uso de força foi necessário para impedir que ele tomasse qualquer atitude.
De acordo com o tenente Osias, a polícia percebeu ele armado e a técnica não letal foi utilizada para evitar que ele continuasse se auto agredindo. “Em um certo momento a negociação não avançava. Como o ambiente estava controlado, a medida foi tomada para evitar que alguém de machucasse”, explicou.
Testemunhas contaram ainda no local que o agressor toma aproximadamente dez remédios diferentes por dia. Segundo a polícia, em momento algum ele ameaçou agredir a jovem e foi encontrado com alguns cortes que cometeu contra si. Ele foi encaminhado ao pronto-socorro por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A família já tentou interná-lo anteriormente, mas por pelo menos mais de uma vez, fugiu do tratamento.
A mãe da jovem mora com este homem há dez anos. Ela também usa medicamentos controlados.
Todos os envolvidos ficaram bem na situação. A Polícia Civil deve verificar o caso.

Criança pede para ver pais trabalharem no feriado e morre em acidente com máquina agrícola


Por Felipe Ribeiro e Flávia Barros

O dia começou animado, afinal, a quarta-feira sete de setembro era dia de recesso escolar. Desde as primeiras horas do dia, ele pediu: queria brincar com os amigos enquanto via os pais trabalharem em uma chácara de Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba. Por algumas horas, tudo aconteceu como o esperado, mas um acidente com uma máquina agrícola transformou todo em tragédia e a morte do pequeno aos sete anos.
De acordo com uma vizinha, a família é trabalhadora e passava veneno na plantação quando o acidente aconteceu. “Foi uma situação horrível. Ele sempre brinca com o meu filho e hoje só queria aproveitar o dia de folga. O trator do pai estava desligado quando chegou perto desta outra máquina e acabou se acidentando”, lamentou.
A vítima chegou a ficar presa na máquina e o Corpo de Bombeiros foi acionado para tentar fazer algo, mas não foi possível.
O corpo do pequeno foi encaminhado ao Instituto Médico Legal.

Cunha, o fujão




A Secretaria Geral da Câmara não conseguiu encontrar Eduardo Cunha para notificá-lo pessoalmente sobre a sessão em que será votada a sua cassação, marcada para a próxima segunda.
A solução será publicar o comunicado no Diário Oficial da União. Trata-se de uma mera formalidade, mas mostra bem o quanto o ex-presidente da Câmara está disposto a facilitar as coisas.

PROTESTO NA PORTA DA CASA DE LEWANDOWSKI - VÍDEO





Assista ao vídeo de Carla Zambelli, do movimento Nas Ruas, que protestou hoje em frente à casa de Lewandowksi contra o fatiamento do impeachment de Dilma e pela cassação do ministro do STF.



Protesto na casa de Lewandowski



Manifestantes do movimento Nas Ruas aproveitaram o 7 de Setembro para protestar em frente à casa de Ricardo Lewandowski. O grupo exibiu um boneco do ministro do STF, apelidado de Petralowski.
Em vídeo, a líder do Nas Ruas, Carla Zambelli, afirmou que o protesto era contra o fatiamento do impeachment de Dilma, que a poupou de perder seus direitos políticos, e pela cassação de Lewandowski.
Ela também afirmou que não se intimidará com a investigação da PF e disse que ainda há “um longo caminho para despetizar” a Justiça brasileira.
A exibição do Petralowski em outro protesto, em São Paulo, levou o STF a pedir à PF que tome providências contra o grupo. No ofício, a corte considera o boneco “uma grave ameaça à ordem pública e inaceitável atentado à credibilidade” do Poder Judiciário.